A EXTINÇÃO DO DUALISMO

No “Evangelho de Tomé”, Jesus  assim declara com clareza:“…Os mortos não vivem, e os vivos não morrerão”. Que maravilhosas palavras da Verdade! Estas figuras do aparente “desenho animado”, pequenas, distorcidas, não são vivas, pois não consistem de Mente consciente, amorosa e viva. São apenas uma aparência de morte. Porém, Amado, esta aparência é a única morte que há, ou que pode haver. Entretanto, nós estamos, exatamente aqui, conscientemente vivos, exatamente agora, no âmago destas falácias e falsas imagens; e o fato de estarmos vivos é prova de que não existe morte alguma. Naturalmente, a Mente consciente, eterna e viva, que somos, exatamente aqui e agora, não pode morrer.

Jesus prossegue: “Quando comíeis o que era morto, vós o tornáveis vivo”. Sim, foi somente nosso aparente reconhecimento e aceitação deste mundo de aparência que fê-lo aparentar ser vivo, ser inteligente ou consciente. Nós parecemos mantê-lo vivo pelo apego à ilusão de que ele seja real. Dessa maneira, nós parecemos alimentá-lo, mantê-lo e sustentá-lo. Uma ilusão requer alguém para ser iludido por ela, para que possa inclusive constituir uma ilusão. Quando estamos plenamente iluminados, sequer aparentaremos estar iludidos. Desse modo, a ilusão com nada conta para alimentá-la, sustentá-la ou mantê-la. E então, inevitavelmente, ela se desvanece: deixando inclusive de aparentar existir.

Ao final da citação, Jesus indaga: “Quando éreis um, vos tornastes dois; mas, quando fordes dois, que fareis?”

 Sim, que iremos nós fazer? Amado, nós faremos exatamente o que estamos fazendo, exatamente aqui e exatamente agora; nós prosseguiremos em nossa realização do fato de que eternamente somos Um, e não dois. Desse modo, esta fase aparente de dualismo é extinta.

*

“QUE FAZER PARA HERDAR A VIDA ETERNA?”

“E, colocando-se Jesus a caminho, correu um homem ao seu encontro e, ajoelhando-se, indagou-lhe:“Bom Mestre! O que devo fazer para herdar a vida eterna?” Replicou-lhe Jesus: “Por que me chamas bom? Ninguém é bom, a não ser um, que é Deus!”.

A aparente certeza da maioria, no sentido de que “alguém nasce, vive e morre” num suposto “mundo material”, além de ser falsa, gera a certeza de que aquilo que OS MENSAGEIROS DA VERDADE revelaram à humanidade não foi aceito, entendido nem cumprido!

Seja Moisés, Isaías, Krishna, Buda, Jesus, Paulo, ou seja algum outro, a Verdade revelada por todos, em essência, explica que UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! Por conseguinte, explica que DEUS É A VERDADE QUE TODOS SOMOS!

Qualquer um que perceba a veracidade desta REVELAÇÃO, estará vendo a SI MESMO sendo DEUS EM AUTOEXPRESSÃO! Estaria “conhecendo a Verdade “antes” ou “depois”, com relação aos supostos “outros”? NÃO! E isto porque A VERDADE É QUE NOS CONHECE A TODOS, AQUI E AGORA, SENDO ELA PRÓPRIA NUMA UNIDADE PERFEITA!

Jamais o suposto “mundo material” esteve existindo e contendo “vida verdadeira”. Por isso, todo suposto “ser que nasce” ou “ser que morre” jamais teve realidade, uma vez que DEUS É TUDO, e que, portanto, TODOS FORMAM DEUS, O BEM ONIPRESENTE E PERMANENTE!

O homem que se dirigiu a Jesus, chamando-o de “BOM MESTRE”, dele ouviu: “Por que me chamas bom? Ninguém é bom, a não ser um, que é Deus!”

Nesta resposta, Jesus passava ao homem a Verdade que ele dizia desejar conhecer! Qual era? “O que devo fazer para herdar a vida eterna?”

Caso pudesse ele ter entendido a resposta, teria 

parado de endossar alguém “bom” nas “aparências”!  Teria “trocado de referencial”, para VER A DEUS COMO ÚNICO QUE É BOM, E COMO O ÚNICO QUE ELE PRÓPRIO ESTAVA SENDO! Então Jesus falou-lhe sobre seguir os mandamentos, ao que o homem disse tê-los obedecido desde  a sua mocidade. E foi quando Jesus disse a ele: Falta-te uma coisa: vai, vende tudo quanto tens, e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, toma a cruz, e segue-me”. Mas ele, pesaroso desta palavra, retirou-se triste; porque possuía muitas propriedades.
E Jesus, olhando em redor, disse aos seus discípulos: “Quão dificilmente entrarão no reino de Deus os que têm riquezas”! (Marcos: 10: 21-23).

A frequência mental de sintonia e apego com as “riquezas materiais”, todas sendo meras APARÊNCIAS TEMPORAIS ILUSÓRIAS, impede captarmos a Verdade ESPIRITUAL, a VIDA ETERNA que SOMOS, VIVENDO, AQUI E AGORA, COMO DEUSES, OU COMO “HERDEIROS” DE TODAS AS RIQUEZAS CELESTIAIS, NO PARAÍSO!

Este é o sentido das palavras de Jesus!

*

 “A SUA MENTE É DEUS, A MENTE DE CRISTO”!

Quando Paulo revelou que “a mente carnal é a morte, a inimizade contra Deus”, tinha por objetivo  levar a humanidade a RECONHECER E VIVENCIAR A VERDADE DE QUE “TEMOS A MENTE DE CRISTO”, pois, assim disse ele: “QUE HAJA, EM VÓS, A MESMA MENTE QUE HOUVE EM CRISTO JESUS”.

Nas mensagens da Verdade, aqui postadas, reiteradamente é explicado que O ESTUDO DO ABSOLUTO REQUER UMA ASSOCIAÇÃO COM A PRÁTICA DA CIÊNCIA MENTAL! A insistência no sentido de que isto seja entendido é vitalmente importante, para que NINGUÉM ACREDITE que “basta-lhe contemplar o FATO de que DEUS É TUDO”, e que, após a “contemplação”, irá passar o resto no dia imerso nesta consciente percepção! NÃO É VERDADE! É ERRO! E ERRO GRAVÍSSIMO! E COMETIDO POR MUITOS QUE O PREGARAM, ACHANDO SER PREGAÇÃO VERDADEIRA!

Mary Baker Eddy, em seus primeiros escritos, tendo tido a revelação de que DEUS É TUDO EM TUDO, uma das premissas básicas da Ciência Cristã, também achava que “ignorar a mente carnal” nos bastaria, PORQUE SOMENTE DEUS É MENTE! De fato, SOMENTE DEUS É MENTE; contudo, ISTO PARA AQUELE QUE NÃO MAIS SE ENXERGUE “VIVENDO NO MUNDO DA MENTE CARNAL”, como a maioria APARENTA VIVER! Quem poderia VIVER MEDITANDO E SÓ RECONHECENDO A VERDADE?  NEM JESUS PÔDE! Por isso, devemos empregar o APARENTE poder POSITIVO da suposta “mente carnal” para “ENDOSSAR A VERDADE”, E, DESSE MODO, FAZER COM QUE ESTA  ILUSÓRIA MENTE DEIXE DE ATUAR LIVREMENTE PARA “SER INIMIZADE CONTRA DEUS”, OU “SER CONTRA OS FILHOS DE DEUS”.

