A CONTEMPLAÇÃO PLENA DO CRISTO!

Em certo artigo metafísico, o autor disse o seguinte: “Muita gente sempre teve intuições sobre o Amor divino: contudo, para que este Amor Se manifeste em nossa vida, temos de aprender que Deus nunca colocou o homem na matéria, e, sim, fez o homem espiritual e eterno”.

Deus é Espírito; assim, toda a obra está “dentro de Deus”, isto é, a Realidade espiritual abrange todas as ideias espirituais em Si mesma. A crença de que estamos na matéria é a ilusão básica. Desta crença falsa decorrem os falsos conceitos de doença, pecado, nascimento e morte. Percebendo que Deus nunca colocou o homem na matéria, e que, portanto, não estamos na matéria, a ilusão se desfaz e a Realidade espiritual se revela como Amor divino em nossa vida.

Aos olhos humanos, todos somos aceitos como seres com defeitos e com problemas. Diante dos princípios espirituais, sempre surge a ideia de alguém “ajudar” um outro  ou ajudar a si mesmo. Se o FATO ESPIRITUAL for reconhecido não superficialmente, mas com a convicção interna plena, a “terapia divina” será compreendida como simples “CONTEMPLAÇÃO DO  CRISTO”, em nós mesmos ou em nosso próximo

Jesus revelou que DEUS é Seu Pai e também Pai de nós todos. A aparente diferença entre nós e ele está na CRENÇA NA MATÉRIA. Como “vemos” Jesus Cristo HOJE? Na matéria? Em Deus? Como contemplamos a existência de Jesus neste instante? Alguém pensaria em vê-lo materialmente? Ou pensaria em dar-lhe tratamento espiritual ou enviar-lhe “pensamentos positivos”? Não! Sabemos que Jesus, UM COM O PAI, está VIVO e  COMPLETO em Deus!

Quando conhecemos a Verdade Absoluta, fazemos esta CONTEMPLAÇÃO SEM ESFORÇO, com relação ao próximo ou a nós mesmos; Eis por que a premissa deste conhecimento afirma que DEUS É TUDO, TUDO É DEUS

A percepção de que não fomos colocados na matéria faz com que entendamos o motivo pelo qual Jesus enfatizava para que não chamássemos de “pai” a ninguém na face da terra! 

*

O DEUS VERDADEIRO QUE DESCONHECE PECADOS E DOENÇAS!

Bendiga o Senhor a minha alma!
Não esqueça nenhuma de suas bênçãos!

 É ele que perdoa todos os seus pecados
e cura todas as suas doenças.

Salmo 103. 2-3

Quando o Salmo 103 revela que “Deus perdoa todos os pecados e cura todas as doenças”, sabia Davi que DEUS É TUDO! Em Sua TOTALIDADE, Deus simplesmente deve ser reconhecido como O SER imaculado e perfeito, que, com Seu Verbo, CONSTITUI INTEGRALMENTE O “SER QUE SOMOS”!  Por isso, assim disse Jesus: “SEDE PERFEITOS ASSIM COMO O VOSSO PAI É PERFEITO”!

As crenças mentirosas, defendidas pelas diversas religiões do mundo, pregaram um Deus sádico, que supostamente teria enviado Seu filho Jesus para morrer na cruz e, desse modo, obter o perdão dos pecados de  toda a humanidade!

Entretanto, João afirma que DEUS É AMOR! E a Bíblia nos mostra Jesus perdoando “pecados” sem derramar uma só gota de seu sangue!  Por quê? Como Davi, Jesus conhecia a Verdade de que DEUS É TUDO, e que ERA UM COM ELE! Em outras palavras, SABIA QUE PECADOS E DOENÇAS JAMAIS FORAM REALIDADES!

A humanidade, saturada com as crenças religiosas FALSAS, mais se prendeu aos pecados e doenças do mundo do que AO REINO DE DEUS, em que DEUS nos colocou e DO QUAL JAMAIS SAÍMOS,  como “seres à Sua imagem e semelhança”!

O enfoque absoluto da Verdade avança além de “ser o homem perdoado e curado por Deus”! Explica que AQUELE QUE SE VÊ PELA VERDADE, VÊ A SI PRÓPRIO SENDO O PRÓPRIO DEUS! Para isso, abandona o falso “juízo segundo as aparências” para praticar o JUÍZO JUSTO, pregado por Jesus:

“Honrar a SI MESMO como honra O PAI”. 

*

QUE SIGNIFICA SER “TEMPLO DE DEUS”?


 Se falarmos que somos alguma coisa, a afirmação significa que “somos  exclusivamente aquela coisa”; e, se caso o que SOMOS for unicamente Deus, que é Espírito e é Tudo, seja o que for que estivesse sendo entendido como “aquilo que somos” só poderia ser uma tremenda mentira! E é o que TODO CARNAL É!

Se perguntarmos a um maestro se ele sabe fazer arranjos musicais, seria redundante e até mesmo capaz de ser por ele encarado como ofensa! Mas um maestro poderia ser também “outra coisa”, um juiz de futebol, por exemplo.

MAS SER TEMPLO DE DEUS É SER ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE A PRESENÇA DE DEUS SE EVIDENCIANDO COMO “CORPO ILUMINADO”, E MAIS NADA!

Qie fazia Jesus, quando afirmava que “não somos do mundo”, que “não temos jamais pai na Terra”, ou que “devêssemos renascer” para “ENTRAR NO REINO DE DEUS”? Revelava nossa natureza puramente divina, eterna e permanente! “UM SÓ É O VOSSO PAI, O QUAL ESTÁ NOS CÉUS” – disse ele.

Acreditar ser “carnal humano”, supostamente “vivendo na matéria”, é a crença geral mentirosa negada por Jesus como sendo “parte dele”! Assim ele a negou e assim disse para fazermos a mesma coisa!

“Se quer vir após MIM, negue-se a si mesmo, tome sua cruz, venha e me siga”! É seguindo-o que conhecemos por experiência, e não por meras palavras, QUE SOMOS, AQUI E AGORA, UM  “TEMPLO DE DEUS”, PERFEITO E HARMONIOSO, UNO COM DEUS , QUE É O ESPÍRITO SANTO QUE TODOS SOMOS”.

