“POR TER PROCLAMADO O NOME DO SENHOR!”

“Porque proclamei o nome do Senhor. Eis a Rocha! Tuas obras são perfeitas, porque os seus caminhos são juízos”.

 Deuteronômios 32: 3-4

Toda ansiedade, tensão ou apreensão, aparentemente vividas pela humanidade, se devem ao fato de haver “vidas pessoais” na suposta “existência material”. Ao encontrar o mundo imerso nessa ILUSÃO, Jesus afirmou que “quem perdesse essa suposta vida,  acharia sua Vida real e eterna, por saber que UNICAMENTE DEUS É VIDA e que toda suposta “vida temporal” não passa de uma “criação hipnótica” sem qualquer fundamento, objetivo ou realidade!

Há ensinamentos que falam em “evolução”, em “outras vidas”, em “vidas pregressas”, explicadas como  “escolas da alma”! Não alcançaram o real sentido das falas de Jesus, e somente mais se desviaram delas pela contínua NEGAÇÃO DO CRISTO QUE SOMOS!

Quando Paulo diz que “Jesus Cristo é o MESMO ontem, hoje e eternamente”, deixa bem claro que “se o Cristo é TUDO EM TODOS”, o que temos a fazer, é unicamente COM ELE NOS IDENTIFICARMOS, exatamente AGORA!

“Você, como o CRISTO feito por Deus para SER VOCÊ, é PERFEIÇÃO IMUTÁVEL E DIVINA, EM AUTOMANIFESTAÇÃO ILUMINADA, requerendo de você UNICAMENTE UMA RADICAL IDENTIFICAÇÃO ABSOLUTA!

A Bíblia assim diz: “Porque proclamei o nome do Senhor. Eis a Rocha! Tuas obras são perfeitas, porque os seus caminhos são juízos”.

Que é PROCLAMAR O NOME DO SENHOR? Significa reconhecê-Lo como TUDO, e, por consegui0nte, como ÚNICO! “EIS A ROCHA!”.

“Tuas obras são PERFEITAS, pois, SEUS CAMINHOS SÃO DE JUÍZOS JUSTOS, COM O SEU NOME SENDO PROCLAMADO COMO SENDO “EU SOU”, QUE É O “MEU NOME”! 

*

REFERENCIAL DA LUZ

O Ensinamento Absoluto revela DEUS SENDO TUDO! Não existe “totalidade” em que faltem “pedaços”; desse modo, a aceitação radical desta premissa básica é a “REVELAÇÃO TODA”. Quando o Universo é visto a partir das Visão Eterna, sua natureza imutável, iluminada e perfeita é discernida! Quando assim o Universo não for visto, o que estiver sendo “visto” será pura ILUSÃO, sendo “visto”como “algo” que também aparenta ser visto em sonhos! Em que consiste um “sonho”? De um “ser inexistente”, que aparenta  existir, dentro de um cenário também irreal, e aparentando ser existente! Quando alguém acorda e diz relatar um “sonho”, ele o descreve sem mais acreditar ter sido ele aquele “visto” em seu sonho, e sem acreditar ter vivenciado aquilo tudo que o “sonhador” parecia vivenciar! Entretanto, esta ilustração é imperfeita, principalmente pelo seguinte motivo: a mente que sonhava e a mente que, acordada,  recordava o sonho, eram a mesma mente em ilusão!

Quando temos a revelação de que “temos a mente de Cristo”, devemos aceitá-la com “coração de criança”, ou seja, aceitar que a Mente que temos jamais sonha e jamais se recorda de sonhos! Não há nela registros de “ilusão”.

A Experiência de Deus inclui a Mente divina sendo a Mente individual de todos os Seres da Realidade! E não existem “seres da mentira”.  Portanto, desacreditar inteiramente de “vida no mundo do pai da mentira” e, simultaneamente, discernir que unicamente Deus existe, e que, portanto, o Infinito é Deus sendo: este é o “Referencial da Luz”. Nada “fora de nossa Consciência” tem realidade, uma vez que a Consciência é a Substância única, onipresente e infinita: a Substância Deus sendo a totalidade do Ser que somos!

Por mais que as “aparências” possam parecer convincentes, em termos de se mostrarem como existências, nenhuma delas existe! E esta aceitação também não faz parte da Consciência que é Deus!

Atenha-se ao que Deus sabe ser Realidade, ou seja, ACEITE-SE SENDO A CONSCIÊNCIA ILUMINADA! Faça esta identificação da forma mais simples e sem esforço possível! A Verdade É! E VOCÊ, identificado com a Verdade, é quem verdadeiramente diz: “Eu Sou a Verdade”.

A SUA CONSCIÊNCIA É DEUS! NUNCA É ILUDIDA! NUNCA SE TORNA ILUMINADA, NUNCA SE LIVRA DE ILUSÃO E NUNCA TEM CONSCIÊNCIA DE ILUSÃO! ESTE É O ENFOQUE ABSOLUTISTA, O “REFERENCIAL DA LUZ” – A ADMISSÃO RADICAL E PURA DE QUE DEUS É TUDO! 

*

NÃO SOU QUEM VIVO; DEUS, COMO CRISTO, VIVE EM MIM!