Paulo assim indagou: “SE DEUS É POR NÓS, QUEM SERÁ CONTRA NÓS?” É notório que nesta sua pergunta, estava embutida a Verdade de que A SUPOSTA MENTE EM INIMIZADE CONTRA DEUS ERA PURA ILUSÃO, OU NADA, UMA VEZ QUE DEUS É TUDO!

Todo ensinamento espiritual que REJEITE A CIÊNCIA MENTAL, achando que seu emprego NEGA A VERDADE ABSOLUTA, deixará seus seguidores completamente “abertos” às CRENÇAS EM DOIS PODERES, sempre que, aparentemente, se mostrarem “vivendo no mundo”. Por isso a Ciência Mental é “arma da luz”, e suas “programações”, através de AFIRMAÇÕES E NEGAÇÕES, 

DEIXAM A SUPOSTA MENTE CARNAL “SELETIVA”, endossando a VERDADE ABSOLUTA,  e fazendo com que O SUBCONSCIENTE fique saturado da ideia de que UNICAMENTE O BEM É REALIDADE, e que TODO SUPOSTO MAL É FALSIDADE.

Constatando o aparecimento contínuo de atritos pessoais, problemas e dificuldades, na disseminação da Verdade, Mary Baker Eddy percebeu haver uma “atividade hipnótica do erro”, e foi quando declarou que “IGNORÂNCIA NÃO É PROTEÇÃO”, ou seja, A VERDADE PRECISA SER MENTALMENTE AFIRMADA E ENDOSSADA,

e todo ERRO PRECISA SER NEGADO”.

Em vez de somente “contemplarmos a Verdade”, com a Prática do Silêncio, estando em contato com o mundo, aparentemente, cuidemos de AFIRMAR a Verdade e de NEGAR o erro. A seguir, é dado um exemplo:

MINHA MENTE É DEUS, A MENTE DO CRISTO SENDO A MINHA MENTE! NÃO EXISTE “MENTE CARNAL”! DEUS É A MENTE ÚNICA! MEU CORPO É PURA LUZ GLORIOSA DE DEUS! NÃO EXISTE “CORPO CARNAL”! NÃO EXISTE “MATÉRIA”!

Repita isto ALGUMAS VEZES, pausadamente, até sentir ter assimilado o conteúdo! E somente então, FAÇA SUAS “CONTEMPLAÇÕES ABSOLUTAS”!

*

O REAL PROPÓSITO DAS MEDITAÇÕES!

“Quem cede à vaidade e se apega ansiosamente ao prazer, invejará mais tarde aquele que adquiriu virtude por meio da meditação”.

BUDA

Não há desvio da Verdade que satisfaça verdadeiramente o suposto ser humano. E isto,  porque todo “ser humano”, de fato, esconde em si mesmo a sua real e eterna identidade, imortal, divina e completa. Como sua “completeza” lhe aparenta ser inexistente, ou estar ausente, deixa ele de percebê-la, “cedendo à vaidade e se apegando ansiosamente aos prazeres mundanos”, conforme assinalou Buda, e “invejando, mais tarde, aquele que adquiriu virtude por meio da meditação”.

Por desconhecer o que a meditação é capaz de nos propiciar, a maioria pensa que ela apenas serve para relaxar um suposto corpo físico, aliviando as  aparentes tensões do dia a dia. Entretanto, seu propósito real é o de dar ao praticante o “conhecimento da Verdade”!

Foi meditando que Buda, desiludido com a visão material da vida, cheia de dores, sofrimentos e mortes, VIU-SE JÁ SENDO UM SER DESPERTO, PERFEITO, IMORTAL E PLENO,  existindo justamente no lugar da APARÊNCIA que o iludia com a crença coletiva de “humanidade”, “mortalidade” e “imperfeição”.

Quando Jesus passou ao mundo a Parábola do Tesouro escondido no campo”, confirmava que HÁ, EM CADA UM DE NÓS, O ESPÍRITO SANTO DA VERDADE SENDO A REAL IDENTIDADE DE TODO FILHO DE DEUS. Sabendo que UNICAMENTE A VERDADE satisfaz, liberta e realiza o homem, disse ele o seguinte”:

“AQUELE QUE PERMANECER ‘EM MIM’ CONHECERÁ A VERDADE, E A VERDADE O TORNARÁ LIVRE!”.

Mas, iludida pela “mente carnal”, seus desvios, suas vaidades e desejos, ESTE TESOURO INTERIOR não foi buscado como foi ensinado, em primeiro lugar! Mesmo assim, continua ele intacto e disponível a todos, “AQUI E AGORA!”

 

AS MEDITAÇÕES, SE FEITAS COM ESTE OBJETIVO, DE SER MEIO DE REVELAÇÃO DA

VERDADE QUE SOMOS, CERTAMENTE FARÃO COM QUE, DE FATO, NOS PERCEBAMOS LIVRES!

 *

NÃO ADOTE INSTRUÇÕES APENAS PELA REPUTAÇÃO DE SEUS AUTORES!

Jesus foi curto e grosso, ao declarar: “NEM VOS CHAMEIS MESTRES, POIS, UM SÓ É O VOSSO MESTRE, QUE É O CRISTO!”.  O Cristo é a Presença de Deus, seja em Jesus, seja em qualquer de nós! Através das Escrituras, a Verdade é encontrada tendo sido sempre revelada pelo CRISTO, através dos vários profetas ou mensageiros que a revelaram ao mundo.

“Quando O CRISTO, que é a NOSSA VIDA, se manifestar, vós também vos manifestareis com ele em glória (Col. 3: 4).

Sabemos que as revelações, lidas nas Escrituras, podem conter alterações e adequações, por muitas vezes terem sido amoldadas ao entendimento de cada povo. Moisés, por exemplo, se percebeu SENDO O CRISTO E PISANDO NO REINO DE DEUS, A QUE CHAMOU DE “SOLO SANTO”. Por Autorrevelação, conheceu a SI MESMO como “EU SOU AQUELE QUE SOU”!  Isaías, do mesmo modo, declarou: “EU, EU MESMO, SOU QUEM APAGO TUAS TRANSGRESSÕES, E DE TEUS PECADOS NEM ME LEMBRO”!

É importante conhecermos esta Verdade, pois, infelizmente, as igrejas fenomênicas saturaram a mente comum com a CRENÇA de que O CRISTO É SÓ JESUS! E Paulo, tendo em SI MESMO encontrado o Cristo, declarou que “O CRISTO É TUDO EM TODOS”, varrendo a falsa crença de “personalização do Cristo”.

Buda disse o seguinte: NÃO SE FIE EM INSTRUTOR DA VERDADE MOVIDO UNICAMENTE POR SUA REPUTAÇÃO!

Alertava que NOSSA CONSCIÊNCIA CRÍSTICA É QUEM DEVE ENDOSSAR OU NÃO CADA INSTRUÇÃO RECEBIDA! Isto foi o que Jesus também quis nos alertar, ao dizer que UNICAMENTE O CRISTO É NOSSO MESTRE!

Huberto Rhoden, por exemplo, havia tirado de circulação vários dos seus livros, e pretendia fazer o mesmo com mais quinze títulos! Por quê? Por ter conhecido a Verdade como até então não conhecia, à época em que escrevera os tais livros! Desse modo, todos os seus leitores aprenderam o que terão que desaprender, pois não eram instruções verdadeiras!

O apóstolo Paulo disse pregar a Verdade “LEITE” e a Verdade “ALIMENTO SÓLIDO”, levando em conta o tipo de público a quem se dirigia! Mas, com isso, deixou “aparentes contradições” em seus escritos, e muitas vezes, suas pregações absolutas  foram e são rejeitadas pelos seus próprios seguidores, que as refutam por terem aderido às suas falas moldadas e, portanto, contrárias às absolutas!

