Mensagens da Verdade (Dárcio) – 88

88

“SEDE VÓS, POIS, PERFEITOS”

 

A admissão da própria perfeição é prova de que alguém “transcendeu o mundo”,  trocou os falsos conceitos, os ilusórios “julgamentos pelas aparências”, pela Revelação absoluta de Jesus e dos grandes mestres,  mensageiros unânimes em afirmar que nossa verdadeira identidade é Luz! E isto porque “Deus é Luz” e “Deus é TUDO”!

Assim disse Jesus: “Sede, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos céus” (Mateus, 5: 48). Esta nossa PERFEIÇÃO ABSOLUTA JÁ ESTÁ CONSUMADA – DESDE O PRINCÍPIO! Onde? “Nos céus”, na Perfeição do Pai, em nossa UNIDADE COM ELE! Jamais o  ilusório mortal poderia ser perfeito, nem que assim acreditasse e se esforçasse para ser! Este “mortal” é o “homem natural”, o ilusório “imperfeito” a ser “despido”, para que O CRISTO possa ser espiritualmente discernido como O SER PERFEITO QUE, EM DEUS, É PERFEITO, E QUE, EM DEUS, JÁ SOMOS!

Em outras palavras, esta ordem de Jesus se cumpre AQUI E AGORA, pela “negação de nós mesmos”, como carnais, e pela nossa “ascensão ao Pai em nós” – mediante o nosso “Renascimento espiritual”.

 

AFIRMAÇÃO DO DIA:

Sem me julgar pelas “aparências”, mas pelo “juízo justo”, honro a Mim como “o Cristo oculto em Deus”, e com a  perfeição do Pai sendo a perfeição do Filho que EU SOU. Desse modo, cumpro em Mim, AQUI E AGORA, a iluminada determinação de Jesus: SER PERFEITO, COMO PERFEITO É O PAI, QUE ESTÁ NOS CÉUS!

Deixe um comentário

Back to Top