Disse Paulo: “Renovai-vos pela renovação de vosso entendimento”. Há pouco tempo, explicando os princípios da Verdade a um evangélico, ele me interrompeu para dizer: “Seja o que for que você disser e pretender me passar, nada alterará o conhecimento que tenho e trago comigo”! E a frase de Paulo me veio à lembrança para que na hora eu a repetisse a ele!

Crenças sobre a Verdade só se rendem completamente diante de diretas revelações absolutas, com que somos marcados pelo VISTO e não mais pelo que havíamos OUVIDO!

Todos os chamados mestres da humanidade enfatizaram a prática da meditaçáo, oração e contemplação. Isto porque são meios de VERMOS A REALIDADE DIVINA, DANDO-NOS A CERTEZA VISTA DO QUE DEUS FAZ E EXPRESSA COMO SEU UNIVERSO ESPIRITUAL E ILUMINADO!

De igual importância é estarmos completamente ABERTOS às revelações, sem apego às CRENÇAS pré-concebidas, que apenas fazem com que “marquemos passo” na mesmice do conhecimento temporal, como demonstrou a mim o evangélico citado!

O ensinamento absoluto, afirmando que DEUS É TUDO, SERIA MAIS FACILMENTE ENTENDIDO SE PRIMEIRO FOSSE DESPOJADO O “VELHO HOMEM E SEUS FEITOS”, E O UNIVERSO REAL FOSSE COMPREENDIDO COMO SENDO UNICAMENTE DEUS VIVENDO, COMO O ENTENDIA JESUS!

 SABIA SEREM REAIS UNICAMENTE AQUELES SENDO DEUS, POR FAZEREM A VONTADE DE DEUS! 

*

A PERMANÊNCIA NO PODER ÚNICO DE DEUS!


Orar para SERMOS UM E SERMOS  UMA UNIDADE PERFEITA significa NÃO PERDERMOS DE VISTA A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO!

A ILUSÃO pode aparentar ser REALIDADE no exato AGORA  em que nossa PERMANÊNCIA EM DEUS é NEGADA, e isto por erroneamente termos oferecido RESISTÊNCIA AO ILUSÓRIO “MAL” TESTEMUNHADO PELOS SENTIDOS HUMANOS.

Corrija imediatamente a aceitação errônea, RECONHECENDO QUE “FORA DE MIM”, NADA É REALIDADE! Afirme SER UM COM DEUS, TER A MENTE DE DEUS, E ESTAR A TESTEMUNHAR O TESTEMUNHO DE DEUS, QUE É “MAIOR DO QUE O DOS HOMENS”!

Medite e PARTA DO FATO CONSTANTE QUE É DEUS SENDO TUDO! ESTAR “EM MIM” É O FATO PERMANENTE DO QUAL JAMAIS ALGO OU ALGUÉM PODE ALTERAR! EM OUTRAS PALAVRAS, A ILUSÃO É MESMO ILUSÃO OU “NADA”!

Fora de MIM, nada tem REALIDADE, sendo apenas imagens hipnóticas” dando “ares de verdades”. PARTA DIRETO DA VERDADE, PARTA DE DEUS SENDO ONIPRESENÇA INFINITA, PARTA DE DEUS SENDO A TOTALIDADE DA VERDADE UNIVERSAl, perfeita e sempre em evidência!

Grave bem: “estar em Mim” é se ver sendo o Infinito” e, o Infinito é integralmente Deus!

Desse modo, estará CUMPRINDO, EM SI MESMO, A ORAÇÃO DE JESUS! 

*

A TOTALIDADE DE DEUS E AS SUGESTÕES MENTAIS AGRESSIVAS!

Quem, em contato com o enfoque absoluto da Verdade, ler sua premissa básica, ou seja, que DEUS É TUDO, estranha e com razão, que precisemos “orar sem cessar”, como disse Jesus, para não endossarmos as chamadas “sugestões mentais agressivas”, que intentam nos fazer crer que “elas também existam”! Realmente, são todas IRREAIS E INEXISTENTES, mas precisamos SABER refutá-las como “nadas”, para não incorrermos no erro coletivo de lhes darmos poder, erro este que cria a ILUSÃO de poder do mal, do diabo, de inimigo de Deus, dentre muitas outras invenções hipnóticas da suposta “mente humana”!

Ao lhes atribuirmos realidade, por acreditarmos em seus aparentes “desvios”, ficamos sugestionados pela falsa CRENÇA EM DOIS PODERES, o que acaba sendo traduzido como DESCRENÇA OU NEGAÇÃO DA TOTALIDADE DE DEUS!

Esta invencionice ILUSÓRIA está descrita no Evangelho de João, quando assim diz: “Sem o Verbo, DEUS, nada do que foi feito se fez”!

João explica a TOTALIDADE DE DEUS, que é mal aceita pelo grosso da humanidade, que acredita num falso mundo de “aparências hipnóticas” visíveis, enquanto a Verdade, a TOTALIDADE DE DEUS, é considerada INVISÍVEL para quase toda a humanidade!

Por isso, meditar, vigiar, orar e contemplar a Verdade são práticas essenciais, não para DEUS SER TUDO, mas sim, PARA QUE NADA AFETE NOSSA FÉ OU CERTEZA DE QUE DEUS É A ÚNICA PRESENÇA, ÚNICO PODER E ÚNICA EVIDÊNCIA!