O ensinamento absoluto revela que SOMOS UNICAMENTE O CRISTO! Desse modo, quando meditarmos, devemos fazê-lo CONVICTOS de que “TEMOS A MENTE DE CRISTO”! Agindo assim, saberemos avaliar cada instrução que porventura nos chegue, ou mesmo recebê-las DIRETAMENTE DA FONTE INTERIOR, DO CRISTO QUE SOMOS, o que evitará, como disse Jesus,   QUE  VIVAMOS COMO “CEGOS CONDUZIDOS POR CEGOS”! 

*

“O MANTIMENTO SÓLIDO É PARA OS PERFEITOS!”

“Porque, devendo já ser mestres pelo tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de Deus; e vos haveis feito tais que necessitais de leite, e não de sólido mantimento. Porque qualquer que ainda se alimenta de leite não está experimentado na palavra da justiça, porque é menino. Mas o mantimento sólido é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal”.. 

Hebreus 5: 12-14

Nesta passagem, Paulo comenta que “aqueles que já deviam ser mestres”, continuavam esperando ouvir a repetição dos “primeiros rudimentos das palavras de Deus”, isto é, esperando receber “mais leite”, em vez de já estarem “mastigando alimento sólido”.

 

Duas são as causas principais da aparente estagnação das pessoas nos princípios básicos da Verdade, sem que se mostrem dominando-os e se aprofundando cada vez mais na CONVICÇÃO de serem eles verdadeiros. A primeira, se dá quando as orações e contemplações não são feitas com a devida dedicação, assiduidade e disciplina,  por estarem todos muito ocupados, vendo o seu “mundo fenomênico” em forma de “aparências agradáveis”; e a segunda, é quando não se empenham em transmitir ao próximo a Verdade conhecida.

O aparente sucesso, no conhecimento da Verdade, é constatado quando por “melhor que sejam as aparências”, todas elas são logo desmascaradas como “miragens”,  pura “exposição de quadros hipnóticos”, que sempre se revezam segundo as CRENÇAS NO BEM E NO MAL.

Dando crédito às “aparências”, as pessoas relaxam quanto à Prática do Silêncio e às orações, despendem o tempo todo entretidas com eventos fenomênicos, e quando a CRENÇA NO BEM “muda a sua cara”, se apresentando como CRENÇA NO MAL, acreditam  ser época das “vacas magras”! E então, reaparecem  ao estudo, e, como disse Paulo, aparentando “necessitar de leite”, por não encontrarem em si mesmas a CONVICÇÃO  que já deveriam ter, quanto à Verdade que já anteriormente tinham aprendido! E esta falta de interesse, em repassar ao próximo os ensinamentos, se deve ao simples fato fato de “nem se lembrar deles”, por terem sido “fisgadas” pela ILUSÃO das “aparências boas”!

Norman Vincent Peale, autor das obras sobre O PENSAMENTO POSITIVO, aprendeu com o pai dele, que era pastor, falar sobre  Deus em todos os contatos que fizesse em seu dia a dia. De fato, é falando sobre a Verdade que, em nós próprios, se forma a CONVICÇÃO MENTAL de que VIVEMOS NO “REINO CHEGADO DE DEUS”,  e que JAMAIS ESTIVEMOS EM “MUNDO DE APARÊNCIAS”!

Grave bem o alerta de Paulo: “O mantimento sólido (a Verdade Absoluta) é para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal”.

*.

O MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO COM DEUS!

“E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação. Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação”. 2 Coríntios 5: 18,19

Quando Jesus orou para que SEJAMOS UM, perfeitos em UNIDADE, levava-nos à PERCEPÇÃO de DEUS sendo UM TODO ONIPRESENTE E INDIVISÍVEL, uma ONIPRESENÇA AMORFA na qual TODAS AS FORMAS SE EXPRESSAM!

Há vezes em que alguém faz a seguinte pergunta: “Você acredita que haja vida em outros planetas?”  Tal tipo de pergunta apenas atesta ou comprova que A EXISTÊNCIA REAL, ESPIRITUAL, COMO VIDA

ONIPRESENTE, NÃO ESTÁ SENDO RECONHECIDA! É pergunta baseada na ILUSÃO de “vida material”, descontínua e cheia de falhas, ou seja, é como a cega e ilusória “mente carnal” consegue “perceber” a sua ilusão de mundo!

Deus é VIDA ONIPRESENTE, só capaz de ser percebida ESPIRITUALMENTE, e isto foi exposto por Paulo explicitamente:“Temos a Mente de Cristo”, para discernirmos espiritualmente o que nos é dado gratuitamente por Deus”!

De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse.  Rogamos-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus. Àquele que não conheceu pecado, o fez pecado por nós; para que nele fôssemos feitos justiça de Deus (2 Cor. 5: 20-21).

O que Paulo nos diz, é que Jesus, ciente da Verdade de que SOMOS TODOS UM, como UNIDADE PERFEITA, apresentou-se como “carne”, e se fazendo “pecado” por toda a humanidade, para que a ILUSÃO DE SEPARATIVIDADE DE DEUS fosse “desfeita”, Em outras palavras, Jesus veio PARA NOS ENDEUSAR, para nos fazer ver que SOMOS DEUSES, E, COMO NOS DISSE PAULO, PARA NOS RECONCILIAR COM DEUS, uma vez que, COMO CARNAIS HIPNÓTICOS, unicamente estaríamos “reconciliados com a ILUSÃO, com a CRENÇA EM PECADOS E PECADORES, e assim “ERRANDO O ALVO”, ou seja apenas “vendo” a irreal matéria com seus ilusórios “carnais nascidos ou mortos”, sem qualquer PERCEPÇÃO DA TOTALIDADE DE DEUS!

Entender o Evangelho é aceitar que “o mundo do pai da mentira” é um blefe ou boato aceito coletiva e hipnoticamente pela humanidade!

Jesus veio para revelar “SER CHEGADO O REINO DE DEUS” e para ensinar como DISSOLVER ESTE HIPNOTISMO COLETIVO, para aclarar a TODOS que somos A UNIDADE PERFEITA, QUE É DEUS – e isto, ininterruptamente, “desde o princípio”!

*

EM QUE CONSISTE A CHAMADA “ILUMINAÇÃO ESPIRITUAL”?

Muitos aparentam existir, “buscando o Reino de Deus”, “iluminar-se espiritualmente”, ou “despertar espiritualmente”! E crendo nesta DUALIDADE, acabam  NEGANDO QUE DEUS, SENDO TUDO, E SENDO LUZ, É A VERDADE JÁ PRESENTE E EVIDENCIADA POR TODOS OS FILHOS DE DEUS, POIS, COMO DISSE JESUS, “TODOS JÁ SÃO “UM COM DEUS”, E, NA GLÓRIA DESTA VERDADE, TODOS  JÁ FORMAM A UNIDADE PERFEITA!

A questão principal está em CADA UM, aparentemente, ter-se entulhado de CRENÇAS DUALISTAS, sempre endeusando supostos “mestres” ou “instrutores”, MAS IDENTIFICANDO-SE COM A “MENTE CARNAL”, a própria “inimizade contra Deus”, assim chamada por Paulo, pois, apesar de ser ILUSÓRIA, é entendida como sendo a “mente verdadeira” da maioria. POR ISSO, A LUZ QUE RESPLANDECE EM TODOS, APARENTA SER-LHES “TREVA”!

