A Constância de Deus X Inconstância do humano

    Recentemente descobri que uma frase que costumo dizer já foi dita, de modo bem mais amplo por Carl Sagan. A pessoa que viveu uma vida acreditando em algo e descobre que estava errada, terá muita dificuldade em admitir que estava errada esse tempo todo.

     Ora imagine o humano, defendendo a ferro e fogo suas convicções e ao final da sua experiência terrena, perceber que foi enganado.

   Dizemos aqui, que pela metafísica, Deus é Tudo o que sempre Foi, que não há mudanças em Deus, pois se assim fosse, não seria Deus.

   A humanidade está repleta de exemplos sobre deuses que erraram, erram e ainda assim continua a segui-los como se esses deuses tivessem direito à errar, pois poderosos. Essa visão antropomórfica de Deus, mostra o quanto a humanidade não compreende a imutabilidade de Deus e de Sua Verdade. Procuramos explicar a Deus, seguindo os padrões humanos, que acatam as mudanças, evoluções como a única verdade observável há milênios.

    Compreensível se aceitarmos que a humanidade é o fim. Inaceitável se vermos a Verdade de que só existe Deus e Sua Perfeição.

    A culpa que o ser humano carrega, por acreditar que não é merecedor da filiação divina, provoca sofrimentos atrozes. Acredita em céu e inferno, punições e bençãos.

No campo humano, estamos sempre em progresso infinito. A ciência descobre e revela maravilhas a cada dia. E não há nada errado nisso. Sonho ou realidade, ainda percebemos o mundo como ele é materialmente.

    A percepção da Realidade Divina é um pouco mais difícil, justamente por tentar olhar para ela com o pensamento humano. Nunca o humano perceberá a Deus e “seu reino”, com os sentidos humanos. É preciso transcender as sensações humanas e deixar a mente espiritual se revelar. Não importa o tempo necessário. Importa a dedicação com que procuramos essa percepção extrassensorial. 

    Para Deus não existe o tempo como a mente humana percebe, logo, em Deus já somos um com Ele. E nada pode mudar isso. Mas a humanidade pode e deve mudar, se adaptar e evoluir. Já que é um sonho, que seja um bom sonho, onde as pessoas são felizes, espelhando o que há de melhor em Deus, ou seja, o Infinito que já está lá, que seja humanamente refletido aqui; conforme a humanidade vai despertando o que já É e sempre Foi. Deus!

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 55

VEJA-SE DOTADO DE SEU CORPO GLORIOSO

 

   Segundo a Bíblia, Deus é Luz Onipresente ISENTO de trevas. Por isso, subindo ao Monte, disse Jesus a TODOS que o escutavam: “Vós sois a Luz do mundo”! Revelava a todos o Universo real e único em que já estavam em Deus e sendo um com Deus.

   Esta série, intitulada “Sob a Luz Eterna da Verdade”, procura acentuar e incentivar a prática imediata da Verdade absoluta de que SOMOS DEUS EXPRESSO NA TOTALIDADE DO SER QUE SOMOS!

“É do agrado do Pai dar-nos o Seu Reino”, disse Jesus, que é onde estamos tanto agora como “desde o princípio”, desde que pratiquemos esta série com dedicação, afinco e interesse diário, a fim de nos mantermos renascidos pela aparente “crucificação” do enganador “corpo carnal”, que jamais tivemos, agora substituído conscientemente pela ADMISSÃO VERDADEIRA DO nosso “CORPO GLORIOSO”, feito da Eterna Luz divina que é a Substância única de toda a “Unidade Perfeita Universal.

Contemple assiduamente o seu Corpo Luminoso sempre presente, mesmo que possa aparentar-se  como “carnal”, para a MENTE EM ILUSÃO!

F  I  M

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 54

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE

 

54

SEM O VERBO, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ!

 

  Expondo em seu Evangelho que unicamente DEUS É REALIDADE, assim disse João: “No princípio era o Verbo, o VERBO ERA DEUS, E sem ele, NADA DO  QUE FOI FEITO SE FEZ!” Desse modo, a TOTALIDADE DE DEUS foi revelada como sendo UNIDADE ONIPRESENTE PERFEITA, SENDO A SUBSTÂNCIA ÚNICA agora existente  em PERMANENTE EXPRESSÃO.

 

   Em vista disso, na Metafísica, Deus é revelado como Amor e Bem Absolutos, se expressando aqui e agora como Mente CRÍSTICA, QUE DISCERNE TUDO E TODOS COMO LUZ E NÃO COMO MATÉRIA. Nesta Visão correta o chamado MAL deixa de aparentar ser real, pois era mera interpretação errônea de algo ou de alguém FEITOS do Verbo de DEUS, PORTANTO, PERFEITOS!

