O SENTIDO DE “SERMOS TRANSFORMADOS”

“Seremos todos transformados num momento, num abrir e fechar de olhos”.

I Coríntios, 15: 51

Ao dizer: “Eu subo a Meu Pai e Vosso Pai, a Meu Deus e Vosso Deus”, uma vez mais estava Jesus declarando que a Verdade vivenciada por ele era a mesma possível de ser vivenciada por todos nós! O Pai é NOSSO, e, repetindo o Fato de que somos FILHOS DE DEUS, idênticos a ele, deixou estabelecido que bastaria “conhecermos essa Verdade”, para desfrutarmos da Vida divina com abundância, ou seja, a VIDA ETERNA DE DEUS!

Paulo disse o seguinte: “Seremos todos transformados num momento. Num abrir e fechar de olhos” (I Cor.  15: 51). Que foi entendido pelo mundo e suas religiões? Tudo quanto ensinam as “doutrinas várias e estranhas”, que nos grudam a “transformações seguidas”, porém, se mostram cegas à parte principal, em que Paulo fala “num momento, num abrir e fechar de olhos”.

A frase de Paulo esclarece que, se Jesus “sobe ao Pai e NOSSO PAI, a aparente “transformação” ocorrida nele era ILUSÓRIA! Sua “subida ao Pai” era pura anulação de que “havia descido do Pai”! E ele explicava que subia ao “NOSSO PAI”, por saber que SOMOS TODOS UM!

As “doutrinas várias e estranhas” invalidam a revelação de que “este mundo é o mundo do pai da mentira”, e, com isso, dão realidade a ele! Por isso, entendem a fala de Paulo como “transformações” ocorridas naquele que somos! Mas unicamente “aparências” se transformam! Crendo nelas, as crenças de evolução são vistas como lógicas, mas entendendo que JESUS SUBIU AO PAI, enquanto a humanidade toda fica “presa” ao irreal “deserto de aparências”!

Ver-se “transformado num abrir e fechar de olhos” se assemelha a um milionário que, sonhando ter perdido toda a sua fortuna, se angustia com seu pesadelo, até ser sacudido por alguém, e “num momento, num piscar de olhos”, acorda e se vê aliviado, e sendo o dono da fortuna que já era dele, inclusive “enquanto sonhava”.

“Subir ao Pai” é meramente “alguém “despertar do pesadelo” chamado “vida material”! É o momento em que VOCÊ ACEITA QUE DEUS É TUDO, INCLUSIVE VOCÊ, E “NUM PISCAR DE OLHOS”  CONSTATA O SUPOSTO “MUNDO DE APARÊNCIAS SER-LHE RETIRADO DE FOCO!  A VERDADE DITA POR JESUS, É ENTENDIDA COMO “SENDO VOCÊ”! O CRISTO! OBRA PERMANENTE DE DEUS, QUE JAMAIS SOFRE QUAISQUER “TRANSFORMAÇÕES”.

*

A VERDADE É “PLANTINHA” QUE REQUER “CUIDADOS DIÁRIOS”!

Mesmo que alguém ganhe um vaso de samambaia, por exemplo, goste, e cuide dele com dedicação e carinho, se, com o passar do tempo, deixar de cuidar dele por dois ou três dias, terá a surpresa desagradável de encontrar suas folhas caídas ao chão, ressecadas, sem viço e sem o verde brilhante que possuíam, quando a planta era cuidada e recebia contínua atenção!

O Universo real é imutavelmente PERFEIÇÃO ABSOLUTA, dispensa quaisquer cuidados. Em vista disso, em nossas meditações e orações absolutas, ficaremos TOTALMENTE ENTREGUES AOS PERFEITOS CUIDADOS DE DEUS, sem a mínima intenção de PEDIR-LHE ALGUMA COISA e sem a mínima intenção de CUIDAR DE ALGUMA COISA! Por isso, Jesus disse: O PAI CONHECE TODAS AS SUAS NECESSIDADES! E ANTES QUE VOCÊ LHE PEÇA ALGO!

Quando alguém exclui a ideia de “pedir algo a Deus”, ciente de que TUDO de que pudesse necessitar JÁ LHE ESTÁ DADO, DISPONÍVEL E PROVIDENCIADO POR DEUS, estará vivendo a Vida pela Graça divina, sem dividir a mente com “pensamentos da ILUSÃO”.

Por que a samambaia ou qualquer outra planta, requereria “cuidados humanos”? Pelo seguinte motivo: estaria sendo “vista” segundo os ilusórios “sentidos terrenos”! MAS AOS OLHOS DE DEUS, SOMENTE AS OBRAS DIVINAS SÃO REALIDADES, E SÃO TODAS PERPETUAMENTE MANIFESTADAS, NÃO EM “APARÊNCIAS”, E SIM, NO REINO DA VERDADE!

A samambaia “dependente dos homens” jamais existiu como REALIDADE! A Bíblia diz: “Os meus pensamentos não são os teus pensamentos, disse o Senhor”. Significa que a suposta “visão terrena” do mundo é uma simples “aparência enganosa”, unicamente testemunhada pela “mente carnal” ou pelos ilusórios “pensamentos dela”!

“UMA SÓ COISA VÓS É NECESSÁRIA”, disse Jesus a Marta! E ESTA “COISA ÚNICA” SE REDUZ A “ENDOSSARMOS MENTALMENTE QUE NOSSA MENTE É CRÍSTICA, SEMPRE PENSANDO OS “PENSAMENTOS DE DEUS”!

Para DEUS, tudo se MANIFESTA EM DIVINA ORDEM! O FILHO APENAS ENDOSSA SUA INCLUSÃO NA MENTE DIVINA! Isso feito, estará na UNIDADE PERFEITA e não “no mundo”; e no mundo, a Verdade será refletida como “aparências concordantes com a Verdade”, chamadas por Jesus de “bens vindos acrescentados”!

Desse modo, até quem possuir um vaso de samambaia, sempre se lembrará de bem cuidar dele!

 *

“CONHECENDO A VERDADE QUE LIBERTA!”

Nas Escrituras, encontramos citações que nos revelam:

“O Senhor está perto de nós”, “o Reino de Deus nos está próximo”, “Jesus Cristo está em nós”, e tantas outras, enquanto a humanidade, aparentemente, se vê separada e distante de Deus, inclusive se crendo viver em “outro mundo”, que não o de Deus!

Desfazer estas falsas crenças coletivas é ao que Jesus denominou ser o “conhecimento da Verdade”!

“Aquele que permanecer em MIM, conhecerá a Verdade, e a Verdade o libertará”, disse Jesus.

Infelizmente, o sentido da palavra “Mim” foi distorcido pelas religiões do mundo, por terem entendido que, por ter sido frase dita por Jesus, esse “Mim” foi pregado como se fosse unicamente Jesus! Desse modo, nossa “proximidade com Deus” ficou mais ainda comprometida, com Jesus sendo mundialmente propagado como único Filho de Deus genuíno, enquanto todos os demais eram considerados “pecadores”, “salvos somente por Jesus”, ou serem apenas simples “criaturas de Deus”, distantes demais de Deus e que somente através de Jesus, se oferecendo e  “morrendo numa cruz” como um “cordeiro”, supostamente em prol de suposta “humanidade pecadora”, poderia salvar a todos de forma a lhes possibilitarem “se tornar” Filhos de Deus”!

