Mensagens da Verdade (Dárcio) – 145

145

“ANTES QUE ABRAÃO EXISTISSE, EU SOU”

A Onipresença ou Totalidade de Deus explica a constante utilização da expressão “EU SOU”, como sendo DEUS, nas mais diversas Escrituras sagradas que há no mundo, inclusive a Bíblia. O mundo, sem entender seu significado transcendente, permaneceu na visão humana, personalizando Deus unicamente em cada revelador. Desse modo, criou-se a ILUSÃO de “seguidores” deste ou daquele Mestre, sem que a VERDADE COMUM E ESSENCIAL, pregada por todos eles, fosse realmente conhecida e praticada.

Seja qual for o ensinamento religioso, ele terá de conter a Verdade reveladora de DEUS como sendo o EU ESSENCIAL de cada indivíduo. No Cristianismo, este FILHO DE DEUS para o qual todos deverão “despertar”, é chamado de “Cristo”.

Para a suposta “mente humana”, somos todos “carnais”, existindo em “mundo material”. E foi quando os judeus o viram como “carnal”, com idade de alguém do mundo, que Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade vos digo que, antes que vosso mestre Abraão existisse, EU SOU” (João 8: 58). Explicava sua posição permanente na Onipresença, enquanto aqueles que o viam, o julgavam pelas “aparências”, pelas “imagens temporais” deste mundo.

Toda Verdade é impessoal e universal; assim, diante também desta revelação de Jesus, cabe, a cada um, perceber ser ela válida para si mesmo, razão pela qual deverá deixar de se identificar com “eu nascido” para, da mesma forma, identificar-se com a revelação: “Antes que Abraão existisse, EU SOU”. Ela  se aplica-se igualmente ao seu “EU”, ao “CRISTO DE SI MESMO”, seu “elo” com a Onipresença, ou Vida Eterna!

Esta percepção, tida pelo apóstolo Paulo, fê-lo nos revelar que “em Deus vivemos, nos movemos e temos o nosso ser” (Atos, 17: 28).

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que “antes que qualquer ser da “aparência de mundo” existisse, EU SOU”, uma vez que a Onipresença abrange cada Ser individual ou Cristo, numa UNIDADE PERFEITA, como disse Jesus. Deus é o TODO e, de SI MESMO, emana cada Filho de Deus, como disse João: “Sem o Verbo, nada do que foi feito se fez”. Após testemunhar esta Verdade, percebo a Presença do Pai, em unidade comigo, dando igual testemunho! ASSIM, EU SOU GLORIFICADO!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 144

144

O REFERENCIAL DA LUZ

Se nos fosse possível filmar Jesus diante da multidão, em sua pregação chamada “O Sermão do Monte”, o que veríamos não seria o que ele ali estaria vendo! No filme, veríamos os ouvintes como “nascidos na matéria”, exatamente onde Jesus dizia serem todos  “a Luz do mundo”, como ele próprio se dizia ser! Não perguntava se eram deste ou daquele segmento religioso; não perguntava se eram pobres ou ricos nem se eram saudáveis ou doentes! VIA OUTRA REALIDADE! A ONIPRESENÇA DA LUZ DIVINA SENDO ELE PRÓPRIO E, IGUALMENTE, SENDO SEUS OUVINTES! O SEU “REFERENCIAL” DIFERIA, PORTANTO, DAQUELE ADOTADO PELO MUNDO!

Quando, na Metafísica, é dito que precisamos “mudar de referencial”, o sentido é este: trocarmos tudo  o que a mente humana vê, pelo que a Mente de Cristo vê! Foi para isso que o apóstolo Paulo explicou que “temos a Mente de Cristo”: para vermos a Luz em Jesus, em nós,  e em todos os demais, exatamente como Jesus exemplificou!

Enquanto o “referencial de existência” for o da “mente carnal”, enquanto nosso julgamento for pelas “aparências” registradas por ela, estaremos “vendo” o que não vê a “Mente de Cristo”, isto é, acreditando numa ILUSÃO; porém, tão logo aceitemos a Revelação absoluta de que DEUS É TUDO, e que, portanto, A MENTE DIVINA É A NOSSA MENTE INDIVIDUAL, estaremos conscientes de que UNICAMENTE A LUZ DIVINA CONSTITUI O NOSSO VERDADEIRO SER, ENQUANTO A SUPOSTA “PERSONALIDADE HUMANA” É BANIDA DE ACEITAÇÃO, POR SER UMA IRREALIDADE OU AUSÊNCIA, MERA“CRENÇA”, ATÉ ENTÃO ILUSÓRIA E SUPOSTAMENTE MANTIDA NA “MENTE CARNAL”.

AFIRMAÇÃO DO DIA

“Eu sou a Luz do mundo”; “Vós sois a Luz do Mundo” – disse Jesus, revelando a Onipresença divina existindo em unidade como cada Filho de Deus. Tão logo nos “despojemos do velho homem e seus feitos”, como disse Paulo, claro nos ficará que “somos o Cristo-Luz” – aqui e agora –, que é a Realidade manifesta “desde o princípio”.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 143

143

VOCÊ ESTÁ EM DEUS, NUNCA ONDE MUDANÇA É VISTA!

 

Quando é revelado que “formamos a Unidade perfeita”, e que “as obras de Deus são permanentes”, devemos nos identificar radicalmente com estas revelações, principalmente diante de “aparências NEGATIVAS de mutação”. DEUS É TUDO! E DEUS NÃO MUDA! Assim, VOCÊ ESTÁ SEMPRE EM DEUS E NUNCA “ONDE MUDANÇA É VISTA”!

