Mensagens da Verdade (Dárcio) – 49

49

“NÃO VOS ALEGREIS PORQUE OS ESPÍRITOS VOS OBEDECEM” 

Após terem ido pregar o Evangelho, os discípulos retornaram a Jesus, muito alegres, dizendo-lhe: “Senhor, até os demônios se sujeitaram a nós, em teu nome!” Disse-lhes Jesus:

“Eu via Satanás cair do céu como um relâmpago. Olhai que vos dou poder para pisar aos pés serpentes e escorpiões e domínio sobre todo o poderio do inimigo; nada vos poderá causar dano. Contudo, não vos alegreis porque os espíritos vos obedecem; alegrai-vos, antes, por estarem os vossos nomes escritos no Céu (Lc. 10: 1-20).

As pessoas do mundo religioso se prendem muito a “inimigos”,  a “demônios”, a “Satanás”, e, sem “CONHECEREM A SI MESMAS”, acabam vivenciando unicamente o ilusório “mundo de crenças coletivas”, em que DOIS PODERES – do bem e do mal –  é aceitos, ora se lamentando e ora se alegrando, dependendo de terem se julgado “perdedoras” ou “vencedoras”. No caso, os discípulos se viam “vencedores”, vindo alegremente contar a Jesus que os “demônios” se lhes sujeitaram! Que lhes respondeu Jesus? O seguinte:

“NÃO VOS ALEGREIS PORQUE OS ESPÍRITOS VOS OBEDECEM; ALEGRAI-VOS, ANTES, POR ESTAREM OS VOSSOS NOMES ESCRITOS NO CÉU”.

 Traduzindo, o que Jesus lhe revelou,  foi o seguinte:

“Não se alegrem por, estando ainda “no mundo”, isto é,  na “CRENÇA EM DOIS PODERES”, testemunharem um poder vencendo a outro! Tal “alegria” aflora de uma FALSA CRENÇA! A CRENÇA DE QUE DEUS NÃO SEJA O ÚNICO PODER! Vejam-se alegres, mas, POR “FORMAREM” A ONIPOTÊNCIA! Por figurarem na UNIDADE PERFEITA da Realidade divina  e do PODER ÚNICO! VEJAM-SE COM O “NOME DE DEUS” – RECONHECENDO QUE, EM SUA LUZ INFINITA, NÃO HÁ TREVAS”.

Jesus lhes revelava a VERDADE ABSOLUTA: SOMENTE DEUS É REALIDADE!  E  Deus, sendo reconhecido como onipresente, e como a Vida eterna de todos, exclui a “crença em dois poderes”.  Assim fica elucidado que “demônios” eram somente “crenças” que levavam em conta “inimigos”, ou seja, “PODERES”,  ALÉM DE DEUS!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Vejo-me imune a todos os supostos “poderes do mal” ou “demônios”, que não passam de ilusórias manifestações da falsa CRENÇA EM DOIS PODERES! No Céu está escrito o Meu Nome, o Nome do Eu Sou Onipotente, que cobre o espaço infinito com a Sua Luz e Seu Domínio! Sei que, a Mim, basta-me alegrar-me neste reconhecimento:

“O Meu Nome – Eu Sou – está escrito no Céu!”

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 48

48

“EU VIM A ESTE MUNDO PARA JUÍZO”  

Até hoje, vemos igrejas e mais igrejas falando “em nome de Jesus”, sem que sequer entendam o “beabá” de seu Evangelho! Por quê? Por não terem “buscado o Reino de Deus em primeiro lugar”, por não pararem de “julgar pelas aparências”, por não reconhecerem que “temos a Mente de Cristo”, tremenda revelação do apóstolo Paulo (I Cor 2: 16). Em vista disso, por não terem entendido patavina de sua doutrina iluminada, que é, basicamente, cada um “despertar”, deixando de se ver como “carnal”, para se redescobrir na Verdade, sendo o “CRISTO”, um Ser uno com Deus, e formando a “unidade perfeita” (João, 17: 22).

Várias vezes eu fiz a seguinte pergunta aos cristãos ortodoxos: “Você pode me explicar o que Jesus quis dizer, com estas suas palavras?:

 “Eu vim a este mundo para juízo, a fim de que os que não veem vejam, e os que veem sejam cegos” (João, 9: 39).

Nada dizem! Nada sabem! Porque o mundo, ensinado a eles, é o “mundo material”, chamado por Jesus de “o mundo do pai da mentira”! E, depois de nada saberem responder, era inevitável que me perguntassem a  resposta! E, quando a ouviam, diziam: “Bem, esta é a sua interpretação!”  Não admitiam “não ter nenhuma!”

Esta fala de Jesus revela o motivo de sua vinda: cada um “renascer”, deixar de ter por foco o mundo visível, ficar “cego” para ele,  para “ter olhos” para o Reino de Deus, a realidade espiritual! E é por não entenderem esta Verdade básica, que não entendiam, também,  a INEXISTÊNCIA de pecados e de pecadores! Os fariseus que ouviram estas palavras de Jesus lhe perguntaram: “Também nós somos cegos?” Disse-lhes Jesus:
“SE FÔSSEIS CEGOS, NÃO TERÍEIS PECADO; MAS COMO AGORA DIZEIS: VEMOS, POR ISSO O VOSSO PECADO PERMANECE” (João; 9: 41).
Você entenderá que “não existe pecado” quando se tornar cristão a ponto de entender as falas de Cristo! Quando “ficar cego” para o “mundo do pai da mentira” para vislumbrar o Reino CHEGADO de Deus! Quando não mais “julgar pelas aparências”, por ter entendido o que é o “juízo justo”,  o “juízo” feito por VOCÊ, quando glorificar  a Deus no FILHO que VOCÊ É, sem mais se identificar com “carnais”, supostamente nascidos numa “farsa da mente carnal”, chamada “existência humana”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 47

47

“DOS TEUS PECADOS NÃO ME LEMBRO” 

Apesar da falsa crença ortodoxa,  de que  a humanidade teve seus pecados banidos pelo sangue de Jesus, a verdade é que, em Isaías, já havia a revelação genuína dos fatos: “Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim, e dos teus pecados nem me lembro” Isaías, 43: 25). Além disso, estamos cansados de ver, na própria Bíblia,  Jesus perdoando pecados e mais pecados SEM DERRAMAR GOTA ALGUMA DO SEU SANGUE!  O simbolismo da necessária “morte psicológica do ego” deixou de ser entendido e ensinado!

