“E ESTAIS PERFEITOS NELE!”

“Tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;
porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;
E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade”.
 

Colossenses 2: 8-10

São constantes as recomendações das Escrituras no sentido de que NOS VEJAMOS PERFEITOS, fazendo TOTAL identificação com o CRISTO QUE SOMOS, e repudiando as “filosofias e vãs sutilezas segundo a tradição dos homens”, como bem frisou Paulo.

Se a Peste disser que irá a Bagdá matar cinco mil, o medo dela matará dez vezes mais, como diz esta fábula, aqui publicada recentemente, para explicar o que faz o medo com os descrentes de Deus. Pior do que a Peste, é a CRENÇA que nega a Verdade de que SOMOS DEUSES ETERNOS!

Entender a citação de Paulo para cumpri-la, significa “ESTARMOS CONSCIENTES DE QUE DEUS É NOSSA PERFEIÇÃO IMUTÁVEL”, e significa VIVERMOS “VACINADOS” pela Verdade, diante dos supostos “males do mundo”!

Como DEUS É TUDO, somos AQUI E AGORA o que Deus é, através do FILHO QUE SOMOS! E quando nos atemos à Verdade de que O UNIVERSO É “BEM PERMANENTE”, enquanto os supostos “bem e mal” do mundo não passam de APARÊNCIAS, cabe-nos RECONHECER A VERDADE COMO JESUS FAZIA, VENDO-SE SENDO A VERDADE EM SI, E VENDO A SI MESMO COMO “PERFEIÇÃO ABSOLUTA”!

Ao dizer para vivermos “segundo Cristo”,
porque “nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade”,
Paulo explica a DIVINDADE QUE VERDADEIRAMENTE SOMOS, E ISTO PARA QUE “ESTEJAMOS PERFEITOS”, NESTA VIDA DIVINA QUE AGORA VIVEMOS!

 

“E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade”.

*

“Adão Nasceu de Um Grande Poder e Grande Riqueza!”.

Disse Jesus: “Adão nasceu de um grande poder, e de uma grande riqueza. Mas não era digno deles. Se deles fosse digno, não teria morrido”.

Evangelho de Tomé

Jesus era conhecedor das Escrituras e, naturalmente, conhecedor da alegoria de Adão e Eva. Aproveitou-se dela para comentar que A ORIGEM DO HOMEM É DEUS, O SER ABSOLUTO DE RIQUEZA INFINITA, que, sendo emanado do PRÓPRIO VERBO DIVINO, “SURGIU COMO ADÃO”.

Mas Adão, mesmo sendo UM COM O PAI, dotado, portanto, do MESMO PODER  e da MESMA RIQUEZA, permitiu-se ILUDIR pela falsidade chamada “mente humana”, com a qual se viu limitado, carente e identificado como “mortal”.

Jesus nos PREVINE a todos sobre a falta de dignidade de Adão, que, mesmo tendo sido EMANAÇÃO PERFEITA DE DEUS, EXATAMENTE COMO TODOS NÓS, não titubeou em aderir à “sabedoria da serpente” ao ouvir dela que “poderia ser mais do que Deus”!

A humanidade custa a reconhecer a sua ORIGEM DIVINA, e que UNICAMENTE DEUS É REALIDADE! Suas incursões no fictício “mundo material” somente escondem sua paz e sua glória recebidas de Deus “desde o princípio”!

As Escrituras estão repletas de instruções no sentido de que “busquemos sabedoria em Deus”! Quem as segue, vive pela Graça, na Paz e na Glória do Altíssimo! Por outro lado, aqueles à “semelhança de Adão”, e não reconhecidamente como “ à semelhança de Deus”, serão aqueles aparentemente dotados de “ego exacerbado”, havendo dentre eles, muitos que sequer acreditam em Deus! E enquanto acreditarem “dar sentido à vida” por si mesmos, estarão unicamente “vivendo em suas mentiras”! Dentre elas, estarão acreditando inclusive na própria morte, ilusão que, a eles, é “inegável  realidade”!

E é quando, um a um, CEGOS para a Verdade de que TIVERAM ORIGEM NO GRANDE PODER E NA GRANDE RIQUEZA DE DEUS, se comportam, como disse Jesus, sendo INDIGNOS DELES!

Desse modo, somente quando “mortos”, perceberão que jamais tiveram a vida que erroneamente acreditaram “ter vivido”! 

*

O SENTIDO ABSOLUTO DE SE “CONHECER A VERDADE”!

Frente à declaração de Jesus, “Conhecereis a Verdade e a Verdade vos libertará”, muitos pensam que o significado é algum suposto “humano” falar alguma verdade “neste mundo” e, desse modo, jamais mentir! O sentido real, porém, como toda e qualquer VERDADE pregada por Jesus, “NÃO É DESTE MUNDO”!

“Aquele que PERMANECER EM MIM, conhecerá a Verdade, e A VERDADE O LIBERTARÁ”. A questão, PORTANTO, se alicerça em NOSSA “PERMANÊNCIA EM MIM”!

A humanidade, por DESCONHECER A VERDADE. sempre veio se identificando com “mundo e corpo materiais”, por acreditar SER VERDADEIRO o que Jesus chamou de “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”. E isto por DESCONHECER o que significa “PERMANECER EM MIM”!

Em séculos e mais séculos, a suposta e ilusória “vida na matéria” veio sendo ensinada como VIDA VERDADEIRA DE FILHOS DE DEUS! Entretanto, disse Jesus que O REINO DE DEUS, COM AGRADO DO PAI,  NOS FOI DADO A TODOS NÓS, e para que NÓS O BUSCÁSSEMOS EM PRIMEIRO LUGAR! Deixou clato que O REINO não viria com “aparências”, mas sim, que estava presente e consumado DENTRO DE NÓS, com o ESPÍRITO DE DEUS sendo espiritualmente PERCEBIDO COMO O “NOSSO ESPÍRITO”!

Conhecer a VERDADE” significa CADA FILHO DE DEUS CONHECER A SI MESMO COMO “ESPÍRITO DE DEUS”. Por isso, assim disse Paulo: “NÃO SABEIS QUE SOIS O TEMPLO DE DEUS, E QUE O ESPÍRITO DE DEUS HABITA EM VÓS?”

Cada FILHO DE DEUS que “PERMANECE” NA SUA IDENTIFICAÇÃO COM O “ESPÍRITO DE DEUS”, E NÃO COM O “ESPÍRITO DO MUNDO”, É AQUELE QUE “CONHECE A VERDADE QUE O TORNA LIVRE”. PODERÁ REPETIR JESUS: “AQUELE QUE ME VÊ A MIM, VÊ O PAI”.

“Não recebemos de Deus o “espirito do mundo”, e que vê “as coisas do mundo”, disse Paulo! RECEBEMOS DE DEUS O ESPÍRITO DE DEUS, “PARA QUE PERCEBÊSSEMOS ESPIRITUALMENTE O QUE NOS FOI DADO GRATUITAMENTE POR DEUS!”