As bases desse reconhecimento radical e verdadeiro requerem que conheçamos O REINO DE DEUS como Jesus o reconhecia: “O REINO ESTÁ PRESENTE NO MUNDO INTEIRO, MAS OS HOMENS NÃO O ENXERGAM”

Que estariam enxergando eles? PURAS “SUGESTÕES MENTAIS AGRESSIVAS”, SEM PODER, SEM REALIDADE E SEM DEUS!

Portanto, o enfoque absoluto parte diretamente da TOTALIDADE DE DEUS, enquanto toda e qualquer “aparência” e “sensacionismo” em contrário são tratados como NADAS, até que as “ilusões” se mostrem extintas em seu NADA ORIGINÁRIO!

DEUS É TUDO, E DEUS CONSTITUI A TOTALIDADE DO CRISTO QUE SOMOS! Qualquer “desvio” deste FATO PERMANENTE NOS COLOCARÁ NA SITUAÇÃO DECLARADA POR JOÃO, quando disse que A LUZ RESPLANDECE SOBRE AS TREVAS, MAS “AS TREVAS” (SENTIDOS HUMANOS) NÃO A RECONHECERAM!

*

 

.

 

“AO QUE TEM. MUITO LHE É DADO”!

As Verdades Absolutas, quando pregadas pelos reveladores da humanidade, tais como Krishna, Buda, Jesus e tantos outros, são unânimes e coincidentes, em enfatizar a IRREALIDADE do suposto mundo material, e a Onipresença do Universo real, espiritual, pleno e perfeito, impossível de ser testemunhado pela cega  e iludível “mente carnal”.

Paulo foi taxativo: “A mente carnal é a inimizade contra Deus”. Esperava, com isso, motivar aqueles que se mostrassem ILUDIDOS pelas suas aparências visíveis, a desacreditarem de seus quadros efêmeros, temporais e insubstanciais, QUANDO DISPOMOS TODOS DA REAL E DIVINA “MENTE DE CRISTO”, a Mente que nos revela a VERDADE E A REALIDADE DOS FATOS ETERNOS, PERFEITOS E QUE DURAM PERPETUAMENTE, SEM QUE TIVESSEM TIDO COMEÇO  OU QUE PUDESSEM VIR A TER FIM!

Aquele que PERMANECE EM MIM é aquele que corporifica em SI MESMO a estabilidade da Verdade de tudo quanto a VERDADE É!

As Escrituras revelam que TUDO QUE É DE DEUS É PERFEIÇÃO ETERNA, SEM COMEÇO E SEM FIM. Infelizmente, a maior parte da humanidade se firma em “aparências visíveis”. crendo serem elas um “mundo verdadeiro”! Desse modo, vive a minoria “consciente da Verdade”, com a maioria sofrendo à mercê de simples crenças falsas  hipnóticas.

O apego demonstrado pelo mundo com relação às suas ilusões, aceitas coletivamente,  se dá principalmente pelo FATO de já estar, a Verdade, estabelecida em todos os seres, mas que, por não ser vista pela “mente carnal”, deixa nessa falsa mente um anseio pela paz, saúde, suprimento, proteção, e tudo mais que assim se mostre intuitivamente como desejável.

“Aquele que PERMANECER EM MIM, DARÁ FRUTOS”, disse Jesus. Explicava nossa consciente visão da Unidade Essencial, contenedora de todo BEM PERMANENTE essencial.

Seja o que for que nos aparente “estar faltando”, deixemos de lado O MUNDO E SUAS CARÊNCIAS, MEDITANDO E reconhecendo que JÁ ESTAMOS NA REALIDADE TODA AUTOSSUPRIDA, SEMPRE com tudo a nós já dado por Deus!

Este é o Princípio Absoluto que rege a VIDA PELA GRAÇA, assim enunciado por Jesus:

“AO QUE TEM, MUITO LHE É DADO; MAS AO QUE NÃO TEM, ATÉ O POUCO QUE TEM LHE SERÁ TIRADO”.

Em outras palavras, a VIDA COM ABUNDÂNCIA é vivida pela TROCA DE REFERENCIAL, quando descartamos o que é VISÍVEL por nos entendermos INTEGRADOS ÀO FATO REAL MAS INVISÍVEL de que somos todos donos de tudo que DEUS  É,  POR SERMOS “UM COM ELE”.

 

*

 

 

SALVOS DO INCONSTANTE MUNDO DO NASCER E DO MORRER!

“Árduo é ESTE CAMINHO para os que procuram encontrar o Imanifesto  por meio de um amor afetivo; difícil é esse caminho para os que ainda vivem em corpo carnal. Mas quem de coração puro se voltar a Mim e fizer em meu Espírito tudo quanto faz; quem renunciar a si mesmo, e dia e noite, firmado em Mim me servir – esse será salvo por Mim do tempestuoso mar da existência desse inconstante mundo do nascer e do morrer, porque buscou refúgio em Mim.

Krishna

“Renunciar a si mesmo” é, de fato, desvendar os olhos para que EM MIM percebamos ser e existir! Aquele identificado com o ilusório “corpo carnal nascido” já retém a crença mentirosa de que nossa vida não é eterna!

