PERMANEÇA NO “EU SOU” QUE ETERNAMENTE “É VOCÊ”!

As Escrituras, sejam as do Novo ou do Antigo Testamento, foram apresentadas à humanidade com o objetivo principal de “abrir a percepção de todos” para a Verdade de que TUDO É DEUS ou que DEUS É TUDO!

“Em minha carne verei a Deus”, disse Jó! “Aquele que me vê a mim, vê o Pai”, disse Jesus”! São  dois exemplos das Escrituras, que nos atestam a Verdade que deixei impressa bem no ínício do primeiro capítulo de um livro meu, “Autocontemplação”, publicado na década de oitenta, quando dei início às palestras em que sempre levava pequenas apostilas, que eram distribuídas àqueles que as frequentavam. O livro foi uma compilação destes textos, e,  logo em seu primeiro capítulo, intitulado “A Experiência de Deus”, foi colocado um quadrinho, dizendo:

“EU SOU AQUILO QUE DEUS É, TUDO O QUE DEUS É, E SOMENTE O QUE DEUS É!”

Quem levou a sério a revelação, mantendo este FOCO EM MENTE, por certo terá se despedido das “religiões do mundo” e suas falsidades, para se dedicar ao “renascimento espiritual”, à sua própria ”Experiência de Deus”.

Deus, em Sua TOTALIDADE, abrange a tudo e a todos numa Unidade Perfeita! Somos todos a mesma PERFEIÇÃO DE DEUS, conforme Jesus deixou explícito:

“Sede perfeitos como PERFEITO é o Vosso Pai Celestial”.

Não poderia ter sido mais claro! Mas, disse também: “Orai e vigiai sem cessar”. Sabia que “o mundo viria contra nós”, com suas falsas crenças dualistas! E quem se cuidou em se dedicar a esta “oração com vigília”, terá “PERMANECIDO EM MIM”, EM SEU PRÓPRIO SER DIVINO, E “DANDO FRUTOS ESPIRITUAIS”, COMO DISSE JESUS!

Este “VINHO NOVO” requer “ODRES NOVOS”, ou seja, PRETENDER MISTURAR ESTE FOCO ABSOLUTO DA VERDADE com ANTIGOS ensinamentos religiosos dualistas, NÃO DARÁ CERTO!

Repitamos, pois, o que disse Jesus: “AQUELE QUE PERMANECER EM MIM, DARÁ FRUTOS!”

SIMPLES ASSIM!

*

Deixe uma resposta