Apenas LER E CONCORDAR COM ESTAS VERDADES não quer dizer que as conheçamos! Por isso a Bíblia chama de “DESCIDA DO ESPÍRITO SANTO”, OU PENTECOSTES, o momento de nossa IDENTIFICAÇÃO CONSCIENTE COM O ESPÍRITO DE DEUS EM NÓS! Havendo esta PERCEPÇÃO, estaremos “EM MIM”, QUE É “ESTARMOS EM DEUS”! E É QUANDO CUIDAREMOS EM SER LIVRES, POR

“PERMANECERMOS EM MIM”!

*

“SE ESTE HOMEM FOSSE UM PROFETA…!”

Por mais que Jesus demonstrasse “sinais”, curando, perdoando pecadores e ressuscitando “mortos”, por mais que fosse criativo em pregar a Verdade através de parábolas, nem assim conseguia cumprir sua intenção de “testemunhar a Verdade que somos”!

A atração do vazio “mundo fenomênico”, até hoje aparenta ser real para a maior parte da “sombra” chamada “existência terrena”. Cega para a Verdade, segue a maioria lutando para “conservar um corpo feito de nadas”, confundindo Suprimento com “dinheiro e posses materiais”, e agindo como fariseus,  assim como aquele que convidara Jesus a comer em sua casa e a sentar-se à sua mesa, enquanto uma conhecida mulher de má vida, que soube da presença de Jesus no local,  foi até ele com um frasco de alabastro cheio de perfume puro. Pôs-se atrás de Jesus e, chorando muito, molhava-lhe os pés com as lágrimas e enxugava-os com os cabelos, beijando-os e deitando-lhes perfume. Vendo aquilo, o fariseu disse consigo mesmo: “Se este homem fosse um profeta devia saber que espécie de mulher é esta que lhe está a tocar nos pés, pois é uma pecadora.”

Assim julgando pelas “aparências fenomênicas”, acreditava o fariseu que um “profeta verdadeiro” deveria agir como ele próprio! Em vez de entender o “juízo justo”, que Jesus pregava, em oposição ao “juízo pelas aparências fenomênicas”, adotado pelo fariseu, passou ele a desacreditar de Jesus, por NÃO SABER QUE ESPÉCIE DE MULHER ERA AQUELA!

Há tempos, tendo tido conhecimento de que um cristão italiano,

 filiado à Renovação Carismática, faria uma palestra sobre “cura espiritual” em Campinas. Interessei-me por ouvi-lo e fui ao Liceu, local em que seria feita a palestra. A igreja estava lotada, as ruas próximas ficaram todas tomadas pelos carros, de tanta gente que veio ao local. O palestrante começou a falar, e houve um grande silêncio. De repente, um homem começou a gritar dentro da igreja, dando ares de insanidade, e, para minha grande surpresa, o palestrante interrompeu sua fala, chamou os seguranças, e ordenou que retirassem o homem do local. Enquanto era retirado, disse ele a todos os presentes: “Deus é Deus da Paz, não de confusão!”

O homem foi retirado e eu também me retirei! Só me vinha à mente que JAMAIS JESUS FARIA AQUILO! E cristão que age como Jesus não agiria, não tem moral para falar sobre “cura espiritual”. A meu ver, deveria conduzir o homem à frente, e ORAR POR ELE, INCITANDO OS PRESENTES A ACOMPANHÁ-LO.

Como disse Mary Baker Eddy, “a cura é o sermão maior!”.

Atualmente, a pressão coletiva que o erro faz  contra a Verdade requer muito mais dedicação e disciplina do que em tempos atrás, àquele que se interessa pelas curas divinas, pois a humanidade, com seus tablets, celulares e a mídia toda, recebe uma “carga cavalar” de ideias e pensamentos contrários à Verdade!

TREINAR A PRÁTICA DO “JUÍZO JUSTO”, QUE SIGNIFICA “CADA UM SE HONRAR COMO HONRA O PAI”, pode se iniciar com um uso muito disciplinado dos atuais “meios de comunicação”, para que possamos, como desejava Jesus, “dar testemunho da Verdade”, sem “julgarmos o mundo, e aqueles que o habitam” pelas APARÊNCIAS!

Ao fariseu, assim disse Jesus::

“Vês esta mulher? Entrei em tua casa e não me deste água para os pés, mas ela lavou-mos com lágrimas e enxugou-os com os cabelos. Não me recebeste com um beijo, mas ela, desde que entrou, não deixou de me beijar os pés. Não me deste óleo perfumado para a cabeça, mas ela deitou-me perfume nos pés. Digo-te que os seus muitos pecados lhe foram perdoados, por isso mostrou muito amor. A quem pouco se perdoa, pouco amor mostra.” Depois disse à mulher:

“Os teus pecados estão perdoados” (Lucas cap.7).

 *

O CRISTO DIAMANTINO QUE VOCÊ AGORA É!

A ilusão de suposta “existência material”, enquanto DEUS É ESPÍRITO, é a ILUSÃO DE MASSA misturando, ao HOMEM DIVINO QUE SOMOS, a ilusória CRENÇA COLETIVA de ser ele “nascido da carne”!

Todos os reveladores da Verdade são uníssonos em explicar a LUZ DIVINA que somos, e a ILUSÃO das “trevas materiais” que NÃO SOMOS, e que nem poderíamos “chegar a ser”!

Por isso diz a Bíblia que O QUE DEUS FAZ DURA PERPETUAMENTE, DE MODO QUE NADA PODE SER-LHE TIRADO OU ACRESCENTADO!

DEUS É TUDO! Como ALGO poderia ser tirado DELE ou ser acrescentado a ELE? IMPOSSÍVEL!” DEUS NÃO MUDA!

Nesta visão correta se fundamenta todo o “conhecimento da Verdade que SOMOS AGORA, e que jamais MUDA! Em vista disso, O CRISTO QUE SOMOS  é também chamado de SER DIAMANTINO, uma alusão ao fato fenomênico que vê, sendo o diamante, unicamente AQUILO QUE ELE VERDADEIRAMENTE É, ficando descartadas, como jamais fazendo parte dele, TODAS  E QUAISQUER IMPUREZAS NELE GRUDADAS!

Ao dizer: “São-te perdoados os teus pecados”, Jesus apenas isolava CRENÇAS FALSAS do diamantino FILHO DE DEUS frente a ele!

“O que é diamante é diamante, e o que é impureza é impureza”! Com este idêntico sentido, a Bíblia diz: “O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é Espírito”!

Como DEUS É TUDO, E É ESPÍRITO, o que SOMOS é única e integralmente ESPÍRITO, AQUILO QUE DEUS É! E ao nos alertar para A NINGUÉM CHAMARMOS DE PAI  SOBRE A TERRA, JESUS SIMPLESMENTE AFIRMAVA QUE “NASCIDOS DA CARNE” JAMAIS EXISTIRAM!

Quando as Mensagens do Facho de Luz empregam “títulos absolutos”, como o desta postagem, declaram O QUE AGORA SOMOS, E QUE SEMPRE SOMOS: ESPÍRITO DE DEUS! Não se prendem às CRENÇAS ou às “APARÊNCIAS” que se mostrem contrárias, por compará-las às “impurezas” grudadas ao diamante. E jamais a eliminação das CRENÇAS significa “mudança”, “melhoria” , “evolução” ou “estágios de consciência”!