O Ser que somos é o Filho de Deus, espiritual e perfeito! Jamais “entra ou sai” do suposto “mundo do pai da mentira”! Portanto, independente do que ali possa ser aparentemente  “visto”, como “pessoa em mutação”, seja “nascendo ou morrendo”, seja “adoecendo ou se curando”, seja “piorando ou melhorando”, A VERDADE É QUE TAL PESSOA ESTÁ EM DEUS, FORMANDO A IMUTÁVEL OU PERMANENTE UNIDADE PERFEITA, ENQUANTO A “APARÊNCIA DE MUTAÇÃO” NÃO TEM REALIDADE ALGUMA, NEM SER REAL NENHUM  PRESENTE NELA, RAZÃO PELA QUAL É CHAMADA, NA METAFÍSICA, DE “MIRAGEM” OU “ILUSÃO”.

O “desaparecimento” dela dependerá de sua firmeza em rechaçá-la como “fato inverídico”, por entender claramente que o único Fato REAL é DEUS SER TUDO!

 

 AFIRMAÇÃO DO DIA

Seja qual for a “sugestão de mudança”, ou “sugestão de que estou no mundo”, firmo-me na REVELAÇÃO de que “estou em Deus e nunca onde mudança é vista”. Desse modo, desvinculo-me da ILUSÃO de estar ba “crença de separatividade de Deus”, crença falsa que, sem meu endosso, volta ao seu “nada originário”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 142

142

“SOMOS O CRISTO E NÃO O EGO EM EVOLUÇÃO”

“Conhecer a Verdade” não é se aceitar “no mundo” e,muito menos, acreditar “ser a mente humana” em aprendizados no mundo! São estas distorções ou inversões da real mensagem da Verdade que fazem do tempo um suposto poder, e do ego um suposto redentor. Por que as pessoas aparentam “estar em evolução”? Por se identificarem com o “ego nascido”, e não com o Filho Espiritual de Deus que estão sendo,  e que estiveram sendo “desde o princípio”! Estivestes comigo “desde o princípio”, disse Jesus.

Quando Jesus revelou a Verdade, ele disse: “Naquele dia conhecereis, eu estou em meu Pai, vós em mim e eu em vós” (João 14: 20).Estava dizendo que “TUDO ESTÁ FEITO”, E QUE DESTE TUDO – QUE É DEUS – JÁ FAZEMOS PARTE COMO OBRAS PERMANENTES!

Uma CRENÇA COLETIVA FALSA ilude a humanidade no sentido de fazê-la, hipnoticamente, se identificar com “mortais evoluindo”. Que diz a Bíblia? Para nos “despojarmos do  velho homem e seus feitos”, isto é, para deixarmos de fazer qualquer identificação com “alguém do mundo” e nos “discernirmos espiritualmente” como sendo O CRISTO,  a Verdade eterna e imutável, como fez Jesus, ao ser taxado de “humano”: “Antes que vosso mestre Abraão existisse, EU SOU”! Esta sua real posição em Deus, que JÁ É REALIDADE MANIFESTA, é a Verdade que Jesus já viu CONSUMADA, e que “previu” que todos viríamos a “conhecer”: “Eu estou no Pai, vós em mim e eu em vós!”.

Somos o Cristo na Unidade Essencial com Deus; e, como a cada reconhecimento desta Verdade, as mentiras da CRENÇA COLETIVA vão sendo derrubadas, aos olhos do mundo, o suposto “ego” APARENTA estar evouindo! Mas este fenômeno é a ILUSÃO! É como se alguém acreditasse que “o diamante estivesse se purificando”, a cada remoção de terra bruta a ele agregada!

Não somos o EFEITO DA VERDADE NA CRENÇA! SOMOS O CRISTO QUE DESTRÓI A CRENÇA! E A “APARÊNCIA DE EGO EVOLUINDO”, RECONHECIDA PELA “MENTE HUMANA”, NADA MAIS É, SENÃO UM “EFEITO MENTAL” VISÍVEL AO MUNDO, DECORRENTE DE NOSSA CORRETA IDENTIFICAÇÃO COM O CRISTO, A VERDADE, QUE ETERNAMENTE SOMOS!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Afirmo minha real posição na Realidade vista há mais de 2000 anos por Jesus: meu EU como o Cristo em unidade com o Pai e com Jesus. Hoje é o “dia” em que a Verdade revelada é por mim reconhecida: “Eu estou no Pai, vós em Mim e Eu em vós”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 141

141

“QUEM ME CONVENCE DE PECADO?”

Não há “mestre” ou “filósofo” que, tendo conhecido a Verdade, tivesse chamado  atenção para a sua pessoa”! Antes, todos ressaltavam o “princípio metafísico” de que a Verdade é válida universalmente, e não apenas para supostos “escolhidos de Deus”. Se duas vezes dois forem quatro para Krishna,  Buda, ou para Jesus, seja quem for que fizer a conta, terá de obter o mesmo resultado! É verdade universal!

Está nas Escrituras que “Deus não faz acepção de pessoas”, o que foi explicitamente enfatizado por Jesus: “O Pai faz sua chuva cair sobre justos e injustos”. Portanto, onde houver valorização ou adoração de pessoas, há unicamente a ilusória “mente carnal” em atividade!

Aquele que desconhece a si mesmo, por acreditar e endossar os “conceitos” que a “mente carnal emite sobre ele, irá, igualmente, “diminuir” todos aqueles com quem entra em contato!  Esta Verdade foi demonstrada por Jesus, quando, vendo a multidão querendo apedrejar a adúltera, apenas fez uma colocação: “Aquele que estiver sem pecado, atire a primeira pedra”! E todos aqueles ali presentes “murcharam” em suas intenções! Que fez Jesus? Considerou a todos como “pecadores”? Não. Usou a CRENÇA DELES, SOBRE SI MESMOS, PARA EXPRESSAR A SUA VISÃO CORRETA E ILUMINADA DE “A NINGUÉM CONDENAR”!

Foram várias as vezes em que, explicando esta Mente Crística que a ninguém condena”, responderam-me que Jesus estava reconhecendo como pecadora toda aquela multidão desejosa de apedrejar a adúltera. Nada entenderam do Evangelho! É incrível a convicção que a humanidade possui de que DEUS NÃO É TUDO, E QUE EXISTE PECADO! Porém, esta “convicção” é puramente CRENÇA FALSA EM PECADO E PECADORES, que não convence a ninguém desperto para a Verdade!

