A ILUSÓRIA IDENTIFICAÇÃO COM A IGNORÂNCIA


São vários os ensinamentos ou doutrinas que partem de um “ser ignorante”, padecendo de dores e sofrimentos que, segundo esta visão errônea e materialista, faz a humanidade se resignar diante da ILUSÃO, por acreditar “estar evoluindo” ou “estar na Terra” para obter aprendizados e aperfeiçoamentos pessoais. Kardec, por exemplo,

 declarou que “Deus criou os espíritos ignorantes”, PARA QUE “EVOLUAM”, através de experiências  no mundo. Mas segundo Jesus, “este mundo” é do pai da mentira, uma ilusão a ser vencida!
Várias correntes filosóficas mergulharam nesta mesma ILUSÃO, que carrega em si mesma a CRENÇA em pecados, em leis cármicas, em reencarnações, e demais falsidades! Tais DESVIOS escondem mais ainda da humanidade a Verdade de que O REINO DE DEUS É CHEGADO,  e que EM DEUS EXISTIMOS, para TERMOS VIDA COM ABUNDÂNCIA!

O fato é o seguinte: DEUS É TUDO! E DEUS DESCONHECE “IGNORÂNCIA”, PARA TER “CRIADO SERES” EM TAL CONDIÇÃO! A IGNORÂNCIA NÃO FAZ PARTE DE DEUS E NÃO PODERIA SER CONHECIDA POR UM DEUS ONISCIENTE, DE MODO A USÁ-LA PARA “CRIAR SEUS FILHOS”!

A HUMANIDADE ESTÁ SOB UMA MERA CRENÇA FALSA QUE ADMITE HAVER “IGNORÂNCIA”, ENQUANTO O QUE HÁ, VERDADEIRAMENTE, É DEUS, ONIPRESENTE E ONISCIENTE, SE EVIDENCIANDO COMO TUDO.

QUANDO “CONHECEMOS A VERDADE”, APENAS NOS DESVINCULAMOS DA ILUSÃO, PELO RECONHECIMENTO DO QUE DE FATO  SOMOS, QUE É SER O CRISTO, UM COM O PAI, VIVENDO NA UNIDADE PERFEITA.

 CADA “RECONHECIMENTO” DESTE FATO QUE SOMOS, VAI NOS ISOLANDO DA “IGNORÂNCIA COLETIVA ILUSÓRIA”, PELO DESPERTAR PARA A VERDADE DE QUE SOMOS O QUE DEUS É; E ISTO, AOS OLHOS DO MUNDO, É JULGADO PELAS APARÊNCIAS COMO SENDO  “ALGUÉM QUE EVOLUIU”!

Esta aceitação seria a mesma que se desse, quando um diamante bruto fosse isolado da terra a ele grudada, e fosse acreditado ter havido nele próprio alguma melhoria.

MAS, SOMENTE A TERRA LHE FOI REMOVIDA, REVELANDO-O COMO O QUE SEMPRE ESTIVERA SENDO:

O DIAMANTE!
Não há ninguém em “aprendizados terrenos”, ou sofrendo por causa de “pecados”,  de “leis cármicas”, e de outras CRENÇAS  IGNORANTES DA MENTE MORTAL! Jesus via a VERDADE QUE SOMOS, afirmando que SOMOS DEUSES, LUZ DO MUNDO, SERES EM UNIDADE COM O PAI, EXATAMENTE COMO ELE!
Cabe, a TODOS NÓS, praticarmos o JUÍZO JUSTO PREGADO POR JESUS, E HONRARMOS O FILHO DE DEUS QUE SOMOS, ASSIM COMO HONRAMOS O PAI CELESTIAL! 

É nesta VISÃO TRANSCENDENTAL que nos percebemos SENDO O CRISTO e VIVENDO no CHEGADO REINO DE DEUS!

O CRISTIANISMO PREGA A NEGAÇÃO DO SER HUMANO E DE SEUS FEITOS, PARA QUE , DESVINCULADO DO MUNDO DO PAI DA MENTIRA,  CADA UM POSSA PERCEBER A VIDA COM ABUNDÂNCIA QUE AGORA VIVE, POIS, DESSE MODO, FICA CIENTE DE QUE É DEUS A VIDA QUE ELE VIVE!

*

COMPREENDA O PODER QUE HARMONIZA A VIDA!