A “letra mata”, mas O ESPÍRITO DE DEUS, em cada um, a “VIVIFICA”!  Se a LETRA diz ser necessário “ocorrer uma MUDANÇA DE REFERENCIAL”, que se constitui de uma SOLTURA do errôneo “JUÍZO SEGUNDO AS APARÊNCIAS”, para que aparentemente “SE REVELE O DESPERTAR ESPIRITUAL”, o que costuma ser “entendido”, é que “SOMOS TREVAS EM BUSCA DA LUZ”, OU SEJA,  O APEGO AO JUÍZO PELAS APARÊNCIAS é o que se mostra  sendo MAIS ACENTUADO! E A “TROCA DE REFERENCIAL” FICA ENTENDIDA NÃO COMO IMEDIATA, MAS COMO “META”! Mas o requerido, é o endosso da VERDADE QUE DESTRÓI O ERRÔNEO E CONDENADO POR JESUS “JUÍZO PELA MATÉRIA”!

Jesus foi claro: “SOIS A LUZ DO MUNDO”! Nunca disse que “somos TREVAS”! Se o dono de  uma loja de roupas, cheia de “manequins vestidos”, desligar à noite  todas as luzes da empresa, os “manequins” se tornarão “escuridão”, e não iluminados como eram vistos sob luzes! MAS A “LUZ QUE SOMOS” É PERMANENTE! É DEUS EM ONIAÇÃO! JAMAIS SE APAGA! JAMAIS PODE SER APAGADA! Cada FILHO DE DEUS É DEUS, NÃO “MANEQUIM SEM LUZ PRÓPRIA” Não requer mais luz! JÁ TEM SUA ILUMINAÇÃO PLENA, QUE É ETERNA E RESPLANDECENTE!

A ILUSÃO DE “DESEJAR SE ILUMINAR” decorre de sua IDENTIFICAÇÃO COM A MENTE CARNAL, vendo-se “segundo as aparências”, e acreditando haver LUZ E TREVA!

Disse também Jesus: “Se os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas”.

Transcenda as “aparências”, contemple-se segundo o JUÍZO JUSTO, afirmando e reconhecendo a Verdade eterna que é você!:

“HONRO A MIM MESMO ASSIM COMO HONRO O PAI, POR SER O CRISTO CONSUMADO EXPRESSANDO INDIVIDUALMENTE O VERBO DO PAI! SOU A LUZ! ANDO NA LUZ!  SOU, PORTANTO, ILUMINADO!”

*

ATENHA-SE ÀS REVELAÇÕES ABSOLUTAS  SOBRE VOCÊ!

 

As REVELAÇÕES ABSOLUTAS objetivam CALAR AS CRENÇAS MENTIROSAS sobre QUEM VOCÊ É! Não podem ser lidas sem cumprirem este objetivo, isto é, se nos revelam que SOMOS DEUSES, não poderá ALGUÉM permanecer na MENTIRA de que SOMOS CARNAIS! Para isso, terá que SUBSTITUIR AS CRENÇAS MENTIROSAS PELA VERDADE REVELADA!

“ORAI E VIGIAI SEM CESSAR”, diz a Bíblia. O sentido é único: fazê-lo ADOTAR AS REVELAÇÕES ABSOLUTAS, ORAR PARA CONTEMPLÁ-LAS COMO A VERDADE QUE AGORA VOCÊ É, E, DESSE MODO, MANTÊ-LO “EM MIM”, com o ilusório “mundo de aparências” se mostrando “VENCIDO”! DERROTADO!

DEUS É TUDO, E ISTO. “DESDE O PRINCÍPIO”. Portanto, “orar e vigiar” é um mero constatar que TUDO ESTÁ FEITO, o que implica a VERDADE anunciada por Jesus:

“E VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, POIS ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”!  

A prática da Verdade, em suma, é uma PERMANENTE CONSTATAÇÃO DE QUE DEUS É TUDO, E QUE “PERMANECER EM MIM” É CONVICTAMENTE

“PERMANECERMOS SENDO O DEUS QUE SOMOS”! E isto descarta por completo a ILUSÃO  de “mundo temporal” com “vida temporal”, “eu temporal” e “mudanças” e “feitos” temporais!

“OS CAMPOS JÁ ESTÃO TODOS PRONTOS PARA A CEIFA”, disse Jesus! Com o seguinte sentido:

COLHA AGORA A SUA

MENTE DE CRISTO”,”COLHA AGORA A SUA PERFEIÇÃO!”, “COLHA AGORA O SEU “PERFEITO CORPO DE LUZ”, “COLHA AGORA O SEU PERFEITO SUPRIMENTO”, “COLHA AGORA SUA HERANÇA DIVINA”, “COLHA AGORA O REINO DIVINO”!

“EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA COM ABUNDÂNCIA”, disse Jesus! Através das “contemplações absolutas”, associadas com a Ciência Mental, viva esta revelação, reconhecendo e afirmando:

“EU VIVO A VIDA COM ABUNDÂNCIA! MINHA VIDA É DEUS, IMORTAL E PLENA, AQUI E AGORA!”

E, caso algo lhe pareça se opor a esta Verdade, FIQUE CEGO PARA A SUPOSTA ALEGAÇÃO E CONFIRME QUE

“DEUS É QUEM VIVE COMO VOCÊ”!

Sua VIDA é DEUS! Sua MENTE é DEUS! Seu CORPO é DEUS! O CRISTO que VOCÊ É, é DEUS! E o UNIVERSO em que AGORA VOCÊ VIVE, é DEUS!

Por isso está REVELADO que DEUS é TUDO, e que a CRENÇA EM BEM E MAL É NADA! 

SEU “MUNDO ILUSÓRIO”  JÁ  ESTÁ VENCIDO! VENCIDO PELA SIMPLES MAS TOTAL CONSTATAÇÃO DE QUE “DEUS É TUDO”, E É A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA E DO SEU SER!

Uma mentalização eficiente, divulgada pela Seicho-no-ie, diz o seguinte:

 “DEUS É O TODO DE TUDO! DEUS É PERFEITA VIDA! DEUS É PERFEITO AMOR! EU SOU FILHO DE DEUS! SOU AQUELE QUE É  SAUDÁVEL! SOU AQUELE QUE É INADOECÍVEL! SOU AQUELE QUE É POSSUIDOR DE FORÇA INFINITA!”

Toda mentalização que ENDOSSA A VERDADE ABSOLUTA, endossa as “CONTEMPLAÇÕES ABSOLUTAS”, feitas através da  Prática do Silêncio! Serão tremendamente úteis para que, ao lidarmos aparentemente com o mundo, a suposta “mente humana” fique SELETIVA, sem aceitar DOIS PODERES,  ficando “programada” para ignorar o ilusório “mal” automaticamente!

Jamais dê à ILUSÃO o gostinho de vê-lo acreditando nela! Pelo contrário, ATENHA-SE FIELMENTE ÀS REVELAÇÕES ABSOLUTAS  SOBRE VOCÊ!

*

VIVENDO “DENTRO DE VÓS”, E NÃO “FORA DE VÓS”!

Quando Jesus afirma que O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE NÓS, e que o suposto “MUNDO EXTERIOR” é um satânico “mundo do pai da mentira”, está sintetizando sua doutrina libertadora, que se fundamenta na nossa renúncia “ao mundo e às coisas do mundo” para, de fato, nos percebermos em Deus, sendo Deus, e sendo perfeitos como Deus.

A maioria entende Deus como “ajudador” de “seres vivos na matéria”. Não está nesta dualidade o que Jesus veio nos revelar! “Vós, DESTE MUNDO, não sois”, disse ele, taxativamente!

