Aparências, Insinuações, Sinais!

Na Metafísica, é dito o seguinte: “Toda aparência insinua a PRESENÇA ETERNA da Verdade subjacente a ela”. O apóstolo Paulo assim declarou: “Faça-se LOUCO para ser SÁBIO”; estava ciente de que “as coisas de Deus são loucuras para os homens”.

Enquanto o mundo cultua “mestres na matéria”, ama “pais e mães na matéria”, se alegra com “nascimentos na matéria”, e se lamenta com “mortes na matéria”, a Metafísica Absoluta  revela que NÃO EXISTE MATÉRIA, e mais,  que NÃO EXISTE VIDA NA MATÉRIA!

Seja um lápis, seja uma mesa, seja um pai, um filho ou neto, isto é, seja qualquer pessoa ou coisa, todas estas “aparências” não passam de “sombras mortas”, INSINUANDO a Verdade  a elas subjacente. Portanto, seja alegria, seja tristeza, estes “pares de opostos” não passam de ILUSÃO! Retratam o DESVIO DA VERDADE PARA UMA “SOMBRA”.

Este fato é simbolizado pela “desobediência de Adão e Eva”, quando comeram o fruto proibido por Deus, da “árvore do conhecimento do bem e do mal”. Por que era “fruto proibido”? POR OCULTAR A VERDADE E SINALIZAR A MENTIRA, aparentando OCULTAR A ONIPOTÊNCIA DE DEUS, mostrando, NO LUGAR, uma CRENÇA EM DOIS PODERES!

Apegadas às “aparências”, as multidões com elas se maravilhavam, vendo Jesus trocar as que eram “más” pelas que eram “boas”. NÃO ERA ISSO QUE ELE DESEJAVA! Entretanto, era o que podia conseguir, diante daqueles convictos de que O MUNDO DO PAI DA MENTIRA fosse verdadeiro!

“Geração sem fé e perversa! Sempre em busca de sinais!” – disse Jesus,  frustrado em perceber que NINGUÉM SE MOSTRAVA INTERESSADO EM “VER O QUE ELE VIA”, para que “mudassem as aparências”.

 “Aparências” não são realidades! Não passam de uma “interpretação finita e ilusória” da VERDADE ABSOLUTA DE QUE DEUS É TUDO! Como DEUS É AUTOSSUPRIDO DE TUDO, DE SI E EM SI MESMO, a “sombra finita” deste FATO se projeta VISIVELMENTE,  se mostrando como “sequência de aparências”, aos sentidos mortais. E é quando, conforme a necessidade, encontramos pregos, mesas, carros, pessoas, pais, mães, netos, filhos, e tudo mais, que JAMAIS EXISTIRAM REALMENTE “NO MUNDO”, MAS QUE, AOS SENTIDOS MORTAIS, APARENTAM SER ALI REALIDADES!

Seja um carro, saído da fábrica, seja um bebê, saído do ventre, e seja uma fábrica ou seja um ventre, NADA É REAL de si mesmo! O REAL ESTÁ NA ONIAÇÃO, SUBJACENTE A TODOS ELES! Isto explica o que, nas Bodas de Caná, disse Jesus a Maria: “MULHER, QUE TENHO EU A VER CONTIGO?”!

Jesus foi bem claro: “O reino de Deus não vem com aparência exterior. Nem dirão: Ei-lo aqui: Ei-lo ali! Porque eis que o reino de Deus está entre vós” (Lc 17: 20, 21).  

*

Jamais Acredite Estar Consciente Do Mal

O conjunto de revelações absolutas da Verdade é um “manual de instrução” a todos disponibilizado, para que não nos deixemos iludir pelas mentiras da mente mortal e, pelo contrário, possamos permanecer “de camarote” a contemplar o que verdadeiramente existe, ou seja, o que Deus, em Oniação onipresente, agora faz.

A Oniação é DEUS EM AÇÃO UNIVERSAL ÚNICA! Atividade perfeita que abrange o SER INDIVIDUAL QUE AGORA SOMOS! Apenas esta Verdade, reconhecida com entusiasmo e dedicação, tem poder de levar alguém à vida pela Graça! No entanto, a recomendação bíblica, “Orai e vigiai sem cessar”, por pouquíssimos é obedecida, e, desse modo, a vida gloriosa, em unidade com Deus, por poucos é  conscientemente vivida!

A única Consciência REAL que há, é DEUS! Por isso, nossa Consciência JÁ É iluminada! Esta Verdade é CONSTANTE, ou seja, permanece perfeita e incólume diante das “sugestões mentais agressivas” da suposta “mente carnal”. Entretanto, quem deixa de”orar e vigiar”, facilmente se deixa ILUDIR pelas “sugestões” e “maquinações hipnóticas” da “mente carnal”.

Alguém num ambiente com temperatura de vinte graus, se for hipnotizado para aceitar a SUGESTÃO de estar sob  dez graus abaixo de zero, irá “tremer de frio”. TODO SENSACIONISMO DA MENTE CARNAL É ILUSÓRIO! 

  QUANDO ALGUÉM, ERRONEAMENTE, AFIRMA “TER CONSCIÊNCIA DO MAL”, É O QUE LHE BASTARÁ PARA “VIVER A ILUSÃO” EM LUGAR DA “VIDA PELA GRAÇA  E VERDADE”.  Isto se dá pelo ERRO de vincular a SUGESTÃO com a CONSCIÊNCIA, QUE É DEUS E QUE, PORTANTO, JAMAIS SE ILUDE! DEUS SOMENTE “TEM CONSCIÊNCIA” DE SI MESMO COMO PERFEIÇÃO UNIVERSAL E PERMANENTE!

“VINDE A MIM”, convidam os reveladores da Verdade!  ESTE CHAMADO É MERAMENTE UMA RECUSA DOS “SENSACIONISMOS” DA MENTE CARNAL, MEDIANTE RADICAL E TOTAL IDENTIFICAÇÃO COM A REAL, PERFEITA E CONSTANTE CONSCIÊNCIA ILUMINADA, QUE EM DEUS SOMOS! Foi nesse sentido que Jesus nos deu a brilhante instrução iluminada: “NÃO RESISTAIS AO MALIGNO”! 

Suponhamos que alguém assim diga: “Eu estou fazendo um tratamento da próstata”. Que estaria afirmando? Estar “consciente do problema”, quando, de fato, o suposto “problema” nunca esteve fazendo parte de sua real Consciência, e sim da “mente carnal”. Tendo esta PERCEPÇÃO, irá reconhecer sua Consciência como DIVINA, e expulsar a CRENÇA de que Deus tenha Consciência de “imperfeições”! Ao reconhecer a Verdade, a SUGESTÃO perderá sua aparente sustentação como CRENÇA, enquanto a TOTALIDADE DE DEUS é “trazida á LUZ”!

Grave bem: VOCÊ É CONSCIÊNCIA ILUMINADA, A CONSCIÊNCIA DIVINA E ÚNICA EM EXPRESSÃO! TODA “SUGESTÃO HIPNÓTICA” SÓ É PERCEBIDA SE NOS IDENTIFICARMOS COM A ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”. PORTANTO, NÃO FAÇA ISTO JAMAIS!

VOLTE-SE A SI MESMO, NÃO COMO “CARNAL”, MAS COMO “CRISTO”, E LOUVE A PRESENÇA DE DEUS SENDO A SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA ILUMINADA! CONSCIENTE UNICAMENTE DA SUA PERFEIÇÃO ABSOLUTA!

*

Prece Básica

PERGUNTA:

“Como devo orar, quando tenho tantas coisas a resolver com oração?”

A prece nunca lida com circunstâncias, situações e coisas.

RESPOSTA:

Responda a estas perguntas:

(1) Deus faz oração? (2) Deus ora a respeito de quê?

 Apenas pondere sobre estas questões  por um minuto. Naturalmente, Deus, ciente de Si mesmo como Tudo que existe, não pode orar a respeito de alguma coisa. Simplesmente não existe tal coisa. Tudo que Deus percebe, é Ele próprio.

Deus, conhecendo a Si mesmo, é prece. A prece nada mais é, senão  perceber e estar consciente de Deus como a única Presença e o único Poder. Você faria isso com uma consciência individual, separada? Claro que não, pois tal coisa não existe.

Vamos nos atentar ao movimento da prece. Quando você ora com o coração, “Deus Se revela”, o que se mostra como se você fosse um indivíduo separado apelando para um  ser superior, um poder separado. Não importa! Na quietude da escuta silenciosa, algo acontece:

EU SOU TUDO, E NÃO HÁ NADA MAIS!

*

 

Ninguém Poderá Dizer “Eu Sou Deus” Por Você!