A interpretação ortodoxa, dada às Escrituras, anulou todo o seu significado espiritual, real e libertador! E isto sem contar a tremenda contradição  maciçamente presente em suas pregações, que ensinam que “a humanidade foi salva de seus pecados pelo sangue de Jesus”,  entretanto,  chamando-a insistentemente  de “pecadora”, até os dias de hoje!

Que nos revelava Isaías? Que o “Eu Sou”, Deus em todo indivíduo, – percebido em SI MESMO por aquele que RENASCE ESPIRITUALMENTE  –  Se revela como o “Cristo que é TUDO em TODOS”, como disse Paulo. Como este “renascimento” implica o “negar-se a si mesmo”, como “carnal” ou como “homem natural”, esta “negação” é simbolizada pelo “sangue da eterna aliança”, um símbolo da “crucificação do ego” por parte de cada indivíduo, ação que lhe permite passar por idêntica experiência espiritual  vivida por Paulo, ao dizer: “Já estou crucificado! Não sou mais eu que vivo: o CRISTO vive em Mim” (Gálatas, 2: 20). Em outras palavras, o “sumiço” de Paulo carnal, pelo seu despertar ao Cristo de  SI MESMO, deu FIM às supostas “transgressões” e “pecados”! Que eram eles? ILUSÕES DA “MENTE CARNAL”!

  Desse modo, o “perdão dos pecados” está em cada um “nascer de novo”, deixar de se identificar como “mortal nascido no mundo”,  e ter, em SI MESMO, a revelação do Pai Onipresente, manifesto como “Filho”! Este é o “Batismo Com Fogo”!

Por isso Isaías revelou: “EU, Eu mesmo, SOU o que APAGO tuas transgressões por amor de Mim, E DOS TEUS PECADOS NEM ME LEMBRO”! DEUS É TUDO! ONIPRESENÇA PERFEITA E SAGRADA! E estas revelações  só se cumprem, em SUA VIDA,  pelo seu RENASCIMENTO, e nunca pelo fato de um suposto “eu humano”  se dizer “convertido”, filiado a alguma religião, achando que o Evangelho conta com sua “presença” ou com sua “permanência”! Ledo engano!

Jesus deixou bem claro: “NECESSÁRIO VOS É NASCER DE NOVO!” (João, 3: 1: 7).

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que DEUS, SENDO TUDO, não reconhece “transgressões nem pecados” em ninguém. O Evangelho requer o meu “renascimento”, através do qual deixo de me reconhecer “filho de pais na terra” para me ver como amado Filho ESPIRITUAL de Deus! Este é o “renascimento”, que me torna “um com a Onipresença”, através do Cristo de meu próprio Ser. Como  Filho,  vivo na Presença DAQUELE que nunca enxerga “transgressões ou pecados”, por ser TUDO, e por ser “um comigo”, na UNIDADE PERFEITA!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 46

46

“HOMEM, TEUS PECADOS SÃO PERDOADOS”

Do telhado, desceram o paralítico a Jesus, porque a multidão impedia sua entrada pelas portas do local. E a Bíblia diz: “Vendo-lhes a fé. Jesus disse: “Homem, os teus pecados são perdoados” (Lucas, 5:20). Sabia que estava ele se mostrando paralisado unicamente devido às “amarras interiores”,  chamadas “culpas” e “pecados”! Estas sementes daninhas, presentes na CRENÇA COLETIVA, continuam imperando para infernizar a vida das pessoas, uma vez que as chamadas “religiões”, que deveriam estar pregando a libertação de tais crendices, mais as fomentaram, saturando mais ainda a humanidade com crenças sem fim em demônios, pecados e juízo final!
O Evangelho diz que Jesus veio para que “todos tenham vida com abundância”. Para isso, as três crenças de manipulação e domínio da humanidade precisam ser extintas, e  com o PODER DO CRISTO em VOCÊ! Não existem pecados, não existem demônios e não existe “juízo final”! EXISTE UNICAMENTE DEUS! E o apóstolo Paulo declarou que “Jesus Cristo está em nós” (II Cor. 13: 5), Assim sendo, que  dirá o Cristo a VOCÊ, sobre seus supostos pecados? Dirá: “Homem, teus pecados são perdoados!” Que  dirá o Cristo a VOCÊ, sobre “demônios “ e “inimigos”? Dirá: “Afasta-te, Satanás – você é o mentiroso desde o princípio”! Em outras palavras, O Cristo, em VOCÊ, dirá que SOMENTE DEUS É PODER REAL! Que dirá o Cristo a VOCÊ, a respeito de “juízo final”? Dirá: “Eu, pela “carne” a ninguém julgo”, isto é, o Cristo, em VOCÊ, o julga pelo juízo justo, o juízo da Visão do Eterno, que o vê “perfeito em unidade com o Pai”,  sem jamais  julgá-lo pelas “aparências”.
Você cumprirá o Evangelho, em sua vida, quando sumir dos credos religiosos “deste mundo” para “NASCER DE NOVO”! E então, VOCÊ honrará a DEUS como ONIPRESENÇA ONIPOTENTE, discernirá sua IDENTIDADE ETERNA EM SI MESMO – COMO O “ CRISTO QUE É TUDO EM TODOS” (Col. 3: 11), e nunca mais pretenderá “conhecer a Verdade” com “humanos”! “O CONSOLADOR VOS ENSINARÁ” – disse Jesus! E assim lhe será feito!
AFIRMAÇÃO DO DIA