E foi o que Jesus disse, numa outra ocasião em que se defrontava com os judeus: “Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes? Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus” (João 8: 46-47).

Voltando ao episódio da “adúltera”, a ela Jesus disse, após a multidão atirar fora as suas pedras: “NEM EU TAMBÉM TE CONDENO”. E completou, em seguida: “VÁ E NÃO PEQUES MAIS!”. Por que não a condenou? POR NÃO A VIR COMO CARNAL E SIM COMO A PRESENÇA DE DEUS! Por que a recomendação: “Vá, e não peques mais”? PARA QUE ELA SE VISSE COMO ELE A VIU, PELOS OLHOS DA VERDADE, E NÃO MAIS “ SE JULGANDO PELAS APARÊNCIAS”.

ENQUANTO ALGUÉM SE JULGAR “PECADOR”, IRÁ JULGAR SEU PRÓXIMO COMO A SI SE JULGA! Esta é a primeira lição dada por Jesus aos “apedrejadores da adúltera”, calando-os a todos por fazê-los se verem sob a MESMA CRENÇA! E depois, há a segunda lição: “EU NÃO TE CONDENO!”, QUE É O QUE DEUS FALA A CADA UM DE NÓS, POR NOS VER À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA! E a terceira lição está em JAMAIS VOCÊ VOLTAR A SE JULGAR PELA CRENÇAS DO MUNDO, MAS SIM PELO JUIZO JUSTO, O JUÍZO ILUMINADO, AQUELE QUE “SE HONRA COMO HONRA O PAI”, POR RECONHECER A VERDADE ABSOLUTA: “EU E O PAI SOMOS UM”.

AFIRMAÇÃO DO DIA

DEUS É TUDO! Assim, conheço-me pelo “juízo justo” e não pelas “aparências”, ou pelos critérios da ilusória “mente carnal”. Vejo-me como Deus me vê! Sem “condenações”. Vejo-me UM COM DEUS! Esta é a Verdade eterna e absoluta, manifestada aqui e agora como o Filho de Deus que EU SOU!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 140

140

“QUEM PROCURA ACHARÁ” 

 

Não existe “busca pela Verdade” que não seja bem sucedida! Também no Evangelho de Tomé, encontrado no Egito em 1945, encontramos Jesus dizendo: “Quem procura achará; a quem bate, abrir-se-lhe-á”. Desse modo, quando alguém se dedica a conhecer a Verdade, que é encontrar em SI MESMO a Presença de Deus como o Cristo de seu próprio Ser, esta certeza de sucesso, declarada por Jesus, se torna uma garantia de que vale a pena toda a dedicação, oração e persistência na busca. Na Metafísica, a “oração silenciosa” é tida como a de maior eficácia, e isto porque Deus nada precisa ouvir de nós! Suas obras estão consumadas e são de perfeição permanente! Portanto, “buscar a Deus”, na verdade, é permanecer em silêncio, de forma que Ele nos encontre! E esta experiência é de UNIDADE, ou seja, Deus nos “encontra”  nos discernindo em unidade com Ele.

Joel S. Goldsmith disse o seguinte; “Vá ter com Deus esperando Deus”! Há pessoas que fazem preces de petição; outras, querem que Deus realize o que elas querem! Mas a oração científica é aquela em que, por sabermos que “TUDO ESTÁ FEITO”, simplesmente reconhecemos esta Verdade, e nossa unidade com Deus como já manifestada, deixando que fluam, espontaneamente, os “bens acrescentados” nesta “aparência” de mundo material.

 AFIRMAÇÃO DO DIA

“Vou ter com Deus esperando Deus”! Por isso, permaneço em quietude e silêncio, reconhecendo ser o Cristo, o Filho do Deus Vivo! E então, sei que a Verdade me será revelada, que minha unidade com Deus se mostrará aflorada, pois, como disse Jesus, “quem procura achará”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 139

139

“PARA QUE ELES SEJAM UM, ASSIM COMO TAMBÉM NÓS”

Enquanto Jesus orava para “sermos um com Deus, assim como ele”, as igrejas e suas religiões abarrotaram a mente de seus fiéis com a crença contrária: que todos somos pecadores, e que somente Jesus é um com o Pai. Portanto, para “ser um com Deus”, assim como Jesus nos revelou, e orou para sermos, você terá de trocar de orientadores religiosos, caso contrário, esta oração de Jesus, na parte que lhe toca, jamais será atendida! E caso você diga a alguém que já lhe foi atendida, você irá ouvir que esta sua fala é uma “heresia”. Por quê? Porque as religiões, contrariando as instruções de Jesus, “julgam a todos pelas aparências”, pela “ mente carnal”; e então, se alguém se anunciar em unidade com Deus, será visto como um “carnal blasfemando”! E se você disser que se referia ao CRISTO de seu ser, a situação só irá piorar! Paulo revelou que “Cristo é tudo em todos” (Col. 3: 11), mas, para as igrejas, “Cristo é só Jesus”! 

“Pai Santo, guarda em Teu Nome aqueles que me deste; para que eles sejam Um, assim como também nós” (João 17: 11);

“O Consolador vos ensinará e vos fará lembrar das coisas que vos tenho dito”, afirmou Jesus. Portanto, você deve ser “cristão” e não abrir mão de suas instruções. Que é o “Consolador”?  É o Espírito da Verdade, onipresente, e que a VOCÊ Se mostrará presente quando você orar para “ouvi-Lo”. Não troque o Consolador por homens, sejam ministros, padres ou pastores, porque ficará em prejuízo! Somente do “Consolador” você ouvirá diretamente a Verdade sobre quem VOCÊ É! Dele você terá a revelação de “SER UM COM DEUS”, igualzinho a Jesus! Mesmo com Jesus afirmando esta Verdade em oração, ela somente será vivificada pelo “Consolador”! Por isso ele disse categoricamente: “O Consolador vos ensinará!”