*

CONTEMPLE SEU CORPO GLORIOSO IMERSO NO REINO DE DEUS!

Não há realidade na suposta “matéria” nem em suposta “vida na matéria”! Há milênios que esta Verdade é propagada à humanidade que, descrente, continua sendo iludida pelas “mentiras do mundo do pai da mentira”.

O Pai não pode ser adorado na irreal matéria, como disse Jesus: “Nem neste monte nem em Jerusalém deve o Pai ser adorado, mas sim em ESPÍRITO E EM VERDADE!”. Nem as religiões do mundo entenderam até hoje o que Jesus estava dizendo! Que SÓ HÁ DEUS EM ESPÍRITO E EM VERDADE, e nunca na IRREAL “matéria” com seu fictício “mundo de crenças materiais”, todas falsas e hipnóticas!

Quem ADORA O PAI em seu próprio Ser, em Seu Corpo e em Seu Espírito, conhece a Verdade de que “EM MIM” REALMENTE ele VIVE E TEM SUA PRÓPRIA Existência eterna!

Jesus foi claro: “O Pai deve ser adorado em Espírito e em Verdade”, quando a mulher samaritana lhe perguntou se seria “naquele monte ou em Jerusalém”, que a adoração devesse ser feita. Se ele respondesse que “o monte e a cidade” citadas eram “ilusões mentais”, e nunca “realidades materiais”, por certo ela nada entenderia! Assim, Jesus disse a ela aVerdade a partir da própria Verdade: “Deus é ESPÍRITO, e importa que O adorem em Espírito e em Verdade”.

“ADORAR A DEUS EM ESPÍRITO E EM VERDADE” SIGNIFICA RECONHECÊ-LO COMO TUDO, COMO ONIPRESENTE E COMO ÚNICA VERDADE EM EXPRESSÃO!  E CADA UM DEVERÁ ADORÁ-LO EM SI MESMO, “EM MIM”!

Como disse Paulo, “Glorificai a DEUS no VOSSO CORPO e no VOSSO ESPÍRITO, os quais pertencem a DEUS”.

Descarte a ILUSÃO de “vida na matéria” e CONTEMPLE A ONIPRESENÇA DIVINA SENDO O REINO EM QUE VOCÊ VIVE E SENDO O SEU CORPO GLORIOSO, TEMPLO DE DEUS! RECONHEÇA O FATO DE QUE O REINO ABARCA O SEU CORPO NUMA UNIDADE PERFEITA E PERMANENTE!

DEUS É TUDO COMO TUDO! FAÇA AS CONTEMPLAÇÕES ABSOLUTAS ESPECIFICAMENTE NO TOCANTE AO SEU PRÓPRIO SER”

E repita com Jesus:

“AQUELE QUE ME VÊ A MIM, VÊ O PAI!” 

*

QUE É UMA NUVEM DE GAFANHOTOS?

“O que anda em justiça, e o que fala com retidão; o que rejeita o ganho da opressão, o que sacode das suas mãos todo o presente; o que tapa os seus ouvidos para não ouvir falar de derramamento de sangue e fecha os seus olhos para não ver o mal.
Este habitará nas alturas; as fortalezas das rochas serão o seu alto refúgio, o seu pão lhe será dado, as suas águas serão certas”.

Isaías22:15

Diante da suposta “mente humana”, se passarem voando à distância inúmeros gafanhotos,  devido à sua cegueira, uma inexistente “nuvem será vista”! Se passar apenas um só gafanhoto na mesma situação, para ela, NADA estaria passando, por não vê-los senão em grandes quantidades,  como em supostas “nuvens”! As nuvens, portanto, são uma ILUSÃO! Prova da cegueira e incompetência deste “instrumento mental humano” para nos mostrar a verdade!

Seguindo o mesmo entendimento, as chamadas “doenças” podem ser chamadas de “nuvens de partículas atômicas” em vibrante movimentação desarmônica, devida a “interferências negativas” que as impedem de se expressarem perfeitamente. Se alguém se queixar de “pedra nos rins”, por exemplo, a “nuvem de partículas de seu corpo” estaria recebendo “energias negativas” . Cessando a negatividade, as “partículas retornariam à ordem original, o que, para a mente, teria ocorrido um “milagre”!

Quando descartamos as “aparências”, reconhecendo que NOSSO CORPO É UM PERFEITO TEMPLO DE DEUS,  e eliminamos toda a negatividade antes nele injetada pela mente, as chamadas “doenças”, que eram ILUSÃO análoga à “nuvem de gafanhotos”, sumirão pela restauração da ordem na “movimentação das partículas atômicas”, antes alterada pela própria pessoa! A prática do perdão “cura” pelo mesmo motivo, com as pessoas se achando em desarmonia com alguém e afetando a harmonia de si mesmas! Por isso Jesus ensinava para que,“antes que levássemos oferendas no altar, que nos reconciliássemos com nossos irmãos”!

Aqueles que inadvertidamente se desarmonizam pelo hábito de ver notícias do mal, corrupção, epidemia, etc., devem irradiar o Amor divino e cortar pela raiz o envolvimento com os ilusórios “males do mundo”, que somente existem na ”cegueira mental da humanidade”.

DEUS É TUDO!

*

COMENTÁRIOS SOBRE “O CORDEIRO DE DEUS DESTRÓI O MAGNETISMO ANIMAL” – 24

– 24 –

Quando as qualidades do Cordeiro de Deus ficam estabelecidas no pensamento, já temos os ingredientes neutralizantes para obter a vitória sobre qualquer mentira agressiva. Quando incorporamos a ideia do Amor divino como o nosso ideal, em nossas relações com outros, não podemos prejudicá-los nem ficamos ao alcance da maldade mortal. 

O “batismo com água” é o que muitos autores chamam de “saturação do subconsciente com a Verdade”, campo da Ciência Mental que, na Ciência Cristã, é explicado como sendo uma “espiritualização do pensamento”. A autora diz o seguinte: Quando as qualidades do Cordeiro de Deus ficam estabelecidas no pensamento, já temos os ingredientes neutralizantes para obter a vitória sobre qualquer mentira agressiva. Que isto significa? Que as “sugestões hipnóticas” não mais encontram campo livre de atuação sobre nós! Suas “imposições mentais agressivas” encontram a Onipotência divina e o Amor divino estabelecidos em nós como realidades permanentes! Uma notícia negativa, por exemplo, que causaria espanto, preocupação ou medo na maioria das pessoas, chegando ao nosso conhecimento, encontra a “ideia do Amor divino” estabelecida!

