TORNE SUA PRIORIDADE PERCEBER O REINO DE DEUS!

Que declarou Jesus? O seguinte: “Buscai, em PRIMEIRO LUGAR, o Reino de Deus e a Sua Jusriça, e TODAS AS DEMAIS COISAS vos serão acrescentadas”.

A humanidade teria acreditado? Não. Continua se esforçando para juntar “aparências ilusórias”, sem conhecer a verdadeira SUBSTÂNCIA ONIPRESENTE, que é unicamente o Verbo de Deus.

Jesus sabia que O UNIVERSO REAL E ÚNICO “ESTÁ PRONTO”! Sabia também que Deus deu a TOTALIDADE de Seu Reino a cada um de nós, bastando-nos ACREDITAR que estamos nele, como DONOS DE TUDO QUANTO DEUS POSSUI.

Porém, um “mundo de miragens” é coletivamente aceito, e nele, aparenta viver a maioria um “rascunho de existência”, a que Jesus chamou de “mundo do pai da mentira”! Por isso, disse Paulo que “AS COISAS DOS HOMENS SÃO TOLICES PARA DEUS”. Não são reais! Não têm Substância! São “vazias” como “sombras”!

“Buscar o REINO” significa “buscar diretamente a “UNIDADE ESPIRITUAL PERFEITA”, sempre a incluir TUDO E TODOS na Divina Oniação Universal perfeita. O suposto “mundo de sombras”  reflete e apresenta o que POSSUÍMOS no REINO DA LUZ, que é nossa real MORADA! Em vista disso, Paulo nos posicionou neste substancial e real MUNDO ESPIRITUAL CONSUMADO!

Nele, somos “possuidores” de TUDO que Deus É, ou POSSUI! E seguindo Jesus, reconhecendo primeiro esta Verdade, também aparentemente, “trazemos ao mundo” as “sombras” que nele aparentarmos necessitar possuir!

*

 

NUNCA BUSQUE ALGO EM “ALUCINAÇÕES MATERIAIS”!


Se alguém sobrevoar um deserto, vendo sua imensa quantidade de areia, e também vendo um andarilho nele se movimentando, poderia entendê-lo como  alguém normal, como também,  vê-lo naquela extensão de areia se mostrando sedento e alucinado,

supostamente buscando alcançar um imaginário oásis apenas existente em sua insana imaginação.

Toda analogia somente terá valor se for interpretada e transportada aos princípios da Verdade, trazidos à vida prática e serem aplicados de forma plena, absoluta e disciplinada.

Que é a Verdade? SOMENTE EXISTE DEUS! Que significa o aviador vendo um peregrino no deserto? Representa o homem no REINO DE DEUS, porém, “enxergando a ILUSÃO” de que exista realmente um “oásis”  próximo ao local em que se encontra. A ILUSÃO não é vista pelo aviador, mas, para o peregrino, ela aparenta ser real.

Quando as mensagens da Verdade falam que “DEUS TRANSCENDE AS APARÊNCIAS”, ESSE TIPO DE COLOCAÇÃO É PURAMENTE DIDÁTICA! Por quê? PELO FATO DE QUE “SOMENTE DEUS É REALIDADE”, enquanto todo suposto “OASIS NO DESERTO” é simples ALUCINAÇÃO MENTAL DO PEREGRINO! Desse modo, “SER TRANSCENDENTE” QUER DIZER “SER ÚNICO” – ÚNICA EVIDÊNCIA REAL!

Quando Jesus diz que “estaríamos visitando a MIM”, caso estivéssemos envolvidos com a ALUCINAÇÃO COLETIVA, que “enxerga “HOSPITAL E DOENTES”, EM LUGAR DA “UNIDADE PERFEITA”, estaríamos sendo a “mente que vê oásis”, em vez de reconhecer que SOMENTE EXISTE O DESERTO!

Por que a “mente do peregrino” ficou alucinada, e a mente do aviador não ficou? NÃO NOS INTERESSA vasculhar as “causas da alucinação”, por SER ALUCINAÇÃO!

SOMENTE EXISTE DEUS E, PORTANTO, A MENTE REAL É UNICAMENTE DIVINA, PERFEITA E ISENTA DE ILUSÃO! ESTA É A VERDADE COM QUE NOS OCUPAREMOS!

