COMENTÁRIOS SOBRE “O CORDEIRO DE DEUS DESTRÓI O MAGNETISMO ANIMAL” – 18

Ouvir
Voiced by Amazon Polly

– 18 –

Em sua luta contra o diabo no deserto, Jesus rejeitou a sugestão do magnetismo animal de que o sonho do sentido mortal fosse real. Disse:”Retira-te, Satanás.” Sua inocência espiritual, sua devoção ao Cristo, não deixaram espaço para a animalidade, o orgulho ou a negligência, que o tornariam vulnerável às imposições do dragão. Jesus nos deu a preparação específica necessária para destruir o dragão, quando disse a Satanás: “Está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele darás culto”. O Cordeiro de Deus requer que adoremos e sirvamos a Deus com a inspiração da santidade.

É muito séria, e de extrema importância, esta questão da irrealidade das aparências! O texto fala de “Jesus no deserto”, que é a figura bíblica de “estarmos erroneamente nos vendo no mundo”. Assim, a “luta contra o diabo no deserto” significa “estarmos tomando consciência” de que “do mundo não somos”, e sim, que “em Deus vivemos”; para isso, é preciso que adotemos a mesma posição de Jesus. Que fez ele? “Rejeitou a sugestão do magnetismo animal de que o sonho do sentido mortal fosse real”.

 Este artigo inteiro é um treinamento para agirmos como Jesus agia, por aparentemente estarmos “no mundo”, isto é, acreditando sermos   como “ovelhas no deserto”, sem acesso às “verdes pastagens”, até entendermos que UNICAMENTE AS VERDES PASTAGENS SÃO REALIDADES, enquanto o “diabo no deserto” é entendido como “pai da mentira”, inventor de simples “sugestão hipnótica” contrária à Verdade da PLENITUDE ONIPRESENTE, E PERMANENTE, da qual fazemos parte como “ramos da Videira” celestial! Esta “percepção” nos dá a autoridade da “Voz do Cristo”, quando dizemos: “Retira-te, Satanás!”

Esta ordem crística, portanto, é uma “luta contra o nada”, uma vez que um combate da Verdade contra a mentira seria unicamente um SIMPLES DESMENTIDO!

No caso da ilustração dos “trilhos de trem”, que vimos antes, seria ordenarmos: “Retirai-vos, trilhos que se unem ao longe!” E a mesma ordem, com este conhecimento da Verdade, é aplicável às demais MENTIRAS, chamadas de “problemas”, “imperfeições”, “males”, “doenças”, “pecados”, etc..

Mary Baker Eddy assim disse: “O mesmerismo é a ilusão mortal, material. O magnetismo animal é a ação voluntária ou involuntária do erro em todas as suas formas; é o antípoda humano da Ciência divina. A Ciência tem de triunfar sobre o sentido material, e a Verdade sobre o erro, pondo assim um paradeiro às hipóteses incluídas em todas as teorias e práticas errôneas.

Tudo parte de nosso entendimento de que O MUNDO DE APARÊNCIAS NÃO É REAL! UM DESERTO ILUSÓRIO, SÓ “VISTO” PELA MENTE ILUSÓRIA!

DEUS, A VERDADE, É TUDO!

CONTINUA NA PRÓXIMA SEGUNDA-FEIRA..>

 

Deixe uma resposta