A VERDADE DOS NEGÓCIOS

DEUS É TUDO   é a Verdade Absoluta. É a única Verdade. É uma Verdade vitalmente viva, ativa e poderosa. Muitos estudantes confinam a Verdade numa cadeira preguiçosa ou numa prece fechada. Mas a Verdade (Deus) é ativa em toda parte – o tempo todo. Especificamente, a Verdade é ativa em e como a vida e as atividades da pessoa de negócios.

Se você opera ou administra um negócio, os fatos aqui apresentados provarão ser de extrema utilidade para manifestar paz, alegria, prosperidade e amor em e como seus empreendimentos. Se estiver pensando em iniciar um negócio, estes fatos, ativamente contemplados, eliminarão as dores de cabeça e frustrações que parecem perturbar a fase de implantação.

Leitor, leve em consideração o seguinte: DEUS, SENDO ATIVO, É O ÚNICO NEGÓCIO QUE HÁ. O fracasso de muitos negócios está diretamente ligado à falsa crença de que existe uma atividade pessoal, ou responsabilidade pessoal pela atividade. Quão pessoal é a atividade dos planetas, e dos sistemas de galáxias? Quão pessoal é a atividade das ondas dos oceanos? Quão pessoal é o florir de uma rosa? Isto é Deus sendo ativo, e esta atividade é bastante bem-sucedida. Somente um falso conceito de atividade pessoal resulta em fracasso. Você está, sem dúvida, questionando a afirmação de que não há atividade pessoal. Ao mesmo tempo, provavelmente tenha aceitado devotadamente que DEUS É TUDO. Pergunte-se: “Deus é uma pessoa?” Não. Portanto, não pode haver nenhuma atividade pessoal, e nenhum negócio pessoal.

Constantemente você tem contemplado o fato de que DEUS É TUDO. Você já contemplou o fato de que Deus é a atividade de “seu” negócio? Você já contemplou o fato de que Deus é o negócio em si? Seu negócio é realmente a Presença, Poder, Substância, Inteligência e Perfeição de Deus em movimento. Apenas uma contemplação meditativa deste fato já eliminará a ansiedade de “fazer acelerar” o seu negócio. Uma percepção e contemplação mais profundas deste fato provarão visivelmente sua veracidade como sucesso crescente sem esforços.

Retorne sua atenção à atividade dos planetas e galáxias (Deus em ocupação). Estas atividades vêm se mantendo há milênios. E, a atividade é uma atividade bem-sucedida. Considere este fato: EXISTE UMA ATIVIDADE – DEUS. Meça esta Verdade com os inúmeros aparentes negócios que fracassam a cada ano. Como Deus poderia ser tão bem-sucedido como uma atividade e ser tão mal-sucedido como outras atividades? A resposta é clara: O negócio de nossa galáxia, e de incontáveis outras, é indisputavelmente percebido e reconhecido por todos como sendo a atividade de “algum poder superior”, enquanto os donos de negócios se veem como atividade separada, costumeiramente chamada de “meu negócio”. Eis a razão da aparente divisão. Tudo é uma questão de percepção. Quando alguém ligado a negócios eleva em prece sua percepção para “ver” que existe um único negócio, inseparável e indivisível – Deus em ocupação – pode observar a evidência crescente desta Verdade em e como o “seu” negócio.

Recentemente, os cientistas têm informado que existem no mínimo várias outras centenas de galáxias do tamanho da nossa, exatamente agora. Por que elas têm sido descobertas? Porque nenhuma “outra” galáxia tentou usurpar o lugar e a posição de uma galáxia qualquer. (Saturno, por exemplo, não tentou usurpar a órbita de Urano). Em outras palavras, não tem havido competição entre os planetas e galáxias. Você deseja liquidar com seu negócio? Eis uma boa receita: Acredite na ideia de competição. Ela é uma boa garantia de fracasso e frustração. Existe Uma Única Atividade Ativa – Deus. Deus compete com Ele mesmo? Não. A noção de competitividade surge de toda ideia generalizada de não existir mercado suficiente para que se prossiga. Ela não está baseada num Deus que é infinito. Se você “possui” um negócio e é estudante da Verdade, deve contemplar diariamente a ideia da “infinitude”, até deixar de se envolver com a ideia de limitação e restrição.

Outra noção errada é a de que alguém possui um negócio semelhante ao seu. Isto não pode ser verdade. Há diferenças sutis inerentes a cada negócio. Anos atrás, na indústria de modas, havia duas agências: Ford e Zolie. As duas eram nomes famosos na Indústria. Contudo, não havia muita competição entre elas. Os modelos Ford eram para as beldades de “padrão-diário”; os da Zolie eram para as beldades exóticas. Onde hoje está a Igreja do Cristo Universal, existe uma Igreja Grega Ortodoxa, uma catedral episcopal nacionalmente famosa, uma Igreja Presbiteriana e uma Igreja Católica. Todas estão muito próximas entre si. Todas adoram a Deus e apresentam atividades similares; obviamente, não a mesma atividade nem a mesma mensagem. A ideia de competição entre as igrejas existe apenas numa imaginação temerosa.

Ninguém possui um negócio exatamente igual ao seu. Portanto, nenhum outro negócio consegue usurpar a posição e sucesso de seu negócio. Se a competição fosse possível, Deus estaria em conflito com Ele próprio.

Lembre-se: DEUS É A ÚNICA ATIVIDADE EM OCUPAÇÃO. Através deste artigo, usei com muita frequência o verbo “contemplar”, incentivando-o, leitor, a contemplar certos fatos básicos. O que lhe sugiro é que você simplesmente considere o que é Verdade. Nas horas de prece, considere atentamente o fato de que realmente existe uma só Presença, um só Poder e uma só Atividade – Deus. E então, considere o máximo que puder as implicações desta Verdade em você, que está orando, e, especificamente onde o “seu” negócio é conduzido.

Considere o fato de que, para o fracasso ocorrer, Deus teria de fracassar. A conscientização fará aflorar que o fracasso é impossível. Se o fracasso estivesse incluso no reino da verdadeira possibilidade, você provavelmente não estaria lendo este artigo, em absoluto. Uma contemplação desse tipo traz revelações mais profundas dos negócios de Deus. Além disso, ela elimina a ideia de fracasso. É a ideia de fracasso que parece acobertar a atividade bem-sucedida de Deus aparecendo como o seu negócio. Ela é o “vidro fosco” que aparenta ocultar o sucesso radiante que você é. Mas, isto é somente uma aparência – DEUS É TUDO.

*

Seja A Perfeição Absoluta Que Você É!

Considere as palavras de Cristo: Ele não recomendava que aguardássemos a perfeição, mas sim,  que FÔSSEMOS A PERFEIÇÃO. Por que não? Você e o Pai são um! Você e a Perfeição são um, e não dois! Eis por que a Perfeição deve ser aguardada como o normal do dia a dia, e a imperfeição como a exceção.