“NÓS TEMOS A MENTE DE CRISTO”! EM VISTA DISSO, SEJA QUAL FOR O SUPOSTO “OÁSIS NO DESERTO”, TAL “APARÊNCIA” DEVERÁ SER DESCARTADA DE IMEDIATO, PARA QUE NOS IDENTIFIQUEMOS COM DEUS, COM O REINO DE DEUS E COM A TOTALIDADE DE DEUS!

Se a “aparência” for de “hospital, com médicos e  doentes”, estaremos dando VIDA à revelação de Paulo, que diz: “Em Deus vivemos, nos movemos e temos o nosso ser!”.

Na Seicho-no-ie, é dito o seguinte: “Aquele que busca o Reino de Deus na matéria é um perseguidor de ilusões!”. Estaria agindo como “peregrino alucinado”, avidamente buscando “água” em “oásis de sua alucinação”!

*

A EXTINÇÃO DO DUALISMO

No “Evangelho de Tomé”, Jesus  assim declara com clareza:“…Os mortos não vivem, e os vivos não morrerão”. Que maravilhosas palavras da Verdade! Estas figuras do aparente “desenho animado”, pequenas, distorcidas, não são vivas, pois não consistem de Mente consciente, amorosa e viva. São apenas uma aparência de morte. Porém, Amado, esta aparência é a única morte que há, ou que pode haver. Entretanto, nós estamos, exatamente aqui, conscientemente vivos, exatamente agora, no âmago destas falácias e falsas imagens; e o fato de estarmos vivos é prova de que não existe morte alguma. Naturalmente, a Mente consciente, eterna e viva, que somos, exatamente aqui e agora, não pode morrer.

Jesus prossegue: “Quando comíeis o que era morto, vós o tornáveis vivo”. Sim, foi somente nosso aparente reconhecimento e aceitação deste mundo de aparência que fê-lo aparentar ser vivo, ser inteligente ou consciente. Nós parecemos mantê-lo vivo pelo apego à ilusão de que ele seja real. Dessa maneira, nós parecemos alimentá-lo, mantê-lo e sustentá-lo. Uma ilusão requer alguém para ser iludido por ela, para que possa inclusive constituir uma ilusão. Quando estamos plenamente iluminados, sequer aparentaremos estar iludidos. Desse modo, a ilusão com nada conta para alimentá-la, sustentá-la ou mantê-la. E então, inevitavelmente, ela se desvanece: deixando inclusive de aparentar existir.

Ao final da citação, Jesus indaga: “Quando éreis um, vos tornastes dois; mas, quando fordes dois, que fareis?”

 Sim, que iremos nós fazer? Amado, nós faremos exatamente o que estamos fazendo, exatamente aqui e exatamente agora; nós prosseguiremos em nossa realização do fato de que eternamente somos Um, e não dois. Desse modo, esta fase aparente de dualismo é extinta.

*

“POR QUE ERRAIS?”

Então Jesus lhes esclareceu: “Vós estais equivocados por não conhecerdes as Escrituras nem o poder de Deus!”

Mateus, 22: 29

Esta postagem tem por título uma pergunta encontrada já respondida por Jesus: “Estais equivocados por não conhecerdes as Escrituras nem o Poder de Deus”. Se à sua época pudesse ser dita a Verdade que “desfaz o erro”, Jesus assim teria dito: “ERRAIS POR DESCONHECERDES QUE É DEUS QUEM VIVE COMO TODOS VOCÊS!”

O erro não é algo de que o suposto “ser humano” deva se libertar! Por isso Jesus acentuou a necessidade de “as Escrituras serem conhecidas”, a fim de SEREM PRATICADAS!

Não intentava “melhorar seres humanos”, nem que eles evoluíssem ou reencarnassem “trocentas mil vezes”, supostamente para irem “progredindo espiritualmente”! O ERRO, SEGUNDO AS ESCRITURAS, É ELIMINADO PELA ANULAÇÃO OBTIDA ATRAVÉS DA NEGAÇÃO RADICAL DOS ILUSÓRIOS “SERES ERRADOS”! EM OUTRAS PALAVRAS, SOMEM ERROS E ERRADOS MEDIANTE A CONSTATAÇÃO DE QUE DEUS É TUDO, TUDO É DEUS!

Para isso, assim dizem as Escrituras: “Vós sois a Luz do mundo”, “vós sois deuses”, “despojai-vos do velho homem e de seus feitos”, “negai-vos a vós  mesmos”, “perdei a suposta vida humana, e vós tereis o Cristo como vida eterna”.