Quando a Bíblia diz que “o Reino de Deus está em nós”, que “o Espírito de Deus habita em nós”, e que “Jesus Cristo está em nós”, o sentido é simples e direto: DEUS É TUDO, INCLUSIVE QUEM SOMOS! Em vista disso, enquanto o “mundo do pai da mentira’” estiver atraindo  e encantando alguém, com suas crenças, dores e prazeres, a Verdade Pura, onipresente e perfeita, aparentará estar “oculta” ou “não manifestada”, enquanto uma ILUSÃO ficará sendo admitida, com seus “quadros hipnóticos” de bem e de mal!

Todos os reveladores da Verdade  repetiram o mesmo chamado: “Vinde a Mim”! Nele está implícito IR AO REINO, IR AO ESPÍRITO DE DEUS, IR A JESUS CRISTO, isto é, IR À UNIDADE PERFEITA! Não se trata, realmente, DE ALGUÉM IR A ALGUM LUGAR, mas sim, DE ALGUÉM SE PERCEBER ESTANDO NA UNIDADE PERFEITA,  fato eterno e inquebrantável, sustentado pela Verdade de que DEUS É TUDO!

Em suas obras, Joseph Murphy diz o seguinte: “Ninguém poderá dizer ‘EU SOU DEUS’ por VOCÊ ou em SEU LUGAR”. Você tem sua MORADIA EXCLUSIVA EM DEUS, e SOMENTE VOCÊ poderá “tomar posse consciente dela”, reconhecendo-a e identificando-a como sendo SUA!

“A mente carnal é a inimizade contra Deus”, disse Paulo. Vem dela a “sugestão hipnótica” de que os vícios, os erros, os prazeres carnais, sejam as “melhores coisas da vida”, e não a COMUNHÃO COM DEUS!  E neste entendimento errôneo, as práticas espirituais ficam relegadas a quinto plano, enquanto a “mente carnal” comemora, por ter prendido “mais um” em seu “mundo do pai da mentira, mundo que, segundo João, “jaz inteiro no maligno”!

“Como posso dizer que EU SOU DEUS, vivendo como vivo,  preso aos prazeres mundanos?”. O desconhecimento da Lei  Mental, “semelhante atrai semelhante”, faz com que alguém iludido pelo mundo justifique, COM PERGUNTAS DESSE TIPO, sua ilusória permanência nele! Se alguém se vê em adultério, ou em quaisquer outras praticas que o inibam ou impeçam de afirmar: EU SOU DEUS,  mais do que nunca deverá CONTEMPLAR A VERDADE DE “SER DEUS” com CONVICÇÃO MÁXIMA, a ponto de “SUBIR AO PAI” E ENXERGAR ESTA VERDADE EM SEU PRÓPRIO SER! NÃO DEVE, JÁMAIS, DEIXAR A VERDADE DE LADO POR ENDOSSAR  A ACUSADORA E FALSA MENTE CARNAL!

Mesmo que PAREÇA não adiantar em nada, esta PRÁTICA CONTEMPLATIVA ABSOLUTA não lhe voltará vazia, alterando,  contínua e diariamente a sua FREQUÊNCIA MENTAL; com isso,  naturalmente o suposto “mundo de aparências” se modificará, “atraindo” pessoas e fatos  de frequência semelhante.

O FATO É QUE DEUS É TUDO! DEUS É QUEM SOMOS, ESTEJAMOS OU NÃO CONCORDANDO COM ISTO! JAMAIS “FILHO DE DEUS” ESTEVE EM MUNDO DE DOIS PODERES!

SEJAM QUAIS FOREM AS ALEGAÇÕES DO “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”, afirme, com todas as letras, a Verdade: “EU SOU DEUS”!

DEDIQUE-SE PLENAMENTE A ESTE RECONHECIMENTO ILUMINADO E VERDADEIRO, SEM VIVER SE AVALIANDO “PELA CARNE”!  DESSE MODO, A VERDADE O LIBERTARÁ!

*

O Cristo É, Exatamente Agora, Tudo Em Você!

“Se alguém está em Cristo, nova criatura é: passou o que era velho e se fez nova!”

2 Cor. 5:17

O apóstolo Paulo, declarando que “O CRISTO É TUDO EM TODOS” (Col. 3: 11), deixou bem claro que somos a Presença de Deus sem o menor resquício de “natureza carnal”. A revelação explica que NÃO HÁ NENHUM SER HUMANO NASCIDO NA MATÉRIA, E QUE SEJA REALIDADE EM NÓS!

Jesus, vendo a todos como DEUSES, endossava a VERDADE ABSOLUTA  de que, através do Cristo que somos, formamos Deus numa UNIDADE PERFEITA! Infelizmente, esta Verdade não foi passada à humanidade, e a maioria continuou se vendo como “pessoa carnal”, negando completamente a própria natureza espiritual de sua identidade divina!

“Se alguém está em Cristo, nova criatura é: passou o que era velho e se fez nova!”. Esta palavra “nova” foi usada para diferenciar o SER REAL que somos da “velha ilusão” de que “nascemos de humanos” em mundo material. O “Cristo” não é, portanto, NOVA CRIATURA, mas sim A ETERNA IDENTIDADE DE TODOS NÓS, razão pela qual assim disse Jesus: “E VÓS também testificareis, pois, ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”.

Por que a humanidade dá tão pouca relevância a esta tremenda Verdade? POR ESTAR HIPNOTIZADA! O papel das mensagens sobre as revelações absolutas engloba, também, o não menos importante objetivo de “DESTRUIR ESTE EFEITO HIPNÓTICO”!

Quando Paulo diz que, ESTANDO EM CRISTO, “passou a velha criatura e se fez nova”, o sentido absoluto é este: SOMENTE SOMOS O CRISTO, AQUI E AGORA! FOI-SE A CRENÇA ILUSÓRIA DE QUE FÔSSEMOS “CARNAIS”!

A aceitação incondicional de que SOMOS O CRISTO, deve ser o FOCO a ser mantido! Para isso, as CONTEMPLAÇÕES ABSOLUTAS devem ser feitas a partir da TOTALIDADE DE DEUS, INCLUSIVE COM DEUS SE EVIDENCIANDO COMO A TOTALIDADE DO CRISTO QUE SOMOS!

“NÃO SOU MAIS EU! O CRISTO constitui O SER QUE EU SOU!”. Tomando por tema contemplativo esta Verdade, que também foi vivenciada por Paulo, estaremos ENDOSSANDO A DIVINDADE CRÍSTICA QUE SOMOS, E DESFAZENDO A “HIPNOSE DE MASSA” – que há milênios, sugere à humanidade A CRENÇA FRAUDULENTA DE que somos “carnais mortais”!

GRAVE BEM: JAMAIS VOCÊ SERÁ “UM DIA” O CRISTO, A NÃO SER QUE AFIRME E CONFIRME ESTA VERDADE AGORA: “O CRISTO É TUDO EM MIM”!

*

“Apertado É O Caminho Que Leva à Vida!”

“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”

Mateus 7: 13,14.

A impressionante identificação hipnótica feita com a “matéria”, e com “corpo material”, que é falsa e enganadora, REQUER PROVIDÊNCIAS DRÁSTICAS de alguém que realmente deseje e se interesse por se livrar deste tremendo cativeiro de crenças!

“Eu Sou o Alfa; Eu Sou o Ômega” – Assim Deus nos é revelado pelo livro do Apocalipse. “Entrai pela porta estreita”, disse Jesus. E disse também: “Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e assaltantes; porém as ovelhas não os ouviram. Eu Sou a porta. Qualquer pessoa que entrar por mim, será salva. Entrará e sairá; e encontrará pastagem. O ladrão não vem, senão para roubar, matar e destruir. Eu vim para que as ovelhas tenham vida, e vida em plenitude” (João 10: 9-10).

Aceitar que “EU SOU” é a Onipresença da UNIDADE PERFEITA, é o que traz a cada FILHO DE DEUS o cumprimento da oração de Jesus, “para que todos sejam um”! O “espaçoso caminho que conduz à perdição” é o caminho dos “muitos”, por negar a TOTALIDADE DO UNO e endossar que estes “muitos” sejam vidas reais, carnais e apartadas de Deus.

Assim como as “muitas ilhas” se revelam como “terra una”, se deixarmos de considerar o mar, somos todos o “Corpo do Cristo”, vistos em nossa existência real e absoluta. Para isso, ACEITAR A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO REQUER IMEDIATA E DIRETA ADMISSÃO DE QUE “EU SOU O CAMINHO ESTREITO”.