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 53

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE

53

AS APARENTES “REPETIÇÕES” DA VERDADE

 Quando alguém se vê lendo um livro ou mensagem da Verdade, se estiver identificando as aparentes “repetições” como verdadeiras, estará cometendo o mesmo erro cometido quando lida com a humanidade como “FORMADA POR MUITOS, E NÃO PELO UM!”

 

Se um texto lhe revelar dez vezes que “O CRISTO É TUDO DE VOCÊ”, entenda-o lhe declarando NESTE AGORA ETERNO, e nunca EM REPETIÇÕES

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 52

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE

52

“TEU DEUS ESTÁ NO MEIO DE TI”

 

A Verdade divina é universal, inseparável e indivisível. Em Sofonias 3: 17 podemos ler a garantia de que “Deus está em nosso meio”. Esta Presença é a Verdade, é o Fato aqui manifestado, mas a mente humana é inapta ou incapaz de discerni-lo. Precisamos, portanto, de outro instrumento diferente, se desejarmos perceber a Presença de Deus em nosso íntimo. E a Bíblia nos revela que tal instrumento já existe em nós todos como MENTE DE CRISTO, bastando-nos a reconhecermos como A MENTE REAL E DIVINA que todos temos.

Todos os chamados mestres, profetas e místicos, que experienciaram a PRESENÇA DE DEUS, FIZERAM-NO  NELES MESMOS;  e a partir daí, passaram a propagar unicamente este Caminho Interior de Graça e Bem-aventurança.

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 51

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE

51

CONTEMPLE O CORPO REAL DE INFINITAS DIMENSÕES

 

Inclua em suas contemplações diárias o reconhecimento de que temos o OLHO SIMPLES, QUE PERPETUAMENTE CONTEMPLA NOSSO CORPO ÚNICO COMO LUZ DIVINA.

Nosso Corpo é o Corpo do Cristo que somos, iluminado e de infinitas DIMENSÕES, que não nasce nem morre, e como cita a Bíblia, não se queima no fogo nem se afoga na água.

Contemple constantemente seu CORPO REAL como Templo GLORIOSO de Deus, descartando como NADA todo CONCEITO material de corpo.

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 50

BEM AVENTURADO O VENTRE QUE JAMAIS GESTOU!

O mundo, suas mídias e religiões, inundam o calendário humano com supostos dias enaltecedores de mortais, comprovando JESUS, ao dizer: “Por que me chamam ‘Senhor! Senhor! – mas não seguem o que digo? Reconhecer ESTARMOS NO REINO DEUS EM PRIMEIRO LUGAR?”

 

À mulher que da multidão lhe gritara: “Bem aventurado o ventre que te gestou”, Jesus respondeu: “BEM AVENTURADO O VENTRE QUE JAMAIS GESTOU!”

Mais uma vez salientava a Verdade de que unicamente DEUS EXISTE, É TUDO, É BEM AVENTURADO E CONSTITUI A TOTALIDADE ETERNA DO SER QUE AGORA SOMOS.

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 49

 

ALINHE-SE COM O “TUDO JÁ FEITO”

 

Conhecer a Verdade significa reconhecer e admitir o fato real de que “TUDO ESTÁ FEITO”. Isto implica  sabermos que a cada suposto “novo dia ”, insinuando INTERMINÁVEIS tarefas a serem por nós cumpridas em série, que elas devam ser desviadas rumo à Oniação Absoluta, de onde “procede”, do que “não se vê”, tudo aquilo perfeito, consumado e aparente que se possa  “ver” como acréscimo.

SOB A LUZ ETERNA DA VERDADE – 48

EXERÇA SEU DOMÍNIO SOBRE APARÊNCIAS

Quando entendemos primeiramente COM QUE OBJETIVO nos são passadas alegorias, ilustrações e analogias nas pregações da Verdade, precisamos reconhecer que todas elas requerem que troquemos os aparentes “testemunhos mentais humanos” pelo TESTEMUNHO CORRETO, sinalizado pelas ilustrações variadas existentes. Isto para que a Verdade nos salte à percepção com domínio, de modo a não nos permitirmos enganar pela “aparências” do “mundo do pai da mentira”. “Vim ao mundo para dar testemunho da Verdade”, disse Jesus, e foi o que ele fez.

Exemplifiquemos com a ilustração dos trilhos de trem, que na verdade são sempre paralelos, mas se vistos à distância, aparentam se juntar no horizonte. Esta ILUSÂO jamais existiu, e a ilustração precisa ser analisada e bem conhecida, a fim de ser transportada para o lugar de quaisquer ilusões ou mentiras que porventura possamos perceber como “aparências ilusórias”,

Que faria você, se “estivesse” no barco sob tempestade e ventania, e vendo as águas o invadirem rapidamente? Se visse a cena convicto como se visse os trilhos que se juntam sendo NADAS, ficaria tranquilo e se desfazendo da ILUSÂO, ordenando ao mar que ficasse quieto, como fez Jesus!

Back to Top
×

Curtir no Facebook