Assim diz a autora: “Quando incorporamos a ideia do Amor divino como o nosso ideal, em nossas relações com outros, não podemos prejudicá-los nem ficamos ao alcance da maldade mortal”.

Na prática, isto significa mantermos como “ideal” a expressão do Amor divino em nossos relacionamentos pessoais, colocando-o acima dos interesses supostamente humanos ou materiais. Desse modo, a vida cotidiana deixa de ser mera expressão da suposta mente humana, para se mostrar como “extensão” da Mente divina, por ter-se tornado uma “transparência” à Oniação, ou seja, em vez de o ego se mostrar presente, com nitidez é percebido “o Pai em mim” como “autor das obras”.

Somos “o Cristo”, e não “humanos” em relacionamentos humanos interesseiros. Se nosso “ideal” estiver em “expressarmos o Amor divino” nas aparentes situações, a harmonia gerada nos protegerá, e também àqueles conosco envolvidos. Por isso, o parágrafo termina afirmando que, tendo-se este “ideal”, em lugar de interesses materiais, “não podemos prejudicá-los nem ficamos ao alcance da maldade mortal”.

Continua na próxima segunda-feira..>

VOCÊ É DOTADO DA “MENTE DE CRISTO”, DO “OLHO SIMPLES” E DO “CORPO GLORIOSO”!

Se alguém estiver procurando uma loja com um endereço errado nas mãos, ao ser informado do endereço certo, iria ficar no mesmo lugar para se conscientizar do endereço certo? Não, o errado seria largado de imediato, enquanto seus passos já iriam ser dados na direção do endereço certo!

A humanidade vive acreditando estar dotada de “mente humana”, de “olho carnal dualista” e de “corpo carnal nascido”; que faz o ensinamento absoluto? Corrige esses erros todos, a fim de que TODOS SAIBAM QUE SÃO DOTADOS DA “MENTE DE CRISTO”, DO “OLHO SIMPLES” E DO ETERNO E PERFEITO “CORPO GLORIOSO”!

Que faz a maioria com estas revelações recebidas? Muitos intentam melhorar a “mente humana”, melhorar  o “olho carnal dualista” e “melhorar o “corpo carnal”! NÃO SE SOLTAM DO ENDEREÇO ERRADO!

Há tempos, uma pessoa assim me disse: “Se eu ficar somente em Deus, QUEM se ocuparia com as minhas obrigações diárias do mundo?”

Quando nos vemos na Oniação, e não no mundo, as “coisas do mundo” se resolvem naturalmente, por serem “sombras” e não realidades! “Agimos pelo não agir”, e tudo se desdobra harmoniosamente, sem preocupações e sem ego!

“O Pai em MIM é QUEM FAZ AS OBRAS”, dizia Jesus, para endossar o princípio correto! Vivemos focalizados ”em Mim” na Oniação, reconhecendo “ter a Mente de Cristo”, e com O “Olho Simples” fitamos o Reino de Deus em que estamos, e o “Corpo Glorioso” do Cristo que somos! Desse modo, o  “mundo sombra” nos inclui em sua “sombra única”, e as coisas do mundo se mostrarão resolvidas!

Forme o HÁBITO de afirmar e reconhecer a Verdade  DIARIAMENTE:07/03/2021 

“EU VIVO NA ONIAÇÃO DIVINA, COM A MENTE DE CRISTO, COM MEU “OLHO SIMPLES” E COM MEU “CORPO GLORIOSO!”

*

“NÃO SOIS A MINHA OBRA?”

 

“As obras que realizo em Nome de meu Pai testemunham a meu favor. Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas, como já vos afirmei”.

João 10: 27

Uma questão nos foi levantada: “Não SOIS a Minha Obra?” Ela é aqui novamente levantada, no sentido de aclarar que a resposta de cada um, “aguardada” por Deus, simplesmente é: “EU SOU”!

Quando deixamos de lado a suposta “mente humana”, com sua visão equivocada, distorcida e limitada a nosso respeito, para realmente vivenciarmos as Verdades que Deus, a Causa de nossa existência, nos tem revelado, estamos realmente respondendo: “EU SOU”!

Jesus também deu a sua resposta: “EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA!” Agora é a NOSSA VEZ! Esta resposta nos exigirá dedicação, entrega e persistência! Exigiu também dele!

Em Gálatas 5: 1, encontramos: “Estai firmes na liberdade com que Cristo nos libertou e não torneis à servidão”.

“Tornar à servidão” é retornar à falsa crença de que somos “seres humanos”, meros mortais nascidos em mundo material. “Estar firme na LIBERDADE” é “perceber”que “SOMOS A OBRA DE DEUS!” Este é o FATO ETERNO a ser constantemente reconhecido com alegria infinita!

O Deus único, Se expressando como o seu Eu Individual, é O CRISTO, o seu LIBERTADOR ou SALVADOR! Sinta-se LIVRE neste exato instante! VOCÊ JÁ É LIVRE! Contemple, em quieta e silenciosa interiorização, a veracidade desta revelação em VOCÊ mesmo! Não tente analisar ou redimir o “velho homem”; não se associe com nenhum traço, bom ou mau, da suposta personalidade terrena; e muito menos entre em conflito interno em endosso infrutífero da velha crença no bem e no mal!

Viva pela revelação gloriosa: “NÃO SOIS A MINHA OBRA?”  DESCARTE RADICALMENTE A CRENÇA NA MATÉRIA, RESPONDENDO:

“EU SOU”!

*

RECONHEÇA TODAS “APARÊNCIAS” COMO DESTITUÍDAS DE SUBSTÂNCIA!

Como a Verdade é invisível aos supostos sentidos humanos, constituída integralmente pela Onipresença de Deus, é fundamental que desmascaremos como “nadas” as contínuas “aparências” que se fazem passar por realidades substanciais, mesmo não tendo substância nenhuma!