Deus é Tudo. Isso você já sabe. Deus é Perfeição, Perfeição é tudo. Esta é a realidade. A totalidade da Existência é Perfeição existindo. Não se importe com o que possa parecer ocorrer neste momento. “Não julgueis segundo as aparências”. Conserve sua atenção focalizada na Verdade da Perfeição Onipresente, e no fato de SER VOCÊ  esta perfeição.

Isto significa que tentará ser perfeito em tudo o que fizer, como os perfeccionistas? Ou que irá trabalhar para atingir a perfeição?  Não. Significa que, em prece, irá contemplar a Verdade de seu próprio ser, que é a própria Perfeição. Aceitará esta Verdade como única realidade de sua Existência. Contemplará a Perfeição  como a única Presença e Poder. E mais, contemplará a Perfeição como a única Manifestação visível.

Marie S. Watts, num de seus artigos, disse: “Toda aparência de imperfeição serve para nos chamar a atenção ao Princípio perfeito, que é Perfeição plena. Um engano somente pode ser visto como problema, ou mal, enquanto estiver sendo visto equivocadamente como fato. Uma vez esteja a nossa atenção focalizada no Fato perfeito, o engano é anulado. Ele simplesmente desaparece!”.

*

Seu Melhor Ano!

S E U  M E L H O R  A N O!

Allen White

Caro leitor, estou lhe garantindo a experiência de seu melhor ano. Isto porque a Verdade já é verdadeira—já está visivelmente presente e é um Fato imutavelmente estabelecido. Cada pontinho da Existência infinita é um ponto de Perfeição. Ciente disso, seus estudos, orações e contemplações meditativas não serão feitos com o propósito de melhorar, mudar, curar, obter ou atingir algo. A Perfeição (Deus) já é Tudo.

Você já deve ter notado que apenas ficar afirmando que “Deus é Tudo” não é o bastante para imunizá-lo frente às batalhas e tempestades da vida. A mera repetição destas palavras não tem revelado visivelmente a nulidade da existência humana. Mais se faz necessário.

Como ser humano, você não poderá viver uma vida gloriosa, radiante e triunfante, livre de discórdia e doença. Proclame para si próprio, exatamente agora, que sua Identidade já é o Deus que é Tudo. Os chamados milagres começarão a surgir. Assumindo esta Verdade, real e confiantemente, poderá dizer:

Eu Sou Tudo, Eu Sou todo Poder, Eu Sou Onipresença, Eu Sou Infinidade, Eu Sou Perfeição, Eu Sou Verdade, Eu Sou Substância, Eu Sou Luz, etc..

Isto não será uma elevação de identidade humana à Divina; antes, será a extinção da humana, pelo reconhecimento da Divina como sendo tudo que há.

Sem flutuações, permaneça em e como esta Verdade. Contemple diariamente a Verdade de sua Identidade. “Já faço assim”, pode você estar pensando. Muitos dizem isto, mas, depois da contemplação matinal, acabam entrando em flutuações e vacilações. Suas conversas, ao longo do dia, expõem o fato de que eles realmente parecem acreditar que suas identidades são humanas. Portanto, persista diariamente na “Eu Sou Contemplação”, até deixar de se identificar com alguém de cor branca ou negra, de sexo   masculino ou feminino.

Continue até parar de identificar seu Eu Eterno com uma data de nascimento ou data de morte futura. Continue até compreender, sem nenhuma sombra de dúvida, que você não é senão a presença visível de cada Verdade que veio ouvindo ou lendo.

Sim, Amado, persista, até todos os vestígios de humanidade visivelmente serem derrubados, revelando mais e mais o Esplendor Consumado de sua Identidade “EU SOU”.

*

Seu Melhor Ano!

ano

Caro leitor, estou lhe garantindo a experiência de seu melhor ano. Isto porque a Verdade já é verdadeira—já está visivelmente presente e é um Fato imutavelmente estabelecido. Cada pontinho da Existência infinita é um ponto de Perfeição. Ciente disso, seus estudos, orações e contemplações meditativas não serão feitos com o propósito de melhorar, mudar, curar, obter ou atingir algo. A Perfeição (Deus) já é Tudo.

Você já deve ter notado que apenas ficar afirmando que Deus é Tudo não é o bastante para imunizá-lo frente às batalhas e tempestades da vida. A mera repetição destas palavras não tem revelado visivelmente a nulidade da existência humana. Mais se faz necessário.

Como ser humano, você não poderá viver uma vida gloriosa, radiante e triunfante, livre de discórdia e doença. Proclame para si próprio, exatamente agora, que sua Identidade já é o Deus que é Tudo. Os chamados milagres começarão a surgir. Assumindo esta Verdade, real e confiantemente poderá dizer: Eu Sou Tudo, Eu Sou todo Poder, Eu Sou Onipresença, Eu Sou Infinidade, Eu Sou Perfeição, Eu Sou Verdade, Eu Sou Substância, Eu Sou Luz, etc.. Isto não será uma elevação da identidade humana para a Divina; antes, será a eliminação da humana pelo reconhecimento da Divina como sendo tudo que há.

Sem flutuações, permaneça em e como esta Verdade. Contemple diariamente a Verdade de sua Identidade. “Já faço assim”, pode você estar pensando. Muitos dizem isto, mas, depois da contemplação matinal, acabam entrando em flutuações e vacilações. Suas conversas, ao longo do dia, expõem o fato de que eles realmente parecem acreditar que suas identidades são humanas. Portanto, persista diariamente na “Eu Sou Contemplação”, até deixar de se identificar com alguém de cor branca ou negra, de sexo masculino ou feminino. Continue até parar de identificar seu Eu Eterno com uma data de nascimento ou data de morte futura. Continue até compreender, sem nenhuma sombra de dúvida, que você não é senão a presença visível de cada Verdade que veio ouvindo ou lendo.

Sim, Amado, persista, até todos os vestígios de humanidade visivelmente serem derrubados, revelando mais e mais o Esplendor Consumado de sua Identidade “EU SOU”.

Você, agora, chegou ao seu ponto de rompimento. Até parece que você e eu havíamos assumido um compromisso com nossos olhos de aceitar os seus informes conforme aquilo que está ou não acontecendo num dado momento. É um acordo que você deve quebrar. Muitas vezes, temos aparentemente trocado a Verdade pela ficção. Toda esperança e prece por uma vida melhor ignoram a Existência inabalável como única manifestação. Toda esperança e prece por uma vida melhor se baseiam nos olhos testemunhando um mundo oscilante. Amado, você não pode continuar desse jeito! Diante de uma escolha entre o que parece ser, de acordo com os sentidos, e o que é, de acordo com a totalidade de Deus, escolha sempre Deus. Faça isto!

Permaneça nesta escolha! Não permita oscilações. e repentinamente uma nova visão lhe será aberta, testemunhando a Perfeição exatamente onde a imperfeição parecia estar presente. Se você sabe que Deus é verdadeiramente Tudo, descobrirá ser isto é bem fácil. Se apenas tem repetido as palavras, sem nenhuma percepção de que são a Verdade, isto lhe será difícil; e, caberá a você a tarefa de, em preces contínuas, descobrir a real natureza de Deus.

