O “VOCÊ” NASCIDO DO ESPÍRITO!

A Verdade revelada contraria radicalmente a suposta “mente carnal”, que chama de “realidade” um ilusório “mundo de imagens hipnóticas”. Esta ILUSÃO se apresenta como “tão convincente”, que há quem assim diga: “Quando medito, me sinto tão bem! Mas quando volto à realidade, a vida fica muito difícil!”. Para tais pessoas, realidade é a ILUSÃO!

Os princípios da Verdade atuam como agentes de INVERSÃO de conceitos. Atestam O QUE É VERDADE, se contrapondo ao que é MENTIRA! As orações não são “minutos que passamos em Deus”, e sim, o RECONHECIMENTO de que jamais poderíamos estar “fora de Deus”, que é TUDO! Todos “nascemos do Espírito” e não “da carne”. Para isto, a Verdade reconhecida não pode ser NEGADA segundos após o término das orações! Quem termina sua oração achando “voltar em seguida” à suposta “realidade material”, nada entendeu do objetivo das mesmas!

Orar é reconhecer AQUILO QUE SEMPRE É, endossar que SOMOS O VERBO DIVINO VIVENDO NA UNIDADE PERFEITA! E ESTE ENDOSSO É FEITO COMO “PERMANENTE”, E NÃO VÁLIDO SÓ ENQUANTO ORAMOS OU MEDITAMOS!

As revelações se cumprem a contento, em nossa experiência, quando as abraçamos não como “nascidos da carne”, mas sim como “nascidos do Espírito”! Por isso, Jesus sempre repetia:

“De mim mesmo, nada faço; o Pai em mim faz as obras”. Sabia que era visto como “filho de Maria”, mas não se permitia poluir internamente com a errônea crença em mundo material, a que disse ser “mundo de Satanás” , sem NADA A VER COM O REINO QUE RECEBEMOS DE DEUS!

DEUS É ESPÍRITO, O REINO DE DEUS É ESPÍRITO, E SOMOS ESPÍRITO! Esta é a REALIDADE PERMANENTE que somos e em que vivemos!

Faça de suas orações o momento de reconhecer esta Verdade, INCLUINDO o endosso de que A VERDADE É A REALIDADE PERMANENTE! Desse modo, JAMAIS ACREDITARÁ “ESTAR SAINDO OU VOLTANDO” A UM SUPOSTO MUNDO DE “NASCIDOS DA CARNE”, O QUE SERIA ENDOSSAR AS FALSAS CRENÇAS MENTIROSAS  DA ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”

“É chegado o Reino do Espírito”, e é NELE que “vivemos, nos movemos e temos o nosso ser”. E é NELE que nos posicionamos, sem dar crédito às “miragens hipnóticas” sugeridas pela “mente carnal”. “Nós temos a Mente de Cristo!”. É com ela que VOCÊ percebe SER “NASCIDO DO ESPÍRITO”! 

*

A TRANSCENDENTE “LUZ DO ALTO” QUE VOCÊ É!

“Vós sois a luz do mundo. Uma cidade edificada sobre um monte não pode ser escondida. Igualmente não se acende uma candeia para colocá-la debaixo de um cesto. Ao contrário, coloca-se no velador e, assim, ilumina a todos os que estão na casa. Assim deixai a vossa luz resplandecer diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus. A Lei se cumpre em Cristo”.

MATEUS 5: 15-16

 

Para ser feita a projeção de um filme no cinema, duas coisas são fundamentais: a tela e a escuridão local. Igualmente se dá com o suposto “mundo fenomênico”, que é uma “projeção” sem VIDA e sem LUZ DE DEUS, enquanto o Universo inteiro resplandece em sua LUZ DIVINA ABSOLUTA, em que INEXISTEM TREVAS.

“Vós sois a luz do mundo”, disse Jesus. Poucos se detiveram como deveriam nesta iluminada revelação! Ela simplesmente NEGA a “mortalidade” e a mentira de que somos “carnais”, para nos chamar a atenção para a Verdade que somos, como FILHOS ILUMINADOS DE DEUS!

A LUZ QUE SOMOS transcende os supostos “sentidos humanos”, que acreditam em “luz e trevas”! Transcendente a esta ILUSÃO, resplandece a LUZ INFINITA, ONIPRESENTE, brilhando aqui e agora como “UNIDADE DIVINA PERFEITA”.

“Ser LUZ DO MUNDO” é a condição presente e absoluta de cada FILHO DE DEUS, que é Deus se evidenciando  como o CRISTO QUE SOMOS! Não se trata de “meta a ser atingida”, mas sim, de VERDADE UNIVERSAL CONSUMADA, jamais percebida pela “mente carnal”, mas que JÁ ESTÁ MANIFESTADA COMO TUDO E TODOS QUE REALMENTE SÃO EXISTÊNCIAS!

Não há realidade nenhuma em “luzes e trevas” do irreal mundo ilusório! A REALIDADE É DEUS SE EXPRESSANDO COMO LUZ ONIPRESENTE! Por isso, assim disse Jesus: “Deixai a vossa luz resplandecer diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus. A Lei se cumpre em Cristo”.

Um “hipnotismo de massa” aparenta esconder a LUZ QUE SOMOS, e, com isto, ilude a maioria a crer “ser alguém de um mundo de aparências”. Além disso, cega esta maioria, para que sequer perceba “ser vítima de uma ilusão coletiva”. Assim, a LUZ que todos já estão sendo sequer é levada em conta para ser reconhecida em seu transcendente patamar, enquanto a humanidade acha tempo para tudo, menos para SE VER ESTANDO COM LUZ PRÓPRIA JÁ NO ALTO!

“Não se acende uma candeia para colocá-la debaixo de um cesto. Ao contrário, coloca-se no velador e, assim, ilumina a todos os que estão na casa”.

Acharemos com facilidade aqueles que “acham oito horas para dormir”, para “estar em viagens terrenas”, para assistir filmes, vídeos, noticiários ou novelas; porém, dificilmente acharemos alguém se dedicando tantas horas para “trocar de referencial” e NEGAR-SE A SI MESMO como “carnal iludido” para se perceberem SENDO A LUZ DE DEUS QUE REALMENTE É.

A estes, disse Jesus, “COLOCAM A CANDEIA ACESA DEBAIXO DE UM CESTO”!

Medite e COLOQUE SUA CANDEIA ACESA NAS ALTITUDES EM QUE ELA SEMPRE ESTÁ! NO CRISTO, QUE É DEUS SENDO VOCÊ!

“A Lei se cumpre em Cristo”, disse Jesus, e nunca em supostos “carnais” do “mundo do pai da mentira”!

SEJA A LUZ QUE VOCÊ JÁ É, RECONHECENDO-A EM TODOS OS SEUS CAMINHOS, RESPLANDECENDO ACIMA DAS CRENÇAS DE LUZ E TREVA,  E BRILHANDO ININTERRUPTAMENTE, TRANSCENDENTE A TODAS AS “APARÊNCIAS” DO MUNDO!

*

IDENTIFIQUE-SE COM SEU CORPO DE LUZ ONISCIENTE!

A ilusão sugere a cada ser que possua ele um “corpo carnal”, supostamente “nascido de mortais”. Em contrapartida, a Bíblia afirma que, SE SOMOS SERES FEITOS, unicamente o Verbo divino constitui o SER QUE SOMOS. E esta é a Verdade sobre o SER INDIVIDUAL que agora somos!

A ilusão faz difundir a FALSA CRENÇA de que “do pó veio o homem, e que ao pó ele retornará”. Mas Jesus disse que “olhos ruins” são os que veem “corpos em trevas materiais”, e que “olhos bons”  nos revelam CORPOS PLENOS DE LUZ!

As falsas crenças não passam de “embustes hipnóticos”, que se apresentam como “realidades” até serem BANIDOS pela VERDADE CONHECIDA!

As igrejas e religiões do mundo, que DEVERIAM REPETIR AS VERDADES REVELADAS POR JESUS, EM VEZ DISSO, SÓ MARCARAM O SEU “CORPO CARNAL”, seja numa manjedoura, seja numa cruz! Desse modo, a libertação difundida por ele, que se encontra na PERCEPÇÃO DE QUE TODO SUPOSTO “CORPO CARNAL”, SENDO ILUSÓRIO,  SÓ PODE SER “VISTO POR OLHOS RUINS”, FICOU COMPROMETIDA! Jesus deixou clara A VERDADE DE QUE “TEMOS OLHOS BONS”, E QUE, ATRAVÉS DA “MENTE DE CRISTO” QUE TEMOS, NOS REVELAM A IRREALIDADE DE NASCIMENTOS E MORTES, AO MESMO TEMPO QUE NOS MOSTRAM O “CORPO DE LUZ ONISCIENTE” COMO NOSSO CORPO REAL, DIVINO E PERFEITO, TAL QUAL O “CORPO TRANSFIGURADO E LUMINOSO DE JESUS”, VISTO E TESTEMUNHADO POR TRÊS DE SEUS DISCÍPULOS!