Jesus chamou de “mortos” àqueles que, iludidos pela suposta mente carnal, acreditavam viver “temporariamente”, na carne, sem a mínima noção de “ sempre estarem em Mim” – desde o princípio.

Não há Verdade na matéria nem em suposto “corpo carnal”.  TODA A REALIDADE ETERNA É ONIPRESENTE E MANIFESTA “EM MIM”, COMO O “EU SOU” ONIATIVO QUE TODOS ETERNAMENTE SOMOS!

Ciente dessa Verdade, declarou Krishna que “somos salvos” do  tempestuoso mar da existência desse inconstante mundo do nascer e do morrer, por termos buscado refúgio “em mim”!

*

“EIS-ME AQUI; ENVIA-ME A MIM!”

“Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim”.

Isaías 3: 8

Nossa “conversa com Deus” é mais de “escuta” do que de qualquer outra coisa. Isto porque DEUS É UMA UNIDADE ONIPRESENTE, ENQUANTO AS SUPOSTAS “CRENÇAS  COLETIVAS” atestam a ILUSÃO de que somos seres carnais, apartados uns dos outros,  dotados de mentes pessoais independentes e defensoras de seus próprios e aparentes “direitos”!

Todas estas mentiras são negadas pela Verdade de que UNICAMENTE DEUS É REALIDADE, sendo, portanto, a própria IDENTIDADE CRÍSTICA de todo FILHO DE DEUS, quando reconhecido pela sua real natureza ESSENCIAL, atemporal e permanente.

Em sua citação, diz Isaías: Depois disto ouvi a voz do Senhor, que dizia: A quem enviarei, e quem há de ir por nós? Então disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim!”

Em sua perguntas, “A quem enviarei, e quem há de ir por nós”, deu Isaías a RESPOSTA CERTA E ABSOLUTA, resposta que em meio às crenças falsas das “aparências”, devemos sempre repetir: “Eis-me aqui, envia-me a Mim!”

A cada situação que nos virmos sendo OUTRO QUE NÃO DEUS, devemos nos habituar a responder QUE ESTAMOS AQUI, – EM DEUS QUE É TUDO – PARA QUE DEUS NOS ENVIE “A MIM”, À VERDADE DO “EU SOU VOCÊ”. Assim perceberemos  QUEM há de ir por nós, emancipados das crenças materiais fraudulentas!

Habitue-se a praticar a resposta de Isaías, interpretando as situações como espirituais, de forma que unicamente Deus nos “transporte a Mim”, a nossa eterna UNIDADE COM ELE, vivendo plenamente alheios ao suposto “mundo do pai da mentira”! 

*

CONTEMPLE A TOTALIDADE DE DEUS FOCANDO ALGUM DE SEUS ASPECTOS!

É comum encontrarmos na literatura absoluta da Metafísica a Verdade de que DEUS É TUDO. Este FATO quase sempre vem acompanhado da orientação de que devemos “contemplá-lo”, através da “Pratica do Silêncio”.

A suposta “mente humana”, apesar de ser nada, não deve ficar vazia, durante as “contemplações”, principalmente quando elas são iniciadas, aparentemente impregnadas com os mais diversos pensamentos do mundo. Estar “vazia” não significa “estar anulada”, o que acontecerá na própria “contemplação” quando a Mente de Cristo espontaneamente se revela como a MENTE REAL que todos temos.

A frase DEUS É TUDO pode se mostrar mais eficaz quando associada com algum “aspecto de Deus”o que, ao ser afirmado, filtra as interferências da “mente humana” até ser ela transcendida pela atuação do próprio Deus em nós!

DEUS É LUZ. É JUSTIÇA, É AMOR, E É TUDO!         

 Se escolhermos um aspecto específico de Deus para contemplarmos, como, por exemplo. “DEUS É A GLORIOSA E GRANDIOSA VIDA UNIVERSAL, Sua totalidade como Vida onipresente ficará sendo o “foco de contemplação”, e com maior eficácia, a Vida, sendo assim reconhecida como única e absoluta, nos levará a PERCEBER QUE A VIDA QUE SOMOS, O CRISTO, ENCONTRA-SE ABRANGIDA PELA GRANDE VIDA DE DEUS, COM QUE SOMOS TODOS UM!

Somos O QUE DEUS É, SOMENTE O QUE DEUS É, E TUDO O QUE DEUS É! Isto por sermos O VERBO DIVINO EM AUTO EXPRESSÃO INDIVIDUAL.

FAÇA O MESMO EMPREGANDO OS DEMAIS ASPECTOS DE DEUS!

 

*

RECONHEÇA O UNIVERSO PERFEITO!

“Vemos através de um espelho em enigma”, disse Paulo, ao se referir à visão deturpada que a mente humana faz do Universo. Quando Jesus disse que “não somos deste mundo”, e, ,quando orou: “Pai, não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal”, a última coisa que estava pensando, é que vivemos em mundo material! Não será porque a mente humana capta este finito “conceito material de existência”, que a REALIDADE terá se reduzido à sua cegueira! Não somos jamais integrantes deste “conceito”, uma vez que já estamos em Deus e como Suas Obras permanentes.