Meu amado, após assim ter feito, poderá ir ao seu mundo e proclamar que tudo e todos SÃO a Perfeição Evidenciada. Poderá olhar para seu mundo e declarar que é o Paraíso. Poderá olhar para cada aparência de carência e declarar a presença da Abundância Infinita. Poderá olhar para si mesmo, e para o próximo, marido, esposa e filho, declarando secretamente que todos são Deus. Cada dia estará evidenciando mais e mais de sua Divindade, e você irá desfrutar o seu melhor ano.

*

A Verdade Nos Negócios

 verdadenosnegocios1

DEUS É TUDO é a Verdade Absoluta. É a única Verdade. É uma Verdade vitalmente viva, ativa e poderosa. Muitos estudantes confinam a Verdade numa cadeira preguiçosa ou numa prece fechada. Mas a Verdade (Deus) é ativa em toda parte – o tempo todo. Especificamente, a Verdade é ativa em e como a vida e as atividades da pessoa de negócios.

Se você opera ou administra um negócio, os fatos aqui apresentados provarão ser de extrema utilidade para manifestar paz, alegria, prosperidade e amor em e como seus empreendimentos. Se estiver pensando em iniciar um negócio, estes fatos, ativamente contemplados, eliminarão as dores de cabeça e frustrações que parecem perturbar a fase de implantação.

Leitor, leve em consideração o seguinte: DEUS, SENDO ATIVO, É O ÚNICO NEGÓCIO QUE HÁ. O fracasso de muitos negócios está diretamente ligado à falsa crença de que existe uma atividade pessoal, ou responsabilidade pessoal pela atividade. Quão pessoal é a atividade dos planetas, e dos sistemas de galáxias? Quão pessoal é a atividade das ondas dos oceanos? Quão pessoal é o florir de uma rosa? Isto é Deus sendo ativo, e esta atividade é bastante bem-sucedida. Somente um falso conceito de atividade pessoal resulta em fracasso. Você está, sem dúvida, questionando a afirmação de que não há atividade pessoal. Ao mesmo tempo, provavelmente tenha aceitado devotadamente que DEUS É TUDO. Pergunte-se: “Deus é uma pessoa?” Não. Portanto, não pode haver nenhuma atividade pessoal, e nenhum negócio pessoal.

Constantemente você tem contemplado o fato de que DEUS É TUDO. Você já contemplou o fato de que Deus é a atividade de “seu” negócio? Você já contemplou o fato de que Deus é o negócio em si? Seu negócio é realmente a Presença, Poder, Substância, Inteligência e Perfeição de Deus em movimento. Apenas uma contemplação meditativa deste fato já eliminará a ansiedade de “fazer acelerar” o seu negócio. Uma percepção e contemplação mais profundas deste fato provarão visivelmente sua veracidade como sucesso crescente sem esforços.

Retorne sua atenção à atividade dos planetas e galáxias (Deus em ocupação). Estas atividades vêm se mantendo há milênios. E, a atividade é uma atividade bem-sucedida. Considere este fato: EXISTE UMA ATIVIDADE – DEUS. Meça esta Verdade com os inúmeros aparentes negócios que fracassam a cada ano. Como Deus poderia ser tão bem-sucedido como uma atividade e ser tão mal-sucedido como outras atividades? A resposta é clara: O negócio de nossa galáxia, e de incontáveis outras, é indisputavelmente percebido e reconhecido por todos como sendo a atividade de “algum poder superior”, enquanto os donos de negócios se veem como atividade separada, costumeiramente chamada de “meu negócio”. Eis a razão da aparente divisão. Tudo é uma questão de percepção. Quando alguém ligado a negócios eleva em prece sua percepção para “ver” que existe um único negócio, inseparável e indivisível – Deus em ocupação – pode observar a evidência crescente desta Verdade em e como o “seu” negócio.

Recentemente, os cientistas têm informado que existem no mínimo várias outras centenas de galáxias do tamanho da nossa, exatamente agora. Por que elas têm sido descobertas? Porque nenhuma “outra” galáxia tentou usurpar o lugar e a posição de uma galáxia qualquer. (Saturno, por exemplo, não tentou usurpar a órbita de Urano). Em outras palavras, não tem havido competição entre os planetas e galáxias. Você deseja liquidar com seu negócio? Eis uma boa receita: Acredite na ideia de competição. Ela é uma boa garantia de fracasso e frustração. Existe Uma Única Atividade Ativa – Deus. Deus compete com Ele mesmo? Não. A noção de competitividade surge de toda ideia generalizada de não existir mercado suficiente para que se prossiga. Ela não está baseada num Deus que é infinito. Se você “possui” um negócio e é estudante da Verdade, deve contemplar diariamente a ideia da “infinitude”, até deixar de se envolver com a ideia de limitação e restrição.

Outra noção errada é a de que alguém possui um negócio semelhante ao seu. Isto não pode ser verdade. Há diferenças sutis inerentes a cada negócio. Anos atrás, na indústria de modas, havia duas agências: Ford e Zolie. As duas eram nomes famosos na Indústria. Contudo, não havia muita competição entre elas. Os modelos Ford eram para as beldades de “padrão-diário”; os da Zolie eram para as beldades exóticas. Onde hoje está a Igreja do Cristo Universal, existe uma Igreja Grega Ortodoxa, uma catedral episcopal nacionalmente famosa, uma Igreja Presbiteriana e uma Igreja Católica. Todas estão muito próximas entre si. Todas adoram a Deus e apresentam atividades similares; obviamente, não a mesma atividade nem a mesma mensagem. A ideia de competição entre as igrejas existe apenas numa imaginação temerosa.

Ninguém possui um negócio exatamente igual ao seu. Portanto, nenhum outro negócio consegue usurpar a posição e sucesso de seu negócio. Se a competição fosse possível, Deus estaria em conflito com Ele próprio.

Lembre-se: DEUS É A ÚNICA ATIVIDADE EM OCUPAÇÃO. Através deste artigo, usei com muita frequência o verbo “contemplar”, incentivando-o, leitor, a contemplar certos fatos básicos. O que lhe sugiro é que você simplesmente considere o que é Verdade. Nas horas de prece, considere atentamente o fato de que realmente existe uma só Presença, um só Poder e uma só Atividade – Deus. E então, considere o máximo que puder as implicações desta Verdade em você, que está orando, e, especificamente onde o “seu” negócio é conduzido.

Considere o fato de que, para o fracasso ocorrer, Deus teria de fracassar. A conscientização fará aflorar que o fracasso é impossível. Se o fracasso estivesse incluso no reino da verdadeira possibilidade, você provavelmente não estaria lendo este artigo, em absoluto. Uma contemplação desse tipo traz revelações mais profundas dos negócios de Deus. Além disso, ela elimina a ideia de fracasso. É a ideia de fracasso que parece acobertar a atividade bem-sucedida de Deus aparecendo como o seu negócio. Ela é o “vidro fosco” que aparenta ocultar o sucesso radiante que você é. Mas, isto é somente uma aparência – DEUS É TUDO.