Qualquer pessoa que entrar por MIM, será salva. Entrará e sairá; e encontrará pastagem”.  Cada um terá de PARTIR DE SI MESMO, DO CRISTO CÓSMICO ILUMINADO E IMACULADO QUE É,  DO PAI INFINITO INDIVIDUALIZADO COMO SEU PRÓPRIO FILHO! 

Esta Verdade Absoluta PRECISA SER AFIRMADA COM VIGOR E ASSIDUIDADE, BEM COMO SER “CONTEMPLADA E TESTIFICADA POR DEUS” – o Eu Sou infinito e Onipresente –  ATRAVÉS DA “PRÁTICA DO SILÊNCIO”. Além disso, a CRENÇA EM “MUITOS” DEVE SER DECIDIDAMENTE TROCADA PELA VERDADE de que “SOMOS TODOS UM”!

*

 

A Verdade Revelada: “Cristo É Agora Tudo Em Você”!

Quando algum revelador da Verdade afirma sua natureza real e divina, como, por exemplo,  se deu com Jesus, ao dizer: “EU SOU A VERDADE”, a primeira coisa que devemos perceber, é estar ele se referindo ao  “EU SOU” que TODOS SOMOS! Não há DEUS nenhum sendo a Verdade  só como Jesus, enquanto todos os demais estejam sendo A MENTIRA! DEUS É TUDO!

Já houve esta conversa com um evangélico, que assim me disse: “Só Jesus Cristo é a Verdade!”; porém, calou-se quando perguntei a  ele: “Quer dizer que VOCÊ É A MENTIRA?”

Jesus é a Verdade que TODOS SOMOS na “Unidade Perfeita”, e NUNCA “NESTE MUNDO”! “Vim ao mundo para dar testemunho da Verdade” – disse Jesus. E quando o fez, dizia ser a Verdade sobre ele e sobre nós! “EU SOU A LUZ DO MUNDO”, “VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO”, “EU NÃO SOU DESTE MUNDO”, “VÓS NÃO SOIS DESTE MUNDO”! 

É MUITA CEGUEIRA ESPIRITUAL ALGUÉM SE DIZER CRISTÃO SEM SE ENQUADRAR NAS VERDADES UNIVERSAIS EXPOSTAS POR JESUS!

“Que é a Verdade?” – perguntou Pilatos a Jesus! E sua resposta foi ficar em silêncio! SÓ ENTENDENDO O SILÊNCIO PODERIA PILATOS SABER O QUE É A VERDADE! SE LHE FOSSE DITO: “A VERDADE É QUE VOCÊ É DEUS!”, ELE NADA ENTENDERIA!

ATÉ HOJE, A MAIORIA NADA ENTENDEU!  CONTINUA NO ILUSÓRIO “REFERENCIAL DO MUNDO”; CONTINUA SE “JULGANDO PELA CARNE”; CONTINUA SE ACHANDO  MUTÁVEL E PERFECTÍVEL, ENQUANTO O EVANGELHO ENSINA QUE ESTA “CRENÇA EM SER HUMANO” PRECISA SER NEGADA, PARA QUE A VERDADE, “CRISTO É TUDO EM TODOS”, POSSA SER CONHECIDA E PERCEBIDA!

Estas considerações estão sendo feitas para que HAJA A SUA ADMISSÃO DO CRISTO COMO A VERDADE QUE VOCÊ AGORA É! Jamais alguém esteve sendo “carnal apartado de Deus”! Não há “seres mutáveis” ou “perfectíveis” na Onipresença!

MEDITE E CONTEMPLE A OBRA DIVINA E PERMANENTE QUE VOCÊ, COMO O CRISTO,  AGORA É! RECONHEÇA E SE IDENTIFIQUE  COM A VERDADE QUE VOCÊ É!

*

Tire Do Caminho O Ilusório “Eu Nascido”!

 

Enquanto as multidões se maravilhavam com as “curas milagrosas de Jesus”, o próprio Jesus dizia: “Eu, de mim mesmo, nada faço; o Pai em mim faz as obras”! DAVA A RECEITA DO SUCESSO E DA FELICIDADE, tão almejados pela humanidade,  e que reside na NEGAÇÃO DO ILUSÓRIO “EU NASCIDO”!

Evangelho é seguido corretamente quando corporificamos, em nós mesmos, as declarações de Jesus. Suas obras eram todas “obras do Pai” e não dele próprio! Em João 12: 44, encontramos: “Quem crê em mim, crê não em mim, MAS NAQUELE QUE ME ENVIOU!”.

Foi nesse sentido que assim disse Jesus: “Se quer vir após mim, NEGUE-SE A SI MESMO, tome a sua cruz, venha e me siga!”.

NEGAR-SE A SI MESMO significa PERCEBER-SE COMO AUTOEXPRESSÃO DO PAI, sem jamais se identificar com um ilusório “eu nascido”.

NEGAR-SE A SI MESMO significa PERCEBER-SE NA ONIAÇÃO DO PAI, QUE SE INDIVIDUALIZA COMO O CRISTO QUE SOMOS!

Quanto mais reconhecermos estas Verdades, menos nos iludiremos com as crenças do mundo que, cega e erroneamente, acreditam em “eu nascido e  seus feitos”. O “DESPOJAMENTO DO VELHO HOMEM E SEUS FEITOS” SINTETIZA O “NEGAR-SE A SI MESMO”, E EXPLICA A GRAÇA EM LUGAR DAS  FALSAS CRENÇAS EM CARMAS E PECADOS!

Baseando-se na DOUTRINA PERFEITA, revelada pelo Pai, Jesus se recusava a dar crédito a “carnais”, vendo em SI MESMO a Fonte da Vida, e, igualmente, vendo em todos, a mesma Fonte. Esta Visão iluminada lhe dava autoridade para declarar: “São-te perdoados os teus pecados!” Mas, o que realmente acontecia, era a livre manifestação de sua Consciência Crística, NEGANDO O PECADOR PELA VERDADE DE SER ELE O CRISTO!

Mary Baker Eddy assim disse: “Tudo que eu tenho conseguido, eu fiz tirando a Mary do caminho e deixando Deus ser refletido. Quando eu alcançava este tom, o doente ficava curado sem uma única palavra!”.

Não há verdade em supostas “personalidades humanas”! DEUS É TUDO, E PRECISAMOS NOS RENDER  INTEGRALMENTE A ESTA VERDADE ABSOLUTA, COM ENTUSIASMO, DEDICAÇÃO E ALEGRIA!

De que modo? NEGANDO-NOS A NÓS MESMOS COMO CARNAIS, E CONTEMPLANDO A NOSSA EXISTÊNCIA COMO PERMANENTE “OBRA PERFEITA DE DEUS” – UMA COM DEUS!

*

Magnetismo Animal-19

19

Uma Experiência Conturbada (II)

É necessário que morra o velho conceito, para ser aberto espaço para o novo. Dois estados mentais não podem ocupar a mesma consciência ao mesmo tempo. E assim, quando o desencanto com as ilusões mortais acontece, devemos nos levantar e confiar plenamente em Deus para restabelecer a harmonia, pois Ele não nos abandonará. Nestas ocasiões devemos orar, pois somente a oração nos livrará das profundezas das trevas mentais.

À medida que lemos, oramos e esperamos em Deus, começamos a encontrar, em nós mesmos, uma capacidade espiritual que nem sabíamos que tínhamos. Uma torrente de ideias espirituais nos leva a novos vislumbres de luz a respeito de Deus e do homem. As ideias de Deus renovam a consciência quando o “velho homem” é expulso e o Eu real se revela. Mudamos da fé para a compreensão.

Através destas provações, o magnetismo animal é extraído da consciência. Sua influência nos atinge cada vez menos. Se tentar entrar no pensamento espiritualizado, sua presença ofensiva é tão contrastante com a atmosfera mental purificada, que pode ser imediatamente detectado e rejeitado.

Quando o erro é rejeitado muitas vezes, cessará de argumentar e nos deixará. E assim provamos nosso domínio sobre ele.

Continua no próximo domingo..>

Magnetismo Animal-17

17

Os Efeitos De Cura Da Oração

Através do nosso trabalho diário, constatando a totalidade de Deus e a perfeição do homem, rejeitando constantemente as sugestões hipnóticas generalizadas do magnetismo animal, lançamos o fundamento espiritual na consciência, o qual cura as muitas crenças universais que pretendem afetar a vida de cada um de nós: falta, discórdia, relacionamentos desarmoniosos, perda do sentido de direção e de identidade corretas, materialismo, inteligência e oportunidade limitadas, idade, doença, sensualismo, medo do futuro, falsos traços de caráter, talentos e habilidades frustradas.