Jamais creia que tenha de ser “tirado do mundo”, mas sim, tão somente, que seja liberto da ILUSÃO, ou seja, da falsa crença de estar na matéria! Não existe matéria! Deus está ativo como Sua Consciência infinita; e, exatamente onde VOCÊ agora está, a Consciência infinita Se faz presente como a Sua Existência, Seu Universo perfeito, Sua Identidade crística em unidade perfeita com o Todo.

Reconheça em VOCÊ a presença da Visão iluminada, mais próxima do que os supostos “olhos humanos”. Identifique-se com esta Onivisão, reconhecendo o Universo como perfeição absoluta! Seria algo assim: “Enquanto a ilusória visão humana vê mundo imperfeito, a Visão divina, em MIM, vê o Universo perfeito!” O Gênesis  registra: “E viu Deus tudo quanto fizera, e eis que achou muito bom!” Não dê atenção alguma à visão fraudulenta da ilusória mente humana! Abra sua percepção una com Deus e, assim como diz Deus no Gênesis, diga VOCÊ neste agora: VEJO TUDO QUE DEUS FAZ, E ACHO MUITO BOM! Deus é você são UM! A Visão de Deus é a SUA VISÃO! Dedique-se a reconhecer a Verdade, que é simplesmente você se discernir em Deus, sendo Deus e vendo como Deus!

*

A NADA SE APEGUE AO QUE É VISTO PELA MENTE

Tudo que a suposta mente humana capta é ilusão! Enquanto isto for somente lido, sem ser vivido, teremos adotado o hábito da “crença coletiva”, atuando mesmericamente sobre nós.

É comum vermos alguém comentando: “Nunca pensei que aquela pessoa fosse agir daquela forma comigo!”, ou “Contei com alguém para isto ou para aquilo, mas quando mais precisei, me abandonou!” – são inúmeras as colocações ilusórias com estes desapontamentos; porém, qual o real sentido deles? Eles revelam que “esperávamos algo do nada”, que esperávamos tirar do zero quantidades de que ele não dispõe, para poder nos atender! O chamado  “mundo material” é uma ILUSÃO! Qualquer espera de que algo nos venha a partir dele, é comparável a um andarilho, no deserto, vivendo na expectativa de receber água do lago visto em “miragens” de sua mente alucinada!

Li, certa vez, a seguinte parábola: Uma pessoa, em noite escura, olhava continuamente para o chão,  nas proximidades de um poste de iluminação. Parecia procurar algo ali perdido. Uma outra, próxima a ela, vendo que o tempo se passava e nada era achado, decidiu-se por ajudá-la também na busca. Perguntando o que estava sendo procurado, a pessoa respondeu: “Perdi uma joia!” E então, os dois ficaram por mais um tempo naquela procura, quando  quem veio para ajudar fez-lhe a seguinte pergunta: “Mas você tem  certeza de que foi aqui que ela caiu?” E, para sua surpresa, ouviu a resposta: “Não! Mas vim procurar aqui porque “aqui tem luz”,  está claro, tem o poste iluminando!”

Esta parábola retrata a vida da “mente em ilusão”. Busca na “matéria”, que enxerga, o que não existe nela! O que é “escuro”, para a mente humana, é a Substância infinita que somos, a Presença de Deus,  a Consciência iluminada! Quando a pessoa parar de contar com coisas, pessoas e condições “deste mundo”, para radicalmente discernir que “TUDO É DEUS”, e que, em vista de a Verdade ser esta,  TUDO  “já está acontecendo” como manifestação perfeita de tudo o que lhe diz respeito, entenderá o que é a chamada “VIDA PELA GRAÇA”, ou seja, estará reconhecendo, em SI MESMA,  a Presença do INFINITO; nada ficará esperando das “miragens” da suposta vida humana, e, paradoxalmente, nesta própria “vida humana”, constatará o “aparecimento” do que “necessita”, que é sempre “algo que ela própria essencialmente É”, sem que se preocupe com nada, sem que de ninguém cobre nada e sem que sinta falta de nada!

*

DEUS MANTÉM O CRISTO SENDO VOCÊ

Quando a Bíblia nos garante que “a Graça de Deus nos basta”, e que “pela fé somos Filhos de Deus”, o que precisa ser entendido e aceito, é que “bastará crermos na Verdade” e a Verdade será vivenciada por nós. Não há pré-requisitos nem exigências complicadas, difíceis de serem atendidas e cumpridas! Por isso, Jesus disse que “aqueles dotados de “coração de criança” são os que “se verão no Reino dos Céus”.

Entender que “as obras de Deus são permanentes”, é captar a Verdade de que Deus Se expressa eternamente como o CRISTO que VOCÊ É! Ao dizer “estivestes comigo desde o princípio”, Jesus revelava este fato eterno! Jamais houve “queda do homem”, por causa de suposto Adão em “pecado original”! Jamais houve “retorno do filho pródigo à casa do pai”.

Estas irrealidades se destroem pelo conhecimento da Verdade imutável: DEUS E HOMEM SÃO UM! Inquebrantavelmente UM! Caso o homem pudesse “se afastar” de Deus, não seria UM COM ELE! E a revelação da Verdade está fundamentada unicamente nesta UNIDADE: “Dei-lhes a glória para serem um, como nós, ó Pai, somos um – perfeitos na UNIDADE” (João 17: 22).