Tenho o fé que faz com que me veja totalmente livre das CRENÇAS RELIGIOSAS deste mundo! Ouço diretamente o Cristo – em Mim – a declarar: “Homem, teus pecados são perdoados!” Assim, toda suposta “paralisia” é destruída pela Presença reconhecida da Verdade, seja ela, ”paralisia” em negócios, em saúde, em relacionamentos, enfim, em tudo quanto compuser as MENTIRAS DESTE MUNDO!  Cumpre-se, em Mim, a Verdade: “Eu vim para que tenham VIDA com abundância”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 45

 45

“NEM SÓ DE PÃO VIVERÁ O HOMEM”

A Substância que dá realidade a todas as Formas Eternas é o Verbo Divino, a Palavra de Deus. Assim disse Jesus: “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus” (Mateus, 4: 4). Esta foi a resposta dada ao “tentador”, que lhe sugeria que “transformasse pedras em pães”. Quando você acredita ser “carnal”, necessitado de alimento ou suprimento material de qualquer espécie, que lhe diz o “tentador”? “Lute para transformar a “aparência ruim” em “outra melhor”! Este “tentador” é a suposta “mente carnal”, que acredita estarmos “na carne”, “na matéria”, enquanto, de fato, estamos em Deus!

Enquanto acreditarmos em “mundo material”,  estaremos acreditando em limitações e em carências, uma vez que o Universo INFINITO, aqui e agora disponível, não faz parte do que a suposta “mente humana” é apta a registrar! Jesus conhecia a Verdade de que “sua boca real” era a “Boca de Deus”, e que todas as Formas REAIS são permanentes e disponíveis! Desse modo, aquele que se identificar com a Verdade revelada, de que “em DEUS vivemos, nos movemos e temos o nosso ser” (Atos, 17: 28), sempre que se vir “necessitado de algo”, fará este “algo” ser manifestado pela “palavra que lhe sai da boca”, desde que tenha orado e se identificado com Deus e com sua unidade com Deus!

Não ceda à “tentação” de “mudar aparências materiais” ! ASSUMA SUA UNIDADE COM DEUS E, VENDO SUA BOCA COMO A BOCA DE DEUS, DECLARE A PRESENÇA DO QUE LHE FOR NECESSÁRIO! DECLARE SUA VISÃO DO “BEM PERMANENTE”! NÃO SE ENCOLHA DIANTE DE “MIRAGENS”  DE LIMITAÇÃO OU CARÊNCIA!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que não vivo apenas de pão, mas da “Palavra que sai da Boca de Deus”. Como Deus é Tudo, “Eu e o Pai somos um”, como me revelou Jesus! Desse modo, onde estou, está a Boca de Deus, declarando a Presença do Bem de que necessito! E esta declaração faz com que este Bem – permanente –  se manifeste também visivelmente!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 44

44

“DAI, E SER-VOS-Á DADO”

Há pessoas que nem  “Bom dia” oferecem a ninguém. Saem de casa apressadamente, tensas e centradas unicamente em seus próprios interesses,  só enxergando quem julgam poder beneficiá-las. Geralmente usam enorme quantidade de remédios, por viverem egoísticamente e totalmente de modo contrário à forma divina de agir!

Jesus disse: “Dai, e ser-vo-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando vos deitarão no vosso regaço, porque com a mesma medida com que medirdes, também vos medirão de novo” (Lucas, 6: 38).

O que está por trás desta “datividade” é a Verdade de que “há um só Deus, um só Espírito”, o que significa o seguinte:  o que deixarmos de fazer pelo próximo, estaremos deixando de fazer a nós mesmos, e o que fizermos pelo próximo, estaremos fazendo a nós mesmos.

Todo aquele que age inteiramente dentro de sua “casca”, só pensando em em fazer do próximo uma “escada” para seu próprio sucesso e bem-estar pessoal, somente está criando “dívidas com o Universo”, e elas lhe serão todas cobradas, em seu devido tempo! Por isso Jesus disse: “…com a mesma medida com que medirdes, também vos medirão de novo”.

O conhecido “dízimo” foi criado para formar o hábito de reconhecermos que “nada nos pertence”, e que, aquilo que nos chega, chega-nos pela ação de Deus em nós. Quando a Bíblia diz: “Levai vossos tesouros à “Casa do Senhor”, a última coisa que pretendia dizer, é que trabalhássemos para sustentar “igrejas terrenas”! A verdadeira “Casa do Senhor” é cada um de nós! “Sois o Templo de Deus”, disse o apóstolo Paulo! E está revelado: “O Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens” (Atos: 7, 46).

Desse modo, ao entrar nesta “corrente de doação”, faça-o conscientemente, com prévia oração, e com amor e sabedoria divinos, fazendo pelo próximo o que Deus  inspirá-lo que  faça, entendendo que esta “recirculação de bênçãos”” é a prática correta do “dízimo”,  não apenas restrita a dinheiro, mas que abrange tudo que pudermos fazer pela felicidade do próximo, desde  até mesmo um simples e sonoro “Bom Dia!”.

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que somos todos“ Templos de Deus”, e que, ao fazer recircular ao próximo parte de tudo quanto chega de Deus às minhas mãos, facilita-me “enxergar Deus em todos”, o que me facilita estar em “comunhão com Deus”. Esta “prática de datividade”, como disse Jesus, garante-me uma vida plena, por estar fundamentada na Verdade de que “somos todos membros uns dos outros”, ou “ramos de uma só Videira”, cujo Pai é o Agricultor!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 43

43

“NENHUM PROFETA É BEM RECEBIDO EM SUA PÁTRIA”

 

A Bíblia toda enfatiza a presença da Verdade dentro de cada ser: “O reino de Deus está dentro de vós” (Lc 17: 21); “Jesus Cristo está em vós” (II Cor. 13: 5); “O Espírito de Deus habita em vós” (I Cor, 3: 16), só para citarmos alguns exemplos. Por isso, o chamado “Vinde a Mim” é de interiorização, ou seja, um chamado à Verdade em cada ser, ao “Eu Sou” – Deus –  oculto em cada homem!