As religiões terrenas, difundindo o “corpo carnal de Jesus” numa cruz, DECLARA TER ELE “OLHOS RUINS”, VENDO A SI MESMO COMO “CARNAL” PASSÍVEL DE SER MORTO” PARA “RESSUSCITAR”!

Não é possível MISTURAR A VERDADE com A MENTIRA! Jesus não poderia ensinar que “corpo em trevas” somente pareceria existir para “olhos ruins”, SE TIVESSE, ELE PRÓPRIO, “TAIS OLHOS” QUE O VISSEM EM MANJEDOURA  OU MORRENDO NUMA CRUZ! POR QUÊ?  POR ESTAR ELE IDENTIFICADO COM SEU CORPO DE LUZ ONISCIENTE, O SEU CORPO “OBRA PERMANENTE” DE DEUS, GLORIOSO, ETERNO, DESCONHECEDOR DE “MUNDO DE NASCIMENTOS E MORTES”, E DESCONHECEDOR DA ILUSÃO DE QUE HAJA “HOMENS FEITOS DE PÓ DA TERRA”! “A NINGUÉM DA TERRA CHAMEIS VOSSO PAI!”

As religiões consideram JESUS TENDO OS OLHOS RUINS alertados a nós por ele, enquanto, na verdade, SEUS OLHOS ERAM TÃO BONS, QUE O VIAM COMO CORPO DE LUZ E, TAMBÉM, NOS VIAM IGUALMENTE COM CORPOS GLORIOSOS!

“E VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, POIS ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”, disse ele.

Para as religiões fenomênicas, o “mundo do pai da mentira” é verdadeiro, o que leva a humanidade a acreditar “ser pó da terra”! Mas quando Paulo declara que “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E EXISTIMOS”, conduz-nos à VERDADE de que “SOMOS O TEMPLO DE DEUS”, COM O ESPÍRITO DE DEUS SENDO O NOSSO ESPÍRITO, E COM O NOSSO CORPO SENDO GLORIOSO, IMORTAL E PLENO DE LUZ!

IDENTIFIQUE-SE UNICAMENTE COM SEU CORPO DE LUZ, ESPIRITUAL E ONISCIENTE! ESTA É VISÃO DO “OLHO SIMPLES”, QUE O FARÁ DESMANTELAR A FALSA CRENÇA COLETIVA DE NASCIMENTOS E MORTES!

*

SEJA O VOSSO DIZER “SIM, SIM! NÃO, NÃO!”


Ser “UM COM DEUS” significa “SER DEUS”, SER O PODER, PRESENÇA E EVIDÊNCIA DE DEUS, o que implica ter consciência de que DIZER “SIM SIM, NÃO, NÃO” é simplesmente endossarmos, EM TODOS OS ASPECTOS, que SOMOS O CRISTO e que “NÃO SOMOS CARNAIS”, assim nos avaliando a cada momento em que nos referirmos a nós próprios!

Enquanto aparentar “vivermos entre coisas de César e coisas de Deus”, nosso juízo deverá SER O JUSTO, sem jamais SER PELAS APARÊNCIAS! O que nos diz respeito é sempre O REINO CONSUMADO DE DEUS,  EM  SUA PERMANENTE ESSÊNCIA PERFEITA, E, TAMBÉM, EM SEU SUPOSTO “DESDOBRAMENTO” COMO “ACONTECIMENTOS VISÍVEIS”, QUE NÃO SÃO REALIDADES, E SIM, MERAMENTE “SOMBRAS” ACRESCENTADAS!

Qual é o erro comum? Alguém dizer que “medita e reconhece estar na ONIAÇÃO”, enquanto, em seguida, dizer que “algo do mundo” lhe é INJUSTO, PREJUDICIAL OU INCÔMODO! Estaria permanecendo no dizer “SIM, SIM, NÃO, NÃO”? Sabemos que não!

A VIDA NO DIZER “SIM, SIM, NÃO, NÃO” é um viver consciente de que NÃO HÁ REALIDADE EM MUNDO DO PAI DA MENTIRA! E AVALIARMOS SUA ILUSÓRIA INFLUÊNCIA SOBRE NÓS EQUIVALE A NEGAR A ONIPOTÊNCIA PRESENTE COMO O CRISTO QUE SOMOS!
A Verdade é que DEUS É TUDO, que a Mente de DEUS é a Mente ativa como a NOSSA MENTE, sem que cedamos à CRENÇA DUALISTA NO BEM E NO MAL, que é a ILUSÃO EM SI!
Cada um precisa se amoldar INTEIRAMENTE à Verdade que É!

Jesus disse: “Com a medida com que medirdes, vos medirão a vós”! Se alguém toma por medida “sensações negativas”, sobre si ou sobre o próximo, as Leis mentais farão com que o mundo o meça segundo a mesma “frequência”, pois as Leis respeitam a “frequência” em que alguém realmente vive, seja “julgando pelas aparências”, seja “fazendo julgamento justo”!

O Cristo é TUDO em TODOS, e a vida pelo “SIM, SIM, NÃO, NÃO!” cobra de nós este reconhecimento TODO ABRANGENTE da Verdade, de modo IMPESSOAL e INCONDICIONAL! Sem um JUÍZO JUSTO não todo abrangente, estaremos dando crédito a diagnósticos médicos, a políticos corruptos, e, como disse Jesus, A TUDO QUE, APARENTEMENTE, PROCEDA DO MALIGNO!
Deus é TUDO, o BEM ONIPRESENTE E PERMANENTE! A VIDA NO ENDOSSO DESTA VERDADE ABSOLUTA nos possibilitará a “PERMANECER EM MIM”, “DANDO A DEUS O QUE É DE DEUS”, COM NOSSO “SIM! SIM”, E “DANDO A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR”, COM NOSSO “NÃO! NÃO!”

É ESTA A “VIDA PELA GRAÇA”!

*

JESUS NÃO FUNDOU IGREJA!

Jesus não fundou igreja alguma. Pregava nas sinagogas dos hebreus e pelos caminhos em que passava.
Ensinava com base no Antigo Testamento, corrigindo, contudo, muitas crenças religiosas errôneas da época, procurando tornar aquelas sinagogas menos mercenárias.
Não estava de acordo com o costume hebreu de criar doutrina, credo e cerimonial de importância. Não acreditava em suas preces de longa duração, em sacrifício de animais, etc., mas acreditava em adorar um único Deus, sem quaisquer ídolos, lembrando que “eu, de mim mesmo, nada faço” …”mas o Pai, que em mim está, faz as obras”.

Não acreditava no antigo Deus Jeová que, sentado numa nuvem, tinha enorme barba e vestimenta branca. Jesus ensinava que “o reino de Deus está dentro de vós”.
Não fundou uma nova igreja, mas adicionou compreensão e amor à religião que já conhecia, e isto foi a fundação da Igreja Cristã.

Enquanto no Antigo Testamento era ensinado “olho por olho”, a nova igreja dizia:
“ame seus inimigos”, “perdoe a todos até setenta vezes sete vezes”.

Os hebreus acreditavam num Deus que recompensava o bem e punia o mal; a nova colocação dizia:
“Nem eu, também, te condeno: vá e não peques mais”.
Para expressar este pensamento com mais inteireza, foi dito:
“A lei foi dada por Moisés, mas a graça e a verdade vieram por Jesus Cristo”.

Torna-se importante “concordarmos em discordar” das igrejas de até agora, sejam quais forem.
Nós temos deixado o Deus pessoal de todas as igrejas para aceitarmos como nosso Deus a Verdade, o Princípio, a Mente impessoais. Temos deixado o antigo conceito de prece (que ora a Deus por saúde, riqueza, etc.) para adotarmos o conceito mais elevado:
“A verdadeira oração não é pedir amor a Deus; é aprender a amar e a incluir o gênero humano numa só afeição”.

“Oração é a utilização do amor com o qual Ele nos ama. Faz descobertas novas e científicas de Deus, de sua bondade e poder. Ela nos mostra mais claramente do que antes víamos, o que já temos e o que somos; e, mais do que tudo, nos mostra o que Deus é.

Progredindo nessa luz, nós a refletimos; e esta luz revela as puras imagens da Mente em oração silenciosa, assim como a fotografia revela a luz solar para retratar a face de um pensamento agradável”.