Não somos DESTE MUNDO, porque este suposto “mundo” jamais esteve presente realmente! Apenas atuou ou atua como “sonho da mente carnal”.

Se de um slide, dentro do projetor, for causada a sua projeção numa parede, jamais a parede estará contendo, de fato, aquela “imagem”, isto é, se desligado o projetor, a projeção cessará, parecerá ter tido começo e fim, muito embora jamais ali tivesse existido!  Entretanto, DENTRO DO PROJETOR, estará o slide intacto, com a imagem  “geradora da projeção”.

O conhecimento desta Verdade, de que O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE

 NÓS, evita que nos identifiquemos com as “projeções” captadas pela mente carnal! Não são “o mundo”, e sim, meras projeções limitadas, divididas em “aparências boas” e em “aparências más”. Por esse motivo, não é correto nos apegarmos ao “bem” ou ao “mal” das “aparências”, pois são “nadas”, a exemplo das “projeções”, projetadas a partir do slide, o qual contém, em s próprio, a real imagem passível de ser projetada!

Entendido isto, ficará claro que O REINO DE DEUS ESTÁ DENTRO DE NÓS, E QUE DEVEMOS RECONHECER SUA PRESENÇA PERFEITA EM TODOS OS ASPECTOS!

Desse modo, a “mente carnal” apresentará suas “projeções fenomênicas”, puras “aparências, e que serão percebidas apenas POR ELA PRÓPRIA, em três dimensões, enquanto PERMANECEMOS “EM MIM”, NO DEUS INFINITO QUE SOMOS, NA PLENITUDE DO SEU E DO NOSSO REINO,  INCÓLUME, ILUMINADO E ONIPRESENTE!

*

“NÃO VOS QUEIXEIS, UNS CONTRA OS OUTROS!”

“Não vos queixeis, uns com os outros”.

Tiago 5: 9

Ao nos revelar o REINO DE DEUS, Jesus disse que o buscássemos em PRIMEIRO LUGAR, juntamente com a sua JUSTIÇA. Passava-nos a forma de “vivermos pela Graça”, e não mais pela Lei. Aparentemente falando, a humanidade prima por “julgar pelas aparências”, prática não adotada por Jesus, e que todos devemos imitar. Recebemos de Deus O SEU REINO, e também a SUA JUSTIÇA, e esta Verdade deve prevalecer em todos os segmentos de nossa vida!

“TUDO QUE DEUS FAZ, DURA PERPETUAMENTE”, ou seja, ESTAMOS SEMPRE NO REINO DE DEUS E SOB SUA PERFEITA PERMANENTE JUSTIÇA! Mas se não PERMANECERMOS nesta Verdade, cairemos na “vida sob a Lei”, e por toda parte as “aparências de injustiça” parecerão nos perseguir.

Nossa CONVICÇÃO de estarmos sob a perfeita JUSTIÇA DIVINA é o que nos possibilita DISCORDAR das

 “aparências” de forma a evitar que as endossemos, através de contínuas  reclamações, queixas e desvios da Verdade de que TUDO SEMPRE SE ENCONTRA EM DIVINA ORDEM, que é a Verdade Absoluta.

Diante de “aparências desagradáveis”, ALEGRE-SE POR SABER QUE SÃO

TODAS ILUSÓRIAS! O suposto “mundo de aparências” não é real! Não passa de um “filme hipnótico” tentando nos dissuadir a aceitá-lo como realidade, enquanto SOMENTE DEUS É EXISTÊNCIA VERDADEIRA, RAZÃO PELA QUAL É NELE, EM SUA ONIAÇÃO ONIPRESENTE, QUE ETERNAMENTE VIVEMOS.

NÃO RECLAME! NÃO SE QUEIXE! JAMAIS SE SINTA PREJUDICADO, INJUSTIÇADO OU TRAÍDO! PERMANEÇA “EM MIM”, MENTALIZE QUE “SOMENTE O MELHOR LHE ACONTECE”, E SE VERÁ VIVENDO PELA GRAÇA, GLÓRIA E JUSTIÇA DO ALTO!

Foi com este objetivo que Tiago nos alertou: “Não vos queixeis, uns com os outros”.

 

*

“JESUS CRISTO ESTÁ EM VÓS!”

“Examinai-vos a vós mesmos, se permaneceis na fé; provai-vos a vós mesmos. Ou não sabeis quanto a vós mesmos, que Jesus Cristo está em vós? Se não é que já estais reprovados”.

2 Coríntios 13: 5

O principal do Evangelho de Jesus, e que foi muito bem enfatizado nas páginas da Bíblia, é um ponto sempre ausente, nas pregações errôneas de igrejas supostamente cristãs do mundo! Foram feitas propagações mundiais, mas não com o propósito anunciado por Jesus, com que justificava ele a sua vinda!

Em 2 Coríntios 13: 5, o apóstolo Paulo sintetizou em que consiste o verdadeiro Cristianismo, que nada tem a ver com a idolatria, endeusamento pessoal,  e exaltação de Jesus, que se tornaram foco do Evangelho propagado pelas igrejas! Taxativamente disse Paulo: “JESUS CRISTO ESTÁ EM VÓS”!

“PARA ISSO VIM AO MUNDO”, disse Jesus, “para DAR TESTEMUNHO DA VERDADE”! SOBRE ELE PRÓPRIO, E SOBRE TODOS NÓS, PARA QUE A TOTALIDADE  DEUS, COMO UNIDADE PERFEITA, FOSSE RECONHECIDA, CONTEMPLADA E VIVENCIADA!

As igrejas saturaram o mundo com “honrarias a Jesus”, enquanto disse ele “não receber honraria de homens”! Sequer aceitou ser chamado de “bom mestre”, dizendo que “BOM HÁ SOMENTE UM, QUE É DEUS”! Enaltecia a DEUS como UNIDADE PERFEITA, DA QUAL FAZIA PARTE E DA QUAL TODOS FAZEMOS PARTE! Porém, as igrejas SEPARARAM a Unidade, endeusando somente Jesus e julgando os demais “PELAS APARÊNCIAS”, O CONTRÁRIO DO QUE  FOI ENSINADO POR ELE, pois disse “NÃO JULGAR NINGUÉM SEGUNDO AS APARÊNCIAS”!

Para Jesus, SOMOS O CRISTO COMO ELE, GLORIOSOS COMO ELE, E “UM COM O PAI” COMO ELE!

“Dei-lhes a GLÓRIA para serem UM, assim como nós, ó Pai, SOMOS UM – PERFEITOS EM UNIDADE” . Este é o TESTEMUNHO dado por Jesus , sobre MIM, sobre VOCÊ, e sobre TODA A HUMANIDADE! Mas as igrejas não o ENDOSSARAM, ERRO QUE PERDURA ATÉ HOJE!

Por isso entram nelas “carnais iludidos”, crendo SEREM CARNAIS MORTAIS, e saem delas como “carnais iludidos” pela MESMA ILUSÃO com que entraram, como “carnais mortais iludidos”, e achando que SOMENTE JESUS É FILHO UNIGÊNITO DE DEUS! Desse modo, poderíamos deduzir que DEUS SOMENTE CRIOU UM FILHO À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA, QUE SERIA JESUS! TODOS OS DEMAIS SERIAM PECADORES! Como puderam “se tornar pecadores” não há igreja que explique, pois a Bíblia declara que TODA OBRA DE DEUS É PERMANENTE,  E NADA PODE SER-LHE ACRESCENTADO NEM TIRADO! Uma inaceitável “justificativa à moda da casa” foi passada à humanidade, sem respaldo algum de Jesus! Explicaram que “o homem original” desobedeceu a Deus, comendo do fruto a ele proibido!  LIVRE-ARBÍTRIO? Outra MENTIRA!  O que ninguém responde, é como poderia um FILHO PERFEITO DE DEUS optar pela DESOBEDIÊNCIA AO PAI!