O QUE SOMOS É A CONSCIÊNCIA ILUMINADA E ÚNICA, QUE É DEUS! JAMAIS O SER QUE SOMOS SOFRE MUDANÇAS! POR ISSO É CHAMADO DE “SER DIAMANTINO”!

Aquele que se identifica com “estágios de consciência” apenas comprova se admitir identificado COM AS CRENÇAS FALSAS, A ELE GRUDADAS OU DELE SENDO DESGRUDADAS E SOLTAS! DESSE MODO, NO CASO, ESTARIA SOMENTE ENDOSSANDO A MENTIRA, E “CONHECENDO A SI MESMO COMO INVERDADE”!

Quando Paulo afirma que NADA NOS SEPARA DO AMOR DE DEUS, PROVA SABER QUE “DEUS É AMOR”, E QUE, “NO AMOR DE DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER”!

*

“APARÊNCIAS FENOMÊNICAS” E SEUS “SENSACIONISMOS”

Há tempos, no lançamento de um filme de Batman nos Estados Unidos, durante a sua exibição, todos da plateia se divertiam com os “sensacionismos e ruídos” causados pelos efeitos especiais do filme. De repente, foi percebido que “parte deles” acontecia fora da tela, no próprio cinema, causada por invasores terroristas que ali davam tiros e apavoravam os presentes. Em face disso, os “sensacionismos” do filme ficaram somados aos “sensacionismos” do cinema, enquanto o pavor tomava conta de todos,  quando estes verdadeiros “sensacionismos últimos” foram percebidos, e não mais confundidos pela plateia como “inofensivos efeitos do filme”.

Caso alguém, ao percebê-los, os incluísse nos “sensacionismos da tela”, estaria a salvo, ao praticar ali a Verdade? Sim, porém, se esta postura fosse assumida com fé total na Onipresença de Deus! A proteção depende de “ausência de medo de aparências” somada À  “VIDA PELA GRAÇA”, NA CONVICÇÃO DE QUE O AMOR DIVINO É A ONIPRESENÇA!

Mesmo posto numa jaula com leões, Daniel não foi incomodado por nenhum deles!

Quando a VIDA PELA GRAÇA é percebida e vivida, naturalmente se dá a proteção divina em situações de “sensacionismos das aparências”. Comparados àqueles do filme de Batman, foram chamados aqui, indevidamente, de “verdadeiros”; porém, são tão ilusórios quanto os inseridos no filme,  apenas com a diferença única de serem “aceitos como realidades”!

Se alguém estiver vivendo pela Lei, e não pela Graça, estará sob a crença no bem e no mal, e, no caso, não seria ameaçado por “tiros de terroristas” nem por “leões com ele presos numa jaula”! Estaria somente  SOB AMEAÇA DA LEI!

ACREDITAR EM “MUNDO FENOMÊNICO” OU NA “MATÉRIA” FAZ COM QUE SUAS CRENÇAS SEJAM ATUANTES EM CADA UM, SEGUNDO A LEI MENTAL QUE DIZ: “OS SEMELHANTES SE ATRAEM”.

Em vista do exposto, apenas “não ter medo” não nos basta! Uma pessoa habituada a conviver com ursos,  e isto por vários anos, acabou sendo morto por um deles! Por quê? Pela Lei da Atração! Por certo, carregava ele na mente,  algo de frequência semelhante ao suposto “mal” que lhe veio a suceder!

A Bíblia nos ensina a FAZER O BEM E NÃO TEMER O MAL! Esta é a NOSSA PROTEÇÃO, POIS NOS DEIXA AFINADOS COM DEUS!

*

DEUS VERSUS APARÊNCIA, ILUSÃO E MENTIRA

Por que Jesus disse que NINGUÉM tem pai na terra? Por que disse para que “não juntássemos bens na terra”? Por que disse que “a carne para nada se aproveita”? E por que disse que “este mundo” é do pai da mentira? Pelo mesmo motivo que Krishna disse que “o mundo material” e somente “aparência”, e pelo mesmo motivo que Buda  disse ser o mundo uma ILUSÃO!

Enquanto a humanidade só se mostrar interessada em “palavras de ensinamentos”, as palavras nada farão por ela! Que deveriam fazer? FAZÊ-LA PERCEBER QUE UNICAMENTE EXISTE DEUS E SEU REINO, enquanto todos os supostos “mundos” são ilusórios! NADAS!

O REAL INTERESSADO na Verdade é aquele cuja atenção total está em PERCEBER DEUS SENDO TUDO, E, AO MESMO TEMPO, PERCEBER QUE “APARÊNCIA”, “ILUSÃO” OU “MUNDO DO PAI DA MENTIRA” SÃO NADAS!

Aquele abraçado à TOTALIDADE DE DEUS, sem se admitir associado ao ”mundo” e às “coisas do mundo” estará “trabalhando pela comida que não perece”, como disse Jesus.

“As coisas do mundo são vistas pelo espírito do homem que nele está; porém, não recebemos de Deus este espírito, mas sim o de Deus, para que percebêssemos espiritualmente o que nos é dado gratuitamente por Deus”!

O que Paulo aqui diz, é que DEUS É QUEM SOMOS, e que o HOMEM CARNAL É QUEM NÃO SOMOS! 

Estas Verdades requerem assíduas e dedicadas “contemplações absolutas”, e total interesse em serem “percebidas espiritualmente”, ou seja, A TOTALIDADE DE DEUS E A NULIDADE DO CONCEITO MATERIAL DO MUNDO devem ser as pautas obrigatórias em cada meditação!

Após feitas desse modo, as contemplações irão revelando nossa SOLTURA DAS CRENÇAS e nossa ADMISSÃO DE DEUS COMO TUDO!

De início, a prática da Ciência Mental oferece excelente ajuda, pois endossamos com ela os princípios absolutos. Por exemplo, se afirmamos que JÁ SOMOS SAUDÁVEIS, PORQUE DEUS É NOSSA SAÚDE, e negamos o suposto “mal, por ser ele PURO NADA, as “contemplações” serão realizadas com a facilidade criada dessa maneira. E então, passaremos à “contemplação propriamente dita”, IDENTIFICANDO-NOS INTEGRALMENTE COM DEUS E DESIDENTIFICANDO-NOS INTEGRALMENTE DE “APARÊNCIA”, “ILUSÃO” OU “MENTIRA”!

Havendo TOTAL interesse na prática correta destes princípios, a forma de nos conduzirmos e cumprirmos esse objetivo nos saltará INSPIRADA POR DEUS! Iremos contemplando, COM A MENTE DE CRISTO, que DEUS É TUDO, e que tudo mais  É NADA!

*

“ENCHA-SE TODA A TERRA DE SUA GLÓRIA!”

Bendito seja sempre o Seu glorioso Nome, e encha-se toda a Terra de Sua glória!

