Confiando No Próprio Cristo

IM8

O único trabalho mental a ser-lhe requerido, para que se mantenha em absoluta harmonia e paz, é o reconhecimento da natureza de sua própria Mente real, que é Deus. Assim procedendo, estará “reconhecendo-O em todos os teus caminhos”, e como em Deus, o Bem, você é naturalmente sustentado e mantido em paz, esta proteção e demonstração se tornam uma natural e constante expressão de sua própria Natureza, que é divina.

Paulo disse: “Sois salvos não pela lei, mas pela Graça”. Graça é a ação de Deus; assim, se pretende ser salvo por Deus, o Bem, você deve saber que compartilha de Sua Natureza. De fato, você é aquela Natureza divina. Todo o conjunto de métodos, fórmulas e sistemas (leis) que foram criados jamais irão salvá-lo das falsas crenças. Sua única cura ou redenção reside na Verdade Absoluta de que em Deus, o Bem, você é eternamente salvo em virtude do que você é.

Jesus falava como “alguém dotado de autoridade”, pois aceitava as convicções de Sua própria Mente como os fatos da Existência. Ele não dependia de palavras de outros nem perguntava sobre como eles “lidariam” com certas condições. Estabeleceu a Verdade Absoluta sobre Deus e Homem tal como este fato se apresenta:em UNIDADE, UNICIDADE. Sua percepção espiritual dava-Lhe a necessária transparência de consciência pela qual Deus e Homem pudessem ser vistos em manifestação: esta é a única cura que pode ocorrer.

Não mais necessitaremos de receitas ou fórmulas, quando verdadeiramente compreendermos que Homem e Deus são um. A repetição de palavras de outros e uma constante confiança em livros ou lições acaba escravizando uma personalidade a outra, em vez de fazer com que cada ser mantenha a confiança em seu próprio Cristo.

*

Deixe um comentário

Back to Top