Nós também abandonamos o antigo conceito do homem como mortal, às vezes bom e às vezes mau, ocasionalmente saudável e na maior parte das vezes enfermo. Nós reconhecemos somente o homem espiritual, a manifestação do ser divino; a eterna expressão da Vida, livre e incorpórea. 

*

 

 

“QUEM AMA O MUNDO E AS COISAS DO MUNDO!”

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai näo está nele”.

1 João 2: 15

Costuma-se dizer que DEUS É TUDO, sendo esta a premissa básica do ensinamento absoluto. Como DEUS É AMOR, a Verdade é que O AMOR DIVINO É TUDO, UMA VEZ QUE “SEM O VERBO DIVINO, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ”!

Se encontrarmos “alguém” alardeando sobre a suposta existência humana, a falsa CRENÇA DUALISTA de “amor e ódio” estará aparentemente presente, iludindo os “mortos do mundo” que não perceberam ainda que a própria VIDA encontra-se em SI MESMOS, não como “carne”, mas EM DEUS, como “O CRISTO”!

Nisto conhecereis se sois os meus discípulos”, disse Jesus: “SE VOS AMARDES UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI”.

Como Jesus nos amou? Vendo “carnais em aparências”? Ou dizendo que “sua mãe e seus irmão são os que fazem a Vontade do Pai”? O Amor divino é de tamanha pureza, que O PAI AMA SANTOS E PECADORES DE FORMA INCONDICIONAL, por ser, como diz a Bíblia, “PURO DEMAIS PARA VER O MAL” (Habacuque).

Com clareza Jesus declarou que “o príncipe do mundo material é Satanás, pai da mentira”. Satanás, ou diabo, são nomes dados às atividades ilusórias da suposta “mente humana”, chamada também de “a inimizade contra Deus”. Esta “mente ilusória” faz o que pode para PARECER TER REALIDADE; ENTRETANTO, UM SIMPLES LAMPEJO DA REALIDADE DIVINA, E  SE MOSTRA APAGADA EM SUA FALSA PRESENÇA, COM TUDO AQUILO QUE PARECIA SER-NOS POR ELA SUGERIDO SOB A FORMA DE “IMAGENS HIPNÓTICAS”!

Assim como um hipnólogo “inventa imagens irreais”, para incuti-las como reais àquele a quem hipnotiza, também esta “inimizade contra Deus” tenta se mostrar presente, trazendo as CRENÇAS TERRENAS à lembrança de incautos, assim como fez com Pedro, ao contestar as falas de Jesus, que lhe retrucou na hora: “Cala-te, Satanás, que unicamente conhece as coisas dos homens, e não as de Deus!”

Que são as “coisas dos homens”? TOLICES PARA DEUS! ATIVIDADES ILUSÓRIAS COM  A PRETENSÃO DE COMPETIR COM A ONIAÇÃO DIVINA! E DENTRE ELAS, APARECE O SUPOSTO “AMOR AO MUNDO E ÀS COISAS DO MUNDO”, FALSIDADE DEFENDIDA POR AQUELES QUE NÃO SE SENTEM APTOS A “PERMANECER EM MIM”, NO AMOR DE DEUS, NO AMOR QUE É TUDO!

“Quem ama o mundo e as coisas do mundo, não há nele o Amor de Deus”, declarou João. Desse modo, salientou a Verdade dita por Jesus, ao dizer que “somos seus discípulos se nos amarmos uns aos outros COMO ELE NOS AMOU”! Este Amor REAL E ONIPRESENTE está INCLUSO no CRISTO QUE SOMOS, e pode ser identificado pela nossa IDENTIFICAÇÃO COM A ONIAÇÃO, e nunca com “feitos que partem do suposto ego amoroso”!

Todo tipo de “desilusão amorosa” é decorrente da ILUSÃO CHAMADA “AMOR HUMANO”. Por isso, assim disse Jesus: “Se alguém deseja seguir-me e ama a seu pai, sua mãe, sua esposa, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até mesmo a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo” (Lc. 14: 26). Está nos dizendo que NÃO PERCEBERÍAMOS O AMOR INCONDICIONAL, QUE É DIVINO E PRESENTE EM TODOS OS SERES QUE SE VEEM NA “UNIDADE PERFEITA”! E QUE NÃO PERCEBERÍAMOS A VIDA ETERNA VIVIDA POR DEUS COMO TODOS OS FILHOS DE DEUS, EXERCENDO A VONTADE DO PAI EM  SUA CONSTANTE ONIAÇÃO!

*

O ESPÍRITO SANTO É O SEU ETERNO E SANTO ESPÍRITO!

Quando as Escrituras são lidas e apresentadas à humanidade, o que deve ser entendido, primeiramente, é a Verdade de que O ESPÍRITO DE DEUS É TUDO, sendo, portanto, o NOSSO ESPÍRITO “desde o princípio”!

As revelações absolutas não devem ser entendidas literalmente, e sim, espiritualmente! A “letra mata”, mas o Espírito vivifica!

Jesus assim disse: “Se eu não for, o Consolador não virá a vós”! Era obrigado a falar levando em conta o entendimento humano! Vezes sem conta, falando com cristãos de igrejas terrenas, deles ouvi que “Jesus foi enviado pelo Pai”, que “voltou ao Pai”, e que “foi-se” para nos enviar o Consolador, o Espírito Santo da Verdade! Estariam entendendo ESPIRITUALMENTE as palavras de Jesus? NÃO! Estariam entendendo as suas palavras como se todos fôssemos “carnais”, acreditando literalmente que “cada um” deixará JESUS IR, para que, DEPOIS DE SUA IDA, “recebêssemos” o Consolador a ser enviado a nós por ele!

Este “entendimento” é A LETRA “matando a Verdade”! “Vir do Pai” ou “subir ao Pai” são meras colocações temporais que contêm implicitamente a Verdade de que TUDO QUE É REAL É DIVINO E PERMANENTE! Por isso, assim disse Paulo: “Glorificai a Deus no VOSSO CORPO e no VOSSO ESPÍRITO, os quais pertencem a Deus”! Aprendeu diretamente de Jesus, e não de supostos “mestres do mundo”!

Temos como NOSSO ESPÍRITO o ESPÍRITO SANTO DO PAI, e, portanto, NÃO IREMOS “RECEBÊ-LO” JAMAIS! JÁ “ESTÁ RECEBIDO”, mesmo enquanto a ilusória “mente carnal” aparente ser a “mente que temos”, esta, sim, à PRONTA espera de NOSSO RENASCIMENTO, que está em CONHECERMOS A LETRA DA VERDADE COM  CONCOMITANTE VIVIFICAÇÃO DADA PELO ESPÍRITO DIVINO EM NÓS”.

A Nicodemos, assim disse Jesus: “Nicodemos, em verdade, em verdade vos digo, se vós não nascerdes de novo, não podereis ver o reino de Deus; se não nascerdes da água e do Espírito, não podereis entrar no reino de Deus.

Jesus explicava que “o Batismo com água” é a LETRA da Verdade, e que “o Batismo com fogo” é ESPÍRITO DO PAI, operando em unidade, e revelando QUEM ETERNAMENTE SOMOS: O SANTO ESPÍRITO DE DEUS!

A Letra da Verdade é endossada pelo nosso emprego da Ciência Mental, em que afirmamos o dizer “SIM, SIM! NÃO, NÃO!”, endossando SEMPRE a Verdade com a suposta “mente carnal”, e negando  SEMPRE as suas crenças mentirosas e destoantes da VERDADE QUE SOMOS!

E ENTÃO, TEREMOS FACILIDADE EM ACEITAR, CONTEMPLAR E RECONHECER A PERMANENTE PRESENÇA DO “CONSOLADOR” EM NÓS PRÓPRIOS! COMO DISSE JESUS, ESTAREMOS “RENASCIDOS”!

*

“NÃO HÁ OUTRO DEUS, SENÃO EU!”

“Não há outro Deus, senão Eu, Deus justo e salvador. Não há outro fora de Mim”.

Isaías, 45: 21.

De pouco valerá alguém estudar e acreditar que DEUS É TUDO, se não perceber A SI MESMO sendo Deus! Esta “percepção” deve ser o objetivo primordial da vida, quando é CONFIRMADA, com vigor e constância, que jamais estivemos ou estamos em suposta “vida terrena”!

“O homem jamais esteve em ventre materno”, disse Buda, anulando a “origem da ilusão”, que é alguém se julgar ou se imaginar “nascido encarnado”. Esta é a “visão ruim”, que unicamente enxerga as ILUSÓRIAS “trevas materiais”!