Por isso, o enfoque absoluto da Verdade DESTRÓI as mentiras satânicas das igrejas, e revela que SOMOS O “EU SOU” ABSOLUTO E IMACULADO, e que “TEMOS A MENTE DE CRISTO”! Esta visão tem o respaldo de Jesus, que, consciente de TER A MENTE DE CRISTO, assim disse “VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, POIS ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”.

O “pão”, repartido por Jesus, na Santa Ceia, apenas simbolizava a UNIDADE DE TODOS com Deus e com Jesus! Mas as igrejas passaram a CRENÇA de “o pão ser o Cristo”, fazendo com que todos se julgassem SEM ELE, caso não estivessem com o “pão na boca”. Mas a Verdade é outra: ALGUÉM ESTARIA APARENTEMENTE SEM ELE, CASO NÃO ESTIVESSE CONSCIENTE DA COMUNHÃO PERFEITA E PERMANENTE REVELADA NAS ESCRITURAS! Desse modo, o “pão”, que seria  um mero lembrete, foi reverenciado como sendo O CRISTO, destruindo a sua declaração de “ESTARMOS COM ELE DESDE O PRINCÍPIO”!

É vergonhoso e deplorável o que estas igrejas fenomênicas fizeram e AINDA FAZEM, com o Evangelho e com a humanidade! Nem as “leis mentais” passaram ao povo, que só ficou, e por gerações e mais gerações, acreditando SER MORTAL, SER PECADOR SUJEITO A UM BICHO-PAPÃO CHAMADO “JUÍZO FINAL”, E o ,ais grave: SEM NADA PERCEBER DO REINO CHEGADO DE DEUS, EM QUE “TODOS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER”, COMO DISSE PAULO!

“Jesus Cristo” não é pessoa! É o PAI NOSSO Se evidenciando como o FILHO UNIGÊNITO que todos somos! Por isso, disse Jesus que SOMOS DEUSES!

Simples assim!

*

A ILUSÃO É UMA VERDADE SEM CONSCIÊNCIA!

O principal FATO que jamais se deve tirar de FOCO, é o revelado por Jesus, ao dizer que

“O REINO DE DEUS É CHEGADO COMO SENDO O MUNDO TODO, EMBORA OS HOMENS NÃO O ENXERGUEM”!

Há tempos, lendo um livro em inglês da Seicho-no-ie, encontrei a Sutra editada naquele idioma, em que diz o seguinte:

“Somente a Verdade é Realidade; a ilusão é uma Verdade sem consciência;  é como um cego que, não podendo ver a luz do sol brilhando por todo o Universo, sonha sonhos de escuridão”.

Na tradução para a língua portuguesa, infelizmente, este trecho não foi transcrito completo, razão pela qual o traduzi por ser de suma importância. Esclarece a revelação citada de Jesus, e nos facilita a perceber o REINO DE DEUS já estando, aqui e agora, NO LUGAR DA ILUSÃO CHAMADA “MUNDO DOS FENÔMENOS”.

A Sutra em inglês assim prossegue: “Acautelai-vos quanto às ilusões dos sonhos. Ao ser conhecida a Verdade, subitamente este mundo se transforma no Éden de Bênçãos eternas, demonstrando o seu ASPECTO VERDADEIRO, E TRAZENDO O HOMEM-DEUS INTERIOR AO MUNDO VISÍVEL”.

Praticar estas revelações significa VIVER A VERDADE, destruindo os “sonhos de escuridão” pelo conhecimento da real Onipresença de Deus e Seu Reino de Luz, em que todos sempre estivemos, estamos e estaremos.

Com enorme tristeza Jesus via tanta gente “sofrendo” em seus sonhos fenomênicos! E a ilusão  aparenta não nos dar tréguas em sugerir seus “sonhos”, de modo a tentar convencer a todos serem eles realidades!

Está dado o alerta: “Acautelai-vos quanto às ilusões dos sonhos”. São eles que, aliados ou em conluio com mídia fenomênica, acarretam um constante rebaixamento de nossa “frequência mental”, por darmos atenção, realidade e poder àquilo que é nada, a não ser pura exibição de “sonhos”, quando, na verdade, todos deveríamos estar sintonizados com a Perfeição da Realidade divina, permanecendo “EM MIM”, no “EU SOU ABSOLUTO, que constitui a UNIDADE PERFEITA que a tudo e todos ABRANGE!

Jamais existiram “dois mundos”, o de Deus e o dos homens! De fato, O MUNDO REAL É ESPIRITUAL, ONIPRESENTE E ÚNICO EM EVIDÊNCIA! E ASSIM SERÁ PERCEBIDO QUANDO NOSSA “FREQUÊNCIA MENTAL” SE CONSERVAR IGUALADA À DELE, A PONTO DE NOS SENTIRMOS  “UM COM ELE”!

O suposto “mundo material” é ilusão, “Verdade sem consciência”. Cabe, a cada um, afinar-se com a Consciência de Deus, e, de fato, interpretar e CONTEMPLAR o suposto “mundo” como sendo o Paraíso! Assim ele é percebido, quanto substituímos a “mente carnal” pela “Mente de Cristo”!

Foi tendo esta percepção que Buda declarou: ‘TUDO JÁ É ILUMINADO!”

*

A VERDADE EM MEIO ÀS CONCESSÕES!

Suponha que alguém sonhe estar levando seu cão a passear, logo depois acorde, e ao sair às ruas, diga a alguém: “Hoje levei meu cão às ruas, e depois, saí de casa e foi quando você me encontrou!” Que estaria ocorrendo? Uma mistura de sonho com a vida cotidiana, ou seja, algo sem qualquer sentido! A mesma esquisitice estaria presente, quando alguém mistura A VERDADE DE SUA EXISTÊNCIA COM O “SONHO MORTAL”, chamado “mundo fenomênico, COM PASSADO, PRESENTE E FUTURO!

Não há, na Bíblia, Jesus comentando com Pedro A VERDADE junto com “FATOS DO SONHO TERRENO”!  Se o fizesse, estaria ele acreditando que fosse verdadeiro o ilusório “mundo de aparências”! Mantinha-se na Verdade de “ser um com o pai” e de viver no “agora da realidade”!

Aquele que estuda a Verdade sabe que há, aparentemente, bilhões de pessoas que nada sabem do que se trata este ensinamento! E, para ser possível a convivência com todos de suas proximidades, inúmeras concessões terão de ser feitas, e, em vista disso, há dois pontos a serem observados: o primeiro, será não acreditarmos nas concessões que fizermos; em segundo, aproveitarmos, dentro do possível,  para deixarmos, com as pessoas, algumas “sementes” do ensinamento.

.

Quando Paulo revelou a Verdade, dizendo: “Já não sou mais eu; O Cristo vive em mim”, fez uma a concessão, ao dizer: “Não sou mais eu!”. A VERDADE É QUE “NUNCA ELE HAVIA SIDO AQUELE EU CARNAL”!

Mas deixou esta brecha para o erro, como se tivesse “tido passado” e deixado de ser o Cristo em qualquer outro segundo! Provavelmente foi morto segundo a Lei mental que se fez valer por seu passado, em que perseguia cristãos!