Salmo 72: 19

O Salmo 72 nos deixa claro que o salmista conhecia a Verdade, sabia que o glorioso “Nome dele” era “Eu Sou”, e que “encher toda a Terra de Sua glória” era enxergar, na vida prática, a real Presença de Deus sendo TUDO!

Após conhecermos a LETRA DA VERDADE, passamos a nos ver FORA DA ILUSÓRIA DUALIDADE, para que a LETRA SEJA VIVIFICADA PELO ESPÍRITO DIVINO! PELO NOSSO ESPÍRITO!

O Salmo não leva em conta “Céu e Terra” como, para a maioria, assim aparenta ser! RECONHECE unicamente DEUS SENDO QUEM SOMOS e SENDO O UNIVERSO do ESPÍRITO EM QUE VIVEMOS!

Aquele que emprega O SEU GLORIOSO NOME, que é o NOME REAL E ÚNICO de toda a Existência, ESTARÁ CONTEMPLANDO TODA SUPOSTA “TERRA”  TODA CHEIA DE SUA GLÓRIA!

Ver-se munido dessa VISÃO ABSOLUTA é o que constitui a prática da Verdade! De nada adianta alguém afirmar que DEUS É TUDO e, também, dizer que A ILUSÃO O INCOMODA OU PODE DEIXAR DE INCOMODAR!

Esse foi o erro dos discípulos de Jesus, que voltaram a ele felizes e alegres, dizendo terem “expulso demônios” usando o “nome dele”! A resposta dada foi:

“Não se alegrem por demônios terem se sujeitado a vocês! Alegrem-se por TEREM OS SEUS NOMES ESCRITOS NOS CÉUS!”

O Salmo 72 faz com que SEJA BENDITO O NOSSO GLORIOSO NOME ESCRITO NOS CÉUS, PARA RECONHECERMOS A TERRA EM SEU VERDADEIRO ASPECTO CHEIO DE GLÓRIA!

Deus é TUDO, e TODO Filho de Deus tem unicamente o “GLORIOSO NOME DO PAI!”

Ponha em prática estas Verdades:

“BENDIGO O MEU GLORIOSO NOME, O NOME DO ‘PAI EM MIM’, QUE REALIZA MINHAS OBRAS! COM ELE, CONTEMPLO A TERRA CHEIA DE SUA GLÓRIA, POR SER, CORRETAMENTE VISTA, O REINO ILUMINADO E PERFEITO DE DEUS!”

*

O SÁBIO VIVE COMO VIDA DE DEUS, E DEUS VIVE COMO VIDA DELE!

O sábio que conhece o meu Poder cultua-me com amorosa compreensão. Ele vive na minha vida, e eu vivo na vida dele; glorifica-me e eu o glorifico – e assim vive ele, isento de ilusão e repleto da luz de alta sapiência.

Krishna

A Essência do Evangelho de Jesus repete o que disse Krishna, Buda e demais “conhecedores da Verdade”. Sempre o sábio conhece o Poder de Deus, VIVE NA VIDA DE DEUS, E DEUS VIVE NA VIDA DELE, nunca como dualidade, mas como PERFEITO NA UNIDADE!

Os supostos profanos são os que aparentam se deleitar com os prazeres, bens luxuosos e recreações do mundo da ilusão, mostrando-se arredios à Verdade e aos princípios espirituais. Quando se desencantam com a ilusão, revelam ao mesmo tempo um interesse pelas “coisas do alto”, como disse Paulo, deixando de pensar nas “coisas da terra”.

“Do menor ao maior, todos conhecerão a MIM”, a própria Essência, a própria VIDA REAL, e o prazer maior lhe virá de MIM, da comunhão com o “EU DE SI MESMO”, que antes lhe parecia ausente, distante e  mesmo desconhecido! E o suposto “mundo de aparências” perde sua atração de antes, criando-lhe um “vazio” que inclusive pode até se tornar aversão.

É desse modo que a “vida morta da ilusão” revela sua natureza falsa, ilusória, mortal e sem sentido, enquanto a VIDA ETERNA, COMO VIDA DIVINA EM EXPRESSÃO, LHE É REVELADA! E nele se cumpre a Verdade dita por Krishna:

Ele vive na minha vida, e eu vivo na vida dele; glorifica-me e eu o glorifico – e assim vive ele, isento de ilusão e repleto da luz de alta sapiência.

 

*

NA “PRÁTICA DO SILÊNCIO”, PERCA DE VISTA A ILUSÃO DE VIDA NA MATÉRIA!

Enquanto alguém se prender à ilusão de “vida terrena”, perderá a Verdade sempre disponível a ele, presente “dentro dele”! Por isso a Prática do Silêncio, feita com disciplina, seriedade, dedicação e sincera entrega, é indicada como prática imprescindível por todos aqueles que conheceram a Verdade e a expuseram à humanidade.

O Homem é uma Realidade ABSOLUTA, razão pela qual não é nem nunca foi “aquilo que pensa ser”, como dizem muitos ensinamentos errôneos! O HOMEM É UM SER ABSOLUTO, OU SEJA, É DEUS EXPRESSO COMO INDIVÍDUO!

Por esse motivo, na Prática do Silêncio, devemos “perder de vista” a suposta “vida na matéria”,  e isto como se “estivéssemos sonhando”  e, em dado momento, “abríssemos a visão” com que nos víssemos “acordados”! Não existem “escolhidos de Deus”, e sim os que meditam, se interiorizam, e se percebem em Sua Onipresença!

 Por isso, na parábola de Jesus, quem achou o “tesouro no campo”, apressou-se em vender tudo que tinha para comprar aquele terreno! Esta parábola retrata o que é requerido de todo FILHO DE DEUS: “Perder sua “vida”, por AMOR DE MIM, para poder achá-la”, ou seja, empenhar-se em ir às profundezas de seu próprio ser, para achar a VIDA ETERNA, por ter aberto mão da ilusória “vida na matéria” e na “mortalidade”!

“Orai e vigiai sem cessar”, diz a Bíblia! Esta recomendação serve para nos dar ideia de como A VIDA EM DEUS se contrasta completamente com o ilusório conceito de “vida na matéria” com que a suposta “mente humana” nos sugere e ilude como “tendo realidade”! Mas não passa de insubstancial “imagem hipnótica”, que só aparenta ocultar-nos “o Cristo que somos” e o “Universo real em que estamos”!

DURANTE A PRÁTICA DO SILÊNCIO, PERCA DE VISTA A ILUSÃO DE VIDA NA MATÉRIA! PARTA DA VERDADE ABSOLUTA DE QUE “O CRISTO É TUDO EM VOCÊ”, E QUE “EM DEUS VOCÊ VIVE, SE MOVE, E EXISTE!” 

*

“Aquilo Que Temo Me Sobrevém!”

Segundo a evidência dos assim chamados sentidos físicos, o homem é material, decaído, doente, depravado, mortal. A Ciência Cristã e o senso espiritual contradizem isto, e proporcionam a única e verdadeira evidência de Deus e do homem, visto que a evidência material é inteiramente falsa.