Mas quando lemos e estudamos as Escrituras e o Evangelho pregado por Jesus, essa Teologia humana, sangrenta e macabra cai por terra, e observamos por qual motivo: Jesus jamais nos julgava “pela carne”, ou pelas “aparências”! Antes, pregava o “JUÍZO JUSTO”! Com qual objetivo? COM O OBJETIVO DE FAZER-NOS “VER A NÓS MESMOS” SENDO HONRADOS, DA MESMA FORMA COM QUE “HONRAMOS O NOSSO PAI CELESTIAL”, isto é, para que NOS VÍSSEMOS “MAIS DO QUE PRÓXIMOS DE DEUS, MAS SIM, SENDO “UM COM ELE”!

O “juízo justo”, portanto, é a PRÁTICA DE NOSSA ETERNA PERMANÊNCIA “EM MIM”, uma vez que “ESTAR FORA DE “MIM” seria impossibilidade! Por quê? PORQUE DEUS É ESPÍRITO ONIPRESENTE, É TUDO, E UNICAMENTE CONHECE A SI MESMO SENDO TUDO! Por isso, assim disse Paulo: “Deus testifica, COM O NOSSO ESPÍRITO, que SOMOS FILHOS DE DEUS”.

As religiões, que se dizem propagadoras do Evangelho, para começar, julgam CONVICTAMENTE a todos “pelas aparências”, ensinando que “Ninguém vem ao Pai senão por Jesus”, enquanto disse ele próprio que “Ninguém vem a mim, SE O PAI NÃO O TROUXER”!

O “sangue do cordeiro” , simbolizado pelo vinho, na Santa Ceia, representava a “morte do ilusório ego terreno”, razão pela qual Paulo, quando se viu liberto dessa falsa personalidade humana, a ponto de perceber SER O CRISTO, assim declarou: “Estou crucificado! Não sou mais eu que vive; O CRISTO VIVE EM MIM”.

De tanta mentira que passaram à humanidade, de tanta falsidade que insinuaram ser verdade, a maior, e mais nefasta delas, é a que NEGA QUE SOMOS UM COM DEUS “DESDE O PRINCÍPIO”, enquanto a Bíblia registra Jesus a dizer: “Estivestes comigo desde o princípio”, “Oro para que todos sejam um, assim como nós, ó Pai, somos UM: Perfeitos na UNIDADE!

Esta postagem fluiu como incentivo a todo aquele que, se esteve sendo enganado pelas “religiões dos homens”,  possa, agora, “PERMANECER EM MIM”, NO SEU PRÓPRIO ESPÍRITO DIVINO, QUE É DEUS, NO CRISTO UM COM DEUS QUE ELE PRÓPRIO É, E POSSA “CONHECER A VERDADE”,PARA SE PERCEBER “LIVRE” COMO SEMPRE FOI!

 *

“O SENHOR TE ABENÇOE, Ó HABITAÇÃO DE JUSTIÇA!”

Mesmo que alguém leia e acredite ser um “Templo de Deus”, se viver incorporando crenças e mais crenças falsas e negativas do “coletivo ilusório”, em nada diferirá de algum ateu!

Assim disse o profeta Jeremias: “O Senhor te abençoe, ó habitação de justiça!” (Jer. 31: 23). Que estava nos querendo dizer? Que devemos SER HABITAÇÃO DE JUSTIÇA DIVINA, com a Mente no Alto e não no “deserto de crenças da terra”.

O mundo endossa coletivamente a ilusão dualista de “tempos de vacas gordas e vacas magras”, e isto o faz crer que ninguém é “Templo de Deus” nem “habitação de justiça”. A Verdade, sendo acreditada, deve levar cada um à PERCEPÇÃO de ser HABITAÇÃO VIVA DE JUSTIÇA DIVINA!

Há tempos, estando numa livraria da Seicho-no-ie escolhendo alguns livros, o encarregado que me atendia estava preso à crença de que “ali fazia muito calor”; em vista disso, não parava de repetir que o “calor era terrível”, e como não parava, eu disse a ele: “AGRADEÇA AO CALOR!”

Ele sabia que a gratidão a tudo era pregada com ênfase pelo ensinamento, mas me olhou surpreso, quando o lembrei disso. E não reclamou mais, pelo menos enquanto me via estando perto dele!

A gratidão foi trazida à Seicho-no-ie quando Masaharu Taniguchi conheceu um psicólogo canadense, Hans Selie, que curava seus pacientes com contínua repetição da expressão “Muito obrigado!”. Tal expressão devia ser repetida dez mil vezes por dia, e, pôde ser constatado que curava todo tipo de doenças, sendo considerada como de enorme eficácia para entrarmos em sintonia com Deus!

O fato é que a gratidão evita a reclamação, pois a mente humana é incapaz de pensar ao mesmo tempo em duas ideias opostas. Além disso, a gratidão eleva a frequência mental e a Lei da mente diz que “recebemos o que se sintoniza com nossa frequência mental”.

O mundo acredita passar por “épocas desafiantes”; porém, tais épocas são só “aparências”, e nunca realidades!

A REALIDADE ONIPRESENTE É DEUS, E SOMOS “HABITAÇÃO DE SUA JUSTIÇA”, como disse Jeremias.

De pouco adiantará alguém contemplar a Verdade de que é um Templo de Deus, por alguns minutos, para depois se saturar de críticas, maledicências, reclamações e falta de gratidão pelo resto do dia!

Disse Jesus: “A boca fala do que está cheio o coração”!

*

CONTEMPLE DEUS SENDO A AUTOLUZ DISTINTA,QUE VOCÊ É!

Em seu famoso Sermão do Monte, Jesus declarou o que SOMOS: a “Luz do mundo”. PLENAMENTE estava CONSCIENTE de que jamais estivemos sendo o que erroneamente testemunha a ilusória “mente carnal” com seus supostos sentidos humanos, que nos veem como “carnais temporais”!

Em suas pregações, Jesus também se referia a si mesmo como “Luz do mundo”, com o firme propósito único de endossar a Verdade de SER FILHO DE DEUS, exatamente igual ao FILHO que verdadeiramente TODOS ETERNAMENTE SOMOS!

As Mensagens do Facho de Luz têm o mesmo propósito de Jesus, de passar ao mundo esta  tremenda revelação absoluta: SOMOS A LUZ DO MUNDO!

ISTO PORQUE DEUS É LUZ SEM TREVAS, E SOMOS SERES À SUA IMAGEM E SEMELHANÇA!

A prática dessa revelação requer nossa exclusão radical da CRENÇA TEMPORAL que nos considera sendo “carne” e não Luz! E requer assídua dedicação, vigília e oração em nos vermos como Jesus nos vê, sem “pais na terra” e sem identificação com o mundo irreal e material!

Assim como o Sol é seu núcleo e é cada um de seus raios, em UNIDADE ILUMINADA, Deus e Homem são UM, de forma que SOMOS O SOL E SOMOS O RAIO ESPECÍFICO E DISTINTO, CHAMADO “CRISTO”!