A aparente instabilidade de tudo, levando-se em conta o suposto “mundo de aparências”, é o que leva a humanidade a viver em contínua preocupação com tudo aquilo que ela vê, pois, presa as mutações e instabilidades do mundo, vê-se aflita e temerosa, sem saber como lidar com elas.

Lao Tse assim disse: “ Compreender o Poder que harmoniza a vida é encontrar a permanência”. Não há Verdade mais profunda do que esta! Quando ENCONTRAMOS A PERMANÊNCIA, ENCONTRAMOS A HARMONIA ABSOLUTA E TAMBÉM A RELATIVA, DECORRENTE DO SEU NATURAL DESDOBRAMENTO VISÍVEL!

O mundo atrai a maioria às suas constantes mudanças! As chamadas “profecias” são exemplos disso! Exemplificando, o livro do Apocalipse declara que “TUDO ESTÁ FEITO”,  e o de Eclesiastes afirma que “TUDO QUE DEUS FAZ DURA PERPETUAMENTE, SEM QUE NADA POSSA SER-LHE TIRADO NEM ACRESCENTADO”. Compreender este FATO, esta PERMANÊNCIA DO QUE DEUS FAZ, É O QUE DIZ LAO TSE, EXPLICANDO SER A “PERMANÊNCIA” O PODER QUE HARMONIZA A VIDA!

O mundo se apega às supostas “profecias”, referentes ao suposto “mundo de aparências”! Não há PERMANÊNCIA NENHUMA no “mundo do pai da mentira”! A PERMANÊNCIA ESTÁ EM DEUS, NO REINO DE DEUS, NA UNIDADE PERFEITA QUE FORMAMOS EM DEUS!

Jesus passava esta Verdade ao mundo, quando disse para que ninguém se preocupasse com o futuro: “Basta a cada dia o seu cuidado; o amanhã cuidará dele mesmo!” Explicava a Verdade de que TUDO O QUE É REAL JÁ ESTÁ FEITO, PERMANENTE E PERFEITO!  E QUE VIVEMOS NESTA PERMANÊNCIA E NÃO NO “MUNDO TEMPORAL E INSTABILIDADES”.

Você VIVE PELA GRAÇA, ACEITANDO PELA FÉ, VIVER NA PERMANÊNCIA DA REALIDADE CONSUMADA MANTIDA POR DEUS!

Você VIVE CADA AGORA COMO SENDO O ÚNICO, SEM PASSADO E SEM FUTURO, “CONTEMPLANDO A PRESENÇA DIVINA SENDO O CRISTO DE SI MESMO”, E ENDOSSANDO QUE “AGORA PISA EM SOLO ESPIRITUAL E SANTO”, SEM “MUNDO TEMPORAL” E SEM “MUDANÇAS” PROMOVIDAS PELA CRENÇA NO TEMPO!

“Estivestes COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”, disse Jesus! UNICAMENTE A “UNIDADE PERFEITA” É REALIDADE! 

E ESTA VERDADE LIBERTADORA É A QUE FOI PREGADA TAMBÉM POR LAO TSÉ, NO TAO TE KING!

*

COMENTÁRIO

Este texto de Allen White, DAVI E GOLIAS,  é riquíssimo em informações absolutas. Fica até difícil ressaltar algo de mais importante contido nele. Por isso, em vez de postar novo texto hoje, eu prefiro que atentem ao seguinte ponto do artigo:

Leitor, em cada contemplação que fizer, parta da Verdade de que você é a Percepção de Deus percebendo a Si mesmo. O progresso lento decorre da falsa ideia de que existe Deus e alguém que não seja Deus, e que este alguém possa se tornar Deus, caso diga frases certas, sentado em longos períodos de silêncio, etc. Esta premissa é inverídica. Não obstante, ainda insistimos em começar as contemplações como se fôssemos alcançar Deus, ou atingir algum lugar.

Releiam o artigo todo e façam as contemplações a partir disso:

VOCÊ É  A PERCEPÇÃO DE DEUS PERCEBENDO A SI MESMO.

Isto exclui o dualismo, exclui o tempo, exclui a ilusão. E notem que “não irão ter percepção”, mas, sim, que SÃO A PERCEPÇÃO!

*

UM COMENTÁRIO

SOBRE A POSTAGEM DE HOJE

Dárcio.