Jesus não deixou esta brecha, dizendo: “ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”!  E SÃO ESTES DETALHES QUE, CONHECIDOS E ADOTADOS, FACILITAM ENORMEMENTE NOSSA “PERMANÊNCIA EM MIM”, NO DEUS QUE SOMOS, NA UNIDADE PERFEITA QUE FORMAMOS!

Jesus “desceu ao patamar das crenças” para passar ao mundo a Verdade libertadora. Permitiu-se enxergar a hipocrisia reinante no mundo para, desse modo, promover os “ajustes” necessários para que a Verdade fosse pregada! Frente aos hipócritas “doutores da lei”, chamava-os de “raça de víboras”,  ou de “sepulcros caiados”, por renunciar temporariamente à sua VISÃO DA VERDADE, que somente enxergava a todos como DEUSES! Desse modo, cedia ao “agir pelo não agir” das crenças dualistas, para poder realçar-lhes a hipocrisia e falsidade em seus procedimentos, dando-lhes oportunidade de arrependimento, para que o Reino lhes pudesse ser revelado.

Sejam quais forem as “concessões feitas”, em todas elas existe um propósito real, espiritual, que é o de sempre deixarmos “sementes da Verdade”.  E as concessões se mostram necessárias justamente para este fim!

E nos será bastante útil, após fazermos as concessões, meditarmos e reconhecermos a Verdade de que nós próprios, e todos os supostos interlocutores, somos todos “perfeitos na Unidade”!

*

VAZIOS VIERAM AO MUNDO, E VAZIOS DEIXAM O MUNDO!

Jesus disse: “Assumi meu lugar no mundo e revelei-me a eles na carne. Encontrei todos embriagados. Não encontrei nenhum sedento, e minha alma ficou aflita pelos filhos dos homens, porque estão cegos em seus corações e não têm visão. Pois vazios vieram ao mundo e vazios procuram deixar o mundo. Mas no momento eles estão embriagados. Quando superarem a embriaguez, então mudarão sua maneira de pensar.” Evangelho de Tomé

Jesus ressalta sua “vinda na crença de materialidade”, para poder se comunicar com uma humanidade “embriagada”, acreditando piamente em “vida mortal na matéria”,  e sem demonstrar qualquer anseio maior por se libertar da própria cegueira espiritual.

“Não encontrei nenhum sedento, e minha alma ficou aflita pelos filhos dos homens, porque estão cegos em seus corações e não têm visão”.

 

Passados mais de dois mil anos, e o que teria mudado?  O materialismo cresceu, a humanidade continuou presa a ele, e o mundo se encheu de religiões e denominações que só deturparam os ensinamentos de Jesus! As pessoas que a elas se filiaram como “carnais”,  nelas viveram o tempo todo como “carnais”, e isto, gerações pós gerações, sempre endossando o mundo, declarado por Jesus como “mundo de Satanás, pai da mentira”, e sempre  sendo cobradas em seus dízimos, sem sequer saber o que eles realmente simbolizavam.

“Pois vazios vieram ao mundo e vazios procuram deixar o mundo”.

“Vazios” são, portanto, aqueles que não acham tempo para Deus, nem para o Reino de Deus e nem para perceber  que são UM COM DEUS! 

*

“ANDAI COMO FILHOS DA LUZ!”

“Sois Luz. Andai como filhos da Luz”.

Efésios 5: 8

Há muitos que conhecem o fato de ter Jesus subido ao monte e revelado que “SOMOS A LUZ DO MUNDO”. Mas são poucos os que se revestem desta revelação para torná-la um princípio de vida prática. A passagem bíblica em que três discípulos de Jesus o viram ao lado de Moisés e de Elias, não como “corpo carnal”, e sim como “CORPO DE LUZ”, comprova que a revelação não apenas era verdadeira para ele, mas sim, verdadeira para todos nós!

Paulo endossa e reforça esta Verdade, dizendo: “SOIS LUZ; ANDAI COMO FILHOS DA LUZ”! Quantos são os que se ajustam à “frequência mental” desta Verdade, para a viverem aqui e agora? Esta é a questão!

As Verdades requerem decidida soltura das arcaicas “CRENÇA FALSAS”, que endossam dualidade e materialidade! No caso, Jesus e Paulo revelam que NÃO SOMOS FILHOS DA CARNE, como erroneamente é aceito pela humanidade! Como DEUS É LUZ, dizer que SOMOS FILHOS DA LUZ quer dizer que SOMOS FILHOS DE DEUS! E se assim somos, por que é necessário sermos avisados quanto a isto? Devido à IDENTIFICAÇÃO COLETIVA com a ilusória “mente carnal”, que nos vê como “carnais nascidos de mortais”, algo que JAMAIS ESTEVE SENDO VERDADE!

Ao discutir com os iludidos fariseus, que se viam como “carnais” e também o viam do mesmo modo, Jesus disse a eles: “Vós tendes por pai o Diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai; ele é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira” (João 8: 44)..

A intenção de Jesus era a de elevar-lhes a frequência mental ao patamar divino, mas nada eram capazes de perceber! Também Paulo, dizendo que SOMOS LUZ, e que devemos ANDAR NA LUZ, pretendia trocar o ilusório referencial material pelo real e iluminado! Mas até hoje, poucos são os que percebem o valor disso para viver segundo estas revelações! Paulo repetia Jesus, que assim dizia: “COLOCAI NO ALTO A VOSSA LUZ!”.

Somente AQUELES que, de fato, se decidirem por “renascer”, da mentira de serem “carnais” para  a Verdade de serem a LUZ DE DEUS, irão achar a SI MESMOS vivendo pela Graça, e constatando esta Verdade sempre a endireitar-lhes todos os supostos “caminhos tortos”! 

*

“AOS HOMENS ESTÁ FADADO MORREREM UMA VEZ!”

E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação”.

Hebreus, 9: 27-29

“E viu Deus TUDO QUANTO fizera, e eis que achou muito bom”, diz a Bíblia. Uma revelação absoluta de que A PERFEIÇÃO É ONIPRESENTE, sem falhas e sem nenhuma descontinuidade! Não é o que nos mostra a suposta “mente humana”, razão pela qual devemos confiar radicalmente

 que “o testemunho de Deus” é  O QUE TEM VALOR!

A PARTIR DISSO, NENHUMA IMPORTÂNCIA SERÁ DADA AO “TESTEMUNHO” DA SUPOSTA “MENTE CARNAL”, mesmo que nos mostre falhas de “continuidade da perfeição”, sejam elas quais forem! Seriam “aparências”, “ausências” ou “miragens”!

A Perfeição infinita Se expressa como O FILHO DE DEUS que somos! Esta PERFEIÇÃO é o CRISTO, manifestação individual do próprio Deus! Por isso somos PERFEIÇÃO IMORTAL! SOMOS DEUS VIVENDO!

Aquele que parecer dar crédito a “ter vida separada de Deus”, algo impossível de ser verdade, terá que “dar fim a si mesmo”, como fez Judas, Não sentia ter UNIDADE COM ELE, e via em Jesus não O CRISTO, mas o simples reflexo de seu próprio ego imperfeito, algo totalmente destoante do “testemunho de Deus”!

Paulo assim disse: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, assim também Cristo, oferecendo-se uma vez para tirar os pecados de muitos, aparecerá segunda vez, sem pecado, aos que o esperam para salvação” (Hebreus, 9: 27-29).