*

 

Tudo Está Bem!

plenitude1
Tudo está bem. Quantas vezes você já disse isso? Eu já encerrei muitas orações públicas com as palavras “e  tudo está bem.” Sim, porque esta é a Verdade. TUDO ESTÁ BEM porque TUDO É DEUS. Sente-se e reflita sobre essas palavras por algum tempo. Logo você  se verá considerando o fato de que TUDO ESTÁ BEM, porque Tudo é Deus.

Amado, isto significa que tudo está bem com sua vida exatamente agora. Em sua vida  não há bolsos vazios causados por falta de realização ou por realização parcial. Algo assim seria impossibilidade: Deus (o TUDO)  é a inteireza de sua vida neste exato momento. Sua vida é constituída por Deus sendo tudo.  Que poderia  lhe estar faltando?

Você já considerou a sua vida a partir deste ponto de vista? Ou  vive na esperança de que as coisas irão melhorar só após  você compreender um pouco mais sobre Deus (Verdade)? Pare! As coisas estão excelentes agora. Elas têm de estar! A Perfeição (Deus) é a soma total do que constitui a sua vida.

Por apenas uma semana, contemple estes fatos. Deixe sua Consciência voar às altitudes supremas da Percepção. Eu lhe garanto que, em apenas uma semana nesta contemplação, você porá fim à ideia de que algo possa  estar faltando em sua vida. E certamente,  irá experimentar a evidência de uma grandiosa realização. Mas o seu propósito, com tal contemplação, deverá ser apenas voltado à alegria de reconhecer a totalidade de Deus.

*

Corpo Real e Corpo Aparente

LightBody

PERGUNTA:

Se meu aparente corpo mortal  se mostrar doente, e através da visão espiritual, for curado e aparentar ser um corpo mortal saudável, não seria este corpo mortal saudável tão irreal quanto o corpo mortal doente?

RESPOSTA:

Sim! e Não! O aparente corpo mortal  nada mais é, senão o Corpo imortal erroneamente percebido. (Eu realmente não gosto dessa forma de dizer, mas auxilia na explanação). O corpo mortal doente é o Corpo Global imortal equivocadamente percebido. O Corpo imortal – o seu Corpo – consiste da Luz que é a Presença de Deus.

Preste bem atenção: Quando o corpo mortal aparenta ser curado, o que é que fica, e o que é que se vai?

A doença aparente desaparece, mas o Corpo permanece. O Corpo permanece porque ele é real, ele existe. O seu Corpo é Real! A doença, contudo, (percebida como nada), deixa de aparentar existir.

O que terá ocorrido aqui? Quando o  corpo mortal aparenta ser curado, o Corpo imortal (de pura Luz e Substância divina) se expressa um pouco mais claramente. Tivesse a percepção do Corpo imortal sido totalmente completa, ele iria ser visto como um Corpo de Pura Luz – não meramente como “Corpo “curado”.

Nunca negue seu Corpo. Nunca aceite mentiras mortais sobre seu Corpo.

*

Crise De Identidade

 cristo-cosmico

Muita gente confessa achar mais fácil dizer “Eu sou um com Deus”, ou “Eu sou um reflexo de Deus” do que afirmar que “EU SOU DEUS”. Contudo, estas mesmas pessoas declaram que DEUS É TUDO. Como Deus É tudo, então Deus deve ser o EU SOU que você é, e este EU SOU, que você é, pode certamente dizer: “Eu sou Deus”.Para a maioria dos religiosos é uma blasfêmia alguém dizer: “Eu sou Deus”. Entretanto, para um Absolutista (alguém que sabe que Deus é Tudo), é uma blasfêmia dizer e se conhecer como algo que não seja Deus.

Leitor, não estou encorajando-o a elevar uma identidade humana ao patamar divino. Estou encorajando-o a entender a nulidade de sua imaginada identidade humana, e discernir sua Deus-identidade como sendo sua única Identidade.
Conscientizando sua Verdadeira identidade, você com júbilo também saberá:

* Eu sou a Vida que não nasce, que não morre, que é sem idade e atemporal.
* Eu sou TUDO que o AMOR é.
* Eu sou SUBSTÂNCIA imensurável, irrestrita e infinita.
* Eu sou TODO PODER.
* Eu sou TODA PRESENÇA.
* EU SOU aquele que SOU.

Não creia nestas frases apenas porque as escrevi. Vá diretamente à sua própria Deus-Consciência e, com um coração imparcial, pergunte se elas são declarações verdadeiras. Você deverá, se necessário for, aguardar pacientemente pela resposta.

*

Prece De Estabilidade

Estab6

Não importa qual seja o desafio que se lhe apresente: não esmoreça! Seja qual for a aparência, ela é pura ilusão, pois Deus continua sendo Tudo. Acaso alguma dor está se mostrando insuportável? Impossibilitando-o de se firmar na totalidade de Deus? Está sendo tentado a aceitar as aparências? Então, ofereço-lhe minha “Prece de Estabilidade”:

“Eu, de mim mesmo, não consigo resistir à tentação de acreditar em outra presença ou poder. Entretanto, entrego à Presença de Deus, que está em mim e COMO O MEU SER, a função de reconhecer, com certeza inabalável, que a Perfeição é o único Poder e a única Evidência”.

Não repita estas palavras de modo decorado! Use-as como sugestão para sua prece, e em seguida, permaneça em escuta silenciosa. Na quietude da Prece Silenciosa, irá descobrir que VOCÊ NÃO POSSUI MENTE ALGUMA QUE ACREDITE EM OUTRA PRESENÇA OU PODER, ALÉM DA “EU SOU PRESENÇA” QUE É TUDO; A “EU SOU PRESENÇA” QUE É VOCÊ.

Preces desse tipo o farão permanecer alerta, ativo e estabelecido no fato de que nada, além de Deus, está acontecendo. Ore dessa maneira tão frequentemente quanto julgar necessário.

*

Davi E Golias

David&Goliath1

A passagem você já conhece: Davi mata Golias e é coroado Rei de Israel. Você também sabe o sentido desses fatos: Davi mata a ideia de dualidade pela percepção de que existe Uma Presença, Um Poder e Uma Evidência.

Saiba que detalhes aparentemente insignificantes, registrados na Bíblia, são usualmente muito importantes. O autor desta passagem é cuidadoso em mencionar que “Davi escolheu na torrente cinco pedras bem lisas, colocou-as no surrão de pastor que trazia consigo, tomou a funda na mão e saiu contra o filisteu.” (I Samuel 17: 40). E lemos em seguida: “Davi pôs a mão no surrão, tirou uma pedra e a arrojou com uma funda e depois de o ferir o matou.” Estas sentenças trazem a mais valiosa lição para uma vida triunfante.

As cinco pedras representam os chamados sentidos físicos. A água simboliza a pureza do Espírito, e a pedra que realizou a grandiosa façanha representa o sentido da alma. O sentido da alma é o conjunto infinito de sentidos espirituais atuando como unidade. Juntando tudo, a lição pode ser resumida numa única sentença:

QUANDO OS CINCO SENTIDOS FÍSICOS SÃO PERCEBIDOS COMO SENDO SENTIDOS ESPIRITUAIS, E FUNÇÕES DE PERCEPÇÃO ESPIRITUAL (PERCEBENDO UMA PRESENÇA E UM PODER), TUDO É PARAÍSO.