Jamais se veja sendo “treva” iluminada por um Deus existindo em separado! Jamais se veja sendo “aspirante à iluminação”! E jamais acredite em suposta “evolução”, capaz de alterar “carnais” em direção a futura condição de iluminação!

PARTA DA VISÃO CRÍSTICA QUE VOCÊ POSSUI, E QUE ENDOSSA O QUE SOBRE TODOS JESUS DECLAROU: “VOCÊ É A LUZ DO MUNDO”, AQUI E AGORA! NÃO HÁ “LUZ” SENDO TREVA! E NÃO HÁ TREVAS EM DEUS, QUE É TUDO!

COMO FILHO DE DEUS, VOCÊ É A AUTOLUZ RESPLANDECENTE EM ETERNA E ESPONTÂNEA MANIFESTAÇÃO ILUMINADA!

GRAVE BEM: Ao dizer “SOIS A LUZ DO MUNDO”, Jesus estava INCLUINDO VOCÊ nesta Verdade Eterna!

E QUEM DECIDIU QUE ASSIM FOSSE, FOI DEUS! JESUS SOMENTE “TESTEMUNHOU”!

*

“DESTRUIREI ESTA CASA, E NINGUÉM A PODERÁ RECONSTRUIR!”

“Disse Jesus: Destruirei esta casa, e ninguém a poderá reconstruir”.

Evangelho de Tomé

Seja o que for, e que esteja sendo visto e entendido como sendo “matéria”, não passará de “aparência”, que é falsa existência.  Ocorrendo a iluminação espiritual, a REALIDADE DIVINA E TRANSCENDENTAL É “TRAZIDA À LUZ”, FAZENDO COM QUE A ILUSÓRIA “APARÊNCIA” SE MOSTRE DESTRUÍDA, SEM QUE POSSA VOLTAR OU SER “RECONSTRUÍDA”,

Por mais que a humanidade endosse a presença de “algo material”, permanece incólume a VERDADE de que DEUS É TUDO e que, em vista disso, TUDO É ESPÍRITO DIVINO, AQUI E AGORA!

Todo ensinamento absoluto parte da Verdade de que DEUS É TUDO! Numa de suas parábolas, registrada em Mateus 25:34, Jesus cita o Rei dizendo aos justos:

“Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver”.

Pela parábola, os “justos” não se mostravam cientes de terem feito nada daquilo, e foram pedir explicações ao Rei; e então, dele obtiveram a resposta:

“Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes”.

O enfoque absoluto dá a interpretação absoluta desta parábola, deixando claro que TUDO É DEUS EM ONIAÇÃO, sendo que os “justos”, chamados na parábola de “ovelhas” , eram convidados a se verem no Reino de Deus e agindo em unidade com Deus, enquanto os “injustos”, chamados de “bodes”, eram os desconhecedores da Verdade, e que viviam só pensando em si mesmos. E a parábola diz:

“E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna”.

Que significa “ir para o tormento eterno?” Significa o que disse Jesus, na citação do Evangelho de Tomé: “Destruirei esta casa, e ninguém a poderá reconstruir”.

Sabia que todo suposto “carnal mortal” seria anulado perenemente pela Verdade, e que A UNIDADE PERFEITA ESTARIA SENDO POR TODOS CONHECIDA!

Por isso, assim diz a Bíblia:

“DO MENOR AO MAIOR, TODOS CONHECERÃO A MIM”!

*

O RENASCIMENTO EM SUA PRÁTICA EFETIVA

Enquanto os mensageiros da Verdade se ocuparam em libertar a humanidade do “cativeiro de falsas crendices”, o mundo se manteve sendo saturado de religiões, denominações e igrejas endossando “encarnações”, “reencarnações”, “evolução”, “estados de consciência”, prendendo até hoje a humanidade afastada da Verdade de que SOMENTE EXISTE DEUS!

A crença da existência de pecados e pecadores, por exemplo, já estava pelo mundo, quando Jesus nele apareceu e declarou ter vindo para “testemunhar a Verdade que somos”. Explicou ser a sua doutrina vinda do Pai de todos nós, que é unicamente Deus!

Sabia que DEUS É QUEM TODOS SOMOS, mesmo tendo o mundo acreditado num Deus em coexistência com supostos “seres humanos”.

Jesus foi claro: “Não se deita vinho novo em odres velhos”. Por isso pregou o “nascer de novo”, um pleno abandono e desapego das falsas crenças na matéria, que são  pegajosas e dão mesmo a impressão de serem difíceis de serem derrubadas. Mas esta noção de dificuldade vem exatamente da “mente em ilusão”, a “mente carnal”, a “inimizade contra Deus”.

SOMENTE EXISTE DEUS, QUE É ESPÍRITO E NÃO “CARNE”.  Portanto, A VERDADE REVELADA pode ser vivida aqui e agora, por quem quer que seja, DESDE QUE SE ABRA integralmente À ONIAÇÃO DIVINA em SI MESMO!

“Quem CRÊ NO FILHO, em SI MESMO tem o testemunho” – disse João. E o Jesus exterior, ensinado pelas religiões, SEMPRE ESTEVE TESTEMUNHANDO A VERDADE QUE SOMOS, PORÉM, “EM NÓS MESMOS”, como a NOSSA MENTE DE CRISTO, e como O NOSSO ESPÍRITO DIVINO!

Por ter sido iludida a acreditar num “salvador exterior”, permaneceu a humanidade endossando a ILUSÃO DE SER ORIUNDA DE CARNAIS! A VERDADE DE QUE “SOMOS TODOS DEUSES” VIVENDO “EM MIM”, NA UNIDADE ABSOLUTA, PERFEITA, ONIPRESENTE E ONIATIVA, NUNCA FOI ENSINADA COMO FOCO, PELAS RELIGIÕES DO MUNDO!

Em vista disso, as  falsas CRENÇAS perduram até hoje, fazendo com que todos se julguem “carnais”, sujeitos a pecados,  doenças e males de toda sorte!

“Jesus Cristo ESTÁ EM VÓS” – disse Paulo!

E chamou de REPROVADOS aqueles apegados a crenças contrárias!

“Fora de “MIM” não há Salvador” – disse Isaías.

A libertação de todos JÁ É! Aqui e agora! Bastando, a cada um, acreditar, afirmar,  reconhecer e contemplar a Verdade:

“O CRISTO É O ESPÍRITO DO PAI EM MIM, O ESPÍRITO DA VERDADE QUE APAGA A ILUSÃO E ME REMETE UNICAMENTE A “MIM”!

Este é o reconhecimento e prática do RENASCIMENTO ESPIRITUAL, que “desfaz” o HIPNÓTICO “mundo do pai da mentira” e revela a VERDADE ETERNA de que VIVEMOS, AQUI E AGORA, NO ILUMINADO UNIVERSO DIVINO! 

*

“TU, DE QUE TUDO VEM, E A QUEM TUDO VOLTA!”