“Que tenho eu a ver contigo?”, perguntou Jesus a Maria. Sabia que a resposta seria “NADA A VER”! Via-se como UNIDADE PERFEITA, ILUMINADA E PLENA, e disse “ter vindo para dar testemunho desta Verdade”,  por ser válida para todos nós!

Muitos dizem CRER em Deus, “BUSCAR a Deus”, “ORAR a Deus”, quando, na verdade, ACEITAM TER ESTADO EM VENTRE MATERNO! Isaías deixou bem claro, e com todas as letras: “NÃO HÁ OUTRO DEUS, SENÃO EU, NÃO HÁ OUTRO FORA DE MIM!

Vitimada por um HIPNOTISMO DE MASSA, segue a humanidade chamando de “minha” a ilusória “mente carnal”! Vem dela a “imagem hipnótica” de suposto ”outro eu nascido”, aparentemente existindo na irreal matéria!

NÃO HÁ OUTRO FORA DE “MIM”, disse Isaías. E Jesus nos revelou que É PERMANECENDO EM “MIM” QUE A VERDADE É PERCEBIDA E NOS “TORNA LIVRES”! DE QUÊ NOS LIBERTAMOS? DE UM SUPOSTO “OUTRO”,  “NASCIDO DA CARNE”,  E QUE JAMAIS TEVE REALIDADE! 

Deus é Espírito, Deus é tudo, razão pela qual Isaías foi taxativo:

“NÃO HÁ OUTRO DEUS, SENÃO EU!”

A “aparência” de “eu terreno” meramente INSINUA A PRESENÇA DE DEUS sendo AQUELE “EU SOU” SE EVIDENCIANDO COMO MOISÉS. ISAÍAS, BUDA, JESUS, EU, VOCÊ, E  TODOS OS DEMAIS NA “UNIDADE!”.

Transfira toda atenção do suposto “eu hipnótico”, volvendo-a ao SUTIL E TRANSCENDENTAL “CRISTO”, que é DEUS SE EXPRESSANDO COMO “FILHO”! Perceba-se “independente” da ilusão material, e sendo O FILHO AMADO DE DEUS, sempre vivendo EM DEUS!

É desse modo que VOCÊ “PERMANECE

EM MIM”!

*

CONTEMPLE A ONIPRESENÇA DA LUZ DIVINA!

“A palavra mata,  e o Espírito vivifica”. Após conhecer a mensagem da Verdade, de que Deus é Luz Onipresente, e, portanto, é Tudo, é preciso que VOCÊ se identifique com esta Luz. Um exercício prático lhe está sendo aqui proposto, com este objetivo:

SENTE-SE CALMAMENTE, CERRE OS OLHOS, DEIXE A LUZ ACESA; E ENTÃO, PERCEBA O ESCURO EM SUAS PÁLPEBRAS. A SEGUIR, PERCEBA QUE, APESAR DA ESCURIDÃO “VISTA”, TODO O AMBIENTE “LÁ FORA” ESTÁ CLARO. ATENHA-SE A DISCERNIR ESTA LUZ!

 

Com este exercício, os princípios espirituais vão sendo usados. Enquanto as pálpebras são vistas como a “trave nos olhos”, a claridade exteriorizada é reconhecida como já presente. Em seguida, perceba que “o que reconhece a Luz presente” é a Mente ILUMINADA do Cristo, ativa em VOCÊ. Reconheça que a Luz desta Mente, que reconhece a claridade, é UNA com a luz contemplada externa e infinitamente! Esqueça a “mente que vê a escuridão nas pálpebras”; ela é FALSA!

Ocupe-se exclusivamente com a Mente iluminada, que discerne a LUZ com que já é UNA. Não force nada! DEUS É LUZ! DEUS É TUDO! Permaneça solto nesta contemplação que o exercício propõe.

Todos os supostos problemas deste mundo são como “pontos escuros” formando a “escuridão” nas pálpebras cerradas! Tire deles a sua atenção! Pratique este exercício até sentir ter ele cumprido o seu propósito: revelar que unicamente a LUZ é Realidade! Somente a LUZ é a VERDADE!

Esta LUZ É QUE É VOCÊ!

*

ENTENDENDO O “MUNDO DO PAI DA MENTIRA” COMO MENTIRA!

O apego ao ilusório “mundo do pai da mentira” é tamanho, que contínuos “nascimentos, sofrimentos e mortes”, mostrados por ele, são aceitos pela humanidade como “verdades incontestáveis”, o que “encobre” os FATOS REAIS E PRESENTES concebidos por Deus, permanentes, iluminados e perfeitos, todos assim mantidos perpetuamente pelo próprio Deus!

“Buscai o Reino de Deus em primeiro lugar”, disse Jesus,  explicando  não vir ele por “aparências”, mas que “já se encontra presente no mundo inteiro”, sem que possa ser visto pela “mente carnal”, ilusória e estranha à Verdade!

O  real Cristianismo se fundamenta na PERCEPÇÃO INDIVIDUAL deste Reino do Absoluto, que desmantela o suposto “mundo fenomênico” como “mentira satânica”, uma pegajosa CRENÇA HIPNÓTICA que aparenta existir, por ILUDIR as pessoas no sentido de SEREM, DE FATO, “CARNAIS VIVOS”, NASCIDOS DE MORTAIS, E FADADOS A MORRER, OU A “DESENCARNAR” PARA INGRESSAR EM SUPOSTOS “OUTROS PLANOS”,  TÃO IRREAIS E FALSOS QUANTO O SUPOSTO “PLANO TERRENO”

Infelizmente, nem Buda nem Jesus puderam, até o momento, levar a humanidade à Verdade gloriosa de que TODOS “VIVEMOS, NOS MOVEMOS E EXISTIMOS EM DEUS”, E COMO DEUSES!

Crendo na “vida temporária do mundo da mentira”, os seres iludidos pela “mentirosa mente carnal” fazem de tudo para “manter vivo” um “fantoche de carne” com CPF e com RG terrenos, tornando “AUSENTE”  a VIDA DIVINA QUE É O “CRISTO INDIVIDUALIZADO”, A VERDADE ETERNA DE SI PRÓPRIOS! 

Quando CRISTO, que é a VOSSA VIDA, Se manifestar,  VÓS TAMBÉM VOS MANIFESTAREIS COM ELE EM GLÓRIA”- disse Paulo apóstolo! Já havia conhecido nele próprio esta Verdade Absoluta, e assim declarou: “NÃO SOU MAIS EU; O CRISTO VIVE EM MIM”! E  O DECLAROU NÃO APENAS  PARA “SER LIDO”, MAS PARA SER EXEMPLO A SER SEGUIDO!

A experiência de SER O CRISTO, VIVO EM DEUS, se comparada à ilusória “vida do mundo do pai da mentira” como supostos “corpos carnais” carecerá de palavras possíveis de se descrever! “As coisas dos homens são TOLICES para Deus”, disse Paulo.

A incredulidade geral, a ignorância espiritual da maioria das religiões do mundo, e o suposto “eu iludido”, que não quer sequer ouvir dizer que TERÁ QUE SER DESPOJADO, “CRUCIFICADO”, NEGADO E DESMASCARADO, a fim de DEIXAR À MOSTRA O “EU DIVINO E ILUMINADO QUE SOMOS”, são os PRINCIPAIS fatores que, aparentemente, nos encobrem a Verdade.  Este “encobrimento ilusório” faz com que a humanidade endosse uma INTERPRETAÇÃO MATERIAL FALSA E HIPNÓTICA DA EXISTÊNCIA, EM QUE TODOS SE VEEM ÀS VOLTAS COM “PRAZERES E DORES MATERIAIS” ENGANADORES, COM VIDAS TEMPORAIS PESSOAIS E SEPARADAS, E CRENDO QUE OS SOFRIMENTOS EXISTEM E SEJAM COISAS NORMAIS DA VIDA!

JESUS DEIXOU CLARO “TER VINDO PARA QUE TODOS TIVÉSSEMOS VIDA COM ABUNDÂNCIA”, E ISTO EM DEUS, E NÃO NA ILUSÃO TERRENA!

O Cristo já é TUDO QUE SOMOS, enquanto o suposto “eu mortal” já “nasceu morto”, por ser pura “imagem mental ilusória”.

Aquele que, como Paulo, abrir mão deste EMBUSTE HIPNÓTICO, deixará de fazer coro com os “iludidos do mundo”, e CONHECERÁ A VERDADE, A GRAÇA E A GLÓRIA EM SI PRÓPRIO, POR CONTEMPLAR SUA DIVINA PRESENÇA NA “UNIDADE PERFEITA”, QUE É O PRÓPRIO DEUS: INFINITO E ONIPRESENTE! 