Mary Baker Eddy

É conhecida, na Metafísica, a fábula em que a Peste anunciou que ia a Bagdá matar cinco mil pessoas. Entretanto, contadas as vítimas, constatou-se que os mortos somavam cinquenta mil! E então, foram perguntar à Peste o motivo de ela ter aumentado tanto o número de vítimas, ao que ela respondeu: “Eu fiz o que falei, matei cinco mil. Os demais, morreram de medo!”

São dezenas as vezes em que as Escrituras nos alertam: “Não temais!”. Aparentemente falando, a mente atemorizada faz desaparecer as defesas naturais do corpo, e deixa desguarnecido o campo energético da pessoa, tornando-a susceptível ao algo temido. A Lei de Jó assim diz: “Tudo que temo me sobrevém!”.

Recebemos de Deus a Mente segura de Cristo, que sequer reconhece “corpos carnais”, por nos enxergar sendo o Cristo, e nunca sendo “mortais com medo de ilusão”! “Tenha fé e não tenha medo”, disse Jesus! Sabia que a fé nos leva às coisas do Alto, enquanto o patamar das crenças falsas fica posto fora de nossa percepção.

A humanidade, temerosa, busca em vacinas e medicamentos a preservação de sua saúde! MAS A SAÚDE É SINÔNIMO DA VERDADE QUE SOMOS, OU SEJA, DO CRISTO E DA MENTE DE CRISTO!

O Ser do homem, como disse Mary Baker Eddy, é o Ser de Deus! Assim disse ela: “A Ciência Cristã e o senso espiritual proporcionam a única e verdadeira evidência de Deus e do homem, visto que a evidência material é inteiramente falsa”.

Em outras palavras, a real “vacina efetiva” está em nós mesmos, como o Cristo em UNIDADE com Deus que todos SOMOS!

*

CONCENTRE-SE NA VERDADE DE QUE O SEU CORPO É UNICAMENTE DEUS!

Dedique-se a realmente rechaçar, PROFUNDA E CONTINUAMENTE,  a CRENÇA COLETIVA MENTIROSA de que “temos “corpo carnal”! Para isso, dispomos da Ciência Mental e das “Contemplações Absolutas”, feitas com a “Prática do Silêncio”! DEUS É TUDO, É PERFEIÇÃO UNIVERSAL ABSOLUTA, mas prioritariamente devemos PERCEBER DEUS SENDO A VERDADEIRA SUBSTÂNCIA DE NOSSO CORPO!

Paulo foi claro: “Sois o Templo de Deus e o Espírito de Deus habita em vós!” No entanto, apenas passar os olhos pelas revelações da Bíblia não nos levará à “troca de referencial” REQUERIDA para desmentir a CRENÇA COLETIVA DE CORPO MATERIAL e nos fazer entender  O CORPO ESPIRITUAL E ÚNICO que SOMOS, ou seja,  o “TEMPLO DE DEUS”

 A maioria não se detém nas revelações absolutas, a ponto de RECONHECER com profundidade A VERDADE escondida pelas APARÊNCIAS! Em vista disso, milhares de “pacientes” e “médicos” se tornam vítimas da CRENÇA COLETIVA,  que sugere a todos que o suposto “corpo carnal” tem existência real. A partir disso, O TEMPLO DE DEUS, QUE SOMOS, deixa de ser reconhecido e a ILUSÃO passa a receber TODA atenção e ter a sua FALSIDADE  aceita como realidade!

O Corpo é DEUS, é TEMPLO DE DEUS. Dedique-se a reconhecer que O SUPOSTO CORPO CARNAL só é visto pela “mente carnal”, algo que não recebemos de Deus, isto é, é ALGO QUE NÃO TEMOS NEM SOMOS! Não passa de uma espécie de “miragem”! Somente os ilusórios sentidos humanos veem esse corpo sujeito a imperfeições e problemas!

Afirme a Verdade, que DEUS, SENDO TUDO, é também seu Eterno Corpo de Substância e Luz divinas”! E negue a “sugestão hipnótica” e seus sensacionismos, que objetivam desmentir a Verdade que somos! Estes cuidados precisam ser tomados continuamente!

Sem os “olhos ruins da “mente humana”, contemple DEUS sendo o seu Corpo real,  e isto com os olhos da Verdade da Mente de Cristo! Desse modo, irá se cumprir em VOCÊ o que nos revelou Jesus: “SE TEUS OLHOS FOREM BONS, TODO O TEU CORPO SERÁ PLENO DE LUZ”!

*

 

VOCÊ É UNICAMENTE O QUE ERA “DESDE O PRINCÍPIO”!

Se “fomos feitos do Verbo divino”, como afirma João em seu Evangelho, somos realmente, aqui e agora, seres à imagem e semelhança de Deus, como é revelado no Antigo Testamento. Esta Verdade veio sendo enfatizada por Jesus, e registrada como Novo Testamento,  com ambos pregando  nossa real Natureza, espiritual e divina!

Após declarar que DEUS É LUZ, E NELE NÃO HÁ TREVAS NENHUMAS, João disse também que O MUNDO INTEIRO JAZ NO MALIGNO. Contradição? Nenhuma! AS FRASES INDICAM A MESMA VERDADE DE QUE “DEUS É TUDO”! PORÉM, ALGO MAIS TERÁ DE SER ENTENDIDO E POSTO EM PRÁTICA!

Numa experiência de hipnotismo, um hipnotizador fez com que uma pessoa recebesse a sugestão de que O NÚMERO SETE NUNCA EXISTIU! Em seguida, disse a ela que contasse os dedos de suas mãos , e ela, sem ter na mente o número sete, contou e concluiu assustada que tinha onze dedos!

Quando a Metafísica Absoluta afirma que DEUS É TUDO, realmente, A VERDADE É ESTA! E o que significa O MUNDO INTEIRO JAZER NO MALIGNO? Significa que a humanidade está sob um HIPNOTISMO DE MASSA, esquecida do BEM PERMANENTE por ter sido SUGESTIONADA PARA ACREDITAR NO BEM E NO MAL! Portanto, João estava dizendo que DEUS É TUDO, mas que uma SUGESTÃO HIPNÓTICA escondia esta Verdade!

Que eram os “milagres de Jesus”? A SUA FÉ E CONVICÇÃO DE QUE A VERDADE É A VERDADE, ENQUANTO TODO SUPOSTO “MAL” ERA UMA SUGESTÃO HIPNÓTICA COLETIVA, QUE PARECIA SER REALIDADE ÀQUELES QUE ASSIM A VIAM! DESSE MODO, TODO MAL APARENTE DEIXAVA DE SER RECONHECIDO POR ELE, ENQUANTO A VERDADE ERA O FOCO CENTRAL DE SEU TESTEMUNHO!

Por isso, Jesus dizia: “Eu vim ao mundo para dar testemunho da Verdade”.

O décimo primeiro dedo, contado como real pela pessoa sob efeito hipnótico, JAMAIS ESTEVE EXTERIORIZADO,  OU PRESENTE NAS MÃOS OU NA VIDA DELA, A NÃO SER COMO “IMAGEM MENTAL HIPNÓTICA”!