Quando doença, dor, acidente, desemprego, discórdia, solidão, pesar, confusão – qualquer reivindicação específica do mal – tenta se manifestar em nossa experiência, estamos preparados para superá-la. Rejeitando-a mentalmente com vigor, e afirmando a Verdade em seu lugar, podemos lutar contra o erro até que realmente cesse de nos mesmerizar e dissolva-se no nada. A mudança mental pode ser sentida distintamente. A crença mortal não está mais lá. Nossa mente está livre dela. A cura acontece. Assim, provamos que o mal é nada. Algumas vezes sabemos que estamos curando antes que haja alguma evidência visível.

Em “Mensagens para 1901”, lemos: “O Amor divino atravessa o escuro caminho do pecado, da doença e da morte com a justiça de Cristo – a expiação de Cristo, pela qual o bem destrói o mal – e a vitória sobre o eu mortal, a doença, o pecado e a morte, se consegue segundo o modelo mostrado no monte. Isto é elaborar nossa própria salvação, porque Deus trabalha conosco até que nada reste que mereça perecer ou ser punido, e emergimos suavemente para a Vida eterna. Isto é o que exigem as Escrituras – fé que corresponda com as obras.” (p.10: 20-29)

Estes trabalhos espirituais não se desdobram sempre do mesmo modo. Algumas curas acontecem rapidamente, sem esforço, até instantaneamente. Outras acontecem devagar, à medida que emergimos para fora das crenças mortais persistentes. Alguns problemas parecem quase inatingíveis pelo nosso trabalho. Nestes casos, devemos desviar a nossa atenção da evidência material e tentar compreender Deus mais profundamente. Se não cedermos ao desânimo, alcançaremos um ponto culminante e o problema ou desaparecerá subitamente ou gradualmente perderá o domínio e se dissolverá.

Em certos casos, o mal fica enraivecido com nossa luta para nos libertar e lutará para intensificar a discórdia em nossa experiência. Se isso acontece, o mal está definitivamente sentindo os efeitos de nosso trabalho. Se continuamos a trabalhar, sem receio das tentativas do mal em nos desanimar, ele desistirá e desaparecerá. Então se segue uma grande espiritualização do pensamento e a cura acontece.

Precisamos compreender a perturbação que este trabalho de oração traz ao nosso pensamento. Antes de detectar o magnetismo animal em nossa consciência, precisamos compreender que nossa mente contém uma certa estrutura de pensamento que consiste em nossa identidade humana e forma de vida. Este estado mental contém uma grande porcentagem de crenças mortais através das quais o magnetismo animal controla nossa consciência e nossa vida. Estamos acostumados a esta atmosfera mental e nela vivemos sem esforço.

Quando começamos a orar cientificamente, desafiamos o magnetismo animal e isto é uma ameaça ao seu domínio em nossa consciência. Quando a influência mesmérica do mal é descoberta, fica muito agitada e resiste à sua própria destruição. Nossos problemas podem se tornar maiores; novas tentações nos cercarão; velhas tentações ressurgirão.

Este próprio período de dificuldades indica que nosso trabalho metafísico está fazendo efeito. Nossas orações estão causando uma quimicalização na consciência. O mesmerismo está sendo destruído. Se continuarmos sem medo destes desafios, romperemos as barreiras do sentido mortal e adentraremos numa compreensão maior de Deus. Esta espiritualização do pensamento renovará nossa vida, trazendo cura e regeneração.

Este trabalho de cura anula primeiro as formas mais óbvias de discórdia em nossa vida. Depois alcança mais profundamente o âmago da consciência e dissolve as formas mais crônicas de erro. Tem um efeito regenerador em toda a estrutura do pensamento.

Continua no próximo domingo…>

 

“Por Que Estais Ociosos”?

A crença de que “viver sem fazer nada” é a maior das maravilhas é o oposto da Verdade. O ditado popular confirma isso, dizendo: “A mente desocupada é oficina do diabo”. Há pessoas que reclamam de tudo, e só têm por meta se aposentar e “encostar o corpo”, sem saber que agem contrárias à natureza real da vida!

Ideias úteis  para “fazer alguma coisa”  sempre jorram à mente de quem medita e reconhece sua UNIDADE COM DEUS. Nesse sentido, assim disse Jesus: “Meu Pai trabalha até hoje, e eu trabalho também!”. Tanto faz se este trabalho venha a ser “remunerado ou não”, aos olhos do mundo!

Em Mateus 20: 6,7, está escrito: “Por que estais ociosos? Ide também para a Vinha!”. 

As ideias inspiradas precisam ser postas na prática, e sempre seguindo dedicadas meditações! Tudo que aparentemente é uma “atividade humana”, reflete, na verdade, um objetivo espiritual. Precisamos “ter olhos para ver” o que Deus faz, em lugar de somente ficarmos avaliando os acontecimentos como eles se mostram à mente humana!

Se alguém buscar “fazer algo”, após ter meditado, aquela ação será “sem dono humano”, muito embora aos sentidos mortais assim possa parecer! A percepção de que “o Pai em MIM faz as obras” deve ser contínua em nós, para que nos vejamos na ONIAÇÃO e não no MUNDO!  A energia e a alegria de “fazermos algo” decorre desta percepção do Pai em nós! Por outro lado, aquele que realiza algo por necessidade, ou por obrigação, não sente esse tipo de alegria, por estar convicto de que USA SUA PRÓPRIA FORÇA OU CAPACIDADE! Pura ILUSÃO! “Sem MIM, nada podeis fazer”, disse Jesus. Declarava uma Verdade Absoluta!

Suponhamos que alguém esteja ocioso, e lhe chegue à mente a ideia de comprar e levar pães a uma casa de repouso para idosos. Caso ele tenha tido tal ideia, NÃO FOI POR ACASO! Não importa se ela pareça banal ou insignificante, porque o que está “oculto” é o valor espiritual que aquela ação refletirá, se for executada! Na execução da ideia, desde os primeiros até os últimos passos, a pessoa terá passado por vários lugares, visto e até falado com diversas pessoas, inclusive desconhecidas, e, quando os pães forem entregues, serão vistos como “expedientes” para que todas as atividades provocadas por eles pudessem ter ocorrido . Humanamente, é impossível saber o que está por trás delas!

A vida é atividade, e a alegria de estarmos ativos provém deste conhecimento posto na prática!

Após meditar, esteja atento às ideias recebidas! Marque-as, selecione as melhores e as ponha em prática! Com isto, a Oniação se refletirá também como “suprimento visível”, seja através de nós ao próximo, seja através do próximo a nós! NÃO EXISTE DEUS OCIOSO, NEM FILHO DE DEUS OCIOSO! POR ISSO, DISSE JESUS EM SUA PARÁBOLA: “IDE TAMBÉM PARA A VINHA!”

*

O Maior Mandamento!

 
       .

“Não terás nenhuma mente ou consciência além de Mim”. “Que toda a terra se cale diante d’Ele” (Habacuque 2:20) A crença religiosa, aceita hoje, é de que pela evolução – regeneração, evangelização, transformação – a mente ou consciência humana será transmutada em Divina. Nada poderia distar mais da Verdade. Não há nenhuma existência, senão a Totalidade do Único.  Assim, eis o caminho: EU SOU O ÚNICO.

O ensinamento penetrante e pernicioso, de que alguém deva colocar pensamentos corretos em sua mente humana, não será mais tolerado por quem estiver desperto para o alerta espiritual de que “tu não terás nenhuma mente ou consciência além de mim”. Logicamente, este “MIM” se refere à Mente Divina e à Consciência que é Deus. E esta dispensa toda melhoria ou mudança, mas é Perfeita e Completa sempre.    

Acredita-se que, pelo aperfeiçoar da mente pessoal, que finalmente chega-se à posse da Mente Divina. Remendar vestidos velhos (mente) ou encher odres Velhos (consciência) com vinho novo (pensamento correto) não é o caminho (Mateus 9:16–17). Somente pelo abandono destas crenças e aceitação de que a Mente Divina é a única Mente de alguém, poderá ele saber o que é a Verdade, bem como experienciá-la.

A crença de que somos a Mente Divina por reflexo é inverídica. Apenas de um modo a Mente Divina é a nossa: por Virtude da Identidade. Somente um Ser, um “Eu”, existe; e não pode existir outro ser, ou eu, para poder refleti-lo.     

“Confia no Senhor (a única Mente) de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio (pessoal) entendimento” (Provérbios 3:5). “Firme está o meu coração ó Deus, o meu coração está firme, cantarei e entoarei louvores” (Salmo 57:7).