AFIRMAÇÃO DO DIA

A partir da revelação de Jesus, de que EU SOU UM COM DEUS como ele, entro nesta “Prática do Silêncio” totalmente aberto e receptivo à “Voz reveladora do Consolador”. Dele eu escutarei o que Jesus escutou: “Tu és meu Filho amado em quem me comprazo”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 138

138

O QUE É “PERMANENTE” SUBJAZ AO “TRANSITÓRIO”

Há tempos, iniciando uma palestra sobre os “princípios da Verdade Absoluta”, eu disse a todos: “A primeira coisa a ser admitida, é que estamos num “sono hipnótico profundo”, do qual devemos despertar, para discernirmos as coisas reais tais como elas permanentemente são!”. Assim que terminei a frase, uma senhora se levantou, e, apressadamente se retirou do local, demonstrando ter “escutado um absurdo impossível de ser aceito”. Estava certa de que não estava sob hipnose alguma, e que, tudo  aquilo que via, como mundo, de fato, era como ela o estava reconhecendo! Mas, o que eu disse, está nas Escrituras: “Tendes olhos mas não vedes”!

Frear a suposta atuação da “mente carnal” requer oração, vigília, dedicação e persistência. Dela se originam as “imagens transitórias” que vemos como “dia a dia”, sempre mutáveis, sempre efêmeras e fugazes. A Metafísica explica o seguinte: “TODA APARÊNCIA TRANSITÓRIA INSINUA UMA VERDADE SUBJACENTE A ELA, E ESTA É SEMPRE PERFEITA E PERMANENTE”.

Por que eu havia dito que “admitir o sono hipnótico” seria o primeiro passo? Para ficarmos preparados para “contemplar o subjacente”, que é a Realidade mantida por Deus! Todo suposto “quadro visível” de problema ou imperfeição é “aparência”;  subjacente a ele, encontra-se, sempre AQUI E AGORA, a “Imagem Real”, perfeita, que é “Obra Permanente de Deus”. A Metafísica ensina esta “troca de referencial”: deixarmos de focalizar as “aparências”, que são expressões da “mente carnal”, para nos firmarmos na Realidade subjacente, que são as “obras permanentes de Deus” ou expressões perfeitas eternas de Deus. Este é o sentido das palavras de Jesus: “Buscai, primeiro, o reino de Deus e a sua justiça, e todas as demais coisas vos serão acrescentadas” (Mt. 6: 33).

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sejam quais forem as “aparências visíveis”, vejo-as como “imagens hipnóticas” geradas pela “mente carnal, sem substância e sem realidade em Deus. Sei que, subjacente a elas, Deus em Sua Onipresença, mantém o Universo Infinito em expressão permanente e perfeita. Neste “silêncio contemplativo”, dou “testemunho da Verdade de que a PERFEIÇÃO PERMANENTE é o Fato espiritual já presente. Ao mesmo tempo, percebo o Pai dando igual testemunho em Mim.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 137

137

“ENQUANTO A HUMANIDADE SE ILUDE…”

O mesmo Universo visto por Moisés, Isaías, Jeremias, Krishna, Buda, Jesus, Paulo, e tantos outros, é o único Universo realmente AGORA diante de nós, iluminado, infinito-dimensional, de perfeição imutável. Ao dizer: “O Meu Reino não é deste mundo”, Jesus estava falando deste Universo único, uma vez que o supostamente “visto”, pela mente humana, foi  SIMPLESMENTE definido como “mundo do pai da mentira”.

Quando você quiser ver o que TODOS ELES VIRAM E NOS REVELARAM, ou seja, quando quiser CONHECER A VERDADE, terá de fazer o que todos eles fizeram: abrir mão da mente humana, e do ego de sua criação, e meditar totalmente com a consciência aberta à revelação do REINO DE DEUS em que todos já agora estamos, que é onipresente e infinito!

Enquanto a humanidade se ilude, acreditando em “vida terrena” ou em “mundo material”, brilha a Luz da Verdade como A REALIDADE PERENE formada por nós todos, mas jamais  vista nem percebida pela suposta “mente humana”. Não foi à toa que o apóstolo Paulo confirmou as Escrituras: “Olhos não viram, ouvidos não ouviram, e não subiu ao coração do homem o que Deus preparou àqueles que O amam”.

AFIRMAÇÃO DO DIA

Este é o sagrado momento em que me desvinculo de tudo que a suposta “mente humana” diz existir, para, totalmente livre e receptivo, ficar neste silêncio revelador do Reino de Deus em Mim, e de minha presença integralmente n’Ele. AQUI E AGORA!.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 136

136

“ÀQUELE QUE TEM, SE DARÁ, E TERÁ EM ABUNDÂNCIA”

O Universo, apesar de até hoje ser aceito como constituído de matéria, é puramente espiritual. Ele é a própria Consciência divina em Autoexpressão! Por que a humanidade tem tanta dificuldade em entender as revelações de Jesus? Pelo seguinte motivo: adota, como “referencial de existência”, o que Jesus chamou de “o mundo do pai da mentira”! O suposto “mundo material”! Quando o REINO DE DEUS for tomado por Referencial, o Evangelho todo será entendido sem qualquer dificuldade.

Disse Jesus: “Porque àquele que tem, se dará, e terá em abundância; mas àquele que não tem, até aquilo que tem lhe será tirado” (Mateus 13: 12). Veio revelar  a “OBRA CONSUMADA”, chamada por ele de “Reino de Deus”. Quem abre mão das crenças materiais, para se ver na UNIDADE COM DEUS, estará na posição de “herdeiro de Deus”, ficando conscientemente “possuidor” de “todas as riquezas celestiais”, conforme declaram as Escrituras! Mas “aquele que não tem”, por medir suas posses a partir do “referencial do mundo da mentira”, e por desconhecer sua condição revelada e absoluta de “ser um com Deus”, “até o que tem lhe será tirado”, uma vez que suas “posses”, vistas por ele como “materiais”, não serão permanentes em suas mãos, por fazerem parte da grande ILUSÃO de que “o homem é um ser carnal, nascido em mundo material”.