Apesar destas citações  iluminadoras, orientando cada ser a “ir a SI MESMO”, renascido e livre de sua falsa crença em ser “carnal”, a humanidade continua buscando tudo fora dela mesma! Em I João, 5: 10, encontramos: “Quem crê no Filho de Deus, em SI MESMO tem o testemunho…”.

“Em verdade vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria” (Lucas, 4: 24). Que está implícito nesta frase de Jesus? A falta de confiança que as pessoas têm na Presença de Deus em SI MESMAS!  Todas elas, em sua própria “pátria” – Consciência crística – possuem o “Pão da Vida”, a “Água Viva” fluindo do “próprio Ventre”, como revelou Jesus à samaritana; mas se curvam a “poderes externos”, a “médiuns” e “videntes”, a “santos” e “santas”, a “mestres” daqui e dali; E SÓ NÃO VÃO AO PAI EM SI MESMAS! Em outras palavras, não acolhem o CRISTO em sua própria “pátria”, ou seja, EM SUA PRÓPRIA ESSÊNCIA ESPIRITUAL DIVINA!
Quando ALGUÉM parar de confiar em “poderes externos”, honrando a Presença ONIPOTENTE de Deus em seu próprio ser, como fazia Jesus, estará “conhecendo a Verdade” e o “profeta” estará sendo bem recebido em “sua pátria”.
Não foi por acaso que o apóstolo Paulo nos deixou bem claro: “Glorificai a Deus no VOSSO corpo e no VOSSO Espírito – os quais pertencem a Deus” (I Cor. 6: 20).
AFIRMAÇÃO DO DIA

Recebo bem “o profeta em minha pátria”, ou seja, a Presença do Pai manifesta como o “Cristo em Mim”! Desse modo, afirmo o Poder ÚNICO atuando livremente como a Harmonia integral de meu ser, aqui e agora! Sei que “não há outros ao lado de Mim”, de Minha Presença em UNIDADE COM O PAI, de minha ligação de UNIDADE com o Poder Onipotente!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 42

42

“QUANDO ORARES …”

A forma de orarmos, ensinada por Jesus, pode ser  entendida didaticamente  em três passos. Antes de analisá-los, vejamos quais foram as suas instruções:

“Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará”. (Mateus, 6: 6).

Assim, entendamos que o primeiro passo está em nos isolarmos internamente do mundo,  reconhecendo  nossa filiação espiritual divina; o segundo passo está em nos abrirmos à Visão secreta do Pai, na certeza de estarmos em Sua Onipresença; e o terceiro passo está em nos contemplarmos sendo secretamente recompensados por Ele.

Simples assim? Exatamente! Simples assim!

Ainda sobre a oração, disse-nos Jesus:“E orando, não useis vãs repetições, como os gentios, que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles, porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes”(Mateus, 6: 7-8).

 
AFIRMAÇÃO DO DIA

Fecho-me totalmente ao suposto “mundo de aparências” e oro, reconhecendo-me como Filho ESPIRITUAL de Deus. Afirmo estar na Onipresença divina, sendo “visto” pelos “Olhos do Pai. Nesta quietude e silêncio, simplesmente me vejo entregue à sua permanente “recompensa”, que é a revelação de Sua UNIDADE comigo!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 41

41

“NENHUM PODER TERIAS CONTRA MIM” 

Sem receber resposta à  pergunta feita a Jesus, “De onde és tu”!, Pilatos lhe disse: “Não sabes tu que tenho poder para te crucificar e tenho poder para te soltar? Respondeu Jesus: “Nenhum poder terias contra mim, se de cima te não fosse dado; mas aquele que me entregou a ti maior pecado tem”(João, 19:9-11).

O desconhecimento da Verdade sobre a Existência é o único “inimigo do homem”, ou seja, o seu suposto “eu carnal”! É ele quem “entrega” cada Filho de Deus aos “Pilatos da vida”, por “maior pecado ter”,  isto é, o de se fazer passar pela real identidade de cada ser. Que é “pecar”? Significa “errar o alvo”, cada um ser levado a se identificar como “ser humano”, e não com o verdadeiro ser que é,  o “Cristo”, o ser à “imagem e semelhança de Deus”!

Enquanto cada um “aderir” à “mentira coletiva”, de se identificar como “mortal”, atrairá situações condizentes com sua ignorância sobre si mesmo, e só se livrará delas pelo “conhecimento da Verdade”!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Medito e enfatizo a Verdade de que “deste mundo não sou”! Irradio a divina Luz do Cristo que EU SOU, colocando esta Luz “no alto do alqueire”! Assim, atraio do Universo todas as bem-aventuranças de idêntica frequência desta Luz, que é a LUZ DA Unidade Divina onipresente, Luz que desconhece “poderes contra “Mim”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 40

40

NÃO SE VEJA EM MUNDO DE “TRIBULAÇÕES”!

A “CRENÇA HIPNÓTICA COLETIVA” faz projetar um suposto “mundo material”, que se mostra cheio de imperfeições, males, traições, sofrimentos, ou seja: “tribulações”. Que é a GRANDE REVELAÇÃO LIBERTADORA? DEUS – PERFEIÇÃO ONIPRESENTE – É TUDO!

Disse Jesus: “Tenho vos dito isto, para que “em Mim” tenhais paz;  no mundo tereis tribulações, mas tende bom ânimo: eu venci o mundo” (João. 16: 33).

Que está sendo revelado? Que permanecendo “em Mim”, “teremos paz”. Que foi entendido? Que foi erroneamente passado à humanidade? Que todas as pessoas teriam de encarar “tribulações no mundo”! Nesse caso, se o sentido fosse este, para quê teria  vindo  Jesus? Ele mesmo disse: “Eu VIM para que todos tenham vida com abundância”! Não disse que “estávamos no mundo”! Não disse que teríamos de suportar “tribulações”! Antes, disse que “deste mundo não somos”! E que, com agrado, “o Pai deu-nos o Seu Reino!”