*

CONTEMPLE O “VERBO DE DEUS” EMANADO COMO VOCÊ NESTE EXATO AGORA!

Deus é TUDO, e, para Deus, “o tempo não existe”! Desse modo, toda REVELAÇÃO DIVINA é algo se dando neste exato AGORA, algo AGORA acontecendo. Quando nos é dito que “as obras de Deus duram perpetuamente, e nada pode ser-lhes tirado nem acrescentado”, estas palavras endossam a Verdade da CONSTÂNCIA IMUTÁVEL da Realidade divina, e revelam QUEM SOMOS como integrantes ESPIRITUAIS desta CONSTÂNCIA permanente!

Uma revelação vitalmente importante, e que nos diz respeito, requer ser percebida integralmente em nossas “contemplações absolutas”. É a revelada por João, no início de seu “Evangelho sem manjedoura”, que assim diz:

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”
(João 1: 1-5).

Passemos estas palavras de João à CONSTÂNCIA e ao AGORA IMUTÁVEL, eliminando as colocações temporais, apenas aceitas pela suposta “mente humana”. E assim teremos:

“No AGORA é o Verbo, e o Verbo está com Deus, e o Verbo é Deus.
Ele está AGORA com Deus. Todas as coisas SÃO AGORA FEITAS por ele, e SEM ELE nada do que ESTÁ FEITO se faz. Nele está a vida, E A VIDA É A LUZ DOS HOMENS. E a luz resplandece nas trevas, e AS TREVAS NÃO A COMPREENDEM”,

 

Leia com calma, algumas vezes, e ACHE VOCÊ contido nestas palavras! O Evangelho é a “BOA NOVA” SOBRE VOCÊ! É A VERDADE QUE É DEUS SENDO VOCÊ!

Observe que “Boa Nova” não é expressão apropriada para “revelações”! TUDO SEMPRE É CONSTÂNCIA ETERNA, sem novidades!

O UNIVERSO EM QUE ESTAMOS ESTÁ FEITO, E ESTAMOS CONSTANTEMENTE VIVENDO NELE!

“O Verbo é o que É, o Verbo é Deus, o Verbo está AGORA com Deus, TUDO ESTÁ FEITO POR ELE. E, SEM ELE, NADA ESTÁ FEITO, ou seja, podemos chamar de ILUSÃO, MENTIRA OU NADA!

A VIDA ESTÁ NO VERBO, E A VIDA É A LUZ DOS HOMENS, SUA LUZ, A MINHA LUZ E A LUZ DE TODOS!

 

 “A LUZ  RESPLANDECE NAS TREVAS”, diz João. EM OUTRAS PALAVRAS, SUA LUZ É A SUA VIDA, VIVA COMO “VERBO DIVINO”, EM PLENA RESPLANDECÊNCIA, AQUI E AGORA.

“E AS TREVAS NÃO A COMPREENDEM”, por NÃO SEREM “VERBO”, POR NÃO SEREM LUZ, POR NÃO “SEREM FEITAS”!

 

Grave nitidamente o que é SER LUZ e o que é “SER O NADA DIANTE DA LUZ”.

 

Suas “contemplações absolutas” devem sempre partir da CONSTÂNCIA de sua PRESENÇA como “VERBO DE DEUS”, como “CORPO RESPLANDECENTE DE LUZ”, e como “LUZ INFINITA QUE DESCONHECE TREVAS”!

 

*

O REFERENCIAL DA VERDADE E O IRREAL REFERENCIAL DO SONHO

Quando alguém se deita na cama de seu quarto, dorme e sonha, por exemplo, que está sendo perseguido e picado por um enxame de abelhas, terá, aparentemente, deixado o “referencial do quarto” para acreditar “estar à mercê do ataque das abelhas, por tê-lo trocado pelo “referencial do sonho”! Seu “corpo carnal do sonho” lhe parecerá real, e as “picadas das abelhas”, já “recebidas” por ele no sonho, serão “vistas” como presentes em tal corpo irreal, dando-lhe as sensações de dor, inchaço, e demais “sensacionismos” ligados àquela situação. Mas, qual seria a sua situação verdadeira? A de estar na sua cama? Ou a de estar sendo atacado e picado pelas abelhas?

Caso este sonhador fosse acordado por alguém, o seu “corpo carnal” afetado pelas abelhas desapareceria de imediato, juntamente com todo o cenário visto no sonho. De que era “formado” o seu corpo e o das abelhas, “vistos no sonho”? TODO O CENÁRIO DO SONHO ERA FEITO DE NADAS!

A Bíblia assim nos diz: “AQUELE QUE HABITA NO LUGAR SECRETO DO ALTÍSSIMO, À SOMBRA DA ONIPOTÊNCIA REPOUSARÁ!”.

Que relação tem esta Verdade com o “sonhador e seu sonho” citados? A seguinte: O QUARTO DO SONHADOR, COM ELE SEGURO E TRANQUILO NELE DORMINDO, REPRESENTA O “LUGAR SECRETO DO ALTÍSSIMO”, O REINO PERFEITO DE DEUS EM QUE TODOS SEMPRE ESTAMOS. O ilusório “cenário do sonho” representa o suposto “mundo material”, em que “corpos ilusórios” são aparentemente vistos como sendo “carnais” e “mortais”. E O CRISTO É O SER REAL E ETERNO QUE SOMOS, “À SOMBRA” DA ONIPOTÊNCIA DO PAI, REPOUSADO SOB A “DIVINA ORDEM UNIVERSAL”.

É preciso haver a “transposição” da analogia para a vida prática! DEUS É O SER QUE SOMOS E SEU REINO É O ÚNICO LOCAL EM QUE ESTAMOS.

O “SONHO DE VIDA NA MATÉRIA” É DE MESMA NATUREZA DO “MUNDO COM ATAQUE DE ABELHAS”, VISTO PELO SONHADOR! SEJAM QUAIS FOREM AS APARÊNCIAS DISCORDANTES, SÃO TODAS “SONHOS”, IMAGENS HIPNÓTICAS IRREAIS, SEM REALIDADE, SUBSTÂNCIA E PODER!

AO NOS “TRANSPORMOS” AO REINO DA VERDADE, A ONIPOTÊNCIA DO PAI SERÁ A ONIPOTÊNCIA DO FILHO, E AS ILUSÕES DE PROBLEMAS DESAPARECERÃO EM SEU “NADA ORIGINÁRIO”!

POR ISSO, ESTE MUNDO FOI CHAMADO POR JESUS  DE “O MUNDO DO PAI DA MENTIRA”, E SEUS “HABITANTES”, CHAMADOS DE “MORTOS”!

“Desperta, ó tu que dormes, levanta-te dentre os mortos, e  Cristo resplandecerá sobre ti!”

Efésios 5: 14.

*

OCUPE-SE COM O PRINCIPAL: O CRISTO EM VOCÊ SENDO VOCÊ!

Por mais que a ILUSÃO tenha a intenção de perpetuar a MENTIRA de que somos “corpos carnais nascidos”, em nada pode ela afetar ou alterar o FATO SUPREMO de que DEUS É QUEM SE EVIDENCIA COMO O FILHO DIVINO QUE SOMOS! Sem começo e sem fim!

Quando toda a sua atenção se firmar na Verdade, fazendo com que A SI MESMO VOCÊ SE DIRIJA, dizendo: “EU SOU O CRISTO, ETERNA EXPRESSÃO ILUMINADA DO DEUS VIVO EM FORMA INDIVIDUAL”, estará enfatizando, para si e para o infinito, O “JUÍZO JUSTO”, ensinado por Jesus e por Paulo: “E vós também testificareis, pois estivestes comigo desde o princípio”, “o Cristo é tudo em todos!”.

Isto não é teoria, mas sim, FATO SUBSTANCIAL! O Cristo é TUDO EM VOCÊ, ou seja, é sua NATUREZA INFINITA, SUA SAÚDE, SEU SUPRIMENTO, SEU “BEM NECESSÁRIO” SEMPRE À MÃO!

Jamais negue esta Verdade! Digno de pena  mostra-se ser “alguém” que endossa a ilusória CRENÇA de ser “corpo carnal”. O CRISTO, UM COM O PAI INFINITO, É SUA REAL E CONSTANTE IDENTIDADE, AUTOSSUPRIDA DE TUDO EM SI MESMA! Mas a Verdade INFINITA não é UMA com “seres carnais”, que precisam ser anulados pela raiz, como NADAS IMAGINÁRIOS, enquanto O CRISTO ETERNO SE EVIDENCIA E É RECONHECIDO COMO A TOTALIDADE DO SER DE TODOS!