Dentre as centenas e centenas de artigos sobre a Verdade que escrevi, este texto, “E Onde Estão Os Nove”, é um dos meus preferidos. Foi publicado desde a primeira edição de “A Arte da Percepção”, e explica a diferença entre a “visão absoluta”, que só reconhece a Existência Eterna de Deus, e a suposta “visão humana”, que se interessa pelas “aparências” deste mundo, ou pelo “referencial dos sentidos mortais”. Esta visão absoluta só é entendida quando fazemos as contemplações “vestidos” como o Cristo que somos, pois só esta visão de “Olho Simples” poderá  chamar de “estrangeiro” quem acredita “ter sido leproso” e depois “ter sido limpo”.

Não existe Vida em “mundo ilusório”. Sem dedicadas contemplações, esta Verdade, ou esta mensagem, não terá sentido algum! Por outro lado, quando alguém se propuser a contemplar a sua própria presença, não como “humano iludido”, mas, como Deus expresso como seu Eu, nesta visão iluminada a Vida real lhe será conhecida! E a resposta à questão, “E Onde Estão Os Nove?”,  será dada de modo absoluto: “Quais nove?”

O Infinito vive como a Consciência única e iluminada que somos! Jamais esta Vida se estende à ILUSÃO! DEUS É TUDO E SOMOS DEUS! E É ESTA A VIDA ÚNICA EM TODOS!

*

COMENTÁRIO

Olá Dárcio, segue um comentário que eu gostaria de ter feito na postagem “Sorria diante das aparências de imperfeição”

O propósito do ensinamento absoluto é mudar a maneira como você se sente sobre o mundo. Se compreender que tudo o que aparenta ser é, na realidade, NADA; compreenderá também que o NADA jamais assumiu a forma que “aparenta ser”; que a natureza do “NADA” é tal que “ele” sequer pode ser designado “NADA”. A compreensão disso te remonta à raiz, à base de todas as coisas, que é tudo o que precisa ser visto. Compreendendo que o “NADA” é NADA, a sua mente e o seu ser relaxam. Perceberá, então, que um estado de bem, paz e relaxamento está em você, surgindo em você. Nesse ponto você mudou, está emanando bem, paz e relaxamento. Esse sentimento/estado é emanado para o exterior e influencia as coisas externas, moldando-as.

Obrigado,

Grande Abraço!

RESPOSTA

Olá, Gustavo…

grato pelo comentário, que dá margem aos seguintes esclarecimentos: o propósito do ensinamento absoluto é tornar-nos conscientes de que somos unicamente Deus. Mas, como temos de fazer concessões frente às “crenças coletivas”, ele pode, como você observou, ser aparentemente visto como meio de “mudar a maneira como nos sentimos sobre o mundo”. Porém, para a Mente de Cristo que somos, as “aparências” jamais são vistas; a ilusão só é vista por ela mesma, e precisamos estar bem conscientes de que “jamais mudamos” e “jamais somos mente ilusória” em que “surgem” estados de paz e relaxamento. Estas sensações são todas parte da ILUSÃO.

O estudo explica que tanto as coisas internas quanto externas são todas imutáveis, por serem as permanentes “obras de Deus”; e, é nelas que concentramos o foco de nossa atenção, quando estudamos o Absoluto. Decorrente desta nossa “permanência em MIM”, aos olhos ilusórios da mente humana, as coisas “aparentarão” estar sendo moldadas; entretanto, o NADA é NADA e jamais se “molda”. Resumindo:  TUDO ESTÁ FEITO! DEUS REALMENTE É TUDO!

Abraços cósmicos…

Dárcio

 

 

COMENTÁRIO

 
 

“SOMENTE EXISTE DEUS, SE MANIFESTANDO COMO ESTE UNIVERSO ESPIRITUAL E SEUS INTEGRANTES.”

Em minha opinião, a Revelação, quando colocada deste jeito, pode ocasionar problemas na interpretação e, assim, pode ser mal compreendida. Quando diz que “Deus se manifesta como ESTE universo espiritual”, a palavra “este” faz com que o indivíduo pense que Deus está se manifestando como o universo visível. Afinal, é o universo visível que está sempre presente diante dela, pois é assim que ela vê.

A revelação precisa ser explicada detalhadamente, ponto a ponto, da mesma forma como você fez quando escreveu aquele artigo do “agir pelo não agir”, onde repetiu o mesmo conceito várias vezes de maneiras diferentes.

A meu ver, os livros que contém textos escritos dessa forma (como a que fez naquele artigo) são mais eficazes, e também são os mais buscados pelas pessoas. Existem autores que são mais “secos”, mais “diretos”. E tb existem muitos autores, como por exemplo o Osho que, embora fale muitas besteiras, tem o cuidado de implementar esta técnica em seus textos ou discursos… daí porque ele é tão “carismático” e visado por grande número de pessoas.

