Mensagens da Verdade (Dárcio) – 53

53

“TODAS AS OBRAS DE DEUS DURAM PERPETUAMENTE”     

Aprendi que todas as obras que Deus fez duram perpetuamente; nós não podemos acrescentar nem tirar nada ao que Deus fez” (Eclesiastes 3: 14).

O desinteresse e incredulidade da humanidade, diante das revelações absolutas das Escrituras,  são os fatores que mais contribuem para a manutenção da ILUSÃO DE VIDA TERRENA! Esta revelação de Eclesiastes, por exemplo, somente ela, teria feito um estrago tremendo nas falsas CRENÇAS COLETIVAS, caso tivesse sido acreditada e levada a sério. Suas implicações são iluminadoras! Se nada podemos acrescentar nem tirar ao que Deus fez, o Ser que somos, que é “obra de Deus”, não pode ter “nascido”, não pode ter “pecado”,  e não pode ter passado por “mudanças” de qualquer espécie! O Apocalipse repete a mesma Verdade: “Está cumprido: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim” (Apoc. 21: 6). Jesus, sendo conhecedor desta Verdade, declarou: “Naquele dia conhecereis, eu estou no Pai, vós em mim e eu em vós” (João, 14: 20).
Isso tudo quer dizer o seguinte:
ESTAMOS NUMA REALIDADE DIVINA PERFEITA, IMUTÁVEL, PLENA, COMPLETA E PERMANENTE, AQUI E AGORA! Este é o sentido de “o Reino de Deus estar entre nós”. Unicamente a suposta “mente carnal” contradiz todas as revelações,  para impor suas mentiras! Quando Jesus declarava “o perdão dos pecados”, a “cura dos enfermos”, estava de olhos voltados a esta Verdade da imutabilidade das Obras  perfeitas de Deus! Em várias vezes ele disse: “Tua fé te salvou!” Que sentido tem esta frase? O SEGUINTE: A PESSOA, DIANTE DE UMA APARENTE CONDIÇÃO INDESEJÁVEL, TROCOU DE PONTO DE VISTA; ACREDITOU, E TEVE CERTEZA DE VÊ-LA PERFEITA! E é esta a Verdade da qual Jesus veio “dar testemunho”. Se VOCÊ quiser “conhecer a Verdade”, terá de se esquivar do “mundo do pai da mentira” para acatar,  com radicalismo, estas milenares Revelações absolutas:
TUDO QUE DEUS FAZ DURA PERPETUAMENTE; NADA PODEMOS ACRESCENTAR NEM TIRAR! TUDO ESTÁ CUMPRIDO!
AFIRMAÇÃO DO DIA

Minha fé está firmada nas “obras permanentes de Deus”, as quais incluem a Mim. Entendo que “nascer de novo” é estar IDENTIFICADO COM O CRISTO ETERNO QUE EU SOU, e nunca com “seres mutáveis” do “mundo do pai da mentira”! TUDO QUE É MUTÁVEL NÃO É OBRA DE DEUS! O QUE É DE DEUS JAMAIS MUDA! EU JAMAIS MUDO! Sendo “UM COM DEUS, ONDE EU ESTOU, EU SOU O ALFA E O ÔMEGA – VIVO NA UNIDADE REVELADA POR JESUS: “EU ESTOU NO PAI, VÓS EM MIM, E EU EM” VÓS!”.

Deixe um comentário

Back to Top