O que Jesus diz, quanto a “dar-nos a glória” de ser um com Deus, significa, de fato, “revelar-nos” esta Verdade, que é permanente! Exatamente AGORA, Deus e VOCÊ são um!

Jamais a suposta “mente humana” enxergará esta UNIDADE, que é discernida apenas ESPIRITUALMENTE! E é Fato PRESENTE!

Deus mantém o Universo infinito sendo TUDO! E Deus Se mantém sendo VOCÊ, que é o FILHO em SI MESMO!

DEUS MANTÉM O CRISTO SENDO VOCÊ! Em vista disso, suas “contemplações da Verdade” são isentas de esforços e são atemporais!

AGORA, NESTE EXATO AGORA,  DEUS SE MANTÉM SENDO A TOTALIDADE DO CRISTO EM VOCÊ!

Por isso disse-nos  Jesus: “Sede perfeitos como perfeito é o Vosso Pai Celestial”.

Não existe “matéria” e não existe “ser nascido de pais na Terra”: DEUS É TUDO!

Livre-se da dualidade e, com “coração de criança”, reconheça esta Verdade, que é a própria Verdade sendo VOCÊ!

*

DISSOCIE-SE DA ILUSÃO CHAMADA “MUNDO FENOMÊNICO”!

Há milênios que o suposto “mundo fenomênico”  vem sendo explicado  à humanidade COMO IRREALIDADE, a fim de que O UNIVERSO REAL possa ser percebido em seu lugar em toda a sua perfeição e onipresença!

Krishna o chamou de “aparência”, Buda o chamou de “ilusão”, e Jesus o chamou de “mundo do pai da mentira”! Mas a humanidade insiste em dar-lhe veracidade e realidade, crença falsa coletiva que somente oculta a PERCEPÇÃO de que vivemos todos, AQUI E AGORA, no Reino de Deus!

Esta ILUSÃO DE MASSA é “vista” como existente, como um “mundo que se desdobra fora da “mente humana”, mas que, de fato, ocorre de ser “visto” unicamente como um sonho é visto, isto é, unicamente como “imagens na mente”. Por isso um hipnotizador consegue alterar a ilusão sugerindo aos hipnotizados as imagens mentais sugeridas por ele!

IMAGENS HIPNÓTICAS SÃO IRREALIDADES, MAS AS IMAGENS VERDADEIRAS, GERADAS POR DEUS, SÃO TODAS PERFEITAS,  E ALÉM DE REAIS, DURAM TODAS PERPETUAMENTE!

Portanto, basta-nos TROCAR AS IMAGENS FALSAS, HIPNÓTICAS E COLETIVAS, PELAS DIVINAS E VERDADEIRAS, QUE SÃO PERMANENTES!

Ao meditar, considere o mundo de imagens hipnóticas como NADAS, ou como AUSÊNCIAS; e então, assuma TER A MENTE DIVINA CAPAZ DE VER AS COISAS TAIS COMO DEUS AS VÊ! EM OUTRAS PALAVRAS, ACREDITE QUE O SUPOSTO “EU HUMANO” JAMAIS TEVE REALIDADE, e que O CRISTO é a sua Identidade real, “desde o princípio”, como atestam as Escrituras.

*

QUANDO “BUSCARDES” DE TODO O VOSSO CORAÇÃO!”

“Então, me invocareis, passareis a orar a mim, e eu vos ouvirei. Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração”.

Jeremias 29:12-13

Jeremias deixa registrada a necessidade de orarmos e percebermos a falácia que seria alguém acreditar “ter vida própria” em suposto “mundo terreno”, enquanto na Verdade UNICAMENTE DEUS VIVE, E SÓ VIVEMOS QUANDO PERCEBEMOS estarmos vivos como Sua VIDA ONIPRESENTE!

“Passareis a ORAR A MIM, e EU VOS OUVIREI”, diz a citação.  Que é ORAR A MIM? Significa cada Filho de Deus ORAR A SI MESMO, EM SUA REAL E ÚNICA IDENTIDADE CRÍSTICA, sem crenças dualistas que divirjam da UNIDADE PERFEITA QUE SOMOS E QUE FORMAMOS ETERNAMENTE!

Jamais existiram “carnais nascidos e sujeitos a mortes”! Esta ILUSÃO DE MASSA só aparenta existir para aqueles que endossam a CRENÇA MENTIROSA de terem “nascidos”, e que desconheçam a Verdade de que DEUS É TUDO!

“Buscar-me-eis e me achareis QUANDO ME BUSCARDES DE TODO O VOSSO CORAÇÃO”, completa a citação.

A PRESENÇA DE DEUS será “achada” mediante A “buscarmos” DE TODO O NOSSO ENTENDIMENTO ESPIRITUAL, unicamente EM NÓS MESMOS, RECONHECENDO COM FÉ E PERSEVERANÇA O FATO ETERNO DE QUE  SOMENTE EXISTE DEUS!

 *

O PROPÓSITO DE JESUS

O enfoque absoluto da Verdade acolhe como prioridade a recomendação de Jesus: “Em PRIMEIRO LUGAR, buscai o Reino de Deus”. Sem esta decisão inicial de nos identificarmos com os princípios revelados,  um mero ouvir ou ler que “estamos em Deus”, mas ficando a vida toda acreditando “estarmos em vida terrena”, é algo profundamente deplorável.