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que “o Pai Se agradou em dar-me o Seu Reino”; assim, EU, COMO FILHO DE DEUS, TOMO POSSE DE TODA HERANÇA CELESTIAL, QUE É  “BEM PERMANENTE”, AQUI E AGORA. Dessa forma, tudo de que eu possa necessitar, vem à luz como “bens vindos de acréscimo”, em termos de “percepção humana”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 135

135

“FORA DE MIM NÃO HÁ DEUS” 

“Eu sou o Senhor, e não há outro; fora de mim não há Deus; eu te cingirei ainda que tu me não conheças. Para que se saiba desde o nascente do sol e desde o poente que fora de mim não há outro; eu sou o Senhor, e não há outro”.

Isaías, 45: 5-6.

A uma garotinha que por certo tempo ficava sozinha no casarão em que morava, perguntaram: “Você não fica com medo de ficar sozinha em casa?” E ela respondeu: “Eu não!” E então lhe fizeram outra pergunta: “Por que você não sente medo?” E ela disse: “Porque Deus está aqui!” . E lhe fizeram a terceira pergunta: “Como você sabe que Deus está aqui?” E ela respondeu: “Porque eu estou aqui!”

Somente um “coração de criança” admite ser a Presença de Deus sem se confundir com ego e com ridícula crença em heresias! Não foi à toa que Jesus disse que a Verdade é para os “pequeninos” e não para “sábios e entendidos”!

Deus jamais criou “ego” ou “carnais”! Deus fez “homem e mulher à Sua Imagem e Semelhança”, e, quando as Escrituras revelam que “somos deuses”, e que “fora de MIM não há Deus”, jamais estaria personalizando Deus, ou identificando-O com “algo ou alguém”! DEUS É A ONIPRESENÇA INFINITA – O “MIM”  revelado por Krishna, Buda,  Isaías, Moisés, Jesus, Paulo, pela GAROTINHA, e por VOCÊ –  caso VOCÊ acate não ter tido “pai na Terra” para, como disse Jesus, admitir a VERDADE ABSOLUTA que ”somente UM é o nosso Pai, o qual está nos céus” (Mateus 23: 9). Nesta “admissão”, que é o seu “renascimento”, VOCÊ repetirá Jesus: “Aquele que me vê a MIM, vê o Pai”, ou repetirá Paulo: “Não sou mais eu; o CRISTO vive em MIM”!

 AFIRMAÇÃO DO DIA

“Nego-me como “carnal” e, com a Mente de Cristo, reconheço que “ao lado de MIM não há Deus”! Sei que esta Presença, que EU SOU, é a Vida Eterna, o Pai Se expressando como o Filho, na Unidade Perfeita em que “TUDO ESTÁ FEITO”!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 134

134

“DEIXA AOS MORTOS O ENTERRAR SEUS MORTOS”

“E a outro disse Jesus: Segue-me. E ele lhe disse: Senhor, permite-me que vá eu primeiro enterrar meu pai. E Jesus lhe respondeu: Deixa que os mortos enterrem os seus mortos, e tu vai e anuncia o Reino de Deus.

(Lucas, 9: 59-60). 

Até hoje, a maioria acredita que “ressuscitar mortos”, na Bíblia, significa “levantar defuntos”. Esta crença vem do tremendo grau de materialismo das pessoas, as quais, para acreditar que DEUS, ESPÍRITO, É TUDO,  parece tratar-se de uma “missão impossível”! Um rapaz, próximo a Jesus, disse querer segui-lo, assim que pudesse cuidar do enterro de seu pai. “Deixa aos mortos o enterrar seus mortos”, disse-lhe Jesus, mandando-o ir pregar o Reino de Deus.

Esta passagem, bem como muitas mais, e de igual teor absoluto, as igrejas sequer comentam! A transcêndencia, com relação a “este mundo”, está longe de ser alvo de suas pregações!  Desse modo, segue a humanidade com as meias verdades que lhe são passadas, sem saber que “o morto”, aquele que deve “ressuscitar dentre os mortos”, é cada um que dela julga fazer parte, e que ainda não despertou para a Verdade de que o “Cristo é TUDO em todos”, como revelou Paulo (Col., 3: 11).

O capítulo 3: 1, de Colossenses, assim diz: “Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado á destra de Deus”. Paulo estava explicando que “as coisas de cima”, a serem buscadas, são as “espirituais”, as “eternas”, as “obras permanentes de Deus”, o “Cristo que somos”. Sabia que está “busca pelo espiritual” solidificaria o conhecimento da Verdade de que DEUS É TUDO, e que NÃO EXISTE MATÉRIA! Que é a chamada “matéria”? A Metafísica revela: uma “sugestão hipnotica” da suposta “mente carnal”, ilusória substância, totalmente  desconhecida pela “Mente de Cristo” que temos. Assim, aquele a quem é revelado que “inexiste matéria”, se vê sendo o “morto ressuscitado”, por se ver sendo o Cristo, a Vida eterna, e não mais um mortal supostamente “habitante de mundo material”.

 AFIRMAÇÃO DO DIA

“Busco as coisas que são de cima”, pois, com a Mente de Cristo que eu tenho, posso “discernir espiritualmente” as “obras reais e permanentes de Deus”, que formam a Realidade eterna ou a UNIDADE PERFEITA, em que inexistem nascimentos e mortes.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 133

133

DEUS, ESPÍRITO, É O FILHO QUE EU SOU!

 Jamais existiram encarnações! Jamais existiram “nascimentos”, jamais existiram “mudanças”, jamais existiram “mortes”. Esta é a VERDADE trazida por Jesus e todos os mestres iluminados à humanidade, que sonha o “sonho de Adão” de expulsão do Paraíso. Esta é a Verdade do “Reino CHEGADO de Deus”!

Deus é a totalidade do Universo: onipresença onipotente que, sozinha, Se expressa como “OBRAS PERMANENTES”.