Acho que a forma de divulgar o ensinamento pode ser otimizada, sem que se perca tanto o teor da Revelação, a fim de alcançar número grande de pessoas, e despertando nelas um desejo de obter este conhecimento/percepção.

Grande Abraço!

Gugu

 

RESPOSTA

 

Gugu, o que deve ser lido aqui, é que Deus Se manifesta como este Universo ESPIRITUAL e seus integrantes. Toda série tem o conteúdo de cada parte, e deve, este conteúdo, ser bem assimilado até o seu término. Esta série tem 7 capítulos. Na quarta parte, está bem elucidado o ponto sobre o qual você comentou. Você foi precipitado…hehehe.

 

Procure captar a fundo o que cada parte pretende enfatizar; assim, ao terminar a série, você terá assimilado a fundo o conteúdo global do que ela encerra.

 

Quanto ao OSHO, você bem sabe o que penso dele e de suas obras! Se inimigos houvesse, nem a eles eu recomendaria! Além dos absurdos contidos nas exposições, há uma energia pavorosa, e, o que vale, é o “campo” de cada ensinamento e não meramente textos. Quando o “campo” é elevado, como ocorre com a Seicho-No-Ie, a Unidade, ou o Caminho Infinito, por exemplo, mesmo que seus autores tropecem em algum ponto, a CONSCIÊNCIA estará presente, falando mais alto! Porém, quando o texto aparenta ser elevado ao extremo, porém sentimos um “campo” não com ele condizente, estaremos é captando o “mesmerismo” e não a suposta Verdade absoluta que tal texto nos parece expor…

 

Bom o seu comentário, principalmente por criar a oportunidade de estes pontos serem esclarecidos.

 

Abçs cósmicos…

Dárcio.

COMENTÁRIO

.

Impressionante como eu, cá com minhas conjecturas, tenho as minhas percepções (nem sei se posso chamar assim) e logo depois venho aqui e leio sobre elas, praticamente confirmações.
Faz apenas dois dias que levemente preocupado com o fato de meu irmão não ter chegado ainda, eu resolvi dormir e pensei “eu nao tenho que me preocupar com ninguém”. Quase no mesmo instante, foi me acrescentado o pensamento: “Nem comigo. Deus é tudo e cuida de si mesmo, qualquer motivo de preocupação baseia-se numa ilusão, nas crenças falsas de que existem coisas ruins a serem evitadas”. “Saquei” instantaneamente que todo medo, toda preocupação e diria até todo desejo se baseiam mesmo nas tais crenças falsas em dois poderes, Deus e mais algo ou alguém. Fiquei feliz e relaxado com isso, me perguntando então para que serve a minha mente se está tudo sempre bem. Por um instante ela me pareceu algo absolutamente desnecessario, afinal, se está tudo sempre bem, eu não preciso dela para nada.
Hoje é sexta, o que eu contei ocorreu na noite de quarta, este texto foi postado na quinta. E não é a primeira vez que acontece, senão eu poderia dizer que é uma simples coincidência isolada. Não é engraçado?
Agora, sobre o que contei, manter-me com a percepção (que nem sei se posso chamar assim) é que são elas. Já tive outras igualmente agradáveis e tento não deixá-las serem “afogadas” no turbilhão de imagens e sons que meus olhos vêem e meus ouvidos ouvem, para nao falar do tato.
Com toda franqueza, seria bom que um pouco da Verdade fosse demonstrada a estes – os sentidos –  afinal, não é pelos seus frutos que o conhecereis? (Mateus 7:20). Até agora só posso concluir pelos frutos que nada disso é ainda a Verdade. Infelizmente.
Abraço,
Júlio
.

RESPOSTA:

 

 De fato, Julio, não é mesmo coincidência, e sim a demonstração de que a Consciência, em todos, é a mesmíssima Consciência do Eu Sou infinito. Onde alguém estiver aberto à Verdade, a Verdade será reconhecida!