A aparente dificuldade em aceitar que UNICAMENTE O EU SOU ABSOLUTO é REALIDADE, é o que faz a suposta “vida pessoal de cada um” parecer problemática, complicada e “dura de ser vivida”. Lao tse, 600 anos antes de Cristo, disse o seguinte: “Tu, de que TUDO vem, e a Quem TUDO volta, nunca te arvoras em dominador. Assim também o sábio sempre serve, realizando grandes coisas, sem se ufanar de sua grandeza”.

Todas as aparentes desarmonias são “aparências” resultantes da falta de conhecimento da Verdade de que UNICAMENTE DEUS É “UM” E QUE É A ÚNICA REALIDADE!

Desde os supostos conflitos entre um casal, até os conflitos maiores entre nações, todos sem exceção são decorrentes da FALSA CRENÇA de que EXISTAM SERES AVULSOS, NÃO ENTENDIDOS COMO SENDO O MESMO E ÚNICO SER EM AUTOEXPRESSÃO!

Enquanto esta CRENÇA DE PLURALIDADE for aceita como verdadeira, a PAZ, no ilusório “mundo de aparências”, sempre parecerá estar comprometida.

Assim como a mão direita não entra em conflito com a esquerda, por SEREM UMA COM O CORPO, a vivência discordante da UNIDADE ESSENCIAL está sempre se manifestando como dissensões e conflitos! SOMENTE UM RECOLHIMENTO DAS IRREAIS PARTES À VERDADE DE QUE SÃO “UMA” E NÃO “DUAS OU MAIS DE DUAS”, possibilitará ocorrer a manifestação harmônica refletindo a Verdade da UNIDADE.

Esta é a Verdade pela qual Jesus orou para que fosse por todos percebida:

“ORO PARA QUE TODOS SEJAM UM”! Na Unidade, inexistem “pessoas” fazendo obras! Nem boas nem más! E quando Jesus declarava que O FILHO VEIO PARA SERVIR E NÃO PARA SER SERVIDO, repetia Lao Tse, revelando que UNICAMENTE DEUS FAZ AS OBRAS REAIS, ou seja:

“TUDO VEM DE DEUS, A QUEM TUDO VOLTA!”

*

“SE FÔSSEIS CEGOS, NÃO TERÍEIS PECADO!”


“Se fôsseis cegos, não teríeis pecado; mas como agora dizeis: Nós vemos, permanece o vosso pecado”.

João 9: 41

“Vai-te e não peques mais”, disse Jesus à suposta adúltera, após dizer-lhe que não a condenaria. Por que Jesus não a condenara? Por ser O CRISTO e por ela SER O CRISTO! Jesus e Paulo sabiam a Verdade de que O CRISTO É TUDO EM TODOS, enquanto o povo de todas as supostas épocas, somente enxergava as mentirosas aparências da ILUSÃO!

Milênios de revelações espirituais transmitidas à humanidade, sempre explicando que a NATUREZA REAL de Deus, do Universo, e de TODO FILHO DE DEUS, é unicamente ESPIRITUAL, até hoje não foram aceitas, ouvidas, entendidas nem vividas, e isto PORQUE QUASE NINGUÉM QUIS SE DEDICAR A SER CEGO PARA AS APARÊNCIAS FRAUDULENTAS!

Daí decorreu a frase seguinte de Jesus: “Se VÓS fôsseis cegos, não teríeis pecado”.

“Pecar” quer dizer “errar o alvo”, e O ALVO É O CRISTO SENDO TUDO EM TODOS! “Vai-te e não peques mais”, disse Jesus à mulher! O sentido é: “VÁ, SEM VOLTAR A SE IDENTIFICAR COM A  FALSA  CRENÇA DE “SER CARNAL DO MUNDO”!

Para Jesus, jamais uma “adúltera” estivera diante dele como realidade! O “pecado”, para ele, seria saber VER O CRISTO sendo TODOS, enquanto a maioria SE ILUDIA, VENDO A SI MESMOS COMO “CARNAIS MORTAIS”! Por isso disse aos que apedrejavam a mulher: “Aquele sem pecado, que atire a primeira pedra”! NENHUM A ATIROU!

A humanidade precisará ser resoluta e determinada no RECONHECIMENTO INDIVIDUAL DA VERDADE de que “O CRISTO É TUDO EM TODOS”!

Para isso, cada um terá de “SER CEGO PARA AS APARÊNCIAS”, ACATAR  QUE “TEM A MENTE DE CRISTO”, E SER “CONHECEDOR DE SI MESMO” COMO SENDO inteiramente O CRISTO!

Este é o verdadeiro Cristianismo, e este “JUÍZO JUSTO é o verdadeiro julgamento, ensinado por Jesus: “HONRAR A SI MESMO como HONRA O PAI”.

Aqueles que “julgam o próximo pelas APARÊNCIAS”, comportam-se como os “apedrejadores da adúltera”, desconhecendo a VERDADE de que, EM TODOS, O CRISTO SE EXPRESSA EM SUA TOTALIDADE!

E enquanto insistirem nesse ERRO, continuarão, aparentemente, sendo CEGOS e “ERRANDO O ALVO”!

*

NINGUÉM É “MAIS DEUS” DO QUE VOCÊ!

Folheando uma revista, contendo uma miscelânea de mensagens e pensamentos de diversos autores famosos, um deles, atribuído a Chico Xavier, dizia explicar “quais eram os casos mais comuns de doenças compulsórias, impostas pela Lei Divina”. Quantos não teriam lido um absurdo como esse, passando a acreditar que Deus possui leis causadoras de doenças!

Jesus curou aos montes supostos portadores de enfermidades e doenças de toda espécie; estaria interrompendo ou descumprindo atividades de “leis divinas”? Óbvio que não! “Curai os enfermos”, disse Jesus! Estas supostas “leis cármicas” nunca foram Leis Divinas, muito embora tivessem assim sido entendidas, e inclusive até propagadas, por autores de elevada reputação!

Joel S. Goldsmith, por exemplo, quando lançou seu livro “O Trovejar do Silêncio”, nele explicava a “vida pela Lei” e a “vida pela Graça”. Repentinamente, recebeu a revelação de que “NÃO EXISTEM LEIS CÁRMICAS”; mas o livro estava pronto e sendo lançado, e a FALSA VERDADE foi esparramada ao mundo sem que fosse dado qualquer aviso de alerta aos possíveis leitores! Quando Lorraine Sinkler escreveu a biografia de Goldsmith, nesse seu livro o fato foi explicado; entretanto, quem só ficou com o livro de Joel, até hoje deve estar acreditando que, também ele, acreditava nestas supostas “leis” desconhecidas de Deus!

Masaharu Taniguchi, tendo tido a revelação de que SOMENTE DEUS É REALIDADE, fundou a Seicho-no-ie para disseminar essa Verdade e, segundo ele, “iluminar a humanidade”. Na revelação recebida, DEUS É TUDO, não havendo mais nada, senão Deus. No seu livro A VERDADE DA VIDA,

volume 27, falou em seu prefácio, que o ensinamento da Seicho-no-ie não continha pontos sombrios como “leis do carma”. Entretanto, publicou experimentos espíritas, nos volumes 9 e 10 de A VERDADE DA VIDA, talvez pela falta de interesse e de credulidade por parte da humanidade, diante da revelação pura e absoluta de que DEUS É TUDO. Para manter a divulgação do que lhe foi revelado, deve ter optado por diversificar os temas com  ensinamentos humanos, inclusive pregando as “leis cármicas” antes chamadas de pontos sombrios das religiões tradicionais. Tenham sido quais fossem os seus motivos, O FATO É QUE DEUS É TUDO E QUE “ALGO ALÉM DE DEUS” É, DE FATO, ILUSÃO!