Não é preciso “conhecer as Escrituras” além de suas revelações essenciais! Basta praticarmos a revelação de que “a Unidade Perfeita” é a real existência em que, como CRISTO, vivemos a Vida divina, tanto em NÓS MESMOS como igualmente em TODOS OS DEMAIS.  

Junto com este reconhecimento do Cristo que somos, reconhecemos que a Oniação Onipotente de Deus é a REAL ATIVIDADE ONIPRESENTE DE DEUS, MANIFESTADA COMO “UNIDADE ONIATIVA PERFEITA”!

*

“DEIXAI QUE A VOSSA LUZ RESPLANDEÇA DIANTE DOS HOMENS!”


“Vós sois a luz do mundo. Uma cidade edificada sobre um monte não pode ser escondida. Igualmente não se acende uma candeia para colocá-la debaixo de um cesto. Ao contrário, coloca-se no velador e, assim, ilumina a todos os que estão na casa. Assim deixai a vossa luz resplandecer diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus. A Lei se cumpre em Cristo

Mateus, 5: 15

 Quando eu digo, aos cristãos ortodoxos, que não são seguidores de Jesus, mas sim, “parasitas” de sua luz, se mostram irritados, porém, sem razão! Jesus disse SER LUZ DO MUNDO, e disse também que SOMOS LUZ DO MUNDO, e isto por pregar a UNIDADE ILUMINADA PERFEITA, formada por todos nós! Em outras palavras, revelava SER ELE O

CRISTO, a Luz divina, onde ele estivesse, e SERMOS NÓS O CRISTO QUE SOMOS, A LUZ DIVINA QUE SOMOS, ONDE NÓS ESTIVERMOS!

Disse Jesus: “Assim deixai a vossa luz resplandecer diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai que está nos céus”.

“SER A LUZ” significa EXPRESSAR A CONSCIÊNCIA QUE SOMOS, QUE É ILUMINADA E DIVINA! SIGNIFICA RECHAÇARMOS A ILUSÓRIA E FRAUDULENTA “MENTE CARNAL”, DE MODO A CONSTATARMOS QUE TUDO E TODOS SÃO A MESMA CONSCIÊNCIA QUE SOMOS, O QUE NOS REVELA A VERDADE PREGADA POR JOÃO: “DEUS É LUZ, E NELE NÃO HÁ TREVAS NENHUMAS”.

Somos a LUZ UNIVERSAL, que resplandece “acima das ilusórias aparências”, todas insubstanciais e irreais! Por ter visto isso, assim disse Buda: “TUDO JÁ É ILUMINADO”!

 

“Deixar a NOSSA LUZ resplandecer diante dos homens” significa PERCEBER, COM A MENTE DE CRISTO, QUE TODOS SÃO A MESMA LUZ QUE NÓS PRÓPRIOS SOMOS!

É DESSE MODO QUE, ONDE QUER QUE ESTEJAMOS, A UNIDADE PERFEITA E ILUMINADA PODE SER  PERCEBIDA COMO A VERDADE ABSOLUTA DA REAL EXISTÊNCIA!

*

“EM SUA PRESENÇA HÁ PLENITUDE DE ALEGRIAS!”

Um simples, mísero e ridículo “pensamento enganador” pode aparentar esconder a gloriosa, real e imutável Onipresença perfeita de Deus.

“Deus me mostra a vereda da vida. Em Sua Presença há plenitude de alegrias” (Salmo 16: 11).

Na Metafísica Absoluta, a PRESENÇA DE DEUS É RECONHECIDA COMO UNIVERSAL E ÚNICA! Assim, a “plenitude de alegrias” é Onipresente! Mas esta Verdade somente terá valor quando alguém for capaz de “expulsar” todo e qualquer ilusório “pensamento enganador” que, porventura, intente lhe ocultar as ALEGRIAS da Realidade divina!

Deus “transcende todas as aparências”, e Se mostra PRESENTE quando as abandonamos para perceber que EM SUA PRESENÇA VIVEMOS, entendendo que SUA PRESENÇA é a NOSSA PRESENÇA na “plenitude de alegrias”.

Não resista a meras “aparências enganadoras”! Suba ao Pai, em que VOCÊ VIVE acima delas! Este é o seu procedimento iluminado que entende a Metafísica como REVELADORA da totalidade de Deus, e deixa claro que as “aparências” apenas atuam como INDICADORAS DA ONIPRESENÇA DE DEUS, isto é, APENAS INSINUAM A VERDADE DE QUE, NO LUGAR DELAS, APENAS DEUS ESTÁ SENDO REALIDADE EVIDENCIADA!