Quando alguém considera o coração como o caminho à Luz e à Revelação espiritual – abandonando radicalmente as crenças e ensinamentos que nos identificam com um tipo pessoal ou humano de mente – logo passa a experienciar uma paz e um repouso que constituem plena satisfação.  Começa a notar a ausência do desejo de sempre continuar buscando mais, e de ficar se empenhando em lutar mais, deixando de lado inclusive o objetivo de querer aplicar ou demonstrar a Verdade. Ele passa a observar que os pensamentos conturbados são, agora, coisas do passado, por já existir adorável paz e sossego dentro do coração. Isto se dá sem trabalho ou esforço. Como se sobre ele subitamente se derramasse um enorme prazer ou uma graça maravilhosa. No coração há uma jubilosa atividade, semelhante ao zunido rítmico das abelhas, ao trinar dos pássaros ou ao som de crianças sorridentes. Um repentino ímpeto de alegria e de contentamento poderá ser sentido, pelo conhecimento de que o Todo é uma unidade, de que o próprio Todo, em Si, é a parte indivisível.      

Como homem, ninguém é capaz de ser uma lei de perfeição e imunidade para si mesmo, pois sua lei estaria necessariamente de acordo com a sua crença de possuir mente humana e pensamento imperfeito. Somente como a própria Mente Única, alguém poderá seguir em liberdade e imunidade. O Ser, a Percepção e a Manifestação são um — o próprio Um.

.

 

“Quando Tu Te Revelarás A Nós?”

Seus discípulos disseram: Quando Tu Te revelarás a nós e quando Te veremos?
Jesus disse: Quando vos despirdes sem vos envergonhardes e tomardes vossas vestes e, colocando-as sobre vossos pés, pisardes sobre elas como criancinhas, então (vereis) o filho daquele que vive e não tereis medo.

EVANGELHO DE TOMÉ

Um esplêndido Universo de Luz, habitado por iluminados “deuses”, aparentemente se mostra ausente ou oculto, fazendo com que “habitantes de uma ilusão” se mostrem fantasiados de “mortais nascidos” e, além disso,   “desejosos de conhecer a Verdade”.

No Evangelho de Tomé, encontramos os discípulos perguntando a Jesus: “Quando Tu Te revelarás a nós e quando Te veremos?”. Podemos imaginar a quantidade de vezes que a “mente em ilusão” aparentou existir e formular questões como estas! Por que não obtém respostas? Simples! AS RESPOSTAS SE MOSTRARÃO PRESENTES, E AS PERGUNTAS SE MOSTRARÃO AUSENTES, QUANDO ESTA “MENTE INDAGADORA”, SENDO RECONHECIDA COMO “NADA”, SUMIR EM SUA NULIDADE ORIGINÁRIA!

Jesus deu-lhes a seguinte resposta:  “Quando vos despirdes sem vos envergonhardes e tomardes vossas vestes e, colocando-as sobre vossos pés, pisardes sobre elas como criancinhas, então (vereis) o filho daquele que vive e não tereis medo”. Estava se referindo à “FANTASIA DE CARNAIS TEMPORAIS”, que ilude a humanidade no sentido de fazê-la crer que A TOTALIDADE DE DEUS, COM SEUS FILHOS ESPIRITUAIS E PERFEITOS,  JÁ NÃO ESTEJA SENDO EXPOSTA OU EVIDENCIADA, AQUI E AGORA!

Jamais poderia alguém HIPNOTIZADO enxergar O QUE ELE JÁ É, E ONDE ELE JÁ ESTÁ, se a “sugestão mental” recebida fosse a de ser ele um marciano vivendo no planeta Marte! TUDO SERIA VISTO TAL COMO É, BASTANDO SER DESFEITA A “SUGESTÃO  HIPNÓTICA”!

Ao nos revelar que “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E EXISTIMOS”, Paulo  estava nos vendo DESPIDOS DE NOSSAS ILUSÓRIAS VESTES CARNAIS! Quando Jesus revelou que “SOMOS DEUSES”, HABITANTES PERFEITOS DAS ALTITUDES CELESTES, estava nos vendo DESPIDOS DE NOSSAS ILUSÓRIAS VESTES CARNAIS, e a sua resposta, dada aos discípulos, foi neste sentido: O CRISTO A ELES SE REVELARIA, E, DESSE MODO, SERIA VISTO POR ELES, QUANDO ELES SE VISSEM – A SI MESMOS – DESPIDOS DE SUAS ILUSÓRIAS  VESTES CARNAIS!

DEUS É LUZ, E NÃO “CARNE”! DEUS É TUDO, E NÃO “QUASE TUDO”! AQUELE QUE “SE DESPOJAR DO VELHO HOMEM E SEUS FEITOS” SERÁ TESTEMUNHA DE QUE “TUDO JÁ ESTÁ FEITO”, ILUMINADO E PERFEITO. DESSE MODO, A SUPOSTA “MENTE QUE FAZ PERGUNTAS” FICARÁ REDUZIDA AO QUE SEMPRE ESTEVE SENDO: UMA ILUSÃO, PURO NADA!

 *

 

Povo De Coração Longe De “Mim”!

A ILUSÃO, diz a Seicho-no-ie, é o “oposto da Verdade”, e foi este o motivo pelo qual Buda revelou o Nirvana, dizendo que “este mundo é ilusão”, e Jesus revelou o Reino de Deus, dizendo ser “este mundo”  o mundo do “pai da mentira”!

A questão a ser encarada é a seguinte: IMPORTA ALGUÉM SE DIZER CRISTÃO, BUDISTA, METAFÍSICO, ESTUDANTE DA VERDADE, ACREDITANDO “NESTE MUNDO”, NO “OPOSTO DA VERDADE”?  Não há sentido algum! Ou esta questão é encarada a sério, de forma que se diga: “EU SOU DEUS, VIVENDO EM MEU REINO ONIPRESENTE”, ou a humanidade continuará HIPNOTIZADA PELA ILUSÃO,  se dizendo “espírita”, pentecostal”, “batista”, “presbiteriana”, “católica”, “carismática”, “adventista”, “esotérica”, “metafísica”, e mais um sem número de rótulos, SEM QUE O REINO DE DEUS, A REALIDADE ESPIRITUAL, RECEBA A ATENÇÃO DEVIDA!

Sob o “hipnotismo coletivo”, que SUGERE A TODOS a “existência” do “MUNDO INEXISTENTE”, vive, aparentemente, a maioria ACREDITANDO NA ILUSÃO! Que significa isto? SIGNIFICA DEIXAR DE DESFRUTAR O PARAÍSO PARA DESFRUTAR UM “SONHO”, UM “MUNDO HIPNÓTICO” , lotado de CRENÇAS SEM VERDADE, SEM DEUS, SEM REALIDADE!

QUE É O SUPOSTO “MUNDO MATERIAL”? UM TEATRO ILUSÓRIO, EXPONDO CONTINUAMENTE “PEÇAS FICTÍCIAS”, ORA BOAS, ORA MÁS!

Esta FARSA precisa ser desmantelada pela raiz! DE NADA ADIANTA ALGUÉM DIZER QUE “ACEITA A VERDADE” DE QUE “DEUS É TUDO”, SE DUVIDA DESTA VERDADE POR VIVER ENDOSSANDO A ILUSÃO CHAMADA “VIDA TERRENA”!

Grave bem: “VIDA TERRENA” É O OPOSTO DA VERDADE, o que, definido numa só palavra, é “NADA”! Que é o oásis visto no deserto por um andarilho alucinado? TAL OÁSIS É “NADA”!

O DESMANTELAMENTO DO “NADA” UNICAMENTE REQUER QUE NOS DEDIQUEMOS A RECONHECER “O NADA” COMO “NADA”!  Somente um “EFEITO  HIPNÓTICO” PODERIA EXPLICAR QUE HAJA CRENÇAS E MAIS CRENÇAS RELIGIOSAS sendo adotadas, sem que O MUNDO ILUSÓRIO fique reconhecido como ILUSÃO, ou como “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”!

“EU SOU O ALFA E O ÔMEGA” – revela DEUS! NADA HÁ AO LADO DE “MIM”!

Em Isaías, 29: 13, encontramos: “Por isso o Senhor disse: Pois que este povo se aproxima de mim, e com a sua boca e com os seus lábios me honra, mas tem afastado para longe de mim o seu coração, e o seu temor para comigo consiste em mandamentos de homens, aprendidos de cor”.

DEDIQUE-SE AO RECONHECIMENTO ESPECÍFICO DE QUE “DEUS E SEU REINO SÃO TUDO”, E QUE “VIDA MATERIAL” É “NADA”! ALÉM DISSO, LIBERTE-SE DE “MANDAMENTOS DE HOMENS”!

É DESSE MODO QUE A VERDADE É VISTA SENDO TUDO, E SENDO VOCÊ, ENQUANTO A MENTIRA É VISTA SENDO “NADA”!