Você, leitor, não é um ser físico. Você não é um ser humano, e você não é um ser material. Além disso, você não é um ser espiritual. VOCÊ É ESPÍRITO SENDO. Ciente disso, deve também perceber que não possui sentidos físicos captando um mundo material. Os cinco sentidos físicos são realmente cinco funções de percepção. São cinco dentre um número infinito de formas com que Deus Se Autopercebe ou Se Autossente. A despeito das aparências, estes sentidos estão prestando informações sobre um Reino Espiritual do Absoluto, de invariável perfeição.

Em certo ponto desta história, Davi percebe plenamente que DEUS É TUDO. Isto está simbolizado pela coleta de cinco pedras lisas na torrente. Precisavam ser lisas, para mostrar que não havia nenhum traço de rigidez ou densidade de materialidade em sua percepção. Neste ponto, Davi estava em iluminação, onde tudo possível de se perceber e experienciar era Espírito e formado do Espírito.

Entenda esta lição. Se você estiver lidando com um problema que lhe parece ser intransponível, sua única necessidade é a de ir até o fim em sua realização de que DEUS É TUDO. Esta é a solução.

Seus sentidos físicos devem atuar como um sentido espiritual. Para ver a evidência disto, uma conscientização da natureza espiritual dos sentidos deve ser experienciada. Isto exige que você realmente vá ao fim do caminho em sua percepção da Totalidade de Deus. Você não terá de “trabalhar” os sentidos individuais na tentativa de espiritualizá-los. Porém, não deverá deixar nenhuma “pedra” fora da percepção correta, ao dizer que “DEUS É TUDO”. Automaticamente, você começará a perceber este mundo de modo bem diferente. E saberá o que Jesus quis dizer, ao afirmar que “o reino dos céus está próximo”.

Muitas pessoas frequentemente se satisfazem apenas em dizer que “Deus é Tudo”, enquanto continuam na aceitação de que há sentidos físicos captando um mundo físico. Eis por que esperam pela evidência da Verdade. Ao dizer que “DEUS É TUDO”, você deverá entender estar confirmando que DEUS É A ÚNICA EVIDÊNCIA. Não mais negando a evidência ficando à espera ou na expectativa do surgimento de outra evidência qualquer. Deus, sendo Tudo, de onde viria a evidência falsa? Indo ao fim do caminho, você perceberá: NÃO EXISTE NENHUM MUNDO FÍSICO, E NÃO HÁ SENTIDOS FÍSICOS PARA REGISTRAR UM MUNDO FÍSICO. DEUS É TUDO. DEUS É O ÚNICO PERCEBEDOR, E É AQUELE QUE É PERCEBIDO. DEUS ESTÁ ETERNAMENTE SE PERCEBENDO COMO A ÚNICA PRESENÇA E O ÚNICO PODER. NO PONTO EM QUE ESTOU, DEUS ESTÁ NO ETERNO ATO DE AUTOPERCEPÇÃO.

Você dirá estas palavras por serem elas verdadeiras, e são verdadeiras agora. Ao declarar estes fatos, não haverá nenhuma expectativa de que eles se tornem verdadeiros. E também não haverá vestígio algum de dúvida quanto a eles estarem sendo verdadeiros já. Nesta percepção, você não vacilará em permanecer no Absoluto, além da oposição às aparências. Por quê? Por saber que o seu conhecimento é verdadeiro.

Lembra-se dos tempos de metafísica, em que fazíamos afirmações e aguardávamos que elas se tornassem verdadeiras? Uma das favoritas era: “Deus é meu suprimento abundante, constante e instantâneo”. Todos nós, que a afirmávamos com vigor suficiente para mover dez montanhas, comumente pensávamos a seguir: “Mas, quando? de onde será que virá o dinheiro?” O motivo destas afirmações raramente darem certo, é que eram feitas com dúvida, com uma expectativa indeterminada. Se esperar que uma Verdade Se torne verdadeira, estará simultaneamente negando agora a Sua veracidade. Não será o caso, se fizer declarações da Verdade sabendo que elas já são verdadeiras. Compreender isto fará eliminar esforços e lutas em suas preces e contemplações. Não haverá ansiedade por tentar se tornar mais iluminado. Nesta percepção, irá perceber que você é a ILUMINAÇÃO EM SI, “sentindo” sua própria Luz.

Leitor, em cada contemplação que fizer, parta da Verdade de que você é a Percepção de Deus percebendo a Si mesmo. O progresso lento decorre da falsa ideia de que existe Deus e alguém que não seja Deus, e que este alguém possa se tornar Deus, caso diga frases certas, sentado em longos períodos de silêncio, etc. Esta premissa é inverídica. Não obstante, ainda insistimos em começar as contemplações como se fôssemos alcançar Deus, ou atingir algum lugar. Mesmo sendo bastante sinceros neste proceder, ainda assim a recompensa será mínima.

Quando disser que DEUS É TUDO, esteja certo de notar que sua percepção é Deus sendo consciente, e que sua Consciência é Deus sendo consciente. Não poderia ser de outra forma. Estaria Deus consciente de um Golias? Não, e nunca poderia estar. Estaria Deus consciente de algum problema? Não, nem poderia estar. Estaria Deus consciente de algo, ou de alguém, que fosse outro, além de sua própria perfeição? Não, e nem tampouco você está.

Seus sentidos são o Espírito de Deus percebendo Sua própria Presença, Sua própria Substância e Suas próprias formas. Seus sentidos são o Deus Perfeito “sentindo” Sua própria Perfeição, Amor e Alegria. Tudo isso é verdadeiro, e facilmente experienciado, quando você conscientiza a natureza espiritual de seus sentidos.

*

Educação Do Alto

É fácil citar  o que autores como Mary Baker Eddy, Emma Hopkins, Alfred Aiken, Marie Watts ou Lillian DeWaters expõem sobre temas espirituais. E você pode, também com facilidade, afirmar “sentir”  serem  respostas  verdadeiras às questões  abordadas. Porém, respostas lidas e respostas “sentidas” não são RESPOSTAS REVELADAS. A   grande diferença  é que respostas REVELADAS nunca o deixam onde elas o encontraram. Diferente de respostas lidas e “sentidas”,  de algum modo as respostas REVELADAS sempre afloram com provas visíveis.

Segue abaixo uma lista de perguntas sugeridas, para que você as leve à “Prática do Silêncio” e as formule à sua própria Consciência divina:

Quem é Deus?

Que é Deus?

É Deus tudo que há?

Quem sou eu?

Como posso ser Deus e ser humano simultaneamente?

Sou eu feito à imagem e semelhança de Deus, ou existe uma Verdade maior que eu possa perceber?

Nestes tempos de aprendizado superior, por que não aprender “do Alto” – de sua própria Consciência divina?

*

Seu Melhor Ano

.
Allen White

.

