“ESTÁ ESCRITO: SOMENTE ADORARÁS O SENHOR TEU DEUS!”

Vendo-se “tentado no deserto”, isto é, sob a crença de separatividade de Deus, Jesus “ouviu da mente carnal” a oferta de seu “mundo material”: “Tudo isso te darei, se prostrado me adorares”. Na hora, Jesus respondeu segundo seu conhecimento da Verdade, ou seja, de que O QUE É TUDO, É SOMENTE DEUS!

Disse ele: “Está escrito: Somente adorarás o Senhor Teu Deus”.

Ter e manter este entendimento absoluto constitui a Essência do enfoque absoluto da Verdade, que nos leva a ADORAR SOMENTE O DEUS QUE ESTÁ SENDO O SER QUE SOMOS!

São inúmeros os desvios dessa Verdade que aparentam ser reais com suas ofertas aparentemente vindas do mundo! Numa delas, Jesus rechaçou ser chamado de  “Bom Mestre”. Manteve-se fiel ao DEUS SENDO O CRISTO DE SI MESMO! Por isso, assim respondeu: “BOM SÓ HÁ UM, QUE É DEUS!”

A humanidade somente viverá a Verdade quando cada um RECONHECER A TOTALIDADE E UNICIDADE DE DEUS! Neste reconhecimento absoluto reside a VIDA PELA GRAÇA, capaz de destruir as crenças que atribuem ao homem os seus ilusórios FEITOS, BONS OU MAUS!

Como DEUS É TUDO, a noção de livre-arbítrio sempre esteve sendo crença falsa! UNICAMENTE DEUS EM ONIAÇÃO É REALIDADE”: ONIPRESENTE E PERMANENTE!

Por que Jesus recusava o “juízo pelas aparências” e ensinava o “juízo justo”? Por saber que “FAZER A VONTADE DO PAI” SIGNIFICA “VER A SI MESMO COMO A PRESENÇA DO PAI”!

“O Filho faz o que VÊ O PAI FAZER!”,

E aquele que “não faz a Vontade do Pai?” Jesus deu a resposta: “SEGUE-ME TU, pratica o JUÍZO JUSTO, “QUEM ME
VÊ A MIM, VÊ O PAI”!

É desse modo que CADA UM SOMENTE ADORARÁ “O SENHOR TEU DEUS!”

*

Deixe uma resposta