Sai Baba, também ciente de que A ILUSÃO É ILUSÃO, citava as crenças reencarnacionistas, ora pregando algo absoluto, ora se rendendo ao relativo!

Foram citados alguns exemplos, para endossar o que disse Buda: “CONFIE EM SI MESMO”, EM SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA, E  NUNCA CEGAMENTE, EM MESTRES FAMOSOS POR SUAS REPUTAÇÕES!

DEUS É TUDO, DEUS É AMOR, É LUZ, E É A TOTALIDADE DA REALIDADE! PORTANTO, “CONHECER A VERDADE” É, DE FATO, CADA UM “PERMANECER EM SI MESMO” –  EM “MIM” – glorificando a Deus em SEU CORPO e em SEU ESPÍRITO!

GRAVE BEM: NÃO HÁ NINGUÉM SENDO “MAIS DEUS” DO QUE VOCÊ!

*

 

“SUBAMOS AO MONTE DO SENHOR!”

“Subamos ao monte do Senhor; que Ele nos ensine a andar em suas veredas”.

Isaías, 2: 3

“Subir ao monte”, no linguajar bíblico, significa “mudarmos de referencial”, percebermos a Onipresença transcendental de Deus e, ao mesmo tempo, percebermos Sua Presença perfeita sendo a NOSSA PRESENÇA!

Deus é TUDO, e “subimos ao Monte do Senhor” quando reconhecemos que SOMOS CONSCIÊNCIA ILUMINADA, e nunca “mente humana” atuando como “existência temporal”, limitada e imperfeita.

Em Deus, na Verdade, não há “subir nem descer”! TUDO É ALTITUDE CELESTIAL, ILUMINADA E ONIATIVA! Sendo assim, na Prática do Silêncio devemos NOS VER ESTABELECIDOS no UNIVERSO DO ALTÍSSIMO, ENTENDENDO CADA AGORA COMO “PERFEIÇÃO ABSOLUTA” EM PERMANENTE EXPRESSÃO.

Não há DOIS Universos, para que nos fosse possível SUBIR DE UM PARA OUTRO! Isaías sabia disso, e nos prevenia para “subirmos ao Monte do Pai”, de onde nos veríamos “ensinados a seguir em Suas veredas”. Usou um modo dualista e prático de pregação, possível de ser captado na época, em vez de deixar mais claro a Verdade exposta!  O sentido absoluto é que, QUANDO SUBIMOS AO “MONTE DO SENHOR”, APARENTEMENTE, SUBIMOS DA ILUSÓRIA “TERRA DAS MENTES HUMANAS PESSOAIS” PARA A “MENTE DIVINA ÚNICA”, EM SUA ONIAÇÃO PERFEITA!

Feito isso, a Sabedoria do Alto é aflorada e se mostra sendo “uma com o Filho de Deus”; é quando, no “mundo de aparências”, é vista a “sombra da Oniação” em forma de “alguém” sendo ensinado a “andar nas veredas de Deus”.

Também Jesus, ao dizer: “Eu subo para meu Pai e vosso Pai, a meu Deus e vosso Deus”, como fez Isaías, incitava a humanidade a desacreditar de suposta “vida material”, para torná-la receptiva à Verdade Absoluta de que “em DEUS vivemos, nos movemos e existimos”!

*

VEJA-SE INTEGRANDO A “DIVINA ORDEM”!

A  Divina ORDEM é a primeira Lei do Universo real em que estamos.

Alheia às revelações absolutas, que são unânimes em difundir a Verdade de que “somos deuses”, “vivendo no Reino de Deus”, e JAMAIS sendo “carnais humanos”, a maioria, aparentemente, vive numa ILUSÃO DE EXISTÊNCIA! O Reino de Deus constitui a TOTALIDADE da REAL EXISTÊNCIA, e mesmo assim não é percebido! Por quê? Por estarem todos convictos de “TEREM MENTE HUMANA”, uma falsa existência que somente capta “imagens hipnóticas”, sem consistência e sem realidade!

Vivendo nesta ILUSÃO, toda suposta “alteração para pior”, constatada nas “aparências”, essa “MENTE FALSA” induz cada um a endossar o ilusório “erro”, crendo ser ele real, material e mutável!

Se todos conhecessem a VERDADE, se veriam livres!

A Verdade é que DEUS É TUDO, e, portanto, TODA A REAL EXISTÊNCIA está sempre EM DIVINA ORDEM! O que ensina a Metafísica Absoluta é, SIMPLESMENTE, recusarmos as mentiras e abraçarmos as Verdades! E para isso, é preciso saber que NADA REGISTRADO PELA MENTE HUMANA É REALIDADE! Ao mesmo tempo, é preciso RECONHECER QUE “A DIVINA ORDEM” jamais deixa de estar vigente e universalmente presente, ALHEIA às irreais “manifestações hipnóticas” do erro e suas aparentes desordens!

A humanidade sempre se coloca num interminável “quebra-cabeça” de erros de toda espécie,  sempre LUTANDO para “pôr  ordem” em cada um deles! Desconhece o que disse Jesus, RESISTINDO AO ERRO, NÃO INDO A “MIM”, E RECONHECENDO AS ILUSÓRIAS “DESORDENS”, enquanto a PERMANENTE ORDEM UNIVERSAL JÁ É PRESENÇA, porém, sequer é cogitada para ser considerada, buscada e entendida!

TUDO SEMPRE SE MANTÉM EM “DIVINA ORDEM”, CABENDO A VOCÊ, E A TODOS, UNICAMENTE SE PERCEBEREM  “INCLUSOS” NESTA VERDADE ABSOLUTA!

Jesus não “corrigia o erro”! COM A MENTE DE CRISTO, SOMENTE VIA A DEUS SENDO REALIDADE! Enquanto as multidões se maravilhavam com seus SUPOSTOS “milagres”, entendia ele que apenas ENDOSSAVAM “ MUDANÇA DE APARÊNCIAS”!

O real ensinamento é TROCARMOS TUDO QUE A MENTE DIZ “VER”, PELAS “OBRAS DE DEUS”, TODAS EM PERMANENTE “DIVINA ORDEM”!

O QUE É REAL, CAPTADO PELA “MENTE DE CRISTO”, CONSTITUI A MENTE VERDADEIRA QUE TODOS TEMOS, DADA A CADA FILHO DE DEUS PELO PRÓPRIO DEUS!