“O Reino está presente no mundo inteiro, mas os homens não o enxergam” – disse Jesus a seus discípulos (Evangelho de Tomé). Como poderíamos achar lógico, diante de uma revelação desse porte, encontrarmos uma humanidade  aparentemente cega como ela se nos apresenta?  Igrejas e mais igrejas são erguidas por todo canto! Falam em “renascimento”? Falam em Reino de Deus? Falam que somos “Luz do mundo”? Sabemos a resposta: nada pregam do real Evangelho original!

Realmente, há um REINO DE LUZ INFINITA, exatamente aqui e agora. As Mensagens do Facho de Luz fundamentalmente se destinam a fugir do padrão costumeiro de mensagens espirituais, que é o de gerar melhor vida terrena, para efetivamente cumprir a intenção de Jesus e demais mestres da humanidade: REVELAR A VERDADE, O REINO DO ABSOLUTO, A MANEIRA DE ESTE OBJETIVO SER CONCRETIZADO!

E como disse Jesus, feito isto, “todas as demais coisas mecessárias” nos serão meramente entendidas como “bens acrescentados”.

 *

NASCIDOS DA CARNE SÃO NADAS!

Aos olhos de Deus, tudo é Sua própria Luz Se expressando! Não existe “outra Luz” sendo quem VOCÊ É, ou como Jesus É! Portanto, ao revelar “Eu Sou a Luz do mundo”, ou “Vós Sois a Luz do mundo”, Jesus simplesmente declarava DEUS COMO LUZ, SENDO TUDO E SENDO TODOS.

Obviamente, não há pontos de escuridão na Luz. João assim disse sobre Deus: “Deus é Luz e n’Ele não há trevas nenhumas”.

A Bíblia diz: “Nele – no Verbo – estava a Vida, e a Vida era a Luz dos homens. E a Luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam (João, 1: 4-5).

Como pode a Luz resplandecer nas trevas? Da mesma forma com que a Luz do Sol resplandece em dia nublado! A partir de seu referencial, em que é sempre dia iluminado; a partir do referencial da terra, a sua luz não é compreendida. Portanto, ter a Luz significa viver em seu referencial, viver em unidade com a Luz, viver sendo a Luz.

Este é o papel do ensinamento absoluto! Sem achar falha nenhuma em Filhos de Deus, indica a todos eles o Referencial da Luz com o qual se verão iluminados como sempre estiveram sendo!

A visão que ilusoriamente “via” um “CRISTO NUBLADO” é descartada e substituída pela Visão correta, que revela quem somos: o CRISTO LUZ!

Somos Luzes sem trevas, pois, somos a Luz eterna que Deus é! Entre na “contemplação silenciosa” já de referencial trocado, ou seja, vendo-se ILUMINADO, um Ser divino e eterno, dotado de Luz infinita! Desse modo, estará identificado com as revelações a seu respeito, pregadas por todos os grandes mestres da humanidade!

*

DÊ VIDA PLENA À VIDA!

Dar vida à vida parece paradoxo! Entretanto, é o que todos precisamos fazer! Dar vida à vida é viver este agora como ele é: o instante único em que vivemos sempre! Para quê fazer planos? Para quê relembrar passado? Para quê antever futuro? A vida é agora! Como a vida é? Humana? “Quem perder a sua vida, a achará”, disse Jesus, para revelar o que é Vida em cada um de nós AGORA! Disse também “Eu sou a Vida!” O verbo está na primeira pessoa do presente.
 
Alguns dizem: “Se eu for viver este agora, a minha vida está ruim demais!…” Que falta perceber? A Vida real! A Vida em SI! DEUS!

Sem Deus a vida é sem sentido! Sem Deus inexiste vida! A ilusão mostra um conceito ilusório de vida:  limitada e temporária! Nela, perseguimos a felicidade de todas as maneiras! Mas, felicidade é Vida! Felicidade é Deus! Onde está Ele? Em nós! Deus é nossa Consciência! Eis o sentido da frase “Eu sou a VIDA”!
 

Uma vez percebido que Deus é Vida, que mais a Vida poderia ser? Vida é a totalidade daquilo que Deus é! Vida é Amor! Vida é Luz! Vida é Alegria! Vida é o Aqui e Agora discernidos  espiritual e interiormente!
 
E o suposto mundo visível? Tem vida? Não! Parece ter vida, mas é simples imagem na mente! Uma simples “miragem”. Um sonho parece conter elementos vivos para o sonhador! Mas, mesmo assim, a vida de tudo, pertencente ao sonho, nunca passa de mera ilusão mental!

Que dificuldade para a mente humana aceitar esta Verdade! E ela está em todos os ensinamentos revelados conhecidos! Mas, a mente humana não pode assimilar algo dessa natureza! Somente os dotados de  “coração de criança” podem fazê-lo!
 
Pare de analisar  “vida” humana! Pare de achar que ela está boa ou ruim! Ela é “nada”! A Vida real é a Vida Divina sendo nossa Consciência! NELA SOMOS TUDO!

Encontrar nosso verdadeiro Eu, é encontrar a nossa Vida verdadeira: e, então, as revelações serão verdadeiras para nós, por terem sido comprovadas! E dentro de nós próprios!
 

