Perceba A Mente De Cristo Ativa Como A Sua Mente!

 

De pouco nos adiantará saber que a Mente de Deus é ÚNICA, que o Cristo é TUDO em nós, e que “TEMOS A MENTE DE CRISTO”, se continuamos a endossar a “mente carnal” como sendo a nossa! Esta FALTA DE RECONHECIMENTO DA VERDADE compromete todo o estudo das revelações absolutas!

Há quem pense que “afirmar ter a Mente de Cristo” de nada adianta, se isto for feito com a “mente carnal”! Que está por trás desse argumento? O   “HIPNOTISMO DE MASSA!”. É IMPRESSIONANTE COMO A ILUSÃO FALA EM NOME DA PESSOA, E SEM QUE ELA O PERCEBA! NÃO EXISTE “MENTE CARNAL” EM PARTE ALGUMA! OU A MENTE DE DEUS NÃO SERIA ONIPRESENTE E ÚNICA!

O que se requer é a PRÁTICA EFETIVA dos ensinamentos, feita com decisão e sem esmorecimento!  De nada adianta alguém ler uma tremenda revelação e consultar a “mente ilusória” sobre se adiantará ou não reconhecê-la e afirmá-la! Além disso, o que importa, realmente, é haver diária e contínua PRÁTICA DA VERDADE,  através das “contemplações absolutas”, da Ciência Mental, com as afirmações que endossam a Verdade e com as negações que negam a mentira, de modo que a CRENÇA EM MENTE HUMANA seja “atacada” e “desmantelada” sem tréguas, assim como fez o apóstolo Paulo, ao que ele chamou de “morrer diário” de sua ilusória “natureza humana”! 

Não há morte alguma no processo, sendo somente “força de expressão”! Por quê? PELO SEGUINTE: NÃO HÁ MENTE NA MATÉRIA, NÃO HÁ VIDA NA MATÉRIA E NÃO HÁ, PORTANTO, MORTE NA MATÉRIA! 

“MAS JESUS NÃO MORREU NA CRUZ”? – eis a questão!  Jesus veio exemplificar o “morrer diário” da CRENÇA NA MATÉRIA, para que TODOS – COMO PAULO – DECLARASSEM “SER O CRISTO”! 

Paulo aprendeu com ele a Verdade, e assim pôde dizer: “ESTOU CRUCIFICADO! AGORA, O CRISTO VIVE EM MIM!”. Qual o sentido disso? JAMAIS EXISTIU “PAULO”, JAMAIS EXISTIU “JESUS”, JAMAIS EXISTIU “BUDA”, JAMAIS EXISTIU QUEM QUER QUE TENHA SE MOSTRADO VIVO NA CARNE OU NA MATÉRIA!

Este é o enfoque absoluto da Verdade: SOMENTE DEUS É REALIDADE, É CONSCIÊNCIA,  VIDA, MENTE E CORPO!

“Mulher, que tenho eu a ver contigo?” – perguntou Jesus a Maria! E as religiões pregaram ter ele tudo a ver com ela! “Dos nascidos de mulher, o maior foi João Batista” , disse Jesus! Estaria reconhecendo em João um “eu nascido”? NÃO! NÃO HÁ INCOERÊNCIAS NAS FALAS DE JESUS!  Primeiramente, Jesus já começou não se incluindo entre os “nascidos de mulher”! SABIA QUE O “MUNDO DO PAI DA MENTIRA” É UMA ILUSÃO! Em segundo lugar, sabia do empenho de João em revelar o Reino de Deus MESMO NÃO TENDO AINDA PERCEBIDO “O CRISTO EM SI PRÓPRIO”! Jesus enaltecia o seu “Batismo com água”, razão pela qual disse ser ele “o maior dentre os nascidos de mulher”!

Quem tem acesso às revelações absolutas terá de se dedicar a colocá-las em prática! Todo aquele que achar ser isto uma “decisão pessoal”,  logo se verá IMPELIDO a levá-las mais e mais a sério! “Ninguém vem a MIM, se o Pai não o trouxer”, disse Jesus! E  O PAI “TRAZ CADA UM” SE REVELANDO PRESENTE NO LUGAR DA IRREAL “MENTE CARNAL”!  O PAI TRAZ UM POR UM “A MIM” – A ELE PRÓPRIO, EVIDENCIADO COMO O CRISTO QUE CADA UM É!

*

Deixe um comentário