“Que haja em VÓS a mesma Mente que houve em Cristo Jesus” – disse Paulo. VIVA ESTA VERDADE, REPUDIANDO A “CRENÇA NO ERRO” E RECONHECENDO QUE A SUA MENTE, A MESMA TAMBÉM EM JESUS, É APTA PARA “FAZER VALER” A “DIVINA ORDEM UNIVERSAL” EM SEU UNIVERSO, EM SEU CORPO E EM SUA VIDA!

MEDITE E AFIRME: “TENHO A MENTE DE CRISTO, A MENTE QUE PERCEBE TODA A EXISTÊNCIA EM “DIVINA ORDEM”! Desse modo, se verá PRONTO E SERENO para “CONTEMPLAR ESTA VERDADE”!

 *

 

“DEIXANDO O LEITE PELO ALIMENTO SÓLIDO!”

“Porque, devendo já ser mestres em razão do tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido. Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança; mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal.

Hebreus, 5: 12

O estudo da Verdade requer IMEDIATA, DETERMINADA e CONTÍNUA colocação na prática de seus princípios como substituição das arcaicas crenças falsas materiais pelas revelações espirituais. Paulo deu seu alerta àqueles que já deveriam se portar como  “mestres”, mas que se comportavam como “criancinhas em Cristo”, sempre querendo “aprender” o que já deveria estar bem sabido e dominado!

“Porque, devendo já ser mestres em razão do tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido”, disse Paulo!

O “alimento sólido” é o estabelecido pela Verdade de que DEUS É TUDO, que “TEMOS A MENTE DE CRISTO”, E QUE “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER”.

Porém, se alguém passar a vida toda acreditando nas “mentiras da mente carnal”, sem “trabalhar pela comida que não perece”, sem reconhecer a SI MESMO como sendo unicamente O CRISTO,  vivendo AGORA na UNIDADE DIVINA E PERFEITA, que é DEUS, por certo, estará sempre “atrás de mais leite”, sem demonstrar a fé e a confiança maior em Deus do que nas “aparências”, que são todas falsas, ilusórias e insubstanciais!

Entender as “aparências” como insubstanciais significa uma sólida  convicção e reconhecimento de que DEUS É A ÚNICA SUBSTÂNCIA REAL E PERFEITA EM EXPRESSÃO  UNIVERSAL ONIPRESENTE!

“Sem o VERBO DIVINO, nada do que foi feito se fez”, declarou João!

Quando rejeitamos a “presença de matéria e de corpo carnal”, significa termos adotado a Verdade de que A SUBSTÂNCIA DE NOSSO UNIVERSO E DE NOSSO CORPO É UNICAMENTE DEUS! ESTA VERDADE É O “ALIMENTO SÓLIDO” EM QUESTÃO!

“Mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal”, disse Paulo.

Este DISCERNIMENTO  se mostra completo quando UNICAMENTE O BEM PERMANENTE É RECONHECIDOTODO MAL APARENTE É ENTENDIDO COMO “NADA”!

 *

O “EU SOU” TRANSCENDENTAL SENDO “NOSSO NOME ESCRITO NOS CÉUS!”

As Mensagens do Facho de Luz não objetivam apenas “informar” que SOMOS DEUSES, seres divinos e perfeitos que JAMAIS estiveram se enfileirando no suposto “mundo do pai da mentira! Muito pelo contrário, revelam que DEUS É TUDO, que TUDO É DEUS, e sempre salientando, PRIORITARIAMENTE, a necessidade de  NOS IDENTIFICARMOS com essa Verdade!

Disse Buda: “Eu sou o ÚNICO ILUMINADO em todo o Universo!”. Disse Jesus: “Aquele que me VÊ A MIM, vê o Pai!”. Nenhum dos dois enaltecia a SI MESMO. Ambos falavam do “EU SOU TRANSCENDENTAL”, ABSOLUTO, sendo o NOSSO NOME “escrito nos céus”. Em outras palavras, REVELAVAM A FALSIDADE E NATUREZA ILUSÓRIA da existência de “alguém” identificado com “NOMES ESCRITOS NA TERRA”!

Gerações e gerações de supostos seres  mortais identificados com “nomes escritos na terra”, segundo sua própria e ilusória “autora, a “mente carnal”, foram assim definidas: “Do pó vieram e ao pó voltarão”! Mas nem isso tem qualquer resquício de ser verdadeiro! DEUS É TUDO, E DEUS, SENDO ESPÍRITO, É INCLUSIVE O CRISTO QUE SOMOS!

Assim disse Paulo: “Quando o CRISTO, que é a VOSSA VIDA, se manifestar, VÓS também vos manifestareis com ELE em “glória”.

“COM ELE QUEM?” COM “O EU SOU TRANSCENDENTAL”, MANIFESTO COMO “CADA UM DE NÓS”.

Na verdade, TUDO JÁ ESTÁ CONSUMADO E EVIDENCIADO! ESTA É A VERDADE COM QUE BUDA E JESUS SE VIAM IDENTIFICADOS! QUE MAIS VIRAM ELES? VIRAM “O QUE ERA DESDE O PRÍNCÍPIO”, A UNIDADE DIVINA PERFEITA, EM QUE TODOS SOMOS O CRISTO MANIFESTADO!

 

“Aquele que se despir do velho homem e seus feitos”, constatará O CRISTO QUE É TUDO EM SI PRÓPRIO, E, EM CRISTO, SE ACHARÁ DOTADO E IDENTIFICADO COM O “NOME DO PAI”, ETERNAMENTE “ESCRITO NOS CÉUS”! 

 *

CONTEMPLE O REINO ILUMINADO E SEU CORPO COMO “TEMPLO DE DEUS”!

Quando ocorre “eclipse do sol”, muitos se interessam por vê-lo, e utilizam, como proteção, chapas radiográficas diante dos olhos, para filtrar o clarão resplandecente que poderia afetar os olhos. Desse modo, o eclipse seria visto numa “imagem falsa e fosca do sol”, enquanto “lá fora”, sua “imagem verdadeira” em nada se alteraria, conservando seu brilho e esplendor.

“SOIS O TEMPLO DE DEUS”, disse Paulo. Vendo a SI MESMO em sua “imagem verdadeira”, transmitia a todos que o suposto “corpo carnal” não passava de uma “imagem falsa, fosca e temporal”, apenas “vista” pela “mente carnal”.

O CORPO REAL É PERMANENTE OBRA DE DEUS, UM “TEMPLO DE DEUS”, QUE JAMAIS NASCE NEM MORRE”

Se a chapa radiográfica, da analogia, estivesse danificada e deformada,  a “imagem fosca” do sol revelaria as deformações; porém, nenhuma delas afetaria a “imagem verdadeira do sol”.

Quando alguém reclama do corpo ou do mundo material, reclama indevidamente, pois, o que deveria fazer, é ‘CONTEMPLAR O REINO REAL E O CORPO REAL, ETERNOS, PERFEITOS E ILUMINADOS!

A isso, a Metafísica Absoluta denomina “TROCA DE REFERENCIAL.”, que é ABANDONAR a “visão ilusória” para reconhecer a VISÃO ILUMINADA!

“DEUS É LUZ, E NELE NÃO HÁ TREVAS NENHUMAS”, disse João. “TUDO JÁ É ILUMINADO”, disse Buda”. VIAM A “IMAGEM VERDADEIRA” DO UNIVERSO E DE SI MESMOS! 