Deus é a Substância ÚNICA em AUTOMANIFESTAÇÃO ONIPRESENTE de SI PRÓPRIO e em SI PRÓPRIO, por ser A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA REAL.

Em visto disso, Jesus disse “não ser deste mundo” e que “ninguém é deste mundo”!  Isto é verdadeiro porque “este mundo” nunca teve realidade! Buda o chamou de “ILUSÃO” e Jesus de “mundo do pai da mentira”. Este conhecimento precisa ser aplicado na prática, para evitar que o mundo continue iludindo a maioria por ser considerado como mundo real.  Muitos chegam a falar que “na realidade”, isso ou aquilo acontece, levando em conta este “mundo falso” como se, de fato,  ele existisse!

“O Reino de Deis está presente NO MUNDO INTEIRO, mas os homens não o enxergam”, disse Jesus! Sem ser demascarado com dedicação e constância, ateus e não ateus se verão na mesma condição, ou seja, CRER NA ILUSÃO! A SIMPLES LEITURA DA VERDADE NÃO NOS BASTA! A LEITURA REQUER SER POSTA NA VIDA DIÁRIA COMO “VERDADE ABSOLUTA” DE QUE DEUS É TUDO!

Nas “contemplações”, devemos partir da TOTALIDADE E UNICIDADE DE DEUS, e, ao término delas, deixarmos a Ciência Mental aflorada no reconhecimento de que O REINO DE DEUS É A TOTALIDADE ONIPRESENTE, ENQUANTO O SUPOSTO “MUNDO DE APARÊNCIAS” É MERO “VAZIO”, SEQUÊNCIA MENTAL DE “IMAGENS FALSAS” E DESTITUÍDAS POR COMPLETO DE “SUBSTÂNCIA”, ISTO É, DE “MATÉRIA-PRIMA”!

“Não chameis de pai a ninguém deste mundo”, disse Jesus! SABIA QUE PAIS, MÃES, E DEMAIS SERES DO MUNDO ERAM MERAS “IMAGENS FUGAZES E FALSAS”, SEMELHANTES ÀS HOLOGRÁFICAS: ISENTAS DE SUBSTÂNCIA E DE REALIDADE!

Reconheçamos O REINO PRESENTE NO LUGAR DO MUNDO INTEIRO, COM A MENTE DE CRISTO E “VIGIANDO E ORANDO SEM CESSAR”, COMO FAZIA JESUS. 

*

“A PELEJA NÃO É VOSSA, MAS DE DEUS!”

“E falou o profeta: “Prestai atenção, todo o Judá, e vós, habitantes de Jerusalém, e tu, ó rei Josafá. Assim diz o SENHOR: ‘Não temais, nem vos assusteis por causa dessa grande multidão que se dirige contra vós, porquanto a peleja não é vossa, mas de Deus”.

2 Crônicas 20:15

 Nas Escrituras, são inúmeros os relatos em que supostos “carnais” se defrontam com aparentes situações desarmônicas, sempre sendo levados ao medo e à apreensão. A solução é sempre apontada pelas próprias Escrituras, que são unânimes em alertar que “NINGUÉM DEVE SE ASSUSTAR NEM TEMER” por motivo algum, POIS A PELEJA É UNICAMENTE DE DEUS!

“Não tenha medo. tenha Fé”, disse Jesus! Sabia que DEUS É TUDO e que TODO CONFLITO OU DESARMONIA jamais poderia ter Realidade “ao lado de Deus”! E que JAMAIS Deus, com Seu Verbo em manifestação, deixaria de estar sendo um testemunho presente de que A JUSTIÇA DIVINA Se evidencia como INQUEBRANTÁVEL DIVINA ORDEM UNIVERSAL!

As gerações e mais gerações que supostamente existiram, pareceram SE ASSUSTAR E TER MEDO de infinitas “imagens hipnóticas”, crendo serem elas realidades e acontecimentos! Cada um que se mostrasse temeroso, de Jesus poderia escutar: “TENDE FÉ E NÃO MEDO”!

A Fé significa “estar convicto de que AS COISAS REAIS NÃO SÃO AS VISTAS PELA MENTE DOS HOMENS, E QUE SOMENTE PODEM SER CONTEMPLADAS PELA MENTE DE DEUS! Em outras palavras, TUDO  CAPAZ DE CAUSAR MEDO É IRREALIDADE, EXATAMENTE ANÁLOGO AO QUE SE DÁ COM UM PESADELO!

A libertação ocorre pelo “despertar espiritual”, com o entendimento de que SOMOS DEUSES QUE VIVEM NA PERFEITA UNIDADE DIVINA, JAMAIS “NASCIDOS NA CARNE” PARA ESTARMOS NUM “MUNDO DE CONFLITOS E DE TEMORES”!

Esta LIBERTAÇÃO é automática, quando fazemos nossa IDENTIFICAÇÃO COM DEUS, dissociando-nos, como fazia Jesus, de quaisquer vínculos com o IRREAL E ILUSÓRIO “MUNDO DOS FENÔMENOS”!

Disse também Jesus: “Não temas, pequenino rebanho! Pois que aprouve ao Vosso Pai dar-vos o Reino!”  Cabe, a cada Filho, acreditar na Graça recebida e nela viver na Unidade e na Paz da Realidade Eterna! 

*

PRATIQUE “SER A PRESENÇA DE DEUS”!

No âmbito do estudo da Verdade, muito é falado sobre “praticar a Presença de Deus”,  “realizar a Presença de Deus” , mas sem enfatizar radicalmente que A MANEIRA CORRETA DE ENTENDER O SUGNIFICADO destas palavras está em PRATICARMOS A TOTALIDADE DE DEUS, SENDO ESTE DEUS E VIVENDO NO REINO DE DEUS!

Quando Paulo declara que “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVIMENTAMOS E TEMOS O NOSSO SER”, estabelece a Verdade de que UNICAMENTE DEUS É A REALIDADE, O “EU SOU” ÚNICO E ONIPRESENTE!

Como DEUS É AMOR, podemos entender que O BEM ABSOLUTO é o que DEUS EXPRESSA, constituindo a Verdade que todos SOMOS eternamente! E quanto às “aparências do mal”? São realidades? Não, são “imagens falsas” que devem ser reinterpretadas como ILUSÓRIAS, por somente aparentarem existir,  por serem puramente “nadas”!