A citação de Isaías, pela sua importância, foi  posteriormente também repetida ao povo por Jesus, quando  assim disse: Hipócritas! Bem profetizou Isaías sobre vós, denunciando: ‘Este povo me honra com os lábios, mas seu coração está longe de mim. Em vão me adoram; pois ensinam doutrinas que não passam de regras criadas por homens’” (Mt. 15: 7).

*

Magnetismo Animal-11

11

Como O Magnetismo Animal Impede A Oração

 A oração científica destrói o poder hipnótico do magnetismo animal. Como o mal é ativo, ele resiste à sua própria destruição em nossa consciência. Quando ele detecta que um despertar espiritual está acontecendo, ele tenta perpetuar seu domínio sobre nós, impedindo-nos de orar.
 
O antiCristo pode fazer isto de muitas formas. Por exemplo, pode preencher nossa vida com tantas atividades humanas, que não nos sobra tempo para orar. Esse envolvimento sem fim com o mundo é como um poço sem fundo. Cada minuto é preenchido com tarefas que precisam ser feitas. Ficamos pensando que assim que cumprirmos nossos compromissos nos dedicaremos à oração. O poço nunca seca. A urgência em nos manter em dia com os compromissos traz obrigações intermináveis, as quais, por sua vez, geram incessantes pressões, crises, conflitos e desvios. A imposição devoradora de muitas mentes nos separam da Mente única.
 
Esta é a mundanalidade na qual as coisas do mundo nos ocupam mais do que as coisas de Deus. Apesar de não haver nenhum mal em conexão com estas atividades, não satisfazem a necessidade por coisas espirituais. Jesus descreveu esta forma de materialismo na parábola acerca da semente lançada à beira do caminho. “O que foi semeado entre os espinhos é o que ouve a palavra, porém os cuidados do mundo e a fascinação das riquezas sufocam a palavra, e fica infrutífera.” (Mateus 13:22)
 
Um sacrifício a ser seriamente considerado é o mesmerismo que vem à guisa de escapismo – televisão, rádio, livros, filmes, revistas, compras, viagens e outros passatempos. Enquanto que os negócios podem ser o que preenche nosso tempo, a maior parte do escapismo de hoje parece a praga venenosa que sufoca a espiritualidade. Nada entorpece mais nossos sentidos espirituais do que a constante absorção em nossa consciência de manifestações do mal em todas as suas formas: sensuais, grosseiras, cruéis, sádicas e violentas, dramatizadas e minuciosamente descritas. Às vezes estas imagens ampliadas do antiCristo são impressas em nossa consciência tão vividamente que nos perseguem por anos. Elas incitam emoções negativas e intensificam a crença na matéria. Elas sugerem experiências e condições ímpias, nas quais nunca poderíamos pensar de outra maneira. Criam uma sementeira de problemas potenciais que nunca existiriam, se não fossem sugeridos ao pensamento tão graficamente à guisa de entretenimento. A espiritualidade não é muito comum no dia de hoje e esta qualidade  muito especial necessita ser cuidadosamente protegida, ternamente alimentada. Qualquer pessoa que tenha esta pureza de pensamento deve cuidar para que não seja perdida através dos argumentos do mal de que ela precisa absorver suas mentiras a fim de se distrair.
 
Se o estudante sério de Ciência Cristã vê através destes esquemas uma armadilha para impedi-lo de orar, e consegue obter tempo para Deus, então o mal tentará alcançá-lo disfarçado de bem. Algumas vezes até um eleito pode ser enganado.
 
Muitas vezes, quando uma pessoa está se esforçando para fazer um trabalho melhor na Ciência, alguma coisa material irresistível, com a qual ela sempre suspirou, surgirá em sua experiência – uma viagem, uma posição melhor, oportunidade de estudar numa faculdade, meios para construir uma nova casa ou ter um sítio – alguma coisa do mundo que ela não conseguiu desfrutar anteriormente.
 
Analisados superficialmente, tais incidentes parecem não estar relacionados ao nosso desejo de estudar Ciência Cristã, mas muitas vezes eles são engenhosamente elaborados para obstruir o progresso espiritual e nos deixar mais profundamente atolados no materialismo. O mal apresentando-se com aparência de bem não é somente sutil, mas tentador. Enquanto aguardamos o desdobramento do bem como resultado de nosso trabalho metafísico, precisamos julgar se a mudança proposta está trazendo progresso espiritual ou mais materialismo.
 
Se somos sinceros em nosso desejo de demonstrar mais da Consciência Crística, consideraremos cuidadosamente estas oportunidades para determinarmos se elas nos causam o adiamento da espiritualização do pensamento, por nos privar de tempo para estudo e oração, ou se elas nos abençoam, por proporcionar-nos mais tempo para fazer este trabalho sagrado.
 
Algumas vezes o magnetismo animal nos faz sentir tão confortáveis no materialismo que nos faz pensar que não temos necessidade de estudar e orar. Quando nossa vida diária vai bem, o mal parece estar fora, em algum outro lugar ou tempo e muito longe de nossa experiência. Sem desafios, nosso primeiro interesse pela Ciência Cristã esmorece. Os esforços para espiritualizar o pensamento diminuem. O progresso é nulo. A menos que estejamos alertas, chegamos a um ponto em que nossas orações não são mais tão eficazes quanto costumavam ser. Então constataremos que o mal exigiu de nós mais do que pudemos perceber.
 
Uma vez que nos tornamos cientes das muitas formas que o magnetismo animal trabalha para nos impedir de orar, podemos então defraudá-lo e pressioná-lo para adquirirmos domínio sobre ele.

Continua no próximo domingo..>

Magnetismo Animal-5

5

A Agressividade Do Magnetismo

Animal

A longa e difícil luta para elevar-nos acima do magnetismo animal nos induz a entrar em acordo com ele. A espiritualização do pensamento não é uma tarefa fácil. Ficamos sob o controle do magnetismo animal até que uma experiência desesperadora nos force a orar para vencê-lo, como última alternativa. A Sra. Eddy nos alerta: “Vigia e ora diariamente para que as sugestões do mal, seja qual for seu disfarce, não criem raízes em teu pensamento e nem produzam frutos.” (Miscellany p. 128: 30-32.)

Devemos argumentar contra o mal porque o antiCristo não é passivo ou inerte. É ativo. Sem dúvida, é agressivo! Age implacavelmente para mesmerizar com pecado e sofrimento a consciência humana. A crença de que o mal não nos atingirá se o ignorarmos, é autoengano. O mal dominará a consciência sempre que puder. A não ser que saibamos a diferença entre os pensamentos de Deus e as sugestões do mal, não estaremos suficientemente protegidos do mal.

O magnetismo animal é muito incoerente para nos influenciar. Ele não se anuncia nem pede licença para entrar em nossa mente. Ele secretamente nos mesmeriza através de argumentos silenciosos que vêm disfarçados como nossos próprios pensamentos. Esta ação depravada do mal na mente desprevenida esgota as energias mentais dela, paralisa a atividade da Consciência Crística, aprisiona a consciência em ilusões mortais e causa-lhe adoecer, envelhecer e morrer.

Vemos esta influência em toda parte em nossa experiência diária. Quando uma pessoa diz algo desagradável à outra, lá está o mal. Quando confusão, caos, medo e emoções perturbadoras estão controlando e tudo dá errado, lá está o mal. Quando há falta e limitação, o mal está agindo. Onde há mal entendido, onde domina o conflito, a frieza, a desconfiança e a indiferença, lá está a influência do mal. Onde pesar, desespero, frustração ou solidão clamam estar presentes, o mal está agindo. Onde ira, crítica, hipocrisia, ciúme, inveja, ressentimento, amargura ou egoísmo nos amargam a existência, o mal está tentando nos separar de Deus. Toda doença e enfermidade vem através das sugestões do mal. Problemas que parecem ser o resultado de condições fora de nosso controle – causa e efeito materiais, hereditariedade, ambiente, traços de caráter e emoções incontroláveis, ações de outras pessoas – se originam do magnetismo animal.

Encontramos o magnetismo animal em nossos relacionamentos, na educação e diversão que absorvemos, na manipulação psicológica usada para vender, ensinar, persuadir e controlar a mente desprevenida. O mal manifesta o mesmerismo de falta, ignorância, doença, discórdia e limitação na crença generalizada da existência mortal e material que preenche a consciência coletiva.