Ao dizer “ter vindo a fim de que OS QUE VEEM SEJAM CEGOS, e  OS QUE NÃO VEEM VEJAM”, Jesus estava dizendo ter vindo para que DESCARTÁSSEMOS O “MUNDO DAS MENTIROSAS TREVAS MATERIAIS” A FIM DE QUE NOS VÍSSEMOS COMO REALMENTE SOMOS: ILUMINADOS, PERFEITOS, SEMPRE NO REINO DE DEUS, “NELE VIVENDO, NOS MOVIMENTANDO E TENDO O NOSSO SER”!

 *

ANULANDO A ILUSÃO DE CARÊNCIAS DE TODA SORTE!

“Deus é Quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas”;

Atos, 17: 25

A Bíblia ensina: “Busque sabedoria e não riquezas”, e Jesus, a seu modo, disse algo com mesmo sentido: “Trabalhai pela comida que não perece”!  Quando é lido, em Atos dos apóstolos, que “Deus é Quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas”, o que precisa FICAR BEM ENTENDIDO, é  não ser nesse REFERENCIAL DA MENTE CARNAL que se dá o PERFEITO SUPRIMENTO DIVINO!  

DEUS DÁ TODAS AS COISAS EM SI MESMO, EM SUA AUTOEXPRESSÃO UNIVERSAL, EM QUE “TODAS AS COISAS SÃO ESPIRITUAIS E DADAS IGUALMENTE A TODOS”!

O real “princípio do suprimento pleno” encontra-se no entendimento e reconhecimento de que UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! Em vista disso, sendo DEUS ONIPRESENTE, ELE PRÓPRIO SE SUPRE DE TUDO EM CADA FILHO, OU CRISTO, SEM QUE POSSA HAVER TIPO ALGUM DE CARÊNCIA!

E quando alguém desconhece ou não aceita SER UM COM DEUS, aparentemente, “se ADMITE estar desligado” da perfeita Fonte de suprimento e, de olhos na ILUSÃO de “vida na matéria”, vivencia a CRENÇA EM CARÊNCIAS, mesmo estando IMERSO NO AUTOSSUPRIMENTO DIVINO de que faz parte “desde o princípio”!

Em vista do exposto, a citação de Atos, posta na abertura dessa mensagem, só é VERDADEIRA quando entendida “acima das aparências”, quando nos vemos INCLUSOS EM DEUS, na UNIDADE PERFEITA, reconhecendo que “NELE VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER”! Decorrente de nossa PERMANÊNCIA nesta Verdade, “permanecemos EM MIM”, e é quando “TODAS AS DEMAIS COISAS SE NOS MOSTRAM ACRESCENTADAS”!

Jamais endosse “carências”, sejam de saúde, de finanças, sejam como “aparentarem” ser! A citação de Atos intenta nos prevenir nesse sentido, que é o de ENDOSSARMOS O ABSOLUTO, mesmo com as “aparências” se nos mostrando contrárias!

Endosse, confiantemente, o que nos diz a Bíblia:“Deus é Quem dá a todos a vida, a respiração e todas as coisas”!

ASSIM, TODA “IMAGEM FALSA” DE “CARÊNCIA” SERÁ ANULADA EM SUA PRÓPRIA FALSIDADE!

PERSEVERE ACREDITANDO NISSO!

*

O “EU SOU” QUE DEUS É, E QUE “VOCÊ É”!


Sabiamente, assim disse Jesus: “Errais por desconhecerdes as Escrituras e o Poder de Deus”. E esse mesmo erro é o que até hoje predomina na humanidade, que vive, APARENTEMENTE, amedrontada, crendo haver “vida na matéria”, e com cada um vendo a si mesmo como um“perecível corpo carnal”.

Que diz a Bíblia? “ Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-poderoso!”

A expressão “temer a Deus”, usada nas Escrituras, tem o sentido de “respeitar”, de “reverenciar a Deus”, e nunca o de “ter medo de Deus”. Todo “temente a Deus” é aquele que entende SER UM COM DEUS, INCLUSO NA ONIPOTÊNCIA DIVINA!

O Apocalipse explica O QUE É DEUS, e isto para que saibamos O QUE TODOS igualmente SOMOS, na Unidade com Ele! 

Ao ser lida a revelação, estaremos lendo sobre QUEM SEMPRE ESTIVEMOS SENDO, SOMOS E HAVEMOS DE SER, ou seja, O PRÓPRIO “EU SOU” QUE É DEUS!

Como Deus Se individualiza como cada FILHO, “temer a Deus” significa PRATICARMOS O JUÍZO JUSTO, estabelecido por Jesus: O FILHO HONRAR A SI PRÓPRIO COMO HONRA O PAI!

DEUS É TUDO, É TODO-PODEROSO, E QUANDO O FILHO HONRA A SI MESMO NESSE ENTENDIMENTO DE SUA TOTALIDADE E DE SUA UNIDADE COM O PAI, PROVA CONHECER A VERDADE DE SER UNICAMENTE O QUE DEUS É!

Com isso, desaparece o ilusório “carnal”, que “TINHA MEDO DE DEUS”, e que vivia amedrontado pelas crenças de “juízo final”, “diabo”, “inferno”, “reencarnações”, e tantas outras CRENÇAS IGNORANTES!

Leia e contemple a citação de abertura: “Diz o Senhor: Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-poderoso!”

Perceba SUA PRESENÇA NA ONIPRESENÇA E SEU PODER NA ONIPOTÊNCIA, e viverá COMO O CRISTO QUE TODOS SOMOS! Desse modo, não se verá “vivo na matéria”, não terá “medo de Deus” e muito menos “medo de algo” do “mundo da ILUSÃO”!

Estará vivendo a VIDA IMORTAL E ÚNICA, que é DEUS VIVENDO COMO TODOS NÓS!

 *

RECONHEÇA SUA PRESENÇA SENDO UNICAMENTE  DEUS!

As revelações absolutas requerem aceitação absoluta! Não vemos, nas Escrituras, Jesus fazendo menções sobre supostos “feitos” na carpintaria de José! Despojava-se RADICALMENTE desse “filme ilusório”, incutido na humanidade pela “mente carnal”!

Jesus foi claro ao afirmar que NÃO ERA “DESTE MUNDO”,  e que NENHUM DE NÓS, como ele próprio, IGUALMENTE NÃO É! Esta é a Verdade, e deixar de aceitá-la é pura “ilusão mental”!

Quando Deus é revelado como TUDO, em Sua Onipresença, Onipotência, Onisciência e Oniatividade, o ponto importante está em endossarmos que TUDO QUE DEUS É, É EXATAMENTE IGUAL, EM NATUREZA, AO CRISTO QUE SOMOS!  É ASSIM QUE ETERNAMENTE SOMOS, E NÃO HÁ O MÍNIMO CABIMENTO EM ACEITARMOS CRENÇAS MENTIROSAS CONTRÁRIAS!

