PERSISTA NO RECONHECIMENTO DE QUE SOMENTE EXISTE DEUS!

Ouvir
Voiced by Amazon Polly

Aparentemente, somos tentados, por todo lado, a aceitar algo ou alguém que não seja Deus. Poderá ser-nos bastante útil, ocasionalmente, recordar que até mesmo a tentação para fazer-nos reconhecer e aceitar algo que não seja Deus, é completamente falsa, e sem qualquer base em fato real. Não há Deus algum em tentação de se aceitar a dualidade.

Não aceitamos, como genuína, nenhuma aparência de poder maligno, de pessoa má, ou de má condição. Honramos Deus, e Deus somente. Fazemos isto por assumirmos um rápido posicionamento, ao nos defrontarmos com alguma aparência de outra presença ou poder apartados de Deus, e persistirmos em nossa percepção de que somente Deus existe. O nosso critério constante deve ser: “Isto é Deus?” Se for Deus, tem de ser bom. Se for Deus, tem de ser Amor, Inteligência … e Tudo o que o Deus é. Se não for Deus, ele simplesmente não existe; e não podemos ser tentados a aceitá-lo, honrá-lo, ou dar-lhe crédito.

Se aceitarmos e retivermos alguma ilusão de dualidade quanto ao mundo, estaremos parecendo experimentar esta mesma falsidade em nossas vidas e experiências diárias. Além disso, se fomos iludidos pela dualidade, pareceremos experimentar algo que não seja Deus, em ou como os nossos corpos. Isto será inevitável, porque a nossa Existência inteira é compreendida somente daquilo que aceitarmos, reconhecermos ou honrarmos. Se nos submetermos a uma ilusão de qualquer espécie, pareceremos encontrar  ilusão em nossa experiência. Isto não torna a ilusão genuína; porém, se parecermos estar iludidos pela dualidade, uma ilusão certamente poderá nos parecer verdadeira.

Quando formos confrontados com qualquer ilusão de dualidade, devemos lembrar constantemente os fatos relevantes que são genuínos. Desse modo, estaremos enfrentando ativamente a aparência ilusória. Não faremos nenhum trabalho mental para modificar a aparência da dualidade, nem para nos livrarmos dela. Somente deixaremos que esta aparência falsa nos sirva como lembrete daquilo que é verdadeiro e genuíno. Qualquer aparência pode lembrar-nos imediatamente do fato que Deus é a única Existência.

Devemos bem lembrar  que não há nenhuma tentação que nos induza a acreditar na dualidade. Deus, realmente, é a única Mente, e a Mente, que é Deus, conhece unicamente a Si mesma.

*

Deixe uma resposta

Back to Top