*

HÁ EM VOCÊ A MENTE DE CRISTO!

A ilusão de que possa haver “outra mente”, que não a Mente de Deus, é a falsidade que precisa ser expulsa e anulada, principalmente durante as nossas meditações contemplativas!

“Que haja em vós a mesma Mente que houve em Cristo Jesus”, disse o apóstolo Paulo.

Em suas “contemplações absolutas”, parta da Verdade de que Deus é a Mente universal ÚNICA, e que VOCÊ é a MESMA MENTE que houve

 em Cristo Jesus! Dê início às contemplações dando vida a esta revelação absoluta, em vez de “perder tempo” desejando se livrar da “mente carnal”, que jamais teve realidade, apesar de ser ilusão aceita pela maioria!

Como reconhecer que “temos a Mente de Cristo”? Primeiramente,  assumir, como foi dito, a revelação absoluta dizendo que JÁ A TEMOS, AQUI E AGORA.

O centurião, que foi a Jesus pedir-lhe pela cura de seu servo, sabia que ATUAVA EM JESUS A SABEDORIA DO PAI CELESTIAL, ENQUANTO, NELE PRÓPRIO, ADMITIA “TER A MENTE CARNAL”, QUE ENXERGAVA DOENÇAS E DOENTES”! Sua FÉ, portanto, estava na FÉ NA MENTE DE CRISTO EM JESUS, E NÃO NA MESMA MENTE DIVINA PRESENTE NELE PRÓPRIO, EM SEU SERVO, E EM TODOS!

Tenha esta mesma FÉ EM VOCÊ,  na presença da Mente de Cristo SENDO A SUA MENTE! Para isso, aceite as revelações absolutas sendo VÁLIDAS AGORA PARA VOCÊ!

Adote as falas de Jesus como sendo as suas! Aceite, por exemplo,

“não ser de mundo material”, “não ter pai na Terra”, e endosse as Verdades assim como fazia Jesus! O “renascimento espiritual requer esta dedicação e treinamento, para que a ilusória “mente carnal” se mostre desmantelada e dissolvida em seu “nada originário”. 

*

“VEDE: DEUS É MEU AUXÍLIO!”

Uma das mais importantes revelações das Escrituras explica que vivemos num Universo acabado, perfeito e inviolável. Este é o REFERENCIAL adotado pelo enfoque absoluto da Verdade.

Quando as Escrituras empregam o “referencial do mundo”, muitas vezes Deus é entendido como se fosse “servo dos homens”, enquanto Deus somente CONHECE A SI MESMO como sendo a TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA. Por isso, a premissa básica do ensinamento absolutista parte dessa Verdade: DEUS É TUDO COMO TUDO!

O chamado “mundo humano”, material, temporal e mutável, não é realidade! Não passa de uma “encenação mental hipnótica”, que unicamente “aparenta existir”, tal qual um pesadelo, que além de ser falsidade, aparenta ocultar do “sonhador” o ambiente em que de fato ele se encontra!

O Salmo 54: 4 assim registra: “Vede: Deus é meu auxílio!”. O fato real precisa ser reconhecido! DEUS É TUDO! PERFEIÇÃO ONIPRESENTE EVIDENCIADA! E para os supostos humanos, assim que oram e se enquadram na TOTALIDADE DE DEUS, se veem “auxiliados” e se veem aptos a acreditar que DEUS É AUXÍLIO PARA CADA UM!

Quando a Verdade é conhecida, ou seja, que DEUS É TUDO, as orações não mais serão de “petições de auxílio”, mas sim, do entendimento do que disse Jesus: “O Pai conhece as vossas necessidades antes que Lho peçais”! Em vista disso, como ficariam as orações? Com cada um SUBINDO AO PAI! Deixando de se ver necessitado de auxílio e contemplando a Verdade de “estar em UNIDADE COM DEUS”, o que significa “já estar perfeitamente SUPRIDO” pela Onipresença divina, exatamente no momento em que fizer a MUDANÇA DE REFERENCIAL!

A crença de carência é enganação da “mente carnal”, e nossa “subida ao Pai”, sem carências e sem petições de auxílio, revela-nos a Verdade Absoluta dita por Jesus: “Eu e o Pai somos UM”. Nesta aceitação, todo aparente “auxílio” é trazido à luz, não por ação de Deus, mas sim, por aquele que trocou o referencial ilusório pelo REFERENCIAL DA VERDADE! 