Assim disse Jesus: “Estivestes comigo desde o princípio”. Em vista disso, disse também: “NÃO RESISTAIS AO MAL”! Sabia ser todo suposto “mal” simples “imagem hipnótica”, que sumiria diante da VERDADE ETERNA RECONHECIDA COMO SEMPRE PRESENTE E EVIDENCIADA NO LUGAR DELE!

GRAVE BEM: VOCÊ É UNICAMENTE O QUE ERA “DESDE O PRINCÍPIO”!

*

 

 

 

“POR QUE LAVAIS O EXTERIOR DO RECIPIENTE?”

“Disse Jesus: Por que lavais o exterior do recipiente? Não sabeis que o mesmo que criou o interior criou também o exterior?”

Evangelho de Tomé

É inacreditável a quantidade de ensinamentos, filosofias orientais e religiões, considerando o Universo a partir do “referencial da mentira”! Nem parece que Buda declarou que “olhos, ouvidos, nariz, língua, corpo e mente são o NADA!” Tampouco parece que Jesus declarou ser  este mundo material uma satânica crença mentirosa A SER VENCIDA!

No Evangelho de Tomé, faz Jesus a seguinte pergunta:“Por que lavais o exterior do recipiente?”. Está explicando que HÁ UM SÓ UNIVERSO, espiritual e perfeito, e que ESTE UNIVERSO REAL É ILUMINADO E PERFEITO, e precisa assim ser RECONHECIDO para que sua “sombra” se projete sintônica com a Verdade.

O Caminho é ESTREITO! Mais que isso! Além de ESTREITO, é INVISÍVEL! Seu nome é EU SOU! “EU SOU O CAMINHO!

De onde vêm os “caminhos espaçosos” da perdição? DO DESCONHECIMENTO DA VERDADE DE QUE “SOMOS O CAMINHO ESTREITO”! Dele derivam todas as falsas CRENÇAS que só intentam “lavar o exterior do recipiente”, pregando “pecados e reforma de pecadores”, “encarnações e reencarnações”, “evolução”, “estágios de consciência”, progresso espiritual em supostas “escolas terrenas da alma”, ou seja, CONTRADIZENDO QUE O MESMO QUE FAZ SURGIR A “APARÊNCIA” É O CRIADOR DA ESSÊNCIA INTERIOR!

Cada um poderá e deverá se livrar desse FESTIVAL DE CRENÇAS FALSAS, desviando-se de TODAS ELAS e “INDO A MIM”, AO “EU SOU ABSOLUTO”, AO “CAMINHO ESTREITO” EM QUE “SOMOS TODOS UM”, E, PORTANTO, EM QUE “SOMOS TODOS DEUSES”!

 

É desse modo que paramos de nos identificar com “carnais imperfeitos”, deixando a APARÊNCIA EXTERIOR se projetar em consonância com O SER INTERIOR QUE SOMOS: O CRISTO!

 *

“POUCO TEMPO” É ETERNIDADE PARA DEUS!

Jamais diga “não ter orado ou meditado por falta de tempo”! Qualquer “pouco tempo”, para Deus, é ETERNIDADE! Tudo que fazemos com “pouco tempo” pode até render  bem mais do que “muita coisa” feita por nós demoradamente, quando dispomos de um “tempo enorme”!

Há vezes que, a despeito da disponibilidade de “tempo longo”, até chegamos, aparentemente falando, a deixar de fazer o que deveria ser feito!

Tanto Masaharu Taniguchi como Marie S. Watts, várias vezes ao dia, apenas mentalizavam: “DEUS”! E isso lhes bastava, para sentir o calor, o amor e demais aspectos de Sua Presença sendo a “nossa” Presença!

Deus não conhece “tempo” nem o utiliza para “nos atender”! JÁ SE DOOU POR INTEIRO A CADA FILHO! Por isso, assim disse Jesus: “O Pai Se agradou em dar-vos o Seu Reino”!

Há vezes em que, parecendo haver “falta de tempo”, concentramos o pensamento por segundos, e percebemos a PAZ DIVINA de forma mais nítida do que em muitas meditações demoradas!

Já relatei, aqui, o caso de uma pessoa que, ouvindo uma frase minha: “O problema deste mundo é que este mundo não tem problema”, fazia gozação com um amigo meu que a repetia a ele: “Que maravilha! Ninguém tem problema!” – assim brincava ele com a Verdade. Mas indo à praia, foi ao mar e nele dormiu enquanto boiava. Quando se deu conta, tinha sido levado pelas ondas para alto mar, quando se desesperou. Lembrou-se da frase ouvida e concentrou-se nela; e então, as ondas mudaram de direção, e foi ele devolvido à praia. Depois disso, apareceu para se desculpar pelos deboches!

Jesus disse: “Não sejam como os gentios, que acreditam que pelo muito falar, em suas orações, serão ouvidos!” O PAI JÁ SABE DO QUE VOS É NECESSÁRIO!”

NECESSITAMOS APENAS DE ALGUNS “SEGUNDOS”, RECONHECIDOS COMO JÁ ESTARMOS AGORA “EM COMUNHÃO COM DEUS”! RECONHECIDOS COMO JÁ VIVERMOS AGORA A VIDA QUE, NA VERDADE, É A VIDA DE DEUS!

Jesus lidava unicamente com Deus e com o eterno AGORA! Esta é a forma correta de praticarmos a Verdade! E ela decorre de nossa convicção de que UNICAMENTE DEUS É REALIDADE!

*

j

l

 

 

 

*

APARTAI-VOS DOS FALSOS PROFETAS!

“Cuidado com os falsos profetas. Eles vêm a vocês vestidos de peles de ovelhas, mas por dentro são lobos devoradores. Vocês os reconhecerão por seus frutos. Pode alguém colher uvas de um espinheiro ou figos de ervas daninhas? Semelhantemente, toda árvore boa dá frutos bons, mas a árvore ruim dá frutos ruins. A árvore boa não pode dar frutos ruins, nem a árvore ruim pode dar frutos bons. Toda árvore que não produz bons frutos é cortada e lançada ao fogo. Assim, pelos seus frutos vocês os reconhecerão!”

Mateus 7: 15-20

Em conversa com um rapaz, ele me disse: “Eu nunca fui de seguir uma religião!”. E pela forma com que me olhava, senti que de mim esperava ele uma repreensão pelo que havia dito. Mas disse a ele: “Você pode se considerar um felizardo!”

 Por certo terá enorme facilidade em, a seu tempo, apreender os verdadeiros princípios da Verdade, que nos transmitem as bem aventuranças divinas, e a vida pela Graça e com abundância, isenta dos nocivos, acusadores e mentirosos “dogmas dos homens”, que nem irei aqui citar para não poluir a mente de ninguém!