Caro leitor, estou lhe garantindo a experiência de seu melhor ano. Isto porque a Verdade já é verdadeira—já está visivelmente presente e é um Fato imutavelmente estabelecido. Cada pontinho da Existência infinita é um ponto de Perfeição. Ciente disso, seus estudos, orações e contemplações meditativas não serão feitos com o propósito de melhorar, mudar, curar, obter ou atingir algo. A Perfeição (Deus) já é Tudo.

Você já deve ter notado que apenas ficar afirmando que Deus é Tudo não é o bastante para imunizá-lo frente às batalhas e tempestades da vida. A mera repetição destas palavras não tem revelado visivelmente a nulidade da existência humana. Mais se faz necessário.

Como ser humano, você não poderá viver uma vida gloriosa, radiante e triunfante, livre de discórdia e doença. Proclame para si próprio, exatamente agora, que sua Identidade já é o Deus que é Tudo. Os chamados milagres começarão a surgir. Assumindo esta Verdade, real e confiantemente poderá dizer: Eu Sou Tudo, Eu Sou todo Poder, Eu Sou Onipresença, Eu Sou Infinidade, Eu Sou Perfeição, Eu Sou Verdade, Eu Sou Substância, Eu Sou Luz, etc. Isto não será uma elevação da identidade humana para a Divina; antes, será a eliminação da humana pelo reconhecimento da Divina como sendo tudo que há.

Sem flutuações, permaneça em e como esta Verdade. Contemple diariamente a Verdade de sua Identidade. “Já faço assim”, pode você estar pensando. Muitos dizem isto, mas, depois da contemplação matinal, acabam entrando em flutuações e vacilações. Suas conversas, ao longo do dia, expõem o fato de que eles realmente parecem acreditar que suas identidades são humanas. Portanto, persista diariamente na “Eu-Sou-Contemplação”, até deixar de se identificar com alguém de cor branca ou negra, de sexo masculino ou feminino. Continue até parar de identificar seu Eu Eterno com uma data de nascimento ou data de morte futura. Continue até compreender, sem nenhuma sombra de dúvida, que você não é senão a presença visível de cada Verdade que veio ouvindo ou lendo. Sim, Amado, persista, até todos os vestígios de humanidade visivelmente serem derrubados, revelando mais e mais o Esplendor Consumado de sua Identidade “EU SOU”.

Você, agora, chegou ao seu ponto de rompimento. Até parece que você e eu havíamos assumido um compromisso com nossos olhos de aceitar os seus informes conforme aquilo que está ou não acontecendo num dado momento. É um acordo que você deve quebrar. Muitas vezes, temos aparentemente trocado a Verdade pela ficção. Toda esperança e prece por uma vida melhor ignoram a Existência inabalável como única manifestação. Toda esperança e prece por uma vida melhor se baseiam nos olhos testemunhando um mundo oscilante. Amado, você não pode continuar desse jeito! Diante de uma escolha entre o que parece ser, de acordo com os sentidos, e o que é, de acordo com a totalidade de Deus, escolha sempre Deus. Faça isto! Permaneça nesta escolha! Não permita oscilações. e repentinamente uma nova visão lhe será aberta, testemunhando a Perfeição exatamente onde a imperfeição parecia estar presente. Se você sabe que Deus é verdadeiramente Tudo, descobrirá ser isto é bem fácil. Se apenas tem repetido as palavras, sem nenhuma percepção de que são a Verdade, isto lhe será difícil; e, caberá a você a tarefa de, em preces contínuas, descobrir a real natureza de Deus.

Meu amado, após assim ter feito, poderá ir ao seu mundo e proclamar que tudo e todos SÃO a Perfeição Evidenciada. Poderá olhar para seu mundo e declarar que é o Paraíso. Poderá olhar para cada aparência de carência e declarar a presença da Abundância Infinita. Poderá olhar para si mesmo, e para o próximo, marido, esposa e filho, declarando secretamente que todos são Deus. Cada dia estará evidenciando mais e mais de sua Divindade, e você irá desfrutar o seu melhor ano.

*

Evidência

.

EVIDÊNCIA

Allen White

.

Você aceita de modo absoluto que Deus é Tudo? Sente elevar-se jubilosamente, ao contemplar a Deus como Presença e Poder únicos? Preenche seus dias e noites com constante reconhecimento de Deus como o Uno e como Tudo? E, por fim, apesar de tanta consagração à Verdade, está frustrado, imaginando onde a evidência da totalidade de Deus se encontra? Nesse caso, você se soma à multidão de sinceros “estudantes” que, no mundo todo, se iludem com  aparente ausência da evidência da Verdade.

“O reino de Deus está próximo”, disse Cristo, para explicar que a evidência da Verdade já é fato manifestado. Deixou o alerta: “Arrependei-vos”, isto é, mudem suas mentes que creem na aparência da ausência de Deus. Parafraseando os dizeres de Jesus, se sua vida e atividades se mostram imperfeitas, em algum aspecto, em termos de aparência, pare  de acreditar nisto. O reino dos céus está visivelmente evidenciado, exatamente onde falta e limitação aparentam existir. Por que teria Jesus dirigido tais palavras àqueles corações e mentes aparentemente conturbados? Por saber que Deus é Tudo, e que somente Deus pode ser e estar evidenciado.

Leitor, você analisou por completo o sentido de  Deus ser Tudo? Certamente você quer dizer que Deus é a única Presença, o único Poder e a única identidade. E você quer dizer que Deus é a única Substância, Forma e Atividade. Porém, você tem assumido que Deus, por ser Tudo, é necessariamente a única manifestação? A única evidência? Responda com franqueza. Você não pode reconhecer sinceramente que Deus é a única Manifestação e Evidência, ficando na expectativa ou espera de que a evidência apareça! ALÉM DISSO, É IMPOSSÍVEL RECONHECER SINCERAMENTE QUE DEUS É A ÚNICA EVIDÊNCIA SEM EXPERIENCIAR ESTA EVIDÊNCIA.

A espera e expectativa quanto à evidência da Totalidade de Deus são as responsáveis pelo suposto ocultamento da experiência da Verdade evidenciada. Aguardar, desejar, esperar que a Verdade Se evidencie, é negar claramente o Fato de que Deus é Tudo. Quão sutil é isto!

Muitos “estudantes” sinceros, ignorantemente,  investem  a atenção na negação do fato de que Deus é Tudo. Sempre que o fato for contemplado com o desejo e expectativa de que venha a ser evidenciado, ele estará, na verdade, sendo negado. Contemplar o fato da Totalidade de Deus e esperar, ao mesmo tempo, a cura, a mudança ou a melhoria de alguma aparência, é prática contraproducente. Resumindo, a maioria parece não experienciar a evidência da Verdade justamente por estar, com seus desejos e expectativas quanto à evidência, negando sua presença atual como FATO JÁ ESTABELECIDO.