AS ESCRITURAS NOS ALERTAM QUE “UNICAMENTE QUEM TEM OLHOS PARA VER”, IRÁ CONTEMPLAR ESTAS VERDADES.

AFIRMAÇÃO DO DIA

“Eu tenho olhos que veem”, olhos espirituais dados por Deus para “contemplar” Suas “Obras permanentes”. Vejo o Universo de Luz em que “vivo, me movo e existo”; “tenho a Mente de Cristo”, que é a “participação” do Filho que EU SOU na UNIDADE INFINITA DO PAI CELESTIAL! Esta é a Verdade Absoluta deste AGORA! E é sempre AGORA!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 132

132

“BASTA A CADA DIA O SEU MAL”  

 

A cada dia, cabe a você escolher: ou logo sair pela vida, como faz a maioria, ou, antes de sair, meditar e perceber que sua Vida é a Vida de Deus, Vida Autossuprida, que Se manifesta individualizada como o Cristo que é tudo em todos. Jesus disse: “Basta a cada dia o seu mal”, ou, como também encontramos, “basta a cada dia o seu cuidado”. O “mal” ou o “cuidado”, de cada dia, está relacionado com a CRENÇA DE QUE ESTAMOS SEPARADOS DE DEUS. Desta CRENÇA, que é falsa, decorrem as aflições e preocupações com o futuro, tirando de cada um sua pacífica sintonia de unidade com Deus.

“Não vos inquieteis, pois, pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã cuidará dele mesmo. Basta a cada dia o seu mal” (Mateus, 6: 34).

Aqueles que têm o hábito de meditar, estão acostumados a somente viver no AGORA! Desse modo, não têm tanta dificuldade em se livrar da “CRENÇA EM FUTURO” como  têm aqueles que não meditam! Assim, para que esta recomendação de Jesus possa ser seguida, o hábito de meditar, pela manhã e à noite, reconhecendo que Deus e Filho de Deus são UM – neste exato AGORA –, fará com que a CRENÇA ceda à Verdade e, dessa forma, que cada um, naturalmente, “deixe de se inquietar pelo dia de amanhã”.

 

 AFIRMAÇÃO DO DIA

Está revelado que “o amanhã cuidará dele mesmo”; assim, vivo este AGORA, orando, meditando e reconhecendo a Verdade Absoluta de que DEUS E O FILHO DE DEUS, QUE EU SOU, SOMOS UM! Sei que estar consciente desta UNIDADE, significa “cuidar bem do dia de hoje”.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 131

131

“EU TAMBÉM TESTIFICO DE MIM” 

 

A simplicidade da Verdade Absoluta, se assim fosse reconhecida, eliminaria noventa e nove por cento do que a humanidade acumulou como “ensinamento espiritual”. Uma frase de Jesus diz: “E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio” (João, 15: 27). Que fez a humanidade com ela? Nada! Mas seria uma frase libertadora, se tivesse sido ouvida, entendida espiritualmente, e vivenciada! Jesus explica a UNIDADE ESSENCIAL, o Paraíso AQUI E AGORA “entre nós”, e que a suposta “mente humana” não vê nem verá jamais! Quem verá esta Verdade? Quem dela testificará? O CRISTO QUE VOCÊ É, QUANDO VOCÊ NEGAR-SE A SI MESMO COMO “MORTAL NASCIDO NA MATÉRIA”!

Jamais um suposto “homem natural” esteve em “Mim”, na Unidade Perfeita revelada por Jesus! Nunca esteve e nunca estará! Por quê? Porque este “eu humano” não é realidade em Deus! Não passa de um embuste forjado pela “mente carnal”, chamada de “a inimizade contra Deus”! Dela procede a CRENÇA de que “estamos separados de Deus”; dela procede a CRENÇA de que “um dia” voltaremos a Deus! Estas crenças FALSAS, todas elas negadas pelo Evangelho de Cristo, já deveriam ter sido expurgadas da aceitação das pessoas! Não foram ainda porque complicam a Verdade, se saturam de “doutrinas várias e estranhas”, quando um “coração de menino”, para fazer cada Filho de Deus se reconhecer como tal, aqui e agora, lhes bastaria e poria fim ao assunto! 

AFIRMAÇÃO DO DIA

Jesus disse que o Espírito da Verdade, o Consolador, “testificaria de Mim”, de minha Presença como Cristo na Unidade Perfeita que é a eterna Realidade divina. Disse que eu também testificaría, por ter estado com ele “desde o princípio”. Nesta exato AGORA, eu “testifico de Mim”, reconhecendo o Cristo de meu ser, em unidade perfeita com o Pai! 

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 130

130

“COM LEITE VOS CRIEI” 

Muita gente acredita, e não abre mão, da CRENÇA de que a Bíblia inteira é unicamente a Palavra de Deus. Com isso, pega passagens ao acaso, sem levar em conta as adequações que  nelas se fizeram, necessárias à época, para que a Verdade pudesse ser passada de uma forma capaz de ser compreendida pelas pessoas.

“E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo. Com leite vos criei, e não com manjar, porque ainda não podíeis, tampouco ainda agora podeis” (I Coríntios, 3: 1-2.). Destas palavras do apóstolo Paulo, devemos gravar dois pontos:

1-) A Bíblia não é a palavra pura de Deus, mas um livro inspirado por Deus e escrito por homens.

2-) Há nela aparentes contradições, porque os pregadores se viram obrigados a amoldar as revelações ao entendimento de cada povo e de cada época.

Inúmeras foram as vezes em que, ao explicar uma Verdade Absoluta a alguém, ele tomava a Bíblia para negá-la, mostrando-me uma outra passagem dizendo algo diferente. Que acontecia? O seguinte: enquanto eu estava passando a ele o “manjar”,  ele o recusava, mostrando-me “o leite” com que foi “criado”! Enquanto não houver uma Autorrevelação iluminadora, tal pessoa não se desgrudará do “leite” para receber o “manjar”!

