O ERRO É A NOSSA PRÓPRIA REAÇÃO CONTRA ELE!

Ouvir
Voiced by Amazon Polly

Folheando um caderno antigo, achei uma mensagem curta e objetiva que há tempos me veio à mente e que fiz questão de anotar. Assim diz ela:  “O erro é a nossa própria reação à crença de que ele existe, ou seja, é a nossa reação ao próprio erro”.

A Verdade Absoluta parte do princípio de que DEUS É TUDO, A REALIDADE ÚNICA EM EVIDÊNCIA, E  QUE SOMOS AQUILO QUE DEUS É!

Não precisamos conhecer toda “forma de erro” para nos protegermos de sua aparente influência sobre nós. Seríamos um estudante de Matemática vivendo a negar todos  os erros infinitos possíveis de surgir numa conta errada! Se cinco mais cinco são dez, caso alguém passasse o dia todos reagindo e negando os erros infinitos capazes de aparecer para a conta, o dia acabaria, mas não todos os erros!

No caso da Metafísica, muitos são os que se envolvem  com os erros, sem banir por completo toda a “reação” a eles! Este é o alerta dado pela mensagem: “Nossa reação ao erro é o erro em si”.

Que pediu o aparente leproso a Jesus? Que lhe falasse sobre a Verdade? Não! Queria se ver “limpo da lepra”!

QUE LHE FEZ JESUS? OLHOU-O SEM RESISTIR À LEPRA, CIENTE DE QUE UNICAMENTE A VERDADE, E NÃO O ERRO, ESTAVA SE EVIDENCIANDO COMO AQUELE FILHO PERFEITO DE DEUS!

Mary Baker Eddy assim disse: “Ignorância não é proteção”. O suposto “leproso” somente se livrou do erro por ter tido, Jesus, a convicção de vê-lo perfeito sem “dividir a casa”, considerando FILHO DE DEUS E DOENÇA!

GRAVE BEM: O ERRO É A NOSSA PRÓPRIA REAÇÃO AO PRÓPRIO ERRO!

*

Deixe uma resposta

Back to Top