Deus, sendo Tudo, que mais poderia estar evidenciado? Deus, sendo Perfeição em Si, que imperfeição poderia estar evidenciada? Corpos imperfeitos poderiam estar evidenciados? Mentes imperfeitas poderiam estar evidenciadas? Atividade imperfeita poderia estar evidenciada? Identidades imperfeitas poderiam estar evidenciadas? Além disso, suprimento imperfeito poderia estar evidenciado? Não, porque Deus—Perfeição—é Tudo. Contemple as revelações deste parágrafo. Você entende a razão pela qual a imperfeição, sob qualquer forma, não pode estar evidenciada?  Ninguém pode negar que a imperfeição possa aparentar estar evidenciada; porém, que é uma aparência, diante da Verdade? Que era a terra achatada, antigamente aceita, diante da terra redonda agora comprovada? A despeito da aparência, a evidência imperfeita chegou a ser o Fato? Ela realmente existiu? O que lhe cabe, e também a mim, é ficarmos simplesmente com o Fato: DEUS É TUDO.

Somente uma aparência das coisas é que pode tentá-lo no sentido de negar o fato de ser Deus a única Evidência. Era somente uma aparência de “terra achatada” que parecia limitar o homem. A terra achatada nunca existiu! De modo similar, uma identidade humana jamais existiu. Uma mente humana jamais existiu. Limitação jamais existiu. Doença (substância ou atividade imperfeita) nunca existiu. Guerras (dualidade) nunca existiram. Nada disso chegou jamais a ser evidenciado visivelmente. Deus é a única Evidência, e esta Evidência está Se evidenciando em toda a sua glória e beleza exatamente aqui e agora como sua Vida, Mente, Identidade, Mundo e Corpo. O alerta de Jesus continua valendo hoje: “Não julgueis pelas aparências”; caso contrário, confundirá a terra redonda com a achatada, confundirá o Homem-Crístico com uma pessoa branca ou negra, confundirá o Templo de Deus com um corpo enfermo.

Caro leitor, considere o seguinte: a identidade humana é uma aparência, mas não a evidência. Sua natureza é imperfeição e limitação. Tudo que ela parece ver, fazer e ser, condiz com sua natureza: a imperfeição. Portanto, uma identidade humana nunca pôde nem poderá ver a Evidência que É.Nenhum homem poderá ver a Deus”. Você está tentando ver o reino dos céus (a Evidência visível da Totalidade de Deus) como um mortal, um humano? Isto é impossível! Pelo reconhecimento do Fato de que Deus é Tudo, você se despiu por completo da noção de sua identidade humana? Ou continua a  se classificar em termos de sexo, raça, nacionalidade, genealogia, etc.? Ficção pode somente ver ficção.

A Evidência é que Você é a Presença vibrante e viva que é Deus – o Tudo – Já! Nada mais sobraria para você ser. A Evidência não é macho nem fêmea, negra nem branca, americana nem africana. Você é o Tudo. Não, não como um humano, mas como Deus. Como Deus, você vê Deus, conhece Deus, é Deus, e experiência Deus.

Talvez exatamente agora você esteja “tentando” ver a Evidência de um corpo perfeito onde um corpo adoentado parece existir. Deus é Tudo, e tudo possível de estar evidenciado. Onde está o corpo enfermo? Talvez você esteja “tentando” acalmar “tempestades” de um relacionamento turbulento. Deus, sendo Tudo, onde pode estar a turbulência evidenciada? Ou, talvez, esteja “tentando” orar para se ver livre de dívidas. Deus, sendo Substância infinita, onde pode estar presente uma carência? FIQUE COM OS FATOS!

Nenhuma mudança se faz necessária em sua vida, em absoluto. Sua Vida é a Evidência do Deus-puro, sagrado e perfeito em todo aspecto. Fique simplesmente com o Fato. Deus é a única Evidência evidenciada. Nada precisa ser removido de sua Vida. Se a prece pudesse remover alguma coisa de sua Vida, Deus seria autodestrutivo. Deus é a única Vida. Fique simplesmente com o Fato.

O objetivo deste artigo não é melhorar sua vida, nem ajudá-lo de alguma maneira. É revelar o Fato imutável de que não há nenhuma evidência, senão Deus, sendo presente como a única presença visível possível. Tudo mais não é: DEUS É TUDO!

.

FIM

 

Compreendendo a Oração …

.

COMPREENDENDO A

ORAÇÃO PELOS OUTROS

Allen White

Quando orar por um filho, algum ente querido doente, ou alguém que possa aparentar estar com problema, o FATO essencial é conscientizar que O OUTRO NÃO EXISTE. HÁ SOMENTE DEUS. Somente o que Deus É, é… Nada mais é ocorrência. Inexiste outra presença, poder, identidade ou manifestação.

Como você já vem percebendo, não podemos continuar a dizer: “Deus é a única Presença e o único Poder”, e continuar acreditando que exista algo ou alguém com problema – inclusive que haja alguém que necessite de nossa ajuda em oração.
O que você e eu temos considerado ser oração pelos outros, é realmente deixar nítido e claro que tudo quanto existe (exatamente agora) para ser visto, ouvido e sentido, é a PERFEIÇÃO IMUTÁVEL DE DEUS. Quando você está com clareza neste FATO, não sente mais que algo exterior necessite de ajuda ou de cura. Quando você está com clareza neste fato, o que você conhece se evidencia.

Sua dúvida é quanto aos outros , os doentes, se eles têm necessidade de conhecer também esta Verdade? Não, OS OUTROS NÃO EXISTEM. Existe somente Deus, e Deus conhece a Si próprio como imutável Perfeição Absoluta.

 

*

Tudo Está Bem

TUDO ESTÁ
BEM
Allen White

Tudo está bem. Quantas vezes você já disse isso? Eu já encerrei muitas orações públicas com as palavras “e  tudo está bem.” Sim, porque esta é a Verdade. TUDO ESTÁ BEM porque TUDO É DEUS. Sente-se e reflita sobre essas palavras por algum tempo. Logo você  se verá considerando o fato de que TUDO ESTÁ BEM, porque Tudo é Deus.

Amado, isto significa que tudo está bem com sua vida exatamente agora. Em sua vida  não há bolsos vazios causados por falta de realização ou por realização parcial. Algo assim seria impossibilidade: Deus (o TUDO)  é a inteireza de sua vida neste exato momento. Sua vida é constituída por Deus sendo tudo.  Que poderia  lhe estar faltando?

Você já considerou a sua vida a partir deste ponto de vista? Ou  vive na esperança de que as coisas irão melhorar só após  você compreender um pouco mais sobre Deus (Verdade)? Pare! As coisas estão excelentes agora. Elas têm de estar! A Perfeição (Deus) é a soma total do que constitui a sua vida.

Por apenas uma semana, contemple estes fatos. Deixe sua Consciência voar às altitudes supremas da Percepção. Eu lhe garanto que, em apenas uma semana nesta contemplação, você porá fim à ideia de que algo possa  estar faltando em sua vida. E certamente,  irá experimentar a evidência de uma grandiosa realização. Mas o seu propósito, com tal contemplação, deverá ser apenas voltado à alegria de reconhecer a totalidade de Deus.

*

Prece Funciona!

.
PRECE FUNCIONA!
Allen White

A prece é poderosa; ou melhor, a prece correta é poderosa. Quando tudo mais falhar, somos impelidos a orar. Isto será uma boa atitude, desde que sua prece seja corretamente focalizada. A prece corretamente focada SEMPRE FUNCIONA.