*

VIVENCIE A FUNDO SUA COMUNHÃO COM DEUS!

Se num copo com água jogarmos uma pedra, e em seguida pedirmos a alguém que dele a retire, com facilidade ele o fará. Porém, se em vez da pedra nele jogarmos o mesmo volume da pedra em água, e repetirmos o pedido, para que volume de água inserido no copo fosse retirado, a tarefa lhe pareceria difícil ou até impossível de ser cumprida! O mesmo volume de água poderia ser retirado do copo, com a utilização de um dosador; porém, ninguém poderia garantir tratar-se exatamente da mesma água antes nele jogada! Por quê? Porque no caso anterior, o da pedra, havia a presença de dois materiais de naturezas diferentes: a pedra e a água, enquanto no caso seguinte, havia duas coisas de mesma natureza: a água no copo e a água que nele fora jogada posteriormente!

Quando as Escrituras falam em “comunhão com Deus”, em “unidade com Deus”, em “Filhos de Deus”, referem-se AO VERBO DE DEUS APARECENDO COMO MANIFESTAÇÕES DISTINTAS, MAS DE IDÊNTICA NATUREZA! Por isso, a Bíblia revela que “SOMOS SERES À IMAGEM E SEMELHANÇA DE DEUS”, ou seja, SOMOS AQUILO QUE DEUS É, pois, como disse João, 

“sem o Verbo divino, NADA do que foi feito se fez”.

Nossa IDENTIFICAÇÃO COM DEUS deve expressar com fidelidade o entendimento tido por Jesus, ao dizer: “Aquele que me vê a MIM, vê o Pai”, ou, “E vós também testificareis, pois estivestes COMIGO desde o princípio”.

Quando Paulo revela que “EM DEUS VIVEMOS”, busca também abolir a dualidade DEUS E FILHO DE DEUS. Isto porque DEUS É TUDO, E CONSTITUI, COM SEU VERBO, O CRISTO QUE SOMOS, NA “UNIDADE PERFEITA”!

De pouco nos valerá aceitar que DEUS É TUDO,  ou que EM DEUS VIVEMOS, sem vivenciarmos  profundamente a Verdade contida nestas revelações! DEUS É TUDO E SOMOS EXPRESSÕES INSEPARÁVEIS MAS DISTINTAS, DA PRÓPRIA NATUREZA DE DEUS!

EM OUTRAS PALAVRAS, DEUS SE EVIDENCIA ESPIRITUALMENTE COMO O FILHO ILUMINADO QUE SOMOS!

AQUI E AGORA! 

*

“O QUE ESTÁ ESCRITO DE MIM TERÁ CUMPRIMENTO!”

“Importa que em mim se cumpra aquilo que está escrito: E com os malfeitores foi contado. Porque o que está escrito de mim terá cumprimento”.

Lucas 22: 37

l

A suposta “existência humana”, em que aparenta haver nascimentos e mortes, é o “mundo a ser vencido”, citado por Jesus. Disse ele: “Se o mundo vos aborrece, aborreceu também a mim; mas, tende bom ânimo: eu venci o mundo”!

A humanidade se atém e se preocupa em demasia com o ilusório “mundo material”, e isto por desconhecer as Escrituras e, em vista disso, acreditar piamente se tratar de um mundo real! Buda o chamou de ILUSÃO, Jesus o chamou de “mundo do pai da mentira”, e João declarou que “todo aquele, nascido de Deus, vence o mundo”.

Tendo “vencido o mundo”, Jesus antecipou o fato de que “o que está escrito de MIM, terá cumprimento”. Quis dizer o seguinte: SOMENTE DEUS É REALIDADE, O “MIM” OU “EU SOU” ABSOLUTO, A “UNIDADE ESSENCIAL PERFEITA”.

Ciente disso, Jesus explicava o RENASCIMENTO ESPIRITUAL, a “troca de referencial” pela qual TODOS terão de passar, renunciando ao mundo e a seus supostos habitantes, para que “se percebam” sendo “nascidos de Deus” como ele, e  ficando com “o mundo vencido”.

Enquanto alguém se mostrar apegado ao mundo, a pessoas do mundo, a “mestres do mundo”, a bens do mundo, “o que está escrito de MIM” aparentará não estar se cumprindo para ele”, ou seja, o suposto “mundo material” estará sendo visto como realidade, enquanto, de fato, é simples “miragem” ou “efeito hipnótico”!