Ocupe-se com o que verdadeiramente é essencial e o principal da VIDA! Silencie-se e TESTIFIQUE A VERDADE QUE VOCÊ JÁ É! Livre-se do “tempo”, de forma a perceber que TUDO É DEUS EXATAMENTE AGORA! Jesus não dizia “Eu Era” ou “Eu Serei”, mas sim, EU SOU! A Verdade é o EU SOU em todos, pois o DEUS VIVO Se evidencia como UNIDADE PERFEITA ILUMINADA, e nunca “em partes” ou “em pessoas separadas”.

O Infinito traz em SI MESMO todas as Formas Substanciais existentes, perfeitas e evidenciadas como O CRISTO QUE VOCÊ É, ou seja, assim como a chama de uma vela é sua luz e seu calor em unidade, O CRISTO É A SUA LUZ E É TUDO O QUE LHE É NECESSÁRIO! AO PERCEBER ESTA UNIDADE ESSENCIAL, SUA “SOMBRA FENOMÊNICA” SE MOSTRARÁ “UMA”, REFLETINDO VISIVELMENTE ESTA VERDADE ASSIM RECONHECIDA NA ONIAÇÃO, E NÃO NO MUNDO!

Jamais encontramos Jesus se dizendo “filho de carnais”! E explicando ser FILHO DO MESMO PAI QUE TEMOS, que é DEUS, mostrou-nos o Caminho, a Verdade e a Vida que, como ele, igualmente somos!

CABE A VOCÊ “TESTIFICAR ESTA VERDADE”, E A VERDADE O LIBERTARÁ DO “SONHO DE ADÃO”! 

*

“QUEBRE TAMBÉM VOCÊ OS SEUS VASOS DE ALABASTRO!”

“E dali a dois dias era a páscoa, e a festa dos pães ázimos; e os principais dos sacerdotes e os escribas buscavam como o prenderiam com dolo, e o matariam.
Mas eles diziam: Não na festa, para que porventura não se faça alvoroço entre o povo.
E, estando ele em Betânia, assentado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio  uma mulher, que trazia um vaso de alabastro, com unguento de nardo puro, de muito preço, e quebrando o vaso, lho derramou sobre a cabeça.
E alguns houve que em si mesmos se indignaram, e disseram: Para que se fez este desperdício de unguento? Porque podia vender-se por mais de trezentos dinheiros, e dá-lo aos pobres. E bramavam contra ela.
Jesus, porém, disse: Deixai-a, por que a molestais? Ela fez-me boa obra.
Porque sempre tendes os pobres convosco, e podeis fazer-lhes bem, quando quiserdes; mas a mim nem sempre me tendes. Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura. Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória”.

Marcos 14: 1-9

No Universo real divino, TUDO É UM, TUDO É DEUS, TUDO É NOSSO! Porém, para este FATO PERMANENTE ser vivido e desfrutado, o requisito é PERMANECERMOS NESTA UNIDADE, o que significa “PERMANECERMOS EM MIM”, na presença de DEUS sendo a NOSSA PRESENÇA!

Para o mundo, o uso do dinheiro é considerado “bem empregado” quando apresenta “resultados visíveis ou materiais”, razão pela qual a mulher que rompera o vaso de alabastro para utilizar o unguento caro ali contido, derramando-o sobre a cabeça de Jesus,  foi criticada por alguns,  “indignados” com tamanho “desperdício”! Segundo eles, poderia ser vendido e o dinheiro seria melhor empregado se fosse dado aos pobres! Mas Jesus disse a eles: “POBRES TEREIS SEMPRE, MAS A MIM NÃO!”

Os “pobres”, nas Escrituras, são aqueles que se veem como “carnais apartados de Deus”! Seja um bilionário, seja um mendigo, AMBOS REPRESENTAM IDÊNTICA POBREZA REAL, caso nenhum conhecimento tenham ambos de “ESTAREM EM MIM”, de “SEREM UM COM DEUS”, de “TEREM A VIDA ETERNA NA UNIDADE PERFEITA”!

Jesus enalteceu a atitude da mulher, dizendo: “Esta fez o que podia; antecipou-se a ungir o meu corpo para a sepultura”. Percebia o “despertar” ocorrendo na mulher, que antevia o exemplo a ser dado por Jesus em sua anulação da CRENÇA EM CORPO CARNAL, para revelar que SOMOS DEUSES, E NUNCA MORTAIS! O desapego ao bem material, demonstrado pela mulher, revelava o seu apreço “a Mim”, ao Cristo em Jesus, o que fez Jesus elogiá-la, reconhecendo o Cristo também nela, agindo pela Mente de Cristo e não pela “mente carnal”, como faziam muitos dos ali presentes, apegados à matéria e a “pobres materiais”, como fazem certas “igrejas fenomênicas”, com seus “cultos à pobreza”, desmentindo Jesus, que disse: “Eu vim ao mundo para que TODOS tenham VIDA, e VIDA COM ABUNDÂNCIA”! Estas igrejas confundem “desapego” com “pobreza”, citam Jesus e citam São Francisco de Assis como “exemplos de pobreza”!  Se pobreza fosse “virtude espiritual”, vários países do mundo estariam com uma população de “iluminados”! Mas Jesus deixou bem claro que SER POBRE É DESCONHECER ESTAR EM MIM! Daí a sua iluminada declaração: “Pobres tereis sempre, mas A MIM não!” VIA-SE COMO DEUS E NÃO COMO “POBRE”! E PAUPÉRRIMAS SÃO ESTAS IGREJAS QUE DESVIRTUAM OS SEUS REAIS E PERFEITOS ENSINAMENTOS!

“Em verdade vos digo que, em todas as partes do mundo onde este evangelho for pregado, também o que ela fez será contado para sua memória”.

Que estava Jesus dizendo? Que a mulher estava manifestando o CRISTO, ao bem cuidar dele!

*

NÃO HÁ VERDADE A SER VIVIDA EM “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”!

Ciente da Verdade de que A EXISTÊNCIA é DEUS SE EXPRESSANDO ESPIRITUALMENTE como TUDO, e ciente de que DEUS desconhece matéria e corpos carnais, por ser, como disse João, LUZ INFINITA em que NÃO HÁ TREVAS, Jesus simplesmente disse, a nosso respeito: “VÓS SOIS A LUZ DO MUNDO!”.

Somos LUZ DO MUNDO porque SOMOS DEUSES e não “sugestões da mente carnal” no sentido de que “nunca somos marionetes temporais nascidas na carne”! O suposto “corpo carnal” é tão real quanto o “corpo carnal em que alguém se vê”, quando sonha e, sonhando, “se transporte às ilusões de seu sonho”!

A humanidade vive apegada ao “sonho” e se divide, basicamente, em “quem deseja se iluminar” e em “quem simplesmente se mostra resignado e convicto de ser carnal”, e mais nada!

As religiões, que deveriam sinalizar o REINO DE DEUS como objetivo real e eterno de todos, ensina que “cada um tomar sua própria cruz” quer dizer cada um “enfrentar os males e dificuldades” da  suposta vida terrena, ou seja, nada prega sobre a PRESENÇA DE TODOS EM DEUS, NO REINO DE DEUS E NA UNIDADE PERFEITA! E em nada enfatiza o que disse Jesus: “NEGUE-SE A SI MESMO”! “A Volta à CASA DO PAI”, para tais religiões, sequer é comentada! Os filhos de Deus só são julgados pelas “aparências”, e, se “só tiverem lavagem de porcos para comer”, viver nessa ilusão de modo resignado, seria cada um “tomar a sua  cruz”!

Acreditar que as revelações da Verdade pretendem “amenizar a vida humana de alguém” é o cúmulo do desentendimento espiritual  real! Jesus disse ter vindo para que “todos tenham vida com abundância”, e sua coleção de parábolas converge para O REINO DE DEUS, CHEGADO EM NÓS MESMOS, AQUI E AGORA!

O suposto “mundo dos fenômenos” é a MENTIRA pregada à humanidade pela “MENTE CARNAL”, enquanto o Ser que somos, IMUTAVELMENTE, vive em DEUS a VIDA DE DEUS, sempre incólume, inclusive quando “alguém” supõe se identificar com os personagens fictícios de seus sonhos ou pesadelos!

Bem-aventurado o VENTRE QUE JAMAIS GESTOU, disse Jesus, corrigindo a mulher que em meio à multidão lhe gritara: “Bem-aventurado o ventre que te gestou!”. SABIA QUEM ERA E QUEM NÓS SOMOS: FRUTOS DO VENTRE DIVINO, SERES ETERNOS QUE NÃO NASCEM NEM MORREM! “DEUSES”!