Os elementos mais perniciosos do mal são manifestados nas mais depravadas formas do comportamento humano: crueldade física e mental; domínio do forte sobre o fraco; vício de argumentação e luta irracionais; indiferença ao sofrimento dos outros; planos maliciosos, frios e calculados; difamação e calúnia que assassinam o caráter e a vida de outra pessoa; vulgaridade; comportamento grosseiro, rude e arrogante; perversão sexual; fúria; violência; crime; tortura; guerra. Embora estejamos inclinados a culpar aqueles que manifestam tais formas de magnetismo animal por suas más ações (e certamente eles são responsáveis por suas ações), ficamos mais científicos em nossa análise quando olhamos além das pessoas e reconhecemos que seus atos são o mal manifestado como comportamento mortal. Como marionetes, eles são controlados pelas manipulações mentais do mal.

Quando distinguimos por trás da discórdia humana, que diariamente desfila diante de nossos sentidos, as energias mentais agressivas do mal, podemos negá-lo com maior autoridade. Seu controle depende de sua habilidade em nos fazer acreditar em suas mentiras. Induz-nos a dar poder, lugar e realidade a estas mentiras, levando-nos a atribuí-las a nós mesmos e a outros.

Com a Ciência Cristã estamos capacitados a separar das pessoas ou circunstâncias as mentiras sutis do mal com o fim de resistir e anular sua atividade através da oração. A mente que não consente em ser hipnotizada, não pode ser hipnotizada. A mente que luta contra as sugestões do mal com a Verdade está livre e protegida de ser mesmerizada sem seu consentimento ou conhecimento.

Através da oração de afirmação e negação, podemos despojar as energias mentais agressivas do mal até termos domínio sobre elas. Elas cessarão de argumentar conosco à medida que, com a Verdade, resistimos vigorosamente.

Com este conhecimento, a cura espiritual não é mais um trabalho obscuro ou cura pela fé cega. O verdadeiro metafísico possui uma forma concreta de inteligência, tão real e distinta, como os princípios da matemática e da engenharia são para o engenheiro. Este conhecimento espiritual pode ser aplicado a qualquer sugestão hipnótica. Quando este trabalho de oração é realizado de forma apropriada e persistente, o indivíduo pode provar que o mal é nada. Não há forma de discórdia tão pronunciada ou sutil que possa escapar da destruição através deste método científico de oração, quando este método é compreendido. Quando a pessoa discerne, por trás de qualquer discórdia, a atividade mental do magnetismo animal, quando ela afirma a presença e o poder de Deus em seu lugar, a discórdia se dissolve e desaparece, a cura se manifesta e a saúde e a harmonia prevalecem.

Continua no próximo domingo ..>

Sobrepuje Todas As “Tentações No Deserto”!

 

Diante das “tentações no deserto”, vivenciadas por Jesus, o seu domínio sobre elas prevaleceu quando disse ele: “Está escrito: somente adorarás o Senhor Teu Deus”. O “deserto de tentações” nada mais é, senão a MENTE CARNAL NOS SUGERINDO SUA ILUSÃO DE VIDA TERRENA,  SOB DIVERSOS “ATRATIVOS ” OU EMBUSTES!

Quando Satanás  exibiu a Jesus o seu “mundo do pai da mentira”, dizendo que TODO ELE lhe seria dado, caso ele  o adorasse, todo o “vapor ilusório” desapareceu em seu “nada originário”, em virtude da admissão plena e consciente da Verdade por Jesus declarada: UNICAMENTE DEUS É REALIDADE!

O Conhecimento Perfeito não entra em acordo com ensinamentos dualistas, e, portanto, falsos! DEUS É TUDO, E DEUS É QUEM SOMOS, UMA VEZ QUE A EXPERIÊNCIA DE SER É DIVINA E ONIPRESENTE! Esta Verdade terá de ser aceita de modo completo,  pois, como disse Jesus: “Não podeis servir a dois senhores”!  Sua resposta à “tentação” de “ter mundo material” foi radical, não reconhecendo nem aceitando nada dele! SOMENTE ASSIM, A TOTALIDADE DE DEUS poderá ser reconhecida, percebida e vivenciada! “SOMENTE ADORARÁS O SENHOR TEU DEUS!”.

“Adorar o Senhor Teu Deus” significa fazer o “juízo justo: O FILHO SE HONRAR COMO HONRA O PAI, percebendo que O PAI É TUDO AQUILO QUE SE EVIDENCIA COMO CADA FILHO! Esta atitude radical anula o falso “juízo pelas aparências”, ou “juízo pela carne”, uma vez que expõe à luz a Verdade de que ESTAMOS NO REINO DE DEUS COMO EXPRESSÕES INDIVIDUALIZADAS DO PRÓPRIO DEUS, QUE É ÚNICO E É TUDO!

Vernon Howard disse o seguinte: “O homem tem medo porque suspeita não ser as imagens falsas que construiu a respeito de si mesmo. Na realidade, ele não é nenhuma dessas imagens falsas, mas quer acreditar que é. Todo o medo interior se baseia na tentativa de acreditar que a ilusão é realidade”.

O “homem natural” é a irrealidade que aparenta existir, mas que não existe! Sendo “imagem falsa”, movida pela ilusória “mente carnal”, resiste o quanto lhe for possível, para acreditar ser a ilusão realidade! Todos os reveladores da Verdade propagaram a inexistência de tal suposta criatura hipnótica! Quando as revelações são trazidas, é quando ele precisa ser EXPULSO com o vigor da Onipotência, para que, sumindo, leve junto dele  todas as argumentações da mente carnal, que buscam dar-lhe qualquer “sentido de vida” ou de “existência”.

Que lhe fique bem claro: toda e qualquer “personalidade humana”, além de NÃO SER QUEM VOCÊ É, fará de tudo para evitar que VOCÊ RECONHEÇA O CRISTO SENDO A VERDADE E A VIDA QUE VOCÊ JÁ É! E um de seus recursos, é o de lhe conduzir a ensinamentos relativos, que NEGAM A VERDADE NO AGORA, E DEIXAM-NO COM MERA “IMPRESSÃO” DE ESTAR CONHECENDO A VERDADE A CADA DIA! “AFASTA-TE, SATANÁS!”

O CRISTO É AGORA TUDO EM VOCÊ! Jamais medite para que esta Verdade VENHA A SER QUEM VOCÊ É! Medite simplesmente para ADORAR O SENHOR TEU DEUS, POR ESTAR SENDO O FILHO QUE VOCÊ É, POR ESTAR SENDO UM COM VOCÊ, E, PORTANTO, ESTAR SENDO O CRISTO QUE É VOCÊ!

ESTA É A VERDADE ABSOLUTA QUE O DEIXA IMUNE “A TODAS AS TENTAÇÕES NO DESERTO”!

*

Abolindo A Crença Em Tempo Futuro

As mensagens da Verdade Absoluta devem ser entendidas como revelações de FATOS DESTE AGORA!.O apóstolo Paulo, por exemplo, quando não pregava “leite”, mas “manjar sólido”, não dizia que “em Deus VIVEREMOS”; dizia que “em Deus VIVEMOS ”. Não dizia que “em Deus TEREMOS o nosso ser”; dizia que “em Deus TEMOS o nosso ser”.

De nada adianta lermos revelações do AGORA, colocando-as como para tempo futuro! É o que fazem aqueles que dizem “estudar a Verdade” lendo ensinamentos futuristas! Ensinamentos que falam em “estágios de consciência”, em “conscientização da Verdade”, em “evolução”, em “progresso espiritual”, e outros desvios mais!

VOCÊ É A VERDADE AGORA! VOCÊ É DEUS SENDO VOCÊ AGORA! UNICAJMENTE O QUE DEUS VÊ, É REALIDADE! E A REALIDADE VISTA POR DEUS É QUE SUAS OBRAS SÃO PERMANENTES!

Dê início às suas “contemplações da Verdade” sempre se vendo como Consciência Iluminada! Não há sentido algum em acreditar em “mente em ilusão” dizendo “contemplar a Verdade”. Também nesta revelação, Paulo não usou futuro, dizendo: “Tereis a Mente de Cristo”. Declarou esta Verdade no AGORA: “TEMOS A MENTE DE CRISTO”! (i Cor. 2: 16).

Sempre eu tenho alertado que “ensinamentos relativos” ou “dualistas” passam princípios com uma das mãos, e os tiram com a outra! Pregam, por exemplo, que SOMENTE EXISTE O AGORA, enquanto falam que “UM DIA” ISTO SERÁ PERCEBIDO! Volta e meia, crenças já desarraigadas e esquecidas, são novamente trazidas à lembrança por eles! E seus seguidores, que já deveriam estar identificados com o SER EM DEUS QUE SÃO, voltam à mesmice ilusória de antes, por se verem tratados como “humanos em vida terrena”, sempre “conscientizando” a Verdade! 