Quanto aos “frutos”, o ensinamento diz: “Buscai, PRIMEIRO, o reino de Deus e a sua justiça; e, todas as demais coisas vos serão acrescentadas” (Mateus, 6: 33). Procurar “frutos”, esperando que sendo eles vistos pelos ilusórios sentidos humanos, o REINO nos será digno de crédito, significa fazer da ILUSÃO um Deus! Esqueça a ILUSÃO. abra mão do falso testemunho dos sentidos mortais. Busque PRIMEIRO o Reino que é deixar que unicamente o REINO o ache! E, para isso se dar, você deve estar firmado em Deus e não em frutos! Se assim for feito, os “frutos” serão vistos pela mente humana. Que serão eles? Uma “miragem temporal”, representativa do EU SOU AUTOSSUPRIDO, QUE VOCÊ É, mero conceito finito, ou sombra efêmera da REALIDADE INFINITA. Tire os olhos do “mundo de sombras” e volte-se a SI MESMO, à Sua CONSCIÊNCIA ONIATIVA, que é a única SUBSTÂNCIA formadora e mantenedora do Universo, inclusive VOCÊ. Tenho ressaltado isto repetidamente, na série “A Plataforma da Metafísica Divina”, postada no Blog do Facho de Luz. A pura revelação de que DEUS É QUEM SOMOS, deve nos deixar no extremo grau da alegria; não somente isso, mas, e principalmente, deve fazer com que  “o mundo fique vencido”,  mundo que é um simples “trote” passado pela mente falsa, enquanto a condição eterna, divina e gloriosa de todos os seres fica aparentemente em segundo plano, por ser dado, por parte da maioria, tremendo suporte ao que é pura ILUSÃO! “Trabalhai pela comida que não perece”, disse Jesus. E este “trabalho” é sumplesmente um reconhecimento de que “coisas maravilhosas estão acontecendo”, como diz o texto de Dorothy Rieke. Ocupe-se em reconhecê-las intuitivamente, sem jamais voltar a oferecer apoio ao que a mente humana nos mostra ou nos diz! “Temos a mente de Cristo!” Uma doação que Deus faz DE SI MESMO, pelo expressar-Se como os Filhos que somos.
.
Grato pelo comentário que, certamente, será de grande utilidade como testemunho aos demais leitores, razão pela qual o publico aqui, juntamente com esta resposta. Somos todos UM!
.
Abçs cósmicos…
Dárcio
.

COMENTÁRIO:

Valeu a pena o tempo gasto para traduzir e transcrever cada palavra deste artigo. O melhor de todos os artigos que já li. E vou relê-lo várias vezes contemplando cada palavra, frase e parágrafo desse texto absolutamente elevado, profundo, real e espiritual. A voz de Deus, escrita nesse artigo elaborado pela Dorothy Rieke, calou fundo em todos os cantos da minha mente, e obtive, através dela, uma elevação e percepção profunda e absoluta.
Agora eu entendo o que a Mary Baker Eddy quer significar quando ela usa a palavra “Ciência”, “científico”… compreender e apreender o sentido dessa palavra é essencial para adentrar o estado (único) absoluto e divino da Consciência. Acho que agora estou realmente pronto para a leitura eficiente e aproveitativa do livro “Ciência e Saúde”, da Sra. Eddy.
Obrigado por este artigo, Dárcio!!
Grande Abraço!
Gugu.

RESPOSTA:

Este texto, Imortalidade Trazida à Luz, eu o encontrei traduzido, e, realmente, deixa bem claro em que consiste o estudo da Verdade. Quando nos identificamos com os artigos, é porque, a partir da ação na Consciência, a Verdade é discernida de modo natural, óbvia e leve. Quanto mais contemplamos os Fatos reais, mais a Luz desfaz a escuridão…até  o Agora Iluminado ser a Verdade plenamente reconhecida e conscientemente vivenciada por todos…

Abçs cósmicos…
Dárcio.

Comentário:
.
“Fique só com o mil”. Não consigo ver o mil, só o 1000 mais zero que acaba sendo ilusão igual a de quem vê só o zero.

Pelo fato de a Verdade Pura não ter imagem é tremendamente difícil, já que a mentira tem imagens para a mente se apegar e ela não.

Ainda que se consiga um “estado de graça” com a Verdade, as formas vísiveis e tocáveis, os sons, os cheiros e os  gostos acabam soterrando implacavamente o sujeito logo seguida. E não estou falando só de formas agradáveis, não, mas todas.

A pessoa até aceita que tudo o que os sentidos captam e os proprios sentidos não é verdadeiro, porém assim sabe o que não é verdade, mas não a Verdade. Se vê obrigado a experimentar o que não é verdadeiro, mesmo sabendo disso. É frustrante e triste.

