REPITA, EM SI PRÓPRIO, A EXPERIÊNCIA DE PAULO DE TARSO!

 

A premissa de que DEUS É TUDO, TUDO É DEUS, JÁ É A Verdade universalmente evidenciada, aqui e agora, à espera de ser RECONHECIDA E VIVENCIADA mediante o despertar da humanidade para ela. Não é “meta a ser alcançada”! É SIMPLESMENTE “DEUS SENDO DEUS”!

“Sem o Verbo, Deus, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ”, afirma João em seu Evangelho “sem manjedoura”! NÃO HÁ MANJEDOURA, PORQUE DEUS JAMAIS NASCE NA MATÉRIA! DEUS É O PRINCÍPIO E O FIM, E  DEUS, SENDO TUDO, É A TOTALIDADE DE CADA UM DE NÓS!

“Tudo que é nascido de Deus vence o mundo”, disse João em sua Primeira Epístola”. Nela revelou que COM SEUS OLHOS E COM SUAS MÃOS, VIU E TOCOU O VERBO DA VIDA, PERCEBENDO A DIVINDADE SENDO TUDO, E O SUPOSTO MUNDO HIPNÓTICO SENDO NADA,! UMA ILUSÃO OU TREVA, E NADA MAIS: SEM REALIDADE,  SEM SUBSTÂNCIA E SEM PRESENÇA!

O Universo é DEUS, Se evidenciando como TUDO e como TODOS, e que são reais existências! DEUS DESCONHECE “CARNE”, “ENCARNADOS” E “MUNDO DE ENCARNADOS”! Isto porque DEUS É  ESPÍRITO, É A CONSCIÊNCIA ÚNICA E PLENAMENTE DESPERTA!

Não existe ilusão para Deus! E não existe ilusão para Filhos de Deus, que são Deus mesmo, em manifestação individual.

“DESPERTA DENTRE OS MORTOS”, disse Paulo, “e a luz do Cristo te iluminará”! A luz já é RESPLANDECENTE no Universo do Pai infinito, mas os homens insistem na falácia de “quererem obter iluminação”, por terem se habituado a aceitar uma suposta “escuridão”! 

A VERDADE É QUE, COMO DEUS É TUDO, SOMOS O QUE DEUS É, ENQUANTO O QUE DEUS NÃO É, DE FATO, NADA É!

“VOSSO PAI SE AGRADOU EM DAR-VOS O SEU REINO”, disse Jesus! NÃO HÁ OUTRO REINO DE DEUS PARA SER GANHO! APENAS DEVE ELE SER “RECONHECIDO”! E ESPIRITUALMENTE “PERCEBIDO”! E O SEGREDO PARA ISSO ESTÁ EM ADMITIRMOS QUE “SOMOS A MENTE DE DEUS QUE PERCEBE ININTERRUPTAMENTE O QUE DEUS FAZ E O QUE A MENTE DE DEUS VÊ”!

É DESSE MODO QUE A SUPOSTA E CEGA “MENTE” QUE VÊ MATÉRIA, NASCIMENTOS E MORTES, SE REDUZ À SUA NULIDADE TOTAL!

É DESSE MODO QUE NOS PERCEBEMOS DOTADOS DA MENTE DE CRISTO,  POR SERMOS O CRISTO!

E É COMO REPETIMOS, COM NATURALIDADE,  A EXPERIÊNCIA DE PAULO:

“NÃO SOU MAIS EU, O CRISTO VIVE EM MIM”!

*

Deixe um comentário

Back to Top