Esta Verdade é DEMONSTRÁVEL quando a endossamos de modo radical! Jesus era radical e não acreditava “viver em mundo do pai da mentira”! EM OUTRAS PALAVRAS, JAMAIS SE CONTRADIZIA! Para quê? PARA RECONHECERMOS O CRISTO QUE SOMOS DE FORMA IDÊNTICA À DELE, SEMPRE ENDOSSANDO A VERDADE E NUNCA AS CRENÇAS MENTIROSAS!

“EM DEUS VIVEMOS”, declarou Paulo! Quantas vezes declaramos esta Verdade, reconhecendo em NÓS o Cristo, a Verdade que SOMOS?

Aparentemente, passamos mais tempo lidando com o “mundo do pai da mentira” do que lidando com O REINO DE DEUS! O PROBLEMA NÃO É ESTE. MAS SIM, “ACREDITARMOS” INTEIRAMENTE NUMA ILUSÃO DE “VIDA TERRENA”!

Assuma a VERDADE, reconhecendo e contemplando que, como NUNCA JESUS ESTEVE “SENDO CARPINTEIRO”, E SIM O FILHO TRANSCENDENTAL DE DEUS, vivo EM DEUS, formado pelo VERBO DE DEUS, IGUALMENTE VOCÊ, nunca esteve  “vivendo encarnado” ou “envolvido” com supostos “feitos terrenos”!

“DESPOJAI-VOS DO VELHO HOMEM E SEUS FEITOS”, disse Paulo! Incitava a todos a PERMANECER EM MIM, na UNIDADE CELESTIAL PERFEITA, sem endossos do “velho homem e seus feitos”!  Isso implica “dar adeus” às crenças da “mente carnal”, e a “dar crédito total” à Mente de Cristo”,

NINGUÉM PODERÁ “VIVER SEU PESADELO” E SE RECONHECER “ACORDADO”!  COM A MENTE DE CRISTO, RECONHEÇA QUE DEUS É TUDO EM VOCÊ!

O CRISTO É TUDO EM VOCÊ PORQUE DEUS É TUDO QUE É REALIDADE! GRAVE BEM ESTA VERDADE!

*

O SER PERFEITO COMO PERFEITO É O PAI CELESTIAL!

“Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai celestial”.

Mateus 5: 48

Por mais que muitos creiam que o suposto “mundo dos fenômenos” tenha realidade, a Verdade é transcendental a esta crença coletiva, e se encontra evidenciada como um iluminado e perfeitíssimo Reino de Deus.

Jesus assim disse: “Apenas acredite, e lhe seja feito segundo a sua crença”. Com isso, explicava que esse “mundo de crenças” nada tem a ver com a Verdade, mas sim, com as crenças errôneas aceitas por aqueles que se veem vivendo na “matéria”, algo que jamais existiu como realidade!

Jesus sabia que cada “ser da matéria” era irrealidade! Conhecia a Deus como ESPÍRITO e sabia que TUDO QUE É REALIDADE É DEUS SE EVIDENCIANDO como imutável perfeição. Por isso, assim disse:

“SEDE PERFEITOS ASSIM COMO PERFEITO É O VOSSO PAI CELESTIAL”!

O Homem real é ESPÍRITO e não CARNE! “SER PERFEITO”, portanto, quer dizer SER ESPÍRITO, AQUI E AGORA! E SER ESPÍRITO É SER DEUS!

Este é o discernimento que Jesus espera que TODOS TENHAMOS, e que nada tem a ver com CRENÇAS que lidem com irreais “encarnados”.

Suponhamos que alguém afirme “estar doente”, se mostrando “ávido por se ver curado”. Sua atenção toda irá “lançar âncora” na mentira de ser ele CARNE, e não ESPÍRITO! Tão logo ele EXCLUA A CRENÇA DE SER CARNE, para VER A SI MESMO COMO ESPÍRITO, estará obedecendo a Jesus, terá se libertado da crença em DOENÇA e de SER DOENTE, e poderá fazer sua identificação com a UNIDADE PERFEITA, que é O ONIPRESENTE REINO DE DEUS!

Todas as colocações, que entendem o SER QUE SOMOS como “CARNE”, DEVERÃO SER RECHAÇADAS E REDUZIDAS AO QUE SÃO: “NADAS”! Não passam de “aparências enganadoras”, que buscam chamar nossa atenção para si mesmas, DESVIANDO-A “DE MIM”!

Aquele que a volver a “MIM”, constatará que sempre esteve, está e estará PERFEITO COMO O PAI É PERFEITO, e a Verdade ETERNA lhe ficará CONHECIDA!

*

DEUS, REINO DE DEUS, FILHO DE DEUS!

Durante a “Prática do Silêncio”, de início deve ser descartada a CRENÇA NA MATÉRIA, através de total abertura à Mente de CRISTO, que todos possuímos e que tem aptidão divina para CONTEMPLAR A ONIAÇÃO,  que é o que DEUS FAZ!

Aceite com “coração de criança” que DEUS É TUDO, QUE ESTAMOS NO REINO DE DEUS, E QUE SOMOS FILHOS DE DEUS, EM PERMANENTE UNIDADE COM DEUS!

“Aceitar com coração de criança” significa ACATAR COMO VERDADE JÁ MANIFESTADA AS REVELAÇÕES ABSOLUTAS!

“TUDO ESTÁ FEITO”, ou seja, DEUS ESTÁ FEITO, O REINO DE DEUS ESTÁ FEITO E OS FILHOS DE DEUS ESTÃO FEITOS!

Descartando a ILUSÃO de suposta “existência material”, acate a Verdade de que FORMAMOS A UNIDADE ESPIRITUAL PERFEITA, AQUI E AGORA, ONDE ESTAMOS ATIVOS NA ONIAÇÃO DE DEUS!

Por isso Jesus dizia: “O PAI EM MIM FAZ AS OBRAS”! Via-se INTEGRADO  à Oniação de Deus!

Faça as “contemplações absolutas” SEM LEVAR EM CONTA O SUPOSTO “MUNDO MATERIAL”! DEUS É ESPÍRITO, O REINO DE DEUS É ESPÍRITO, E TODO FILHO DE DEUS É ESPÍRITO! Este é o REFERENCIAL DIVINO, endossado por Deus quando assim Se revelou: “E viu DEUS tudo quanto fizera, e eis que achou muito bom!”.

Com a Mente de Cristo, aceite primeiramente, pensar somente na palavra DEUS por alguns minutos, abrindo-se à Sua PRESENÇA; em seguida, passe a pensar somente no REINO DE DEUS por alguns minutos, reconhecendo ESTAR NELE; por fim, pense somente no FILHO DE DEUS sendo VOCÊ, por alguns minutos.

Sua “contemplação da Verdade”, feita da forma proposta,  será uma simples CONSTATAÇÃO DE QUE DEUS, COM SEU REINO, É A VERDADE ABSOLUTA QUE SEMPRE SOMOS! Isto porque, acatando a Mente de Cristo, e com ela nos abrindo separadamente a DEUS, ao REINO DE DEUS e ao FILHO DE DEUS,  teremos mais facilidade em TRANSCENDER a crença material, por nos CONCENTRARMOS NA NATUREZA REAL E ESPIRITUAL DO UNIVERSO!

*