“MORRER UMA VEZ” quer dizer EGOCÍDIO, a consciente NEGAÇÃO DE SI MESMO COMO MORTAL IMPERFEITO, PARA “FAZER O JUÍZO JUSTO”, OU SEJA, “HONRAR A SI MESMO” COMO HONRA O PAI, MOSTRANDO-SE RENASCIDO À VERDADE DE

SER O CRISTO PERFEITO, E EM DEUS VIVENDO! As supostas “mortes físicas” jamais existiram! Nem de Jesus nem de qualquer outro! Não fazem parte do TESTEMUNHO DE DEUS, e sim “DOS HOMENS”! TUDO É DEUS, É ESPÍRITO E É VIDA! As “aparências” de nascimentos e mortes são unicamente “cenários mentais” vistos pela ilusória “mente carnal”! Não foi à toa que Jesus os chamou de “mundo do pai da mentira”!

 

 

A “morte do homem carnal” é também a extinção de seu fantasioso “mundo”, palco ilusório em que a suposta “mente carnal” expõe suas mentiras e suas imperfeições fraudulentas”!

DEUS É TUDO, E O SEU TESTEMUNHO DA EXISTÊNCIA SERÁ O MESMO DADO POR NÓS, QUANDO OCORRER O “JÁ NÃO SOU MAIS EU; O CRFISTO VIVE EM MIM”!, COMO DISSE PAULO AO CONSTATAR QUE “PAULO” JAMAIS ESTEVE SENDO A SUA IDENTIDADE!

UNICAMENTE O VERBO DE DEUS É SUBSTÂNCIA REAL EVIDENCIADA COMO FORMAS! PORTANTO, É VERDADEIRA A ORAÇÃO DE JESUS, PARA QUE SEJAMOS UM COM DEUS COMO ELE, E, DESSE MODO, POSSAMOS PERCEBER QUE SOMOS “PERFEITOS NA UNIDADE!” 

*

“O TEU PAI QUE TE VÊ SECRETAMENTE!”

 

 

 

“Mas tu, quando orares, entra no teu aposento, e, fechando a tua porta, ora a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê secretamente, te recompensará. E, orando, não useis vãs repetições, como os gentios, que pensam que, por muito falarem, serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles, porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes.”

 Mateus 6; 6

 

Seja Isaías, seja Jesus, seja você, ou seja quem for, se estiver em oração, estará se colocando sob a VISÃO DO PAI QUE NOS VÊ SECRETAMENTE. Por isso, Jesus disse: “ORA A TEU PAI, QUE ESTÁ EM SECRETO, E TEU PAI, QUE VÊ SECRETAMENTE, TE RECOMPENSARÁ”!

 

O que está Jesus enfatizando, é a TRANSCENDÊNCIA de Deus! l Sua Onipresença Autossuprida já estando no exato lugar em que a ILUSÃO aparenta mostrar “alguém” orando a Ele!

NUNCA EXISTIU “OUTRO AO LADO DE DEUS”, NEM PECANDO NEM ORANDO! Por isso, também Jesus disse que “O PAI SABE O QUE NOS É NECESSÁRIO, ANTES QUE LHO PEÇAMOS”! O Deus verdadeiro é TUDO e é Autossuprido de TUDO, ou seja, O UNIVERSO INFINITO SE EXPRIME EM SI MESMO, COM SEU ILUMINADO VERBO DIVINO EM UNIDADE PERFEITA, SEM DIVISÕES, SEM DESIGUALDADES, SEM MUDANÇAS, E SEM COMEÇO E SEM FIM!

Jesus cuidou também de dar fim à crença num suposto “Deus juiz”, revelando que “O PAI A NINGUÉM JULGA”!

Faça suas orações como FILHO DE DEUS,  entregue ao PAI QUE O VÊ SECRETAMENTE! Deus o vê para RECOMPENSÁ-LO! De que modo?  Com a PRESENÇA DELE SENDO A SUA, com o PODER DELE SENDO O SEU, e com a PERFEIÇÃO DELE SENDO A SUA!

Acolha estas Verdades e expulse as crenças religiosas a elas contrárias! DEUS É AMOR!

FIRME-SE NA VERDADE DE QUE “AQUELE QUE O VÊ, VÊ O PAI”, OU SEJA, FIRME-SE NO FATO DE ESTAR SECRETAMENTE EM UNIDADE COM DEUS!

*

 

 

“QUEM AMA O PAI OU A MÃE MAIS DO QUE A MIM!”

“Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim.

Mateus 10: 37-38

Incentivar uma humanidade cativa de falsas crenças de nascimentos, mudanças e mortes, e levá-la a ACEITAR A DEUS COMO TUDO, COMO REINO PERFEITO, COMO UNIDADE PERFEITA ONIPRESENTE, COMO SENDO O UNIVERSO REAL EM QUE TODOS VIVEMOS, SEM COMEÇO E SEM FIM, é a aparente missão ou aparente desafio encarado por todos os reveladores da Verdade!

Por isso, assim disse Jesus:” Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.
E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim”.

Não é nada fácil, para quem acredita em “vida na matéria”, soltar de aceitação seus apegos e seus amores condicionais! E quanto se dá início a Autorrevelação divina, a Mente divina vai sendo reconhecida e percebida, fazendo com que as novas ideias espirituais, pareçam entrar em conflito com as ideias terrenas de pessoas do mundo, principalmente dos supostos “parentescos fenomênicos, razão pela qual Jesus deixou bem claro que O FOCO ESTÁ EM “SER DIGNO DE MIM”, mediante muita dedicação às orações e contemplações, e à “troca de referencial”!

“Vós, DESTE MUNDO, não sois”, pregava Jesus. Sabia que a IDENTIFICAÇÃO COM CARNAIS” não facilitaria em nada o conhecimento da Verdade! E sabia que um “satânico mundo de falsas crendices”, apesar de ser mentiroso, era aceito como realidade. Em vista disso,  afirmar que A REALIDADE ERA UM INVISÍVEL REINO, e que ninguém podia ver, apenas era ouvido como “loucura”, ou como “coisa de visionários”

“Este mundo tem por príncipe Satanás, pai da mentira”, declarava Jesus! Mas era aceito como existindo como MACIÇO mundo material real!

“SER DIGNO DE MIM” SIGNIFICA CONTEMPLAR A DEUS COMO ESPÍRITO SENDO TUDO, E RECONHECER A TODOS OS SERES VIVOS SENDO A PRÓPRIA VIDA DE DEUS!

Desse modo, os supostos “seres do mundo” deixariam de ser erroneamente vistos como mortais, para serem entendidos como FILHOS ETERNOS DE DEUS, todos com gloriosa VIDA ETERNA, todos PERFEITOS, todos “UM COM DEUS”.

Mas quando esta Verdade era passada ao povo,  a maioria se afastava de Jesus, e ele, vendo isto, aos discípulos perguntou: “Irão se retirar também?”. E lhe responderam: “A quem iríamos? Somente tu tens palavras de vida eterna!”.

 

Viver a Verdade, aparentemente em meio ao “mundo materialista”, é uma arte! Por isso, a dedicação às orações ou à prática dos princípios é de vital importância!

“Minha mãe e meus irmãos são os que FAZEM A VONTADE DE MEU PAI”, disse Jesus. Não considerava parentesco com carnais! Disse também: “Concorde rapidamente com seu adversário!”.

Suas instruções eram baseadas na Verdade de que DEUS É A MENTE ÚNICA! Significa que, aquele que PARTISSE DESSA VERDADE, viveria “sem adversários” e sem “familiares fenomênicos”,  mas isto desde que, de fato, RECONHECESSE ANTES A MENTE DIVINA COMO ÚNICA, E ATUANTE EM SI PRÓPRIO E EM TODOS!

 *