Segundo Cristo Jesus, a prece corretamente focalizada é aquela focalizada no reino de Deus – não a prece que rodeia, rodeia, e sempre gira em torno de um eventual problema à mão. Suas palavras foram: “Buscai primeiro o reino de Deus, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas”. Quando você ora para compreender a natureza de Deus, você está orando corretamente. Quando você ora para compreender seu relacionamento com Deus, você está orando corretamente. Quando você ora para compreender onde está, e o que é o reino de Deus, você está orando corretamente.

Leitor, exatamente agora, a sua Consciência está repleta de conhecimento e entendimento do reino. Mesmo em meio ao que aparente ser condição ameaçadora à vida, paz, alegria e prosperidade, quando sua prece se focalizar na percepção de Deus e no conhecimento de Deus, VOCÊ descobrirá que somente o que Deus é, VOCÊ é, e o que Deus não é, VOCÊ não é.

Não, a prece correta não irá curar alguma doença em seu fígado, mas lhe revelará que nunca existiu um fígado necessitado de cura. A prece correta não irá abarrotar sua conta bancária, mas lhe revelará que “tudo que é do Pai é seu AGORA, porque “você e o Pai são um” – o mesmo Um.

*

CRISE DE IDENTIDADE

Allen White .

Muita gente confessa achar mais fácil dizer “Eu sou um com Deus”, ou “Eu sou um reflexo de Deus” do que afirmar que EU SOU DEUS. Contudo, estas mesmas pessoas declaram que DEUS É TUDO. Como Deus É tudo, então Deus deve ser o EU SOU que você é, e este EU SOU, que você é, pode certamente dizer: "Eu sou Deus".  Para a maioria dos religiosos é uma blasfêmia alguém dizer: "Eu sou Deus". Entretanto, para um Absolutista (alguém que sabe que Deus é Tudo), é uma blasfêmia dizer e se conhecer como algo que não seja Deus.  Leitor,  não estou encorajando-o a elevar uma identidade humana ao patamar divino. Estou encorajando-o a entender a nulidade de sua imaginada identidade humana, e discernir sua Deus-identidade como sendo sua única Identidade.  Conscientizando sua Verdadeira identidade, você com júbilo também saberá:  *  Eu sou a Vida que não nasce, que não morre, que é sem idade e atemporal. *  Eu sou TUDO que o AMOR é. *  Eu sou SUBSTÂNCIA imensurável, irrestrita e infinita. *  Eu sou TODO PODER. *  Eu sou TODA PRESENÇA. *  EU SOU aquele que SOU.  Leitor, não creia nestas frases apenas porque as escrevi. Vá diretamente à sua própria Deus-Consciência e, com um coração imparcial, pergunte se elas são declarações verdadeiras. Você deverá, se necessário for, aguardar pacientemente pela resposta.  *

DEUS É SEM MATERNIDADE – DEUS É TUDO

DEUS É SEM
MATERNIDADE – DEUS É TUDO
Allen White
.

Deus, sendo Tudo que há, é sem maternidade, paternidade e filiação. Sim, Jesus chamava Deus de “Pai”, mas aquilo era apenas para assentar a base da revelação de que “Eu e meu pai somos um”. Deus é tudo, e ao lado de Deus, não há absolutamente mais ninguém.

Se você ora a um pai, e suas preces aparentam não chegar a lugar algum, VERIFIQUE SEU TRABALHO. A prece correta é o reconhecimento de Deus como TUDO. Se mãe, pai ou filho entrarem em cena, suas preces serão contaminadas pela humanidade.  Parecerão  ineficazes.

Se você aparenta crer ser um filho orando ao seu pai, estará introduzindo os elementos nascimento e tempo em sua percepção. E estará ignorando a ETERNALIDADE ATEMPORAL. Estará ignorando DEUS.

Você não é um filho orando ao pai. Você é o EU SOU Infinito contemplando Sua TOTALIDADE. Isso é Tudo!


*

CRISE DE IDENTIDADE

CRISE
DE IDENTIDADE
Allen White
.
Muita gente confessa achar mais fácil dizer “Eu sou um com Deus”, ou “Eu sou um reflexo de Deus” do que afirmar que “EU SOU DEUS”. Contudo, estas mesmas pessoas declaram que DEUS É TUDO. Como Deus É tudo, então Deus deve ser o EU SOU que você é, e este EU SOU, que você é, pode certamente dizer: “Eu sou Deus”.

Para a maioria dos religiosos é uma blasfêmia alguém dizer: “Eu sou Deus”. Entretanto, para um Absolutista (alguém que sabe que Deus é Tudo), é uma blasfêmia dizer e se conhecer como algo que não seja Deus.

Leitor,  não estou encorajando-o a elevar uma identidade humana ao patamar divino. Estou encorajando-o a entender a nulidade de sua imaginada identidade humana, e discernir sua Deus-identidade como sendo sua única Identidade.

Conscientizando sua Verdadeira identidade, você com júbilo também saberá:

*  Eu sou a Vida que não nasce, que não morre, que é sem idade e atemporal.
*  Eu sou TUDO que o AMOR é.
*  Eu sou SUBSTÂNCIA imensurável, irrestrita e infinita.
*  Eu sou TODO PODER.
*  Eu sou TODA PRESENÇA.
*  EU SOU aquele que SOU.

Leitor, não creia nestas frases apenas porque as escrevi. Vá diretamente à sua própria Deus-Consciência e, com um coração imparcial, pergunte se elas são declarações verdadeiras. Você deverá, se necessário for, aguardar pacientemente pela resposta.

*

PERGUNTA: SE DEUS É TUDO QUE EXISTE,…

PERGUNTA:
SE DEUS É TUDO QUE EXISTE, E É TUDO QUANTO A ALGO OU ALGUÉM, COMO ENTROU O MAL EM CENA?

Allen White

.

Caso esta dúvida lhe seja frequente, faça a si mesmo esta mesma pergunta agora, porém omitindo a palavra “como”: “Se Deus é tudo que existe, e é tudo quanto a algo ou alguém, ENTROU o mal em cena?” A Bíblia, naturalmente, procura elucidar esta questão na abertura do Gênesis.

Buscar e buscar a resposta para esta pergunta requer do buscador que ele, primeiro, acredite que realmente o mal esteja aqui. Ele não conseguirá conciliar a aparência do mal com sua crença de que DEUS É TUDO, porque ele não acredita que DEUS É TUDO. É impossível agir contrário à crença de alguém. É possível, entretanto, agir contrário ao que você gostaria de acreditar que fosse verdadeiro. Para ter a questão respondida com algum grau de satisfação, eu lhe rogo que pergunte ao seu Eu: “Deus é tudo?” e “Existe o mal?” É de capital importância que você retenha  estas perguntas até serem elas reveladas dentro e como a sua própria Consciência. E lhe peço que abandone a ideia de que algo será revelado “a” você. Esta ideia somente serviria para atrasar a experiência da revelação. A revelação é sua própria Consciência. E mais; ela é a sua própria experiência.

*