E por falar em “mente”, nunca é demais enfatizar a revelação preciosa e absoluta do apóstolo Paulo, de que  “TEMOS A MENTE DE CRISTO”! Identificados com ela, não seremos “aspirantes à Verdade”, como se dizem muitos, por desconhecerem que, ao usarem a suposta “mente carnal”, somente verão o “mundo do pai da mentira”, que acredita em dois poderes e que só leva alguém ao “julgamento pelas aparências”, ocultando o real Evangelho de Jesus, que afirmou taxativamente: “Eu, pela carne, a NINGUÉM julgo”!

Huberto Rohden disse o seguinte: “Hoje em dia, é quase impossível encontrar o Cristo no Cristianismo”. O que precisa ser entendido é que o real Cristianismo, e também o Cristo, somente são encontrados “dentro de nós”.

Krishnamurti dizia o mesmo: “Na sua forma atual, a religião é a própria antítese da Verdade”.

O conhecimento da Verdade se fundamenta na Autopercepção! A Bíblia diz: “O Reino de Deus está dentro de vós”, “Jesus Cristo está em vós”, “O Espírito de Deus habita em vós”!  Mesmo assim, o “mundo de aparências” é o que aparenta receber atenção maior da grande maioria”

Seja VOCÊ uma exceção! Dê atenção máxima à Verdade de que O REINO DE DEUS está MESMO em VOCÊ, com VOCÊ já estando nele! Dê atenção à PRESENÇA DO CRISTO em VOCÊ, e GLORIFIQUE ao DEUS que HABITA em VOCÊ PRÓPRIO!

Dedicando-se à Verdade dessa forma, estará seguindo “todos os mestres”, se livrando das FALSAS crendices  das igrejas,  se poupando de escutar “falsos profetas”, e vivendo feliz e radiante pela Verdade e pela Graça!

*

INTERPRETE O UNIVERSO SEGUNDO O PONTO DE VISTA DE DEUS!

“Conhecer a Verdade” é simplesmente INTERPRETAR O UNIVERSO CORRETAMENTE, descartando falsidades, crenças descabidas e interpretações infundadas! Para quê Jesus disse ter vindo ao mundo? Para dar a CORRETA INTERPRETAÇÃO DO UNIVERSO, dita por ele como sendo o seu “testemunho da Verdade”!

“E viu DEUS tudo quanto fizera, e eis que achou MUITO BOM”, diz a Bíblia. E diz também que “TUDO FEITO POR DEUS DURA PERPETUAMENTE”.

As Escrituras contêm a CORRETA INTERPRETAÇÃO DO UNIVERSO, testemunhada por Krishna. Buda, Jesus, Paulo, e tantos outros, Para quê? PARA LIBERTAR A HUMANIDADE DA “FALSA INTERPRETAÇÃO”, a que se deu o nome de SATANÁS OU ILUSÃO! Porém, bastou “darmos nome ao NADA”, ou seja, à INTERPRETAÇÃO MATERIAL sendo aceita como real, para que o NADA passasse a ser reconhecido como “alguma coisa”.

Quando Jesus disse “TER VENCIDO O MUNDO”,  apenas dizia ter VISTO CORRETAMENTE ESTE UNIVERSO, EM SUA EXPRESSÃO ESPIRITUAL, ILUMINADA E PERFEITA! Por isso nos deixou as regras para igualmente interpretá-lo como DE FATO ELE É!

“Não peço que os tires do mundo, MAS QUE OS LIVRES DO MAL”, disse Jesus. Este “MAL” é simplesmente a “interpretação errada”!

Perguntaram a Mary Baker Eddy o motivo pelo qual explicava que “a doença não existe”, em vez de fazê-lo com relação ao mundo material todo. Ela disse o seguinte: “Para que,  vendo sumir a doença, as pessoas pudessem acreditar chamadas “curas de doenças” são consideradas como muito importantes! E este é também o motivo que levava Jesus a “curar os enfermos”, “perdoar pecadores” e “ressuscitar carnais”: REVELAR O UNIVERSO INTERPRETADO CORRETAMENTE, TAL COMO VERDADEIRAMENTE ELE É! PERFEIÇÃO ABSOLUTA ONIPRESENTE!

Que faz um “praticista de cura espiritual”? Com o suposto “doente”, NADA FAZ! JÁ ESTARIA PERFEITO! Desse modo, ele apenas REINTERPRETARIA O CENÁRIO ILUSÓRIO PELO SEU “TESTEMUNHO IDENTICO AO DE DEUS”, CIENTE DE QUE “TUDO, PERPETUAMENTE, É ESPIRITUAL, ILUMINADO, E MUITO BOM”!

O ensinamento absoluto se fundamenta nesta Verdade: DEUS É TUDO, É O UNIVERSO INFINITO, É QUEM SOMOS, E TUDO, ASSIM COMO É, É PERFEIÇÃO IMUTÁVEL!

*

 

O MENTIROSO “JUÍZO PELAS APARÊNCIAS”!

Quando alguém  diz “ter visto o nascer do Sol” naquele dia, se isso fosse dito a um astronauta no espaço , essa ilusão não seria aceita! O referencial de cada um não seria o mesmo! Os que se veem na Terra acreditariam, pois estariam no mesmo referencial, e não no referencial do astronauta, que desconheceria o fato ilusório por conhecer o fato verdadeiro.

Na prática fiel do ensinamento absoluto , para não sermos iludidos por irrealidades, tais como pecados, doenças, nascimentos ou mortes, é-nos requerida uma MUDANÇA DE REFERENCIAL, como por diversas vezes foi aqui divulgado. No entanto, uma rápida e superficial leitura do tema não mudará o referencial de ninguém! É necessário entender muito bem o que foi lido, perceber o que nos acarreta essa mudança, e então, praticá-la com interesse, convicção e seriedade!

Enquanto o mundo tomava por referencial suas APARÊNCIAS, Jesus afirmava fazer o contrário: desconsiderá-las para reconhecer o REFERENCIAL DE DEUS, e não o dos homens. Declarou abertamente que

A NINGUÉM JULGAVA SEGUNDO AS APARÊNCIAS! Por que os leitores que leem na Bíblia como Jesus fazia, insistem em permanecer no mesmo referencial ilusório que somente detecta irreais imperfeições e problemas? Por viverem no REFERENCIAL DAS CRENÇAS COLETIVAS! POR SE MANTEREM NA CRENÇA ERRADA E NÃO NA VERDADE ANUNCIADA! Acreditar que O SOL NASCE NO HORIZONTE é prova disso! CRENÇA ERRADA ACEITA COMO VERDADEIRA! O FATO É  COMPLETAMENTE OUTRO: A TERRA GIRANDO EM TORNO DO SOL! 

O reconhecimento do FATO deve CALAR A MENTIRA! Ou seja, as Escrituras expõem os FATOS e a humanidade insiste em CRER que APARÊNCIAS SEJAM FATOS! E assim, VIVE NA ILUSÃO!

“Orar sem cessar” significa ACREDITAR NUMA MUDANÇA DE REFERENCIAL QUE REVELA A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO, E QUE SOMOS PERFEITOS COMO DEUS!

