“ELE TINHA FÉ PARA SER CURADO!”

A palavra “FÉ”,  quando encontrada nas Escrituras, prevê um conhecimento da Verdade já presente num indivíduo, não sendo, portanto, uma “esperança apenas possível de que algo se torne visível! Antes, é uma CERTEZA absoluta de que “algo não visto” se revele como “visto”.

Todo revelador da Verdade “tem fé”, também, no sentido  de que seus leitores ou ouvintes  demonstrem esta Fé correta em suas vidas, na CERTEZA de que o necessário lhes aparecerá tornado “visível”.

Em Atos, 14: 9, podemos ler: “Ele tinha fé para ser curado”. Alguém nessa condição, diante da “aparência” de enfermidade, consegue acreditar que “já está plenamente restabelecido”. Tem o conhecimento da Verdade e tem a certeza de que “o visível procede do invisível”.

A revelação de que TUDO ESTÁ FEITO é um dos fundamentos da fé correta! Estar ciente de que O UNIVERSO ESTÁ PRONTO, declarado como “MUITO BOM” por Deus, acaba por gerar a “fé requerida para alguém ser curado”.

Se TUDO ESTÁ FEITO, TUDO É PERFEITO, o que faz com que as “aparências fraudulentas” sejam descartadas por esta FÉ na “graça já recebida”!

“Louvado seja Deus! Já estou curado!” – assim diz uma afirmação de fé da Unity! Temos exposto a Verdade de que somos todos dotados de um Corpo glorioso e eterno, que é Templo de Deus, espiritual e perfeito! Tendo sido “Obra de Deus”, como todas elas, é um Corpo PERMANENTE”, ENQUANTO A CHAMADA “CURA” É MERA MUDANÇA OCORRIDA NA “SOMBRA” CHAMADA “CORPO CARNAL”. Nossa confiança de que NOSSO CORPO É ESPÍRITO DIVINO, e não “carne”, faz com que a mente humana fique afinada com a Verdade através da fé! E é quando a “aparência”, antes “deformada”, se altera e se mostra “curada”,

“VIGIAI; ESTAIS FIRMES NA FÉ, PORTAI-VOS VARONILMENTE E FORTALECEI-VOS”, disse Paulo (1 Cor. 16: 13).

Aquele que entender os princípios aqui expostos, não alimentará jamais pensamentos negativos ou de dúvidas, e poderá ficar enquadrado na citação:

“Ele tinha fé para ser curado”!

*

Deixe uma resposta