*

PERSISTA NO RECONHECIMENTO DE QUE SOMENTE EXISTE DEUS!

Aparentemente, somos tentados, por todo lado, a aceitar algo ou alguém que não seja Deus. Poderá ser-nos bastante útil, ocasionalmente, recordar que até mesmo a tentação para fazer-nos reconhecer e aceitar algo que não seja Deus, é completamente falsa, e sem qualquer base em fato real. Não há Deus algum em tentação de se aceitar a dualidade.

Não aceitamos, como genuína, nenhuma aparência de poder maligno, de pessoa má, ou de má condição. Honramos Deus, e Deus somente. Fazemos isto por assumirmos um rápido posicionamento, ao nos defrontarmos com alguma aparência de outra presença ou poder apartados de Deus, e persistirmos em nossa percepção de que somente Deus existe. O nosso critério constante deve ser: “Isto é Deus?” Se for Deus, tem de ser bom. Se for Deus, tem de ser Amor, Inteligência … e Tudo o que o Deus é. Se não for Deus, ele simplesmente não existe; e não podemos ser tentados a aceitá-lo, honrá-lo, ou dar-lhe crédito.

Se aceitarmos e retivermos alguma ilusão de dualidade quanto ao mundo, estaremos parecendo experimentar esta mesma falsidade em nossas vidas e experiências diárias. Além disso, se fomos iludidos pela dualidade, pareceremos experimentar algo que não seja Deus, em ou como os nossos corpos. Isto será inevitável, porque a nossa Existência inteira é compreendida somente daquilo que aceitarmos, reconhecermos ou honrarmos. Se nos submetermos a uma ilusão de qualquer espécie, pareceremos encontrar  ilusão em nossa experiência. Isto não torna a ilusão genuína; porém, se parecermos estar iludidos pela dualidade, uma ilusão certamente poderá nos parecer verdadeira.

Quando formos confrontados com qualquer ilusão de dualidade, devemos lembrar constantemente os fatos relevantes que são genuínos. Desse modo, estaremos enfrentando ativamente a aparência ilusória. Não faremos nenhum trabalho mental para modificar a aparência da dualidade, nem para nos livrarmos dela. Somente deixaremos que esta aparência falsa nos sirva como lembrete daquilo que é verdadeiro e genuíno. Qualquer aparência pode lembrar-nos imediatamente do fato que Deus é a única Existência.

Devemos bem lembrar  que não há nenhuma tentação que nos induza a acreditar na dualidade. Deus, realmente, é a única Mente, e a Mente, que é Deus, conhece unicamente a Si mesma.

*

O BOM DEUS

Deus conhece tudo, em todas as ocasiões. A Bíblia, às vezes, diz que Deus mudou de ideia ou se decepcionou. Ela conta que Deus testou a obediência de Abraão. Conta também que Ele se decepcionou com Adão e Eva, com a maldade da humanidade antes do dilúvio. Na verdade, muitas vezes Ele é representado como desanimado, ou até mesmo frustrado, pela conduta da humanidade. Na teologia ortodoxa, o demônio está continuamente atrapalhando os planos de Deus. Ao ouvirmos certos pregadores, poderíamos supor que o diabo é muito mais poderoso que Deus.

Claro que isso é bobagem. Tais coisas não poderiam ser verdadeiras. Foi a ideia que Abraão tinha de Deus que o levou a preparar-se para matar Isaac. Foi a maldade da humanidade antes do dilúvio que trouxe o dilúvio como consequência natural, assim como os temores, os ódios, os ciúmes e a ambição da humanidade, ao longo de muitos anos, trouxeram a guerra.

Nós fazemos uma imagem idólatra de nós mesmos e a chamamos Deus. Vamos destruir hoje essa imagem, e adorar o verdadeiro Deus, que é o Bem infinito e imutável.

Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa (Números 23: 19).

*

VOCÊ É TUDO DE QUE POSSA NECESSITAR

Jamais olhe para fora de si mesmo em busca de amor, felicidade ou companhia. Nem tampouco considere o amor perfeito como algo que deva procurar obter para possuir e gostar. Seja o que for que alguém esteja buscando, desejando ou aguardando, isto se baseia na falsa suposição de que, de momento, encontra-se carente daquilo. Esta concepção errônea impede que tenha consciência de que aquele “algo” já lhe está dado.

Você diz que conhece a Verdade, mas que não tem conseguido demonstrá-la ou trazê-la à sua experiência? Seria a experiência outra coisa que não a Verdade? Seria o seu Ser uma coisa, e a sua experiência outra coisa? Deixe ir a crença do “ eu não tenho demonstrado, eu não tenho experienciado, eu não tenho comprovado”, e adote o conhecimento de que “Eu e minha experiência somos um; Eu sou Autossuprido, o Eu que contém tudo”.

Ninguém precisa correr atrás de nada; nem de felicidade nem de riqueza; nem de amor nem de paz. Alguém precisaria buscar aquilo que ele próprio É? Seja o que for que alguém acredite necessitar, que passe à imediata compreensão: “Eu sou aquilo… Eu, o Eu, tenho tudo”.

*

Back to Top
×

Curtir no Facebook