Jesus e seus apóstolos revelaram a PRESENÇA DE DEUS em cada Filho de Deus! Ensinaram que, nesta Verdade, cada um deveria permanecer! Mas a humanidade foi desviada do FOCO DO EVANGELHO,  ouvindo pregações de igrejas apagadas, de que todos deveriam “ir a Jesus”, e não “a Mim”! Desse modo, em vez de cada um orar e meditar para se ver “em Mim”,  –  e se ver LIVRE no Espírito de Deus em cada Filho,  acabou ficando “no mundo”, enfrentando “tribulações”! E, o pior: achando ser isto a coisa mais natural! E desta “distorção descabida,” decorre uma outra , não menos absurda: a falsa CRENÇA de que “Um dia – só futuramente – teremos paz na eternidade”!

A Verdade é  VERDADE  deste AGORA! A Verdade é a Eternidade Onipresente JÁ! Abandone todas as FALSAS  “crenças religiosas” deste mundo, que somente o mantém no “cativeiro de tribulações”! E ENTÃO, “VÁ A MIM”!

Vá ao Pai em VOCÊ, que é  ONDE RESIDE  A “PAZ DE CRISTO” dada a VOCÊ, AGORA! VOCÊ NÃO É DO MUNDO! VOCÊ NÃO VIVE EM “TRIBULAÇÕES DO MUNDO”! VOCÊ É FILHO DE DEUS, UNO COM O PAI, UNO COM O “EU SOU INFINITO”  – “AQUELE”, NASCIDO DE DEUS, QUE, EM VOCÊ, “JÁ VENCEU O MUNDO”! O CRISTO! VIVA NA VERDADE QUE O LIBERTA AGORA!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo aceitar a Verdade de que “deste mundo de tribulações, eu não sou”! Sei que “em Mim” vive Deus – o Eu que “já venceu o mundo”! Assim, como disse Jesus, “em Mim” – no Cristo que EU SOU – EU TENHO PAZ! A PAZ QUE O MUNDO DESCONHECE, MAS QUE  EU CONHEÇO – E QUE É MINHA, AQUI E AGORA!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 39

39

“O ALTÍSSIMO NÃO HABITA EM TEMPLOS FEITOS POR MÃOS DE HOMENS”

A ruptura do “transe hipnótico”, que leva a humanidade a buscar a Deus na matéria, em igrejas e templos “deste mundo”, somente é possível pela própria ação de Deus em cada ser individual. Claramente Jesus revelou ao mundo sua real natureza, que é o REINO DE DEUS, aqui presente, mas impossível de ser visto pelos sentidos humanos! Desse modo, em vez de todos se dedicarem a ELIMINAR A CEGUEIRA, somente construíram templos e mais templos na matéria, sem que levassem em conta a VERDADE que receberam:

“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (I Cor. 3: 16); “Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens” (Atos, 7: 48).

Você ENCONTRA DEUS  quando “renasce”,  quando encontra o CRISTO DE DEUS em VOCÊ mesmo! É por esse motivo que Jesus disse: “Eu Sou o Caminho”!

O Caminho está em VOCÊ! Em seu “Eu Absoluto” – ou “em MIM!”

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que o Altíssimo não está nem poderia estar em “templos materiais”! Entro em silêncio e acato a revelação de Paulo, que diz SER EU MESMO O TEMPLO DE DEUS! O Espírito de Deus habita “em Mim”, – AQUI E AGORA – assim como habita em todos os Filhos de Deus que se despojarem das falsas crenças materiais! DEUS É TUDO, E O CRISTO, “EM MIM”, É DEUS MANIFESTO COMO FILHO! Assim, afirmo como Paulo: “O CRISTO VIVE “EM MIM”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 38

38

EU HUMANO: “UMA COISA QUE NÃO EXISTE” 

Se o suposto “mundo material”  – e seus habitantes –  fosse realidade, nenhum mensageiro de Deus precisaria ter vindo para revelar a Verdade! Mas  vieram! Revelaram a Verdade, mas o que continuou predominando foi a mentira: a falsa crença em “seres vivos” numa “miragem”!

Quando as revelações absolutas são mostradas como constantes das Escrituras, que ouvimos de volta? “Onde você leu isto? Tem certeza de que está na Bíblia? Passe-me a citação!” E então, aponta-se a citação, e onde se localiza na Bíblia, e nunca mais alguém retorna para levar o assunto adiante! Por quê? Por a humanidade estar convicta de que as mentiras da mente humana são verdades! A cada dia, é SEMPRE a mesma ilusão: nascimentos e mortes! UM ESTADO HIPNÓTICO COLETIVO! Seria facilmente desfeito pelas meditações absolutas! E foi por meio delas que a Verdade Se revelou a seus mensageiros, que depois a comunicaram à humanidade!

“Todos os povos, na Sua Presença, são como se não existissem, e Ele os considera como um nada, uma coisa que não existe” (Isaías, 40: 17).
Que está Isaías dizendo? Que VOCÊ, como integrante de “povo nascido”, na Presença de Deus, é como se não existisse; e Ele o considera um NADA, uma coisa que NÃO EXISTE! Ficou-lhe claro? DEUS DESCONHECE “EU NASCIDO” EM MUNDO DO PAI DA MENTIRA!
Os ensinamentos absolutos  lhe revelam QUEM VOCÊ É, E DE QUE MODO DEUS O CONSIDERA EXISTENTE:  SOMENTE QUANDO VOCÊ SE VÊ ESPIRITUALMENTE “UM COM ELE”, SENDO O CRISTO, E NUNCA UM SUPOSTO “CARNAL” OU “MORTAL”.
Você entenderá o “renascimento”, pregado por Jesus, somente quando entender que, NA ILUSÃO DE VIDA TERRENA, para Deus, você NÃO EXISTE! Por outro lado, “negando-se a si mesmo” como “eu-miragem”, EM SI MESMO achará o Cristo que VOCÊ É, vivendo como a própria Presença de Deus, e reconhecido como “O FILHO AMADO DE DEUS”!  Esta é a Verdade ETERNA sobre VOCÊ!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo que “em Deus eu vivo, me movo e tenho meu ser”, como disse o apóstolo Paulo! (Atos, 17: 28). Sei que toda suposta “vida na matéria” é CRENÇA MORTA! Não há “vida na matéria”, pois DEUS – ESPÍRITO – É VIDA ÚNICA E ONIPRESENTE! Como “nova criatura em Cristo”, o Pai “testifica de Mim”, reconhecendo permanentemente que, em Sua Presença, EU SOU SEU FILHO AMADO EM QUEM, EM UNIDADE COMIGO, ELE SE COMPRAZ!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 37