  •    Se DEUS É TUDO, quem criou a ILUSÃO? Cria a ILUSÃO aquele que pergunta “quem” a criou! Deveria estar reconhecendo a TOTALIDADE DE DEUS!

Annie R. Militz, da Unity, disse o seguinte:

“A cada sugestão do mal em sua vida diária, declare mentalmente: “Não há mal”. A toda conversa de pessoas acerca do mal, tal como escândalos, descrições de doenças, casos de mortes, medos, desastres, desencorajamentos e perigos, diga silenciosamente: “Isso não é verdade”. Muitos casos têm sido curados por essa simples mensagem silenciosa”.

Paulo também nos alertou: “Pensai nas coisas do Alto e não nas da Terra”.

Esses cuidados, quando adotados, muito nos facilitam a CORPORIFICAR A PRESENÇA DE DEUS em nós próprios!

*

“O FILHO FAZ O QUE VÊ O PAI FAZER!”

“Em verdade, em verdade vos asseguro, que o Filho nada pode fazer de si mesmo, mas somente pode fazer o que vê o Pai fazer, pois o que este fizer, o Filho semelhantemente o faz”.

João 5: 19

Quando a Bíblia diz que “nada é impossível para Deus”, a frase não é para ser lida solta, mas sim dependente e agregada às demais revelações que integram o Evangelho!

Assim disse Jesus: “O Filho faz o que vê o Pai fazer”. Que faz o Pai? FAZ COM QUE SEJAM PERMANENTES TODAS AS SUAS OBRAS ESPIRITUAIS E PERFEITAS! SOMOS SUAS OBRAS, E SOMOS UM COM TUDO MAIS  QUE DEUS AGORA ESTÁ FAZENDO COM SUA ONIAÇÃO!

A humanidade ainda não entendeu que O REINO DE DEUS NÃO É DESTE MUNDO! Por isso, entender a oração como expediente de “obter graças materiais” significa nada entender do FATO de que, ganhando de DEUS o Seu Reino, ganhamos TODAS AS SUAS RIQUEZAS ESPIRITUAIS, mas identificados como O CRISTO e não como “mortais habitantes do mundo do pai da mentira”.

“Em verdade, em verdade vos asseguro, que o Filho nada pode fazer de si mesmo, mas somente pode fazer o que vê o Pai fazer, pois o que este fizer, o Filho semelhantemente o faz”.

A certeza de que “existe mundo material” é o que faz alguém orar para que seu time de futebol vença o jogo, e não o seu adversário, ou orar para que seu filho obtenha vaga numa escola, e não o filho de alguém outro.

DEUS ESTÁ PRONTO E MANTÉM SEU UNIVERSO COM A TOTALIDADE DE SEU BEM PERMANENTE!

Toda oração deve incluir a vontade de que A ONIAÇÃO DO PAI SEJA TRAZIDA À LUZ! Para isso, é vital que haja o reconhecimento de que A VONTADE DO PAI É SOBERANA, JÁ PRESENTE COMO TODO O BEM PERMANENTE UNIVERSAL!

Não foi à toa o que disse Jesus: “NEGUE-SE A SI MESMO, TOME A SUA CRUZ, VENHA E ME SIGA”. “Segui-lo” como? SUBINDO AO PAI DE FORMA A SE PERCEBER INTEGRADO À  SUA ONIAÇÃO!

É desse modo que O FILHO PODE FAZER O QUE VÊ O PAI FAZER: SENDO UM COM ELE! 

*

COMENTÁRIOS SOBRE “O CORDEIRO DE DEUS DESTRÓI O MAGNETISMO ANIMAL” – 23

– 23 –

Então, regozijar-nos-emos insensatamente, quando a carnalidade da besta for rechaçada pela inocência de nossa verdadeira natureza dada por Deus. O que procurou subverter o bem naquilo que é semelhante ao Cristo pode ser visto em sua estupidez negativa, e a harmonia universal do Cordeiro do Amor reinará. 

Enquanto o “magnetismo” encurrala a humanidade em suas paixões, desejos e vaidades, tornando-a alheia à sua real natureza e glória divinas, a “prática consciente da Verdade” liberta os cativos desta “farsa terrena”. Esta libertação dos aparentes grilhões da carnalidade é aqui citada pela autora: “Então, regozijar-nos-emos insensatamente, quando a carnalidade da besta for rechaçada pela inocência de nossa verdadeira natureza dada por Deus”.

Esta prática fica bastante simples quando invertemos nosso ponto de vista, deixando de nos avaliar, e ao mundo, a partir da ILUSÃO chamada “existência terrena”. Esta “troca de referencial” é o que cada um deve buscar, em vez de passar a vida toda se iludindo com as “realizações e prazeres mundanos” sugeridos e forjados pela ação “magnética” do erro. E aqui se incluem os supostos “instrutores espirituais” que fomentam esta “sugestão mesmérica”, associando carnalidade com espiritualidade, e desviando as pessoas de “Mim”, de seu Eu realizado, glorioso e pleno.

Quando alguém desperta para este fato, não mais suportará ensinamentos que o entendam “na matéria”. E a literatura supostamente “espiritual” que liam, será descartada radicalmente! Unicamente o “CRISTO DE SI MESMO” SERÁ O “MESTRE”, e este, em suas “contemplações absolutas, haverá de ser reconhecido como SUA REAL IDENTIDADE E NATUREZA, exercendo, como diz a autora, a função deífica de “rechaçar a carnalidade da besta”. E assim, cumpre-se o que diz o artigo:

“O que procurou subverter o bem naquilo que é semelhante ao Cristo pode ser visto em sua estupidez negativa, e a harmonia universal do Cordeiro do Amor reinará”.

A “Harmonia UNIVERSAL do Cordeiro do Amor” já É! Com a troca do referencial, cada um faz sua imediata IDENTIFICAÇÃO com O QUE É: o tempo ÚNICO é AGORA, a Presença ÚNICA é DEUS, o seu “Eu” ÚNICO é o CRISTO!

Continua na próxima segunda-feira..>

“BEM AVENTURADOS OS QUE NÃO VIRAM E CRERAM!”!

“Disse-lhe Jesus: Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram”.