Porque  uma cobra, entrando num hospital americano, fez com que seis pacientes com derrame saltassem da cama e fugissem “curados”?  NÃO SE CURARAM! JÁ ESTAVAM PERFEITOS, E APENAS ILUDIDOS PELO “JUÍZO PELAS APARÊNCIAS”! A situação aparente de risco e de perigo não lhes deu tempo para “serem curados lentamente”! Com isso,  ficaram convictos de “serem deuses” de imediato, pulando da cama e correndo para fugir!

“Antes que clamem, responderei”, disse Isaías! REVELAVA O ASPECTO SEMPRE PERFEITO DO FILHO DE DEUS!

TODA “CURA” APENAS COMPROVA QUE A “MUDANÇA DE REFERENCIAL” FOI FEITA!

E TODO AQUELE QUE REPUDIAR O REFERENCIAL DAS APARÊNCIAS, ASSUMINDO O REFERENCIAL DE DEUS, ACREDITANDO TER FEITO ESSA TROCA ESSENCIAL, IRÁ ACREDITAR QUE TEM POR PAI UNICAMENTE DEUS, E SE MOSTRARÁ TENDO A MESMA NATUREZA DO PAI! 

*   

“TRABALHAI PELA COMIDA QUE NÃO PERECE!”

Quando, em 1 Coríntios 6: 20,  Paulo assim diz: “Glorificai a Deus no vosso CORPO e no vosso ESPÍRITO, os quais pertencem a Deus”, estabelecia a necessidade de que esta “glorificação ao Pai” fosse feita segundo o REFERENCIAL DA LUZ, e nunca a partir de um ilusório “corpo material”, ILUSÃO que nunca poderia “pertencer a Deus”!

“Em DEUS VIVEMOS, nos MOVEMOS e EXISTIMOS” (Atos 17: 28). Uma vez mais, o REFERENCIAL DA LUZ é citado, e isto para que, de fato, partamos sempre da TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA DIVINA INVISÍVEL, sem considerarmos a ILUSÃO VISÍVEL, chamada por Jesus de “o mundo que tem por príncipe Satanás, o pai da mentira”.

Assim como alguém que passe em frente a um espelho consiga “VER-SE” nele projetado, aquele que se veja “refletido” na suposta “mente carnal” consegue “VER-SE” refletido como “corpo carnal nascido”! Acreditar que NASCEU se equipararia ao que “VIU-SE” NO ESPELHO!

“Trabalhai pela comida que não perece”, disse Jesus! Estava dizendo que  DEVEMOS PRATICAR A VERDADE, PARAR DE CONFUNDIR O CORPO REAL COM O SEU “RASCUNHO FÍSICO”, PARAR DE SE IDENTIFICAR COM “CORPO MORTAL”! DESPOJARMO-NOS DO “VELHO HOMEM” CARNAL!

“Trabalhai pela comida que PERMANECE PARA A VIDA ETERNA!”, ouviram os seus discípulos, que então lhe perguntaram:

“Que faremos para executarmos as obras de Deus?” Jesus disse-lhes:

“A OBRA DE DEUS É ESTA: QUE CREIAIS NAQUELE QUE ELE ENVIOU” (João 6: 28-29),

Até hoje vemos a maioria “trabalhando como trabalham suas igrejas”, pela “comida que perece”, sem a mínima noção de que, SE CRESSEM NO CRISTO DE SI MESMOS, QUE É UM COM O PAI, SERIAM HERDEIROS DE TODAS AS RIQUEZAS CELESTIAIS, E QUE, POR ADMITIR  SEREM DONO DELAS, FARIAM SUA “IMAGEM FENOMÊNICA” SER “TRAZIDA À LUZ”, COMO “BENS REFLETIDOS POR ACRÉSCIMO”, ASSIM CAPTADOS PELA “MENTE CARNAL”.

Desse modo, teriam naturalmente também “a comida que perece”, entendendo-a como “reflexo temporal”, e nada além disso!

Este é o mecanismo libertador que proporciona, a quem o conhece,  a VIDA COM ABUNDÂNCIA!

*

“MOSTRA-NOS O PAI!”

“Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta.
Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras”.
 

João 14: 8-10

Quando dizemos que a premissa básica do enfoque absoluto parte de DEUS COMO TUDO, esta totalidade requer uma total e taxativa abdicação da CRENÇA COLETIVA que afirma que “somos nascidos da carne” e dotados de uma “personalidade terrena”. Esta CRENÇA é falsa e como tal deve ser reconhecida!

Sendo TUDO, Deus é a Vida que estamos todos vivendo, jamais como humanos, mas como “deuses da Unidade Perfeita”. Sem esse “nascer de novo”, como Filipe, viveremos como se fôssemos apartados do Pai! Que lhe disse Jesus? “Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?”

 

Esta passagem bíblica também já se fez presente em Mensagens do Facho de Luz, sempre dizendo que foi falada por Jesus unicamente para que a repetíssemos como válida para todos nós. Se afirmamos que DEUS É TUDO, é óbvio que NÓS ESTAMOS NO PAI E O PAI ESTÁ EM NÓS! E nossa IDENTIFICAÇÃO PLENA com esta Verdade, que representa e endossa nosso RENASCIMENTO ESPIRITUAL, não pode ser feita de modo esporádico, apenas quando voltamos a ter algum contato com ela!

A maioria dos “cristãos de igrejas” entende a fala de Jesus com Filipe como sendo um diálogo “entre os dois”. Mas Jesus conhecia e citava a UNIDADE  PERFEITA, em que ele e Filipe já estavam, e que só Jesus reconhecia! Que faltava a Filipe? TESTIFICAR A VERDADE PRESENTE NELE PRÓPRIO! ASSIM O PAI LHE SERIA MOSTRADO, E MOSTRADO SENDO O CRISTO DE SEU PRÓPRIO SER!

Quem teria dado essa informação? JESUS! “E vós também TESTIFICAREIS, pois estivestes COMIGO desde o princípio! Por isso Jesus disse que: “o Pai estava HÁ TANTO TEMPO COM FILIPE! E estava HÁ TANTO TEMPO igualmente com TODOS NÓS!

Mas há tantos outros “Filipes” por aí, que ainda vivem pedindo: “MOSTRA-NOS O PAI!”, sem a mínima noção de que TERÃO QUE “SE DESPOJAR DO VELHO HOMEM”, POR ARRANCAR-LHE VEEMENTEMENTE A MÁSCARA DE “NASCIDO DA CARNE!”

Pode alguém devorar livros e mais livros sobre a Verdade ou sobre a Metafísica: SEM ARRANCAR A “MÁSCARA” DO IMPOSTOR FENOMÊNICO, QUE LHE ESCONDE “O PAI EM SI MESMO, DESDE O PRINCÍPIO”, de nada os livros lhe servirão! Nem livros nem supostos “mestres”!

SOMENTE A RENÚNCIA AO “MUNDO DO PAI DA MENTIRA”, E A SEUS ILUSÓRIOS “NASCIDOS DA CARNE”, NOS FARÁ ENXERGAR O PAI “EM NÓS MESMOS”! E ISSO NOS EXIGIRÁ “VIGÍLIA E ORAÇÃO”, COMO ESTÁ NA BÍBLIA!

 *