37

“EU SUBO PARA MEU PAI E VOSSO PAI” 

A humanidade age, até hoje, infantilmente, diante das  elevadas revelações espirituais existentes para fazê-la “subir ao Pai”. As palavras bíblicas, empregadas para “dizer o indizível”, são muitas vezes levadas ao pé da letra, e o seu sentido real, espiritual, deixa de ser buscado! Se Jesus fala em “subir ao Pai”, há pessoas imaginando-o a levitar, se elevando acima das nuvens, e, destas nuvens, há os que o aguardam voltar! Não entenderam que TAMBÉM “deveriam subir ao Pai”! 
Diante dos fanáticos religiosos, que interpretam literalmente as Escrituras, eu costumo perguntar: “Você espera, também, que lhe ateiem fogo, para que passe pelo “Batismo com FOGO?”

Ao dizer: “Eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus” (João 10: 17), Jesus estava “indo a Mim”, ao “Pai Onipresente”, ao Cristo de SI MESMO, renunciando à “mente carnal”, à qual  se permitiu  “descer” para poder passar ao mundo o Evangelho do Reino de Deus.

Por que insistia em dizer “subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus”?  Para INCLUIR-NOS A TODOS! Por saber que Deus é a Onipresença INDIVISÍVEL, a “Unidade Perfeita” revelada por ele como “formada por todos nós”. Portanto, “subir ao Pai” quer dizer CADA UM “ELEVAR-SE INTERIORMENTE” – À UNIDADE DIVINA, VOLVER-SE “A MIM”, AO “PAI EM MIM”!

Isto explica a revelação do apóstolo Paulo: “Cristo é TUDO em TODOS” (Col. 3: 11), ou seja, todo aquele que “negar-se a si mesmo”, como ser humano, estará “subindo ao Pai”, como fez Jesus, por deixar  de se identificar com “mente humana” para “subir à glória” da “Mente de Cristo”, a Mente real de nós todos. Por outro lado, se alguém continuar “no mundo”, de “olho em nuvens”, esperando dali  “Jesus voltar”, não terá entendido nada de sua pregação! E nem da pregação de Paulo, que diz: “Jesus Cristo está em vós” (II Cor. 13: 5)!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Neste AGORA, “eu subo para Meu Pai”, a Presença divina em “Mim”! Sei que esta “ascensão” é meu “renascimento espiritual”, meu desvínculo das “coisas do mundo”; é a percepção da “Mente de Cristo” em Mim”! Afirmo a minha Presença em Deus, e a Presença de Deus em Mim! Percebo, AGORA, minha unidade com Deus e a minha unidade com todos os seres!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 36

36

“FORA DE MIM NÃO HÁ SALVADOR”

Quando o apóstolo Paulo disse “estar crucificado”, símbolo bíblico da “autoanulação do eu carnal”, revelou ter conhecido, e por experiência iluminada, que deixara de se ver “FORA DE MIM”. Que disse ele? “Não sou mais eu, o Cristo vive EM MIM”(Gálatas, 2: 20). Em outras palavras, achou-se “em Mim”, discernindo o Cristo de seu próprio ser!

“Eu, Eu sou o Senhor, e fora de Mim não há salvador” (Isaías, 43: 11). Cada ser que “renasce”, anulando-se como carnal, encontra sua real identidade “em Mim”, isto é, encontra sua “salvação” das crenças  fraudulentas materialistas, e encontra sua Vida eterna!

Aquele que entender esta Verdade, entenderá Jesus, quando disse: “As palavras que vos digo, não as digo de mim mesmo, mas O PAI, que está ‘em MIM’, é quem faz as obras” (João, 14: 10).

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo “estar salvo” por não estar “FORA DE MIM”, o que seria acreditar ter vida FORA DA ONIPRESENÇA. O Cristo, “em Mim”, é minha Vida eterna! Através da meditação, percebo que “O PAI atua em Mim”, no Cristo que EU SOU; em UNIDADE COMIGO! Desse modo, posso repetir com Jesus: “O PAI, QUE ESTÁ EM MIM,É QUEM FAZ AS  OBRAS”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 35

35

“SE O FILHO VOS LIBERTAR,  VERDADEIRAMENTE SEREIS LIVRES” 

Ouvindo de Jesus que “seriam livres pela Verdade”, os judeus responderam-lhe: “Somos descendentes de Abraão, e nunca servimos a ninguém; como dizes tu: sereis livres?” (João 8: 33).

O conceito de liberdade que os judeus retinham, era o do mundo: a liberdade de não servir a ninguém. Entender a real liberdade, pregada por Jesus, requereria o “nascer de novo”, a percepção de que o ser real, presente como eles próprios,  não era o “homem natural”, o suposto “mortal nascido em mundo material”! Antes, estavam ouvindo de Jesus a revelação divina de que eram Filhos ESPIRITUAIS de Deus! Desse modo, caso se “despojassem do homem natural e seus feitos”, como diria o apóstolo Paulo, em SI MESMOS achariam o “Filho”! A “nova criatura em Cristo!”.

Você vinha se considerando um “ser humano”, nascido de “pais na terra”, habitante de “mundo material”? Nesse caso, é hora de “conhecer a Verdade” e VERDADEIRAMENTE SER LIVRE! De que modo? “Negando-se a si mesmo como carnal”, para se discernir ESPIRITUALMENTE sendo O FILHO!