O Mandamento que diz: “NÃO TERÁS OUTROS DEUSES AO LADO DE MIM”, na verdade, é um “empurrão divino” que FAZ CADA UM SE SOLTAR DOS SONHOS E DAS MENTIRAS, E, AO MESMO TEMPO, SE IDENTIFICAR COM O PAI, COM SUA UNIDADE ESSENCIAL COM ELE, COM O CRISTO DE SI MESMO, QUE É DE MESMA NATUREZA QUE A DELE!

“ANDAR NA LUZ” É RECONHECER E SE IDENTIFICAR COM A LUZ DO CRISTO ETERNO QUE SOMOS! E SABER QUE “NOSSA LUZ INDIVIDUAL” É NOSSA PARTICIPAÇÃO PERMANENTE NA LUZ INFINITA DA UNIDADE PERFEITA, QUE NOS FORMA E QUE, TODOS JUNTOS, AJUDAMOS A FORMAR!

*

MEDITE COM OS OLHOS VOLTADOS PARA DENTRO!

Há tempos, quando havia rondas de guardas

noturnos pelos bairros da cidade,

 quem passasse de carro via muitas vezes a sombra deles projetadas nas paredes; e então, poderia dizer: “Os guardas estão ali!”. Entretanto, eles mesmos não teriam sido vistos, sendo notados pelas suas sombras, que, mesmo sem terem vida, ali mesmo se movimentavam como reflexo do movimento real deles, que estava fora de visão.

Este “mundo de aparências” é, igualmente, um mundo de sombras, um mundo sem vida; somente a Oniação divina é real como Atividade universal e, portanto, Atividade de  todos nós. Em outras palavras, Deus Se movimenta em SI MESMO como Oniação perfeita, e, em vez de cada um fazer sua identificação com Sua Atividade, aparenta se identificar com a “sombra”, com as “aparências” supostamente “vistas” pela mente humana. Esta é a ILUSÃO DE MASSA!

O Reino da Verdade, iluminado e único, está manifestado AQUI E AGORA; disse Jesus: “não é visível”, e está “entre nós”. Por isso, as “contemplações da Verdade” requerem “interiorização”, para que nos voltemos ‘a Mim’ – ao EU SOU divino, espiritual e perfeito.

Pratique o Silêncio deslocando sua “visão” do externo para o interno! Entenda seus “olhos” como voltados ao EU – Deus sendo você!

Use a imaginação, observando a ilustração deste texto, percebendo-se com “olhos voltados para dentro”, o que lhe facilitará sobremaneira a “percepção”.

Em palestras, muitas vezes eu desenhava

esta figura na lousa. “Olhe para dentro”, sem nenhuma atenção para o exterior, assumindo que a Consciência Iluminada É a SUA, e que ela “contempla”  – AQUI E AGORA – o Reino de Deus revelado pelas Escrituras como “chegado”.

 

*

“A CARNE EM NADA SE APROVEITA!”

É o Espírito quem dá vida; a carne em nada se aproveita; as palavras que Eu vos tenho dito são Espírito e são vida”.

João 6: 63

É lamentável toda a excessiva preocupação com o suposto “corpo carnal”, se levarmos em consideração os fatos verdadeiros, transmitidos em detalhes por Jesus e tantos outros instrutores! “A carne em nada se aproveita”, disse Jesus. Só se presta para iludir a humanidade com as crenças de nascimentos, mortes e demais ilusões. Paulo deu também a sua contribuição, dizendo que “carne e sangue não herdam o Reino de Deus”! O que estas citações nos dizem, é que não existe “matéria” nem “corpos carnais”! Somos Espírito!

Quem já presenciou experimentos de hipnotismo, bem sabe que TODOS OS FATOS SUGERIDOS ao hipnotizado são IRREAIS, ou seja, “IMAGENS HIPNÓTICAS” SÃO “SUGESTÕES SEM SUBSTÂNCIA”, supostamente VISTAS COMO FATOS, MAS QUE “JAMAIS SÃO FATOS VERDADEIROS”

Que deve a humanidade fazer, quando lhe é revelado que UNICAMENTE DEUS E SEU REINO SÃO FATOS REAIS? Deve se dedicar ao seguinte:

1-RECONHECER O FATO DE QUE DEUS É TUDO; 

2-RECONHECER TODAS AS “APARÊNCIAS” COMO “AUSÊNCIA DE FATOS”, E FAZER TAIS RECONHECIMENTOS COMEMORANDO A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO!

Há pessoas que leem que “aparências são miragens”, porém, SEM PARAR de se preocupar com elas! Para tais, lembro-as que Jesus, diante do ilusório “leproso”,  que não era fato, disse-lhe: “SÊ LIMPO!”. QUE ESTAVA LHE DIZENDO?

 “SEJA O DEUS QUE VOCÊ SEMPRE É; PARE DE ENXERGAR “AUSÊNCIAS”! DESGRUDE A MENTE DA MIRAGEM “CORPO CARNAL”!

Sejam “temporais com ventos”, sejam “enfermidades”, sejam “carências”, VEJA-SE COMO O CRISTO diante da ONIPRESENÇA DO PAI e da AUSÊNCIA de fatos em tais “quadros hipnóticos”!

VOCÊ “TEM A MENTE DE CRISTO”!

No dia a dia, entretidos com as CRENÇAS COLETIVAS, poderá ocorrer de, subitamente, nos chegarem AUSÊNCIAS com a sugestão hipnótica de serem PRESENÇAS! Que deve ser feito? TUDO QUE DE MOMENTO NOS FOR POSSÍVEL, PARA ENDOSSARMOS A ONIPRESENÇA OU A TOTALIDADE DE DEUS E A AUSÊNCIA DOS QUADROS ILUSÓRIOS SUGERIDOS.

Caso isto não aparente rebater a ILUSÃO, teremos de nos recolher à “Prática do Silêncio”, quando serão CONTEMPLADAS A TOTALIDADE e a UNICIDADE de Deus, até nos percebermos ISOLADOS DAS “SUGESTÕES HIPNÓTICAS”, QUE ESTARÃO SENDO RECONHECIDAS COMO “NADAS”, OU COMO “AUSÊNCIA DE FATOS”.

O valor das revelações está em serem postas na prática, quando as leituras se transformam em atitudes e, com estas atitudes, provamos que ESTE MUNDO É O MUNDO DO PAI DA MENTIRA, E QUE NÓS SOMOS A VERDADE!

*

O ABSURDO QUE É VIVER CRENDO EM MENTIRAS!

Não poderia haver absurdo maior do que “budistas” se dividirem em “denominações terrenas” ou “cristãos” repetirem a mesma coisa, se dividindo em supostas “religiões terrenas”, todos enfatizando uma suposta mas falsa “vida encarnada”, desmascarada pelos seus próprios mestres!

O absurdo é coletivo, formando um “vapor hipnótico” que, aparentemente, encobre o NIRVANA ou o REINO DE DEUS, pregados por Buda e por Jesus.

As Mensagens do Facho de Luz apresentam diversos expedientes a serem usados para travar ou minimizar os “efeitos ilusórios hipnóticos” desse “hipnotismo de massa”,  e isto sem jamais “se juntar a ele” e sem jamais “se amoldar” ou “se curvar a ele”, como fizeram vários autores,  que acabaram “desistindo” de pregar a Verdade Absoluta a uma suposta “humanidade”, após constatarem como se mostrava ela tremendamente “apegada à ilusão”.

Estudar a Verdade é CONHECER A DEUS COMO SENDO O UNIVERSO ESPIRITUAL EM QUE ESTAMOS, E CONHECER A SI MESMO COMO O CRISTO ILUMINADO E PERFEITO QUE TODOS SOMOS!

De nada adianta “reter um buscador da Verdade” na mente, com a “nobre missão” de “se tornar iluminado”! Por quê? PORQUE DEUS É LUZ INFINITA FORMADORA DE TODOS NÓS EM SI MESMO, AQUI E AGORA!

Enquanto esta Verdade for deixada de lado, viverá a humanidade em meio a mentiras e mais mentiras da suposta “mente carnal”, e acreditando nos sofrimentos falsos vindos de seus ilusórios “sensacionismos”, que se intercalam entre bons e maus!

DEUS É TUDO! A MENTE DIVINA, PORTANTO, É A NOSSA MENTE!

Aquele que PERMANECER NESTAS VERDADES ESTARÁ “SE SALVANDO” E “CONHECENDO A VERDADE”!

Allen White sugere, aos reais interessados na Verdade, que CADA UM faça a seguinte indagação, dirigida à SUA PRÓPRIA CONSCIÊNCIA DIVINA, ONISCIENTE, INDIVISÍVEL E INFINITA:

“SENDO QUE DEUS É TUDO, QUEM É QUE VÊ OU EXPERIENCIA UMA ILUSÃO (OU APARÊNCIA)?”