Com estas Mensagens da Verdade, ocorre a mesma coisa: há pessoas que as recebem como “tesouros espirituais” para sua vivência diária; por outro lado, há aquelas que não as aceitam de forma alguma, a não ser como “heresias”. São as que foram “criadas com leite”, com um Jesus externo como referência, e não com “manjar”, que seria a revelação delas próprias como sendo o Cristo, a ser reconhecido pelo “renascimento” e pela “descida do Espírito Santo”.

Quando o apóstolo Paulo revelou não ser mais ele, lá presente, mas sim O CRISTO, certamente foi considerado “herege” por muitas das pessoas que o ouviam; porém, ele também sabia que haveria muita gente aberta às suas revelações absolutas e que, com elas, iriam  praticar o verdadeiro Evangelho de Cristo, ou seja, iriam “orar e vigiar”,  buscando em si mesmos a Verdade, o Cristo, o Reino de Deus, e a Vida eterna!

AFIRMAÇÃO DO DIA

Eu fui “criado com manjar”, aceitando as Verdades Absolutas como todas válidas, AQUI E AGORA, para o ser real que EU SOU, que é o Cristo em Unidade com Deus. Meditando e contemplando estas Verdades, vejo-me apto a repetir as palavras do apóstolo Paulo: “Vivo não mais eu; o CRISTO VIVE EM MIM!”.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 128

128

“A MINHA DOUTRINA NÃO É MINHA”

 

A sabedoria que Jesus demonstrava, deixava os judeus maravilhados; não podiam  entender como alguém, sem ter aprendido, podia saber tanto! E Jesus explicou a eles, dizendo: “A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou” (João, 7: 16). Tudo Jesus atribuía ao Pai, e com um motivo muito claro: desejava passar à humanidade a mesma certeza e confiança que ele tinha em relação ao Pai, o Espírito divino que o animava e que, igualmente nos anima a todos. Por esse motivo, cuidava sempre para não aceitar elogios na posição de “pessoa especial”! Orava o tempo todo para receber a Sabedoria do Alto, e indicava à humanidade este mesmo caminho, dizendo: “Os verdadeiros adoradores adoram o Pai, em espírito e em verdade”!

É quase impossível que alguém já não tenha tido a experiência de realizar algo, e, depois de tê-lo feito, até duvidar de que tivera tal capacidade, coragem ou inteligência! Que teria ocorrido? A AÇÃO DO PAI! Jesus sabia que era Filho de Deus como todos os demais! Jamais se disse diferente! Entretanto, ele não se via pelo “referencial dos homens”! Sempre avaliava o Universo e os seres como Luzes espirituais, como Filhos do Pai único e eterno, formando a Onipresença deste Deus!

Seja Jesus, seja José, seja quem for, se silenciar a suposta “mente humana”, se verá aberto e dotado da Sabedoria divina para resolver cada situação que lhe possa surgir, assim como ocorria com Jesus. Infelizmente, o “hipnotismo do mundo” faz com que os homens apenas confiem em sua aparente “sabedoria cerebral”, deixando de se habituar a orar e ouvir a Voz do Alto, como Jesus fazia, e nos ensinou a fazer igual!  

 AFIRMAÇÃO DO DIA

Como Deus é a Fonte da Doutrina pregada por Jesus, e como esta Fonte é Onipresente, Ela está em MIM, assim como está em Jesus! Desse modo, minhas orações não são com “odres cheios”, mas sim “vazios”, sem “ensinamentos de homens”, mas, plenamente abertos às revelações divinas, razão pela qual fico maravilhado com o que percebo em Mim, no Cristo que Eu Sou, a cada oração que faço! A Doutrina do Pai é revelada a cada um de nós, assim como foi revelada a Jesus! Por isso disse ele: “O Espírito Santo vos ensinará!”. Enquanto alguém entrar em oração preso a dogmas e teorias humanas sobre espiritualidade, não estará sendo um “coração de menino”, apto a discernir o Reino de Deus! Eu, em minhas orações, estou aberto e receptivo unicamente à livre manifestação da Doutrina Divina!

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 127

127

“ERRAIS…”

 

Quem tentar explicar a Verdade Absoluta a quem está certo de que “existência material” é real, e que, além de ser real, é “mundo também criado por Deus”, cairá na resposta iluminada dada por Jesus aos saduceus: “Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus” (Mt. 22: 29).

Quando comentamos com alguém as revelações e lampejos da Realidade divina, se for alguém que “não errou”, que como disse Jesus, conhece as Escrituras e o Poder de Deus, tudo lhe ressoará-lhe na alma, e a mente se mostrará iluminada, como que tendo achado um tesouro. Mas, se as mesmas revelações forem passadas àqueles que não trazem este conhecimento do “coração de menino”, elas, realmente,  só se farão passar por “pérolas atiradas aos porcos”.

Os saduceus estavam presos à vida humana, aos relacionamentos terrenos,  às leis de Moisés, que objetivavam gerar uma vida harmoniosa, dentro do entendimento do povo de sua época, que longe estava de se mostrar interessado em Verdades absolutas! E foram interrogar Jesus, dizendo-lhe: “Moisés havia dito que, se alguém morresse, não tendo filhos, casaria o seu irmão com a mulher dele. A partir disso, disseram que houve sete irmãos, e o primeiro, sendo casado, morreu, e, não tendo descendência, deixou sua mulher a seu irmão, e o mesmo se sucedeu, até o sétimo. Por fim, depois de todos, morreu também a mulher. A pergunta feita a Jesus foi: “Na ressurreição, – em que não acreditavam – de qual dos sete será a mulher, visto que todos a possuíram?”.

Vimos acima parte da resposta de Jesus: “Errais não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus” (Mt. 22: 29). E ele prosseguiu, dizendo-lhes: “Por que na ressurreição nem casam nem são dados em casamento; mas serão como os anjos de Deus no céu. E acerca da ressurreição dos mortos, não tendes lido o que Deus vos declarou, dizendo: Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque e o Deus de Jacó? Ora, Deus não é Deus dos mortos, mas dos vivos” (Mt. 22: 30-32).