“Examinai-vos a vós mesmos se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. OU NÃO SABEIS, QUANTO A VÓS MESMOS, QUE JESUS CRISTO ESTÁ EM VÓS? SE NÃO É QUE JÁ ESTAIS REPROVADOS” (II Cor. 13: 5).
O “Filho libertador” é este “Jesus Cristo” em VOCÊ! O Pai  Onipresente manifesto como Filho! A Verdade que o torna LIVRE!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo “estar liberto” pelo “Filho de Deus” em “Mim”; sei que “Jesus Cristo” é a Natureza de Deus expressa como “Filho” em “Mim” – ou  Se exprimindo como Ser individual. Afirmo estar  me percebendo verdadeiramente LIVRE! Espiritualmente LIVRE, pela Verdade de que não sou “homem natural”, mas sim “o Filho” – a “nova criatura em Cristo”.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 34

34

“OLHAI PARA MIM” 

Quando as Escrituras se referem a “Mim”, longe estão de pretender “personalizar” Deus! Deus é o TODO: Onipotente, Onipresente, Onisciente e Oniativo! Assim, o chamado “a Mim”  sempre se refere à Presença de Deus em TODO ser individual, chamada na Bíblia de “Cristo”.

Quando o apóstolo Paulo pregou este “Cristo Interior”, que é a Presença do Pai Onipresente como o Cristo em todos, explicou o pré-requisito para acharmos esta Presença em “NÓS MESMOS” – “em Mim” – como a nossa Vida Eterna. Qual é este pré-requisito? O “Renascimento espiritual”!

“Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem e seus feitos, e vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou; onde não há grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; MAS CRISTO É TUDO EM TODOS” (Col. 3: 9-11).

Este é também o sentido do chamado de Isaías, quando disse: “Olhai para Mim e sereis salvos, vós, todos os termos da terra; porque eu sou Deus, e não há outro” (Isaías, 45: 22).

Foi por isso que Jesus afirmou que “os verdadeiros adoradores adoram O PAI, em espírito e em verdade”. Portanto, a interpretação dada pelas igrejas ortodoxas, de que a frase “Ninguém vem ao Pai senão por mim” significa que “ninguém vem ao Pai senão por Jesus”, é uma das maiores distorções das Escrituras possíveis de serem feitas, e sem qualquer fundamento bíblico.

As igrejas “personalizaram” o “acesso a Deus”, limitando-o unicamente à “pessoa de Jesus”, enquanto Jesus via o Pai tanto nele mesmo, como  em todos nós, formando a UNIDADE PERFEITA, acima da visão humana! Acima do ilusório e condenado “juízo pelas aparências”.

O resultado desta distorção? Jesus subiu ao Pai, e o restante ficou na mesmice de sempre: vivendo no “mundo do pai da mentira”! Sem “nascer de novo”, sem ver “Reino de Deus” nenhum!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo a Presença de Deus em Mim! Como disse Isaías, passo AGORA a“OLHAR PARA MIM”, para o Cristo que é “TUDO EM MIM”, como revelou Paulo!  Sei que perceber o Espírito do Cristo “em Mim”, quer dizer “receber o Espírito Santo”, perceber a Verdade da Existência! Perceber minha identidade crística! Meu eterno elo de unidade com o Pai Infinito!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 33

33

“QUEM É DA VERDADE OUVE A MINHA VOZ”

Após dizer a Pilatos que “veio ao mundo a fim de dar testemunho da Verdade”, Jesus disse também: “Todo aquele que é da Verdade ouve a minha voz” (João 18:37). Disse-lhe Pilatos: “Que é a Verdade?”

Jesus nada respondeu a Pilatos. Sabia que “aquele que ouve a Voz da Verdade”, é quem já recebeu a unção interior capaz de lhe  retirar o véu da suposta materialidade, que encobria sua real identidade espiritual, ou seja, o Cristo – a Verdade – nele próprio.

Assim disse João: “Quem crê no Filho de Deus, em SI MESMO tem o testemunho; quem a Deus não crê, mentiroso o fez; porquanto não creu no testemunho que Deus de seu Filho deu. E o testemunho é este: que Deus nos deu a Vida eterna, e que esta Vida está em Seu Filho” (I João 5: 10-11).

Aqui vemos a repetição da revelação de Paulo: “Jesus Cristo está em vós” (II Cor. 13: 5). Que é “Jesus Cristo”? Uma “pessoa”, nascida de Maria? Não: “Antes que Abraão existisse, EU SOU”, disse Jesus! O Cristo é “o Caminho, a Verdade e a Vida”, ou seja, a Presença de Deus em cada Filho de Deus! Por isso João explica que“quem crê no Filho de Deus, em SI MESMO tem o testemunho”!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo “crer no Filho de Deus”; assim, “em MIM MESMO tenho o testemunho”. E é este o testemunho: que Deus me deu a Vida eterna, a Vida divina que está em Mim, no Cristo que EU SOU, no Filho ESPIRITUAL que EU SOU. Na Verdade que EU SOU!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 31

31

“O QUE NÃO NASCE DE NOVO NÃO VÊ O REINO”      

Em João 3: 3, Jesus diz a Nicodemos: “O que não nasce de novo não vê o Reino”! Que lhe pergunta Nicodemos? “Como pode um homem nascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no ventre de sua mãe e nascer?” Jesus respondeu: Na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito não pode entrar no Reino de Deus. O que é nascido da carne, é carne, e o que é nascido do Espírito, é espírito. Não te maravilhes de te ter dito: Necessário vos é nascer de novo” (João 3: 5-7).

Mais de dois mil anos se passaram, e a humanidade continua “na carne”, em “cultos”, em “rituais”, em “dogmas” e em “preceitos dos homens”. A pergunta a ser feita é: Está fazendo o necessário? Está “nascendo de novo”? Se ficarmos às portas das igrejas, fazendo esta pergunta aos seus fiéis, provavelmente nos responderão que “sim”! Entretanto, a resposta, segundo Jesus,  somente será verdadeira se aquele que disser “sim”, estiver “vendo o Reino de Deus”. Se estiver unicamente  vendo o “mundo do pai da mentira”, Jesus já respondeu por ele: não estará vendo Reino de Deus nenhum! Não terá “nascido de novo” coisa nenhuma! Estará somente sendo “hipnotizado” pelas “crenças religiosas” deste mundo!