Julio
.
Resposta:
.
Julio,
o estudo nos leva ao “Eu”, que é o “1000” e que somente o vê. A Verdade não é “sem imagens”;  tem suas Imagens Verdadeiras, suas Formas pluridimensionais, que são a Mente Se expressando. A ilusão é captada pela “mente ilusória”. Achar “frustrante e triste” é sinal de “Despertar”. Alegre-se por isto! Jesus disse: “Se o mundo vos aborrece, aborreceu também a mim…mas tende bom ânimo: Eu venci o mundo”. A questão principal não está em a suposta “mente humana” se apegar a imagens falsas, mas, sim, estarmos aceitando esta mente como a nossa. O estudo tem o objetivo de nos fazer cônscios de que “temos a Mente de Cristo” com a qual, como disse Paulo, “vemos o que nos é dado gratuitamente por Deus”.
Emmet Fox deu uma analogia do estudo com o “feixe direcional”, espaço aéreo de vôos noturnos, captado pelo piloto em seus instrumentos. Enquanto o avião for visto na tela como estando dentro do “feixe direcional”, encontra-se no rumo certo, mesmo que nada seja visto pelo piloto lá fora, a não ser escuridão. Os princípios absolutos nos fazem permanecer no “feixe direcional” da Unidade, enquanto nos dedicamos a  reconhecer, aceitar e contemplar o fato real, eterno e glorioso de que unicamente Deus é o Ser que somos. Veja no Blog do Facho de Luz (www.facho-de-luz.zip.net) a série sobre a “Plataforma da Metafísica Divina”. Esta série busca ser o “feixe direcional” deste estudo. Com a visão correta da Existência, “este mundo” deixa de nos parecer real e suas imagens passam a ser vistas como as de um sonho, até que sumam de vez pelo “despertar em massa”.
Abçs cósmicos…
Dárcio.

COMENTÁRIO:

Pergunta:

Que tal ….estudarmos os saltos quânticos–das dimensões?

Resposta:

O site do Facho de Luz trata de revelações que estão no campo da Metafísica ou da Ontologia, incentivando seus leitores a transcender o mundo de puras aparências. A Verdade infinitodimensional é captada diretamente por nossa Consciência absoluta. Quando estes conhecimentos são revelados, e não buscados em estudos que levam em conta a suposta “mente humana”, fica entendido que a sabedoria absoluta, infinita e onipresente, é imutável, enquanto os estudos da Física se alteram e progridem a cada dia. Nada há de errado em se avançar na Física; apenas não é o propósito deste site, que é unicamente o seguinte: levar o homem ao conhecimento consciente de que sua própria identidade é Deus…

Abçs cósmicos…

Dárcio.

 

 

 

COMENTÁRIO

Eu prefiro a espíritosexualidade!!!!
essa é uma bandeira onipresente perfeita pra ser “percebida”.

Lúcio

RESPOSTA

A questão, Lúcio, nesse caso, deixa de ser a  “preferência”,
e passa a ser a seguinte:  “quem” é este “eu”?…

Esta será tarefa sua!
Abçs cósmicos…

Dárcio.

 

COMENTÁRIO

Prezado Dárcio,

Não concordo quando você diz que a homossexualidade é uma sombra projetada sem respaldo divino subjacente. Já que somos projeções de Deus, e Deus não tem sexo, ou como cantou Pepeu Gomes: “se Deus é menino e menina”, não existe sombra hetero ou homossexual.

Um abraço!

William

RESPOSTA

William…

o ser que somos jamais é o ser desta aparência. É espiritual, pleno e completo em si mesmo, além de permanente. Quem se identificar radicalmente com esta sua identidade real e divina, não mais crerá ser hetero ou homossexual, como você mesmo disse; ocorre, entretanto, que a “sombra” de homossexualidade deixará de existir na crença, assim como a de um gripado, quando unicamente é feita esta identificação absoluta. Foi isso que eu coloquei. Não são vistos relatos de “sombra heterossexual” se tornando “sombra homossexual” como resultado de tratamento metafísico. E, o contrário é verdadeiro, sendo testemunhado e relatado em periódicos sobre a Verdade.

Quem estuda a Verdade jamais deve se identificar como mortal nem se julgar pela carne. Este artigo tem este objetivo: mostrar que a “sombra”, na crença, para quem estuda e se identifica radicalmente com o Cristo, a Verdade, sem se identificar com sombra alguma, revela-se como heterossexualidade…

Abçs cósmicos…e grato por participar do site.

Dárcio