 AFIRMAÇÃO DO DIA

Conheço as Escrituras, que revelam o “Cristo sendo tudo em Mim” (Col. 3: 11), e também as conheço, quando Deus declara ser Deus dos vivos! O Cristo é minha Vida, o Cristo é o Deus Vivo, aqui e agora, manifesto e presente como o Cristo que Eu Sou! E estar consciente destas Verdades é a minha “ressurreição dos mortos”, minha “negação de mim mesmo”, como carnal”, o meu “renascimento” no Reino da Verdade! 

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 126

126

“O FILHO NADA PODE FAZER DE SI MESMO” 

 

Enquanto Jesus atribuía TODO PODER DE AÇÃO AO PAI, para nos ensinar a viver como ele, em UNIDADE COM O PAI , as igrejas pregaram o oposto, atribuindo tudo a um Jesus “externo ao homem”. Exemplo disso está na frase “Ninguém vem ao Pai senão por mim”, dita por Jesus, e que sempre veio sendo passada ao povo com este “Mim” sendo Jesus, e não o Pai em todos! A outra frase precedente, também dita por Jesus, as igrejas sequer citam, e que diz: “Ninguém vem a mim SE O PAI não o trouxer”. E há mais outra, que elimina qualquer dúvida: “Quem crê em mim, CRÊ NÃO EM MIM, mas NAQUELE que me enviou” (João, 12: 44).

O sentido é o “renascimento” de cada um, quando o Pai, em cada um de nós, Se revela como o Filho – o  Cristo de nosso próprio ser, – em experiência semelhante à de Paulo, quando disse: “Não sou mais eu quem vive, o Cristo vive em mim” (Gálatas, 2: 20). Estas distorções na pregação do Evangelho são as causas de não se achar ninguém “buscando em primeiro lugar o Reino de Deus”! O acesso a ele seria pelo “renascimento”, pela ação do Pai em cada Filho, através do Espírito Santo, pelo Pentecostes! Este “Mim” teria de ser entendido como “impessoal”, como “Deus em todos”!

Jesus  ainda disse: “Em verdade, em verdade vos digo que o Filho nada pode fazer de si mesmo, senão aquilo que vir o Pai fazer, porque tudo o que este fizer, o Filho também semelhantemente o faz” (João, 5: 19). O que Jesus explica é a Verdade absoluta de que não há “Filho algum apartado do Pai”, uma vez que DEUS É TUDO! Quando um Filho ora ou medita para se discernir “UM COM O PAI”, a Ação do Pai engloba sua Ação individual, ou seja, “o Filho semelhantemente faz o que vir o Pai fazer”! Esta Verdade nada tem a ver com suposto “mundo material”, chamado por Jesus de “o mundo do pai da mentira”, uma CRENÇA em nada relacionada com Deus ou com as “Obras de Deus”, que são permanentes! Aquele que se descobre nesta Oniação, encontra, em si mesmo, o Filho e o Pai – e “todas as demais coisas  lhe são acrescentadas”!

 

 AFIRMAÇÃO DO DIA

Eu, como Jesus, nada posso fazer de mim mesmo, mas, em comunhão com o Pai, faço o que vejo o Pai fazer, não “no mundo do pai da mentira”, mas sim, na Realidade Espiritual Infinita, onde cada Filho, na Unidade Perfeita, forma a Onipresença, agindo, como disse Jesus, semelhantemente ao Pai.

Mensagens da Verdade (Dárcio) – 125

125

“O QUE SE AJUNTA COM O SENHOR É UM MESMO ESPÍRITO”

 

“Deus é Espírito”, disse Jesus. Por isso, o suposto “mundo de matéria” somente poderia ser, e é, um “mundo do pai da mentira”. Por que a humanidade toma por referência o “mundo do pai da mentira”, quando avalia pessoas, acontecimentos e fatos? Por um só motivo: não se dedicou a conhecer o Reino da Verdade, o Reino de Deus, que Jesus disse estar chegado, “entre nós”, a nós “dado com agrado pelo Pai”, e que “deveríamos estar buscando em primeiro lugar”!

As pessoas se habituaram a “defender religião”! Não se habituaram a “buscar em primeiro lugar o Reino de Deus”! E, no “mundo do pai da mentira”, igrejas e mais igrejas foram surgindo.

O REINO ESTÁ DENTRO DE NÓS (Lc. 17: 21); O ESPÍRITO DE DEUS HABITA EM NÓS (i COR. 3: 16); “JESUS CRISTO ESTÁ EM VÓS” (II Cor. 13: 5). Em outras palavras, TODA A VERDADE ESTÁ DENTRO DE NÓS, como todos os grandes mestres da humanidade revelaram! DEUS É ESPÍRITO ONIPRESENTE, É A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA, E, O NOSSO ESPÍRITO, OBVIAMENTE, É O ESPÍRITO DE DEUS! ESTA É A REVELAÇÃO DO EVANGELHO ORIGINAL!

“Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tornarei, pois, os membros de Cristo e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo. Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois em uma só carne. MAS O QUE SE AJUNTA COM O SENHOR É UM MESMO ESPÍRITO” (I Cor. 7: 15-17).

Que está o apóstolo Paulo nos revelando aqui? A VERDADE ABSOLUTA DE QUE O HOMEM É ESPÍRITO E É DEUS! AQUELE QUE SE AJUNTA COM O SENHOR É UM MESMO ESPÍRITO!  É esta a Verdade Absoluta que as igrejas deveriam estar pregando à humanidade, mas que jamais o fizeram! 

AFIRMAÇÃO DO DIA

Sei que  através do Cristo que EU SOU, estou em comunhão com o Pai Infinito. O que “se ajunta com o Pai é UM MESMO ESPÍRITO”; assim, contemplo e reconheço a Verdade eterna, pregada por Jesus e Paulo: “EU E O PAI SOMOS O MESMO ESPÍRITO”, OU SEJA, “SOMOS UM”!