Você “nasce de novo” quando faz sua “ascensão ao Pai dentro de você”; quando ora e medita para reconhecer que você é “Filho ESPIRITUAL de Deus” e não “filho CARNAL de humanos”; quando dispensa a ilusória “mente carnal” para se identificar com a “Mente de Cristo”, revelada por Paulo como sendo a sua genuína e única Mente eterna!

Resumindo, você “NASCE DE NOVO” quando se percebe “NUNCA NASCIDO”,  em inquebrantável UNIDADE COM DEUS!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo minha UNIDADE COM DEUS, aqui e agora! Em seguida, oro e contemplo a Presença do Pai em MIM, testificando de MIM, revelando Sua UNIDADE COMIGO! Nesta contemplação, abro-me à percepção de que “estou no Reino de Deus”. Esta é a Verdade Eterna revelada por Jesus! Este é o Fato permanente!”

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 30

30

“VAI ALTA A NOITE E VEM CHEGANDO O DIA”  

Nas Escrituras, quando aparece a palavra “dia”, significa “iluminação”: a pessoa viver segundo inspiração divina e não em função de crenças mentais e intelectuais. Por isso disse o apóstolo Paulo: “Vai alta a noite e vem chegando o dia. Deixemos as obras das trevas, e revistamo-nos das armas da luz” (Romanos, 13: 12).
Que são as “obras das trevas”? As atividades da “mente carnal”, que fazem com que a maioria se iluda com “vida terrena”, com atividades do bem e do mal, sem levar em conta o perfeito e chegado “Reino de Deus”, a Atividade perfeita da Mente divina Onipresente, e sem se admitir INCLUSA nesta Realidade ou nesta Verdade!
A maioria se diz “cristã”, mas sem acreditar, de fato,  em Jesus Cristo! Por que? Porque as igrejas não ensinaram o povo a manifestar o Cristo que há em si mesmas!  Desviaram a humanidade para um Jesus pessoal e exterior! Que disse Paulo? “Jesus Cristo está EM VÓS” (II Cor. 13: 5|). Mas a pressão ortodoxa saturou o subconsciente da humanidade para que o foco fosse “Jesus –  filho de Maria”, negando o seu ensinamento de que o verdadeiro FOCO é o “Novo Consolador” –  o Espírito Santo!
É a “descida do Espírito Santo” que faz das “trevas” o seu novo DIA!  De que modo? Pela sua “glorificação do Espírito de Deus” em VOCÊ MESMO, como nos ensinou o apóstolo Paulo: “Glorificai a Deus no vosso corpo e no vosso Espírito, que pertencem a Deus” (Cor. 6: 20).
Enquanto sua atenção estiver na LUZ DE UM JESUS EXTERIOR, em vez de “ver o Reino de Deus”, você só ficará “A VER NAVIOS”!
O Cristianismo está em seu “RENASCER”, EM VOCÊ “COLOCAR NO ALTO” A SUA LUZ! O CRISTO QUE VOCÊ É! O ESPIRITO SANTO PRESENTE EM VOCÊ! PRESENTE COMO O “SEU” ESPÍRITO!
AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo estar “renascido”, voltado à “Mente de Cristo em Mim” – com Ela identificado! Com a Mente de Cristo, reconheço que o Espírito Santo de Deus é ONIPRESENTE, e que a “SUA DESCIDA EM MIM” é FATO PERMANENTE, COMOTUDO LIGADO A DEUS É PERMANENTE. O Espírito de Deus, AGORA “EM MIM, faz das “trevas” meu NOVO DIA! DIA DE UNIDADE COM DEUS, DIA DE ANDAR NA LUZ, DIA DE SER A LUZ DO CRISTO QUE EU SOU!”

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 29

29

“PARA QUE TODOS SEJAM UM”    

Toda rogativa de Jesus, que parecia ser um pedido a Deus para que algo “acontecesse”, era, na verdade, um pedido para que algo “já acontecendo” fosse por nós “percebido” como fato espiritual já concretizado. Exemplo disso está na seguinte oração de Jesus: “Eu não rogo por mim, mas por aqueles que, pela sua palavra, hão de crer em mim; para que sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste. E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um” (João 17: 20-22).

A Onipresença divina é Fato consumado, que revela nossa UNIDADE PERFEITA em Deus e não “no mundo”. Para percebermos o que Jesus estava percebendo, cada um terá de “nascer de novo”, que é substituir a ilusória “mente carnal” pela “Mente de Cristo” que todos temos! Portanto, a forma errônea com que o mundo e suas religiões vêm empregando, voltada à “evolução da mente carnal”, não é o caminho real indicado por Jesus, mas sim, uma idolatria do ser humano, que, em vez de espiritualmente “despertar” ao Cristo que já é “um com Deus”, acredita “construir” sua ego-redenção, passando o tempo todo acreditando ser carnal, nascido de pais terrenos, e destinado a “herdar” a Vida eterna, sempre em algum suposto “tempo futuro”!

O Evangelho revela o “Reino de Deus chegado”, com todos nós já vivendo nele! “Em Deus vivemos, nos movemos e temos o nosso ser”, disse Paulo. A rogativa de Jesus revela que somos todos um com ele e um com Deus, faltando apenas nos despojarmos mentalmente do “homem natural e seus feitos”,  para, como  também disse Paulo,  nos reconhecermos como “a nova criatura em Cristo”.
AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo “ser um com Deus”, exatamente conforme Jesus disse que sou! Descarto todas as crenças religiosas que me julgavam pelas “aparências”, e que me ocultavam a Verdade eterna, válida exatamente agora para todos os seres! Despojo-me da crença em “ser humano” e permaneço integralmente “em Mim”, no Cristo que é TUDO “em Mim”!

Back to Top