JOÃO 20: 29

O mundo é tão viciado em medicamentos, que se dissermos a alguém para utilizar o Poder do Espírito divino que somos, o interesse da maioria será quase nulo!

Levar alguém à FÉ que destrona o ilusório “eu carnal nascido” e à Verdade de que SOMOS ETERNOS FILHOS DE DEUS, É, DE FATO, TAREFA PARA DEUS!

Jesus disse a Tomé: “Porque me viste, Tomé, creste; bem aventurados os que não viram e creram”. Esta fala de Jesus é uma aula suprema de Metafísica Absoluta, e isto porque a humanidade, gerações pós gerações, vem imitando Tomé, crendo unicamente nas “coisas vistas”, justamente aquelas que a Verdade desconhece por serem todas unicamente puras “miragens” enganadoras!

“É chegado o Reino de Deus”, disse Jesus. Alguém aparenta não o estar vendo? Basta-lhe ser “bem aventurado” por CRER E VIVER NELE! As ESCRITURAS DEVEM SER CONHECIDAS!

A “bem aventurança” citada por Jesus está dada a cada um, desde que receba e creia na revelação de que DEUS É TUDO! Esta é a aceitação da Verdade eterna sobre o Universo e sobre SI MESMO!

Em João 20: 24-27,  podemos ler: “Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus.
Disseram-lhe, pois, os outros discípulos: Vimos o Senhor. Mas ele disse-lhes: Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos, e não puser o meu dedo no lugar dos cravos, e não puser a minha mão no seu lado, de maneira nenhuma o crerei.
E oito dias depois estavam outra vez os seus discípulos dentro, e com eles Tomé. Chegou Jesus, estando as portas fechadas, e apresentou-se no meio, e disse: Paz seja convosco.
Depois disse a Tomé: Põe aqui o teu dedo, e vê as minhas mãos; e chega a tua mão, e põe-na no meu lado; e não sejas incrédulo, mas crente”.

Cada um age como Tomé, quando recebe a revelação de que O CRISTO, E NÃO UM CARNAL, CONSTITUI SUA PRÓPRIA VIDA ETERNA DE TODOS! Estaria, como muitos, crendo somente “se visse o sinal dos cravos em suas mãos, pusesse seu dedo no lugar dos cravos, e pusesse sua mão no seu lado perfurado pela lança!

Como se perceber como “bem aventurado”? Lembrando-se dos “cravos” recebidos na sua aparente vida material, reconhecendo O PRÓPRIO CRISTO manifesto como SUA PRESENÇA, E DIZENDO, A SI MESMO:

“MEU SENHOR E MEU DEUS! 

*

NENHUMA “SUGESTÃO MENTAL AGRESSIVA” TEM SUBSTÂNCIA!

Por que a humanidade tanto se empenha e luta para “vencer sugestões mentais agressivas”? Devido à falta de reconhecimento absoluto da Verdade de que TODAS ELAS SÃO DESTITUÍDAS DE REALIDADE E DE SUBSTÂNCIA!

Se alguém acredita “estar passando mal”, e corre para o médico, que lhe teria ocorrido? Seu bem estar lhe teria sido tirado? A Bíblia diz que “somos feituras de Deus”, e que “tudo que Deus faz, dura perpetuamente”! Nada pode “ser-lhe acrescentado nem tirado”.

Que foi que fez alguém “se sentir mal e procurar o médico? A ACEITAÇÃO DA SUGESTÃO MENTAL AGRESSIVA COMO DOTADA DE SUBSTÂNCIA E DE REALIDADE!

Um hipnotizador, entregando “dentes de alho” a um grupo de jovens antes hipnotizados por ele, disse-lhes que os pusessem na boca, por serem “chicletes de bola”. Todos mastigaram o alho e acreditavam “ver bolas do chiclete” lhes saindo pela boca! Qual era o fato real? A PRESENÇA DO ALHO NA BOCA DE TODOS! Qual era a SUGESTÃO MENTAL PASSADA A ELES? A PRESENÇA DOS CLICLETES, ALGO QUE EM MOMENTO ALGUM ESTEVE PRESENTE DURANTE A EXPERIÊNCIA.

Tão logo o hipnotizador cortou o envio da SUGESTÃO HIPNÓTICA, todos perceberam o alho e o cuspiram  ao chão, por notarem a AUSÊNCIA DA SUGESTÃO, E NÃO A AUSÊNCIA DOS CHICLETES!

Que faz a humanidade ILUDIDA pelo “hipnotismo de massa”? ACREDITA NA SUGESTÃO VINDA A CADA UM QUE, POR DESCONHECER A VERDADE, SE DESESPERA E DESEJA, O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL,  SE LIVRAR NÃO DA SUGESTÃO, MAS SIM, DO “APARENTE” E IRREAL “MAL”, QUE ACREDITA CONVICTAMENTE ALI ESTAR PRESENTE!

Por que a “Chave de Ouro”, de Emmet Fox tanto auxilia na “anulação do aparente mal”? É por recomendar a TROCA da “sugestão maligna”  – SEM SUBSTÂNCIA – pela PRESENÇA DE DEUS – A SUBSTÂNCIA REAL DO BEM PERMANENTE – exatamente onde o MAL IRREAL PARECIA SER REAL, CAPAZ ATÉ  DE TIRAR A SAÚDE PLENA DE UM FILHO DE DEUS!

Por que a “FÓRMULA MÁGICA” também resolve os supostos problemas? Atua como a CHAVE DE OURO, quando a SUGESTÃO MENTAL DE UM VICIADO EM DROGAS, ALCOOLISMO, ETC., É REFUTADA COMO “NADA”! Inicia-se com a pessoa pedindo perdão por ter ENDOSSADO A SUGESTÃO DO MAL EM SUA “VÍTIMA” DE SEU TESTEMUNHO ERRADO, PASSANDO A RECONHECER NO SUPOSTO “VICIADO” O FILHO PERFEITO E SUBSTANCIAL DE DEUS, SEMPRE DIANTE DELE COMO “À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS”!

FOI DADO À MENTALIZAÇÃO O NOME DE “FÓRMULA MÁGICA”, EM VISTA DOS APARENTES “MALES” QUE SUMIRAM DIANTE DO SEU EMPREGO ASSÍDUO E DISCIPLINADO!

UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! PORTANTO, COMO DISSE JESUS, “NÃO RESISTAMOS AO MAL”!

RECONHEÇAMOS A TOTALIDADE E UNICIDADE DE DEUS EM NÓS E EM TODAS AS SUAS DEMAIS PERMANENTES OBRAS!

*

RECONHECENDO AS OBRAS  DE DEUS NÃO VISTAS PELA “MENTE HUMANA”!

“Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, e não subiram ao coração do homem, são as que Deus preparou para os que o amam”.

1 Coríntios 2: 9

Nada do que DEUS FAZ é percebido pela suposta “mente humana”; A Bíblia diz que “o olho” visto NADA VÊ DO QUE DEUS FAZ!

Dentre o que DEUS FAZ, usaremos o exemplo do “OLHO”, para explicar que, percebido espiritualmente, não requer jamais “melhorias ou cura”.

Vendo um “olho com miopia”, toda a crença hipnótica universal irá ENDOSSAR esta ILUSÃO. Por quê? Porque o suposto olho humano é aceito e endossado como verdadeiro! Por incrível que pareça, um olho que NADA vê das OBRAS DE DEUS é reconhecido pela CRENÇA COLETIVA  como “olho verdadeiro”!

Entretanto, esta ilusão, chamada “olho carnal”, por não ver como ALGO “VISTO” nada do que Deus faz, ocupa-se ele em “enxergar” tudo que Deus não faz, que não passa de “imagem hipnótica” de um “olho real”, por ser cego completo para reconhecer a PERFEIÇÃO ABSOLUTA ONIPRESENTE!

No exato lugar em que O SUPOSTO OLHO HUMANO enxerga “miopia”, ou qualquer outra imperfeição, ENCONTRA-SE JÁ PRESENTE O OLHO REAL E PERFEITO DO CRISTO QUE SOMOS! Em vista disso, temos  somente de varrer a ILUSÃO de que “temos olho para ser “melhorado ou curado”! NADA TEMOS A VER COM O CHAMADO “MUNDO DE APARÊNCIAS”! “VÓS, DESTE MUNDO, NÃO SOIS”, disse Jesus!

Ao praticarmos a Verdade não precisamos VER O QUE DEUS FAZ! BASTA NOS DESVINCULARMOS DO QUE “DEUS NÃO FAZ”,  PARA SÓ RECONHECERMOS COM RADICALISMO QUE “O QUE DEUS FAZ” É O QUE REALMENTE ESTÁ PRESENTE UNIVERSALMENTE, EM SUA PERMANENTE PERFEIÇÃO E IMUTABILIDADE!

Em outras palavras, saltamos do REFERENCIAL DA IMPERFEIÇÃO PARA O REFERENCIAL DA PERFEIÇÃO! E isto de modo a ACREDITARMOS NA PRESENÇA SEMPRE JÁ EVIDENCIADA DA VERDADEIRA “VISÃO PERFEITA”, ÚNICA E REAL, a nós “dada por DEUS”!

Usamos o “olho visto”, que nada vê do OLHO REAL PERFEITO QUE TEMOS, para exemplificar o emprego das revelações absolutas; porém, seja qual for a “aparência”, o processo será sempre exatamente o  mesmo, aliado à persistência nos princípios citados, até nos sentirmos “transcendentes” com relação às “aparências”. E isto para ACEITARMOS A PRESENÇA CONSTANTE DA  PERFEIÇÃO NO LUGAR DA “AUSÊNCIA DA IMPERFEIÇÃO!

 *

“NÃO LEVEIS BOLSA NEM MOCHILA DE VIAGEM!”

“Portanto, ide! Eis que Eu vos envio como cordeiros para o meio dos lobos. Não leveis bolsa, nem mochila de viagem, nem sandálias; e a ninguém saudeis longamente pelo caminho. Assim que entrardes numa casa, dizei em primeiro lugar: ‘Paz seja para esta casa!’ …”

Lucas, 10 : 4

“É chegado o Reino de Deus”, está “dentro de vós”, “buscai-o em PRIMEIRO LUGAR”!

Para divulgar estas Verdades, Jesus distribuiu ao mundo seus discípulos bem  treinados, para que revelassem  a Verdade libertadora do próprio mundo, uma ilusão de massa hipnótica que aparenta ocultar o Reino de Deus em que todos vivemos, nos movemos e temos o nosso ser real, eterno e crístico.

Disse-lhes Jesus: “Eis que Eu vos envio como cordeiros para o meio dos lobos. Não leveis bolsa, nem mochila de viagem, nem sandálias”. É presumível o sentido desta instrução, pois, sabendo os discípulos que OS BENS REAIS são derramados sobre eles de modo contínuo e inesgotável, bastava-lhes o cuidado de reconhecê-los presentes onde quer que estivessem, para que o livre FLUIR DA ÁGUA VIVA, no próprio ser de cada um, se mostrasse simultaneamente manifestado em forma de tudo que lhes parecesse visivelmente necessário. Como diz a Lei da mente: “O que for reconhecido, aparecerá!”

“Levar mala e coisas supostamente materiais apenas os acomodaria a depender de “sombras do mundo de aparências”, enquanto estavam TODOS na missão de revelar que A GRAÇA DE DEUS NOS BASTA!

“A ninguém saudeis longamente pelo caminho”, disse-lhes Jesus. Por quê? Para que se mantivessem na elevada e divina “frequência mental” divina em que estivessem, e também para evitarem o “vampirismo” a lhes sugar as energias durante “longas, desnecessárias e demoradas saudações” que os pudessem levar aos “assuntos banais do mundo”.

Assim que entrardes numa casa, dizei em primeiro lugar: ‘Paz seja para esta casa!’ …”

Com este hábito, o Reino de Deus estaria sendo reconhecido, protegeria a eles próprios e também àqueles da casa visitada, que estivessem abertos à Paz do Cristo! 

*

“ESSE CARA NÃO SOU EU!”

O Poder de Deus, Onipotente, é Amor Onipresente que constitui a Substância de TUDO e de TODOS, formando a Unidade Perfeita indissolúvel, gloriosa e permanente. Fitar esta Realidade em pleno silêncio e quietude, traduz o que dizem vários “praticistas de cura espiritual” sobre o valor indescritível contido nas “contemplações absolutas de DEUS EM AUTOCONTEMPLAÇÃO.