A mulher de Ló virou “estátua de sal”, por ter desobedecido a instrução no sentido de “não olhar para trás”. Enquanto estes ensinamentos não forem sumariamente descartados, a dualidade só fará achar um “ego se achando Deus”, em vez de ser achado um DEUS “ANULADOR DE EGOS”.

Lembre-se: VOCÊ É DEUS REVELADO!

*

Corpo Real, Sombra Do Corpo E Medicamentos…-1-

– 1 –

Sempre há alguém perguntando se “quem trata do corpo pela Metafísica” deve abandonar todo assim chamado “tratamento material”, e há, também, quem pergunte “se basta alguém deixar de usar remédios” para se ver curado.

A prática correta da Metafísica requer conhecimento, confiança plena neste conhecimento, e, depende de “como alguém se sente”, diante de seus princípios, isto é, depende de cada um, por depender de como alguém reage diante da Verdade conhecida.

O CORPO REAL DE TODOS NÓS É DEUS! NÃO NASCE, NÃO MUDA, NÃO ADOECE, NÃO ENVELHECE NEM TOMA REMÉDIOS E, PORTANTO, JAMAIS PODE SER CURADO! POR ISSO, NOS ARTIGOS SOBRE O CORPO, A PALAVRA É GRAFADA COM “C” MAIÚSCULO!

“SEM O VERBO, DEUS, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ!” ESTE É O PRINCÍPIO ABSOLUTO  E BÍBLICO EM QUE A METAFÍSICA ABSOLUTA SE FUNDAMENTA! DEUS É TUDO, E, PORTANTO, NOSSO CORPO É DEUS, OU, COMO DIZ A BÍBLIA, É O “TEMPLO DE DEUS”! COMO DEUS É TUDO, E COMO SOMOS “UM COM DEUS”, A VERDADE ABSOLUTA É A SEGUINTE: O CORPO DE DEUS É O NOSSO CORPO  VERDADEIRO!

Que seria o chamado “corpo carnal”? Poderia ser o NOSSO CORPO? Não! Nunca foi, NÃO É, nem será jamais! Uma “SOMBRA”, supostamente de carne e ossos, APARENTA se projetar à SENSIBILIDADE DA ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”, e, como a humanidade desconhece que esta “mente é ilusória”, acredita em tudo que “APARECE” em seu “CENÁRIO HIPNÓTICO”,  como se fossem existências reais! Aa humanidade ACREDITA PIAMENTE NAS “SOMBRAS FENOMÊNICAS”, supostamente “VISÍVEIS”, e DESACREDITA DA VERDADE, que é a revelação de que DEUS É TUDO,  SENDO O NOSSO MUNDO, O NOSSO CRISTO, O NOSSO CORPO, E TUDO MAIS QUE NOS DIGA RESPEITO! POR ISSO, SOMOS FILHOS DE DEUS, SOMOS UM COM DEUS, E SOMOS DEUS!

Além desta VERDADE ABSOLUTA, assim nos disse Jesus: “CRÊ, SOMENTE, E SEJA-TE FEITO CONFORME CRESTE”!  Que papel exerce esta instrução?  SOMENTE EXERCE FUNÇÃO SOBRE AS “CRENÇAS  FALSAS COLETIVAS”, QUE ACREDITAM QUE “SOMOS SOMBRAS” E NÃO QUE “SOMOS DEUS”!

Como as CRENÇAS SÃO TODAS FALSIDADES, PORQUE A REALIDADE É UNICAMENTE A PERFEIÇÃO DAS “OBRAS PERMANENTES DE DEUS”, E CADA UM, VISTO PELOS “OLHOS DA VERDADE”, É UMA DELAS, assim como é sempre divulgado pelas postagens do FACHO DE LUZ, Jesus explicava COMO DEVEMOS PROCEDER,  diante destas CRENÇAS! 

Sendo VOCÊ possuidor de um CORPO QUE É FEITO DO VERBO DE DEUS, deve, VOCÊ, acreditar NELE, e nunca na “SOMBRA DE CARNE E OSSOS” VISTA E SUGERIDA PELA “MENTE CARNAL”.  Com “mente carnal”, os discípulos viam, APARENTEMENTE, até um JESUS DE CARNE E OSSOS!  Porém, com a ‘MENTE DE CRISTO”, três deles O VIRAM COM CORPO DE LUZ!

Por que foram TRÊS os que o viram em seu ASPECTO REAL, DIVINO E PERMANENTE? O número TRÊS, onde for encontrado na Bíblia, revela uma VERDADE ABSOLUTA. Nesta passagem, revela o CORPO DE LUZ QUE SOMOS, o que faz com que A SOMBRA DE CARNE E OSSOS seja entendida como NADA! UMA ILUSÃO!

CONTINUA…>

 

A Negação Da Matéria Revela A Verdade De Que “Nossa Vida É Deus”!

Quem quiser, pois, salvar a sua vida a perderá; mas quem perder a sua vida por minha causa e pelo Evangelho a salvará!

Marcos, 8: 35

Que poderíamos ficar pensando de alguém que tendo  sonhado, visto no sonho  “estar se vendo numa maternidade”, e nela, o  médico estivesse dizendo, a uma família, que “o bebê dela nascido” não sobreviveria, por ter “nascido sem pele”?

Este caso “aconteceu” na cidade de Batatais, há  muitos anos, e “aconteceu” somente no ilusório “sonho de Adão”, isto é, no “mundo do pai da mentira”! Que mais se desdobrou no “sonho”? O seguinte: o suposto “bebê assim nascido” foi posto numa “encubadora”, apenas para aguardar sua morte, único desfecho aceito como possível pela  maternidade. Havia, na cidade, uma conhecedora da Seicho-no-ie, e sabendo do caso, foi à maternidade e leu a Sutra Sagrada para o bebê. Tempos depois, entrou em contato com a maternidade para ter notícias, e foi informada de que a situação não se alterara. Retornou ela à maternidade e, novamente, leu a Sutra, e, depois, indo procurar saber como estava o bebê, a mesma notícia lhe foi dada: não houve alteração do quadro. E então, ela ligou para a Sede Central, em São Paulo, expôs  o “acontecido no sonho coletivo”, e a atendente fez a ela a seguinte pergunta: “Você esteve lendo a Sutra com qual objetivo?” Ela respondeu: “Para Deus fazer crescer a pele no bebê!”. Foi quando ela ouviu o seguinte: “A Sutra é lida para RECONHECER O SER PERFEITO ALI PRESENTE, E NÃO O SER VISTO SEM PELE PELA MENTE EM ILUSÃO!

A INSTRUÇÃO ILUMINADA DESPERTOU A MOÇA DO “SONHO DE ADÃO”, E O BEBÊ, EM SUA “SOMBRA FENOMÊNICA”, SE REVELOU “CURADO”!

Este relato, que saiu publicado na época, pelo jornal “Circulo de Harmonia”, é uma aula de prática correta da Verdade Absoluta! Mostra que “aparências” são “nadas”,  que a PERFEIÇÃO, sendo Onipresença permanente, jamais se altera pela ILUSÃO,  e exemplifica  o que disse Jesus: “Aquele que perder a sua vida (aparente), a achará (a vida real e eterna).

A humanidade acredita “haver vida na matéria”, o que a leva a ficar escrava de dietas, academias de ginástica, medicamentos, enfim,  ficar escrava da ILUSÃO de que “aumentará sua longevidade” adotando todas as estratégias sugeridas pela “mente carnal”! INCLUSIVE TERAPIAS ESPIRITUAIS!

A VERDADE, ENTRETANTO, É QUE TODOS OS SERES SÃO A VIDA DE DEUS, AQUI E AGORA, E A ADMISSÃO E PERMANÊNCIA NESTA VERDADE É O “CORAÇÃO DE CRIANÇA” QUE NOS REVELA AGORA PRESENTES “NO REINO DE DEUS”!

 A ilusão de “nascimentos e mortes” somente será quebrada com a TROCA DE REFERENCIAL,  da visão humana pela VISÃO DO OLHO SIMPLES! A VISÃO CRÍSTICA QUE ACEITA, RECONHECE E CONFIA NA REVELAÇÃO ABSOLUTA DE QUE “SOMOS TEMPLOS DE DEUS”, COM O “ESPÍRITO DE DEUS” SENDO QUEM SOMOS! SENDO ETERNOS, NÃO PRECISAMOS LIDAR COM A CRENÇA TEMPORAL DE LONGEVIDADE!

Somente AQUELE identificado com a Vida divina, ou com a Verdade, ACHARÁ SUA VIDA REAL, DIVINA E ETERNA – E ISTO POR TER-SE DESPOJADO DA ILUSÓRIA “VIDA NA MATÉRIA”, PURO “HIPNOTISMO DE MASSA”, SEM REALIDADE E SEM EXISTÊNCIA!

 *