A resposta deverá vir REVELADA, e nunca criada mentalmente. Por isso, mantenha-se com a indagação feita, a fim de que possa ser percebida a resposta consciencial divina!

A suposta “mente carnal” é a “INIMIZADE contra Deus”, disse Paulo. Por isso, desbancá-la como “NADA” deve ser entendido como PRIORIDADE MÁXIMA! E o enfoque absoluto da Verdade conta com nosso “coração de criança” para acatarmos a DEUS COMO TUDO e como O CRISTO QUE TODOS SOMOS!

*

 

 

QUANDO FOR “ERGUIDO ÀS ALTURAS!”

“E Eu, quando for erguido às alturas, atrairei todos a Mim!”

João12: 32

Assim disse Jesus: “E eu, quando for erguido às alturas, atrairei todos a mim”. Isto significa que o FOCO  a ser levado em conta por TODOS é sempre a UNIDADE ESSENCIAL PERFEITA, e nunca a “sombra fenomênica” chamada “mundo”, onde APARENTA HAVER DUALIDADE, com supostos mas ilusórios “instrutores e aprendizes” da Verdade.

O “Eu erguido às alturas” é o ÚNICO EU REAL EXISTENTE, que é DEUS! E quando esta Verdade é percebida para ser reconhecida, a errônea noção de dualidade desaparece, e TODOS SE VEEM ATRAÍDOS “A MIM”, ao “EU SOU” que é TUDO, e que é a Unidade Perfeita!

Esta compreensão, de que UNICAMENTE EXISTE O “EU DIVINO” EM AUTOEXPRESSÃO, garante a nossa PERMANÊNCIA EM MIM, e impede a errônea identificação com a “sombra dualista” que alimenta a CRENÇA em “mentes separadas”, algumas se julgando “mestres” e outras se julgando “discípulos”.

Diz a Bíblia que Jesus, tomando nas mãos cinco pães e dois peixes, tirou sua visão das mãos alçando-a ao céu,  e a “sombra” foi por ele substituída pela UNIDADE PERFEITA, o que fez se tornar possível alimentar a multidão de mais de cinco mil, pois,  com sua atitude iluminada ATRAIU TODOS “A MIM”, o que obrigou à “sombra”  se alterar e se projetar “atendendo às necessidades de todos”.

Sempre que a Verdade, aparentemente, se mostra sendo revelada ao mundo, seja em “particular” ou seja “em grupo”, O FOCO A SER MANTIDO É O DA UNIDADE, o “EU SOU” ÚNICO E ONIPRESENTE EM ONIAÇÃO, QUE SE PROJETA COMO  QUEM FALA E  COMO QUEM OUVE, MAS QUE SÃO MERAS “SOMBRAS”, projetadas na suposta “mente humana”!”.

“A ninguém chameis de mestres”, disse Jesus, pois unicamente O CRISTO é o vosso mestre”! Isto significa que O CONHECIMENTO DA VERDADE É PURAMENTE AUTORREVELAÇÃO INTERNA E DIVINA,  e nunca ALGO “VINDO DE FORA”!

Na época em que fazia palestras, sempre me aparecia alguém para justificar  o motivo de sua ausência ou atraso em alguma delas. O que lhe era explicado é a Verdade, ou seja, que ESTAMOS TODOS “EM MIM” E NUNCA NAS “SOMBRAS FENOMÊNICAS” CHAMADAS “MUNDO MATERIAL”. Portanto, assim como Jesus “enxergou” a UNIDADE PERFEITA AUTOSSUPRIDA, alterando a “sombra” de carência de alimento para “sombra” de suprimento presente, igualmente devemos “enxergar” a UNIDADE PERFEITA estando em universal manifestação, SEM CONSIDERARMOS SE “A SOMBRA” NOS APRESENTA um suposto GRUPO VISÍVEL, SEJA COM DUAS, COM DEZ, OU COM MIL PESSOAS! NOSSA VISÃO ESTARÁ VOLTADA AO “EU SOU INFINITO”, À VERDADE, À UNIDADE PERFEITA! À NOSSA PRESENÇA EM DEUS!

IMPORTA, A CADA UM, QUE “PERMANEÇA EM MIM”, LIVRE PARA SE PERCEBER SEMPRE EM “SOLO SAGRADO”,  E “AGIR PELO NÃO AGIR”, OU SEJA, LIVRE PARA DEIXAR QUE  A “SOMBRA” SE DESDOBRE E O FAÇA ESTAR ONDE APARENTEMENTE DEVESSE ESTAR, FALAR O QUE DEVESSE FALAR, E OUVIR O QUE DEVESSE OUVIR!

NO CASO, A “SOMBRA” ESTARIA SE FORMANDO ONDE ESTIVESSE REFLETINDO A ONIAÇÃO SUBJACENTE A ELA; E TODO SUPOSTO ATRASO OU AUSÊNCIA DELA EM SUPOSTO “OUTRO LUGAR” SERIA IRREALIDADE, E ISTO NÃO POR ACASO, POIS MARCARIA SUA APARENTE “PRESENÇA” ONDE, DE FATO, LHE COUBESSE ESTAR!

É DESTA FORMA QUE, “ERGUIDOS À ALTURA”, ATRAÍMOS “TODOS A MIM”! AO “EU SOU” OU AO “CRISTO” DE CADA UM!

*

VOCÊ SÓ TEM A MENTE DE CRISTO!

JÁ ESTÁ REVELADO: “Temos a Mente de Cristo”; e isto porque o Cristo é a nossa genuína identidade em Deus! Não existe mundo terreno com seres dotados de “mente humana”. Esta crença falsa, por ser falsa, não existe! Quando a revelação chega à suposta mente humana, e a pessoa se diz “estudante da Verdade”, ela logo passa a buscar formas de anular a mente falsa para conhecer a legítima! “Eu preciso me identificar com a Mente de Cristo!”, ou, “Eu vou meditar até discernir a Mente de Cristo que eu tenho”, etc.. Todas estas pretensões, apesar de parecerem válidas e corretas, muitas vezes só fazem endossar e reforçar a ilusória mente humana!

As palavras empregadas nos textos precisam ser entendidas como meios didáticos, uma vez que ao buscarem revelar o que é real, são obrigadas a citar inexistências! Se alguém for hipnotizado para acreditar estar numa sala a 10 graus abaixo de zero, começará a tremer de frio, mas não devido ao “frio”, e sim à sua “mente iludida” pela sugestão! Nesse caso, seu “problema”, que a ele se mostra como sendo “o frio”, para seu hipnotizador é claramente uma ILUSÃO! Um efeito da “sugestão hipnótica”. Enquanto ele, hipnotizado, correr atrás de agasalhos ou cobertas, para se proteger do frio, estará lutando com inexistência! Seu “inimigo verdadeiro”, a “sugestão hipnótica”, não estaria sendo banida!

O mesmo se dá com a suposta “mente humana”; ela é “sugestão hipnótica” e não realidade! A realidade já está presente: “Você tem a Mente de Cristo”. Sua existência é espiritual, divina e perfeita já, completamente alheia a qualquer dualidade ou mentalidade rotulada de “humana”. Portanto, ao meditar, jamais creia que “a mente que quer ser a de Cristo” seja a sua! Jamais acredite que tenha “mente não iluminada”; jamais creia que “um dia”, finalmente, a “mente humana” sumirá! Ideias desse tipo equivalem ao hipnotizado ficar divagando sobre “o frio”, que JAMAIS esteve presente para ser levado em consideração!

Que lhe caberia fazer? Isolar-se por inteiro da “sugestão hipnótica”, vendo-se completamente livre dela, mas não no sentido de lhe dar fim, e sim por constatar que “sugestão hipnótica” não gera fatos, mas tão somente sensações ilusórias.

Diante da revelação de que “você possui a Mente de Cristo”, aja desta forma: perceba que  “mundo material” – com seres humanos  E TODAS AS SUAS SENSAÇÕES – não passa de uma”sugestão hipnótica”; além disso, e PRINCIPALMENTE, perceba que esta mente, que percebe a natureza ilusória das “imagens hipnóticas”, TAMBÉM É SUGESTÃO HIPNÓTICA! E então, a Mente de Cristo, a única realmente presente como SUA MENTE, sem jamais ter tido conhecimento de mente humana, de suas ilusões ou de seus anseios por se iluminar , naturalmente será discernida como a SUA MENTE ETERNA!

DEUS É TUDO! A MENTE DE DEUS É ÚNICA! DEUS É A SUA MENTE, AQUI E AGORA! NADA MAIS É REALIDADE!

*