A maior parte da humanidade continua sendo entendida como o leão da parábola, criado entre cordeiros, e que vivia acreditando ser mais um deles! O leão, desde o princípio, sempre esteve sendo um leão, apenas vivendo sob uma falsa sugestão de “ser um cordeiro”. Que lhe aconteceu? Apareceu na região  um outro leão, emitindo seus rugidos próximo a ele, que fê-lo se identificar com sua real natureza, percebendo o “desmoronar” da  SUGESTÃO QUE, ATÉ ENTÃO. APARENTEMENTE O ILUDIA, LEVANDO-O AO ERRO DE SE IDENTIFICAR COM UM CORDEIRO QUE JAMAIS TEVE EXISTÊNCIA

Esta simples parábola desmantela a CRENÇA com que a humanidade defende “estágios de consciência”, “evolução”, “buscas” por iluminação, e tantas mais! Quando Paulo disse que O CRISTO VIVIA COMO ELE, nunca pregou que fosse um “Paulo evoluído”, pois reconheceu a Verdade antes dita por Jesus: “E VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS”, POIS “ESTIVESTES COMIGO “DESDE O PRINCÍPIO”!

Esta postagem mais se detém neste ponto crucial, que é fazer com que alguém afirme SER TOTAL E UNICAMENTE O CRISTO, sem que o faça “da boca para fora”!

 TERÁ ELE CONHECIDO A VERDADE SOBRE SI MESMO, COMO SE DEU COM O LEÃO, HABILITANDO-SE A DECLARAR QUE “ESSE CARA NÃO SOU EU”! 

*

O TESTEMUNHO REAL É DADO POR DEUS SOBRE NÓS!

A Bíblia diz que “DEUS. VENDO TUDO QUE FEZ, ACHOU MUITO BOM”. Isto porque DEUS SOMENTE DISPUNHA DE SI MESMO para emanar ideias e seres eternos e perfeitos! “Quando Jesus disse para “sermos PERFEITOS, assim como o Pai é PERFEITO”,  já conhecia a Verdade que despreza a ILUSÃO”’, QUE SEMPRE APARECIA COMO “IMPERFEIÇÃO”, ENQUANTO, DE FATO, A PERFEIÇÃO ONIPRESENTE SEMPRE ESTIVERA SENDO SOZINHA EVIDENCIADA  COMO  FATO UNIVERSAL E ONIPRESENTE!

Quando alguma “imperfeição” chama a atenção de alguém, por se  FAZER passar por  verdadeira, O “TESTEMUNHO DE DEUS”  lhe parecerá ter ficado relegado a segundo plano; contudo, todo “segundo plano” é ilusório, uma vez que DEUS, SENDO TUDO, É TAMBÉM “PLANO ÚNICO”!

Há pessoas que acreditam em “planos existenciais” e se veem estando nalgum neles! Não se firmam no “TESTEMUNHO DE DEUS” e buscam supostos “espíritos superiores” na esperança de receber ideias e explicações capazes de lhes tirar supostas dúvidas! No entanto, O SER EMANADO DE DEUS  apenas endossa o TESTEMUNHO DE DEUS, perfeito, eterno e permanente, e, desse modo, VIVE AGINDO COMO VÊ O PAI AGIR”, como bem disse Jesus!

Inexiste “mente” desejosa de buscar a Verdade fora de SI MESMA! Por isso, o convite, aparentemente feito à humanidade, simplesmente diz: “VINDE A MIM”!

Que diria uma gota, se o oceano que ela formasse assim lhe dissesse: “Vinde a Mim”?

APENAS UMA RESPOSTA PODERIA SER DADA:

 “EM MIM ‘EU’ JÁ ESTOU”!

Apenas esta comprovação de que TUDO É  DEUS EM AUTOEXPRESSÃO, dá fim às dúvidas e às falsas doutrinas que enganam a maioria com a crença de que irão eliminá-las! Entretanto, REAL É A VIDA” ETERNA, PERMANENTE E PERFEITA! E basta-nos este reconhecimento absoluto para entender que VIVEMOS PELA GRAÇA DE DEUS E COM A VIDA E PERFEIÇÃO DE DEUS, E ISTO, POR SERMOS UNICAMENTE “DEUS VIVENDO”! 

*

COMENTÁRIOS SOBRE “O CORDEIRO DE DEUS DESTRÓI O MAGNETISMO ANIMAL” – 22

– 22 –

O poder e a presença do próprio Deus sustentam o Cordeiro e, por conseguinte, a oração genuína alcançará o erro básico em toda situação, naquilo que parece ser e no que alega fazer – nada mais do que uma farsa ridícula.

A oração científica não inclui petições a Deus, como tendo alguém se colocando esperançoso de que “possa vir a ser atendido”. Pelo contrário, a oração é feita com base na Verdade de que “Tudo está feito”, e que esta Obra Consumada e Permanente é mantida ininterruptamente pela Onipotência de Deus. Por isso a autora diz que “o poder e a presença do próprio Deus sustentam o Cordeiro e, por conseguinte, a oração genuína alcançará o erro básico em toda situação, naquilo que parece ser e no que alega fazer – nada mais do que uma farsa ridícula”.

A Perfeição é permanente e já “está feita”; assim, a oração, como disse Joel S. Goldsmith, é somente um “deixar que aquilo que É, se revele”. Enquanto meditamos e oramos nesta certeza, bem nos fará incluir a percepção de que “toda alegação do erro” não passa de uma “farsa ridícula”. Este desprezo pelo erro, fundamentado na sustentação de nossa prece pela Onipotência divina, faz com que deixemos de temer suas “aparências fraudulentas”, além de nos sentirmos aptos para serenamente “contemplar” a Verdade, sem admitir haver “oposições reais a ela”, sejam quais forem as ilusórias alegações do erro.

O “Retira-te, Satanás!”, dito por Jesus, representa tanto a adoração a Deus como o consciente desprezo pelo ERRO, “naquilo que parece ser e no que alega fazer” – e que não passa de “uma farsa ridícula”.

CONTINUA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA..>
Back to Top
×

Curtir no Facebook