Na Metafísica Absoluta, partimos de DEUS E SEU REINO sendo o NOSSO REINO, reconhecemos que “ESTE MUNDO” É PURO “NADA”, POR NOS IDENTIFICARMOS COMO “NASCIDOS DE DEUS”. COMO “FILHOS DE DEUS”, E COM “O MUNDO VENCIDO”!

Possuímos o REINO DE DEUS e, aparentemente, “possuímos  os bens necessários”, que continuamente se projetam como “bens vindos acrescentados”, e isto sem que nos sintamos “possuídos por eles”.

*

CORPO NÃO MATERIAL

.

Jesus nunca teria reproduzido Seu corpo se o tivesse considerado como “material”. Ele disse que ele era o templo do Deus-vivo. Como poderia alguém perceber Sua presença, se Ele não surgisse numa forma?

O corpo do homem representa a totalidade dos poderes e capacidades de Deus individualizado; ele realmente representa o Universo. Jesus percebeu isto e exercitou o poder espiritual que Ele tinha sobre Seu Universo. ELE SABIA QUE ONDE QUER QUE ESTIVESSE Sua Mente, ou Consciência, Sua identidade (forma) deveria estar presente. Isto explica como ele aparecia em meio a Seus discípulos sem precisar dar passos de chegada, ou mesmo sem abrir portas. O corpo não é sólido e concreto como muitos presumem. Ele é tão etéreo quanto a Mente em si. Não é mais difícil para a mente passar através das paredes do que o é para a onda de rádio.

Talvez você pergunte:“Por que a minha forma não aparece na outra sala, quando eu visualizo minha presença dentro dela?” Ela apareceria, se você não acreditasse que seu corpo fosse sólido, concreto, “matéria”. Quando você perceber que seu corpo é tão espiritual quanto a Mente, então sua forma ou identidade aparecerá tão espontânea e tão automaticamente quanto o algarismo 2 acompanha a ideia de um 2.

 

*

SUA MENTE É DEUS!

De nada adiantaria um microbiologista forçar sua visão humana na expectativa de enxergar os microrganismos! Não os veria! A olho nu, bilhões deles, diante de seus cegos olhos, passariam por ausentes!

Analogamente, a Presença de Deus sendo VOCÊ não será vista pela suposta “mente carnal”! Portanto, nem perca tempo com ela! Aja segundo as revelações, acreditando que DEUS É TUDO, que VOCÊ VIVE NELE, E DOTADO DA MENTE DE CRISTO, E QUE, É EVIDENTE, VOCÊ CONSEGUE VÊ-LO FACE A FACE!

Não discuta com revelações! Não acredite no “intelecto”! Abra-se à Verdade SENDO A VERDADE!

DESSE MODO, ESTARÁ LIVRE DA ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”!

*

“Orai Em Todo o Tempo”

Quando lemos, na Bíblia, que devemos “orar e vigiar sem cessar”, se, de um lado, entendemos que devemos  recordar sempre, em nosso dia a dia,

 que “temos a Mente de Cristo”, por outro lado, precisamos também perseverar em  permanecer no referencial divino de Existência, e não mais no ilusório referencial humano, que leva em conta uma suposta “vida na matéria”.

“Tudo é Mente infinita e Suas infinitas manifestações”, escreve Mary Baker Eddy, fundadora da Ciência Cristã. Deus, a Mente onipresente e infinita, já está sendo a Mente única de nós todos! Por ser este um fato já presente e constante, mantido pelo próprio Deus, cabe-nos “orar, vigiar e perseverar” unicamente com este  objetivo único: “ser conscientemente quem sempre fomos, somos e seremos: uma Emanação da Mente infinita! Uma Manifestação infinita da Mente infinita!

Nosso empenho em permanecer conscientes da Verdade que somos, anula a ILUSÃO do que nunca fomos, e deixa-nos capacitados a repetir   com o apóstolo Paulo:

“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim”.

Gálatas 2: 20

O propósito da oração precisa ficar bem entendido! Não oramos por “algo deste mundo”, mas para perceber que “deste mundo não somos”. Quando deixamos de nos identificar com “matéria”, estamos “crucificados com Cristo”; e, é quando notamos o próprio Cristo sendo a nossa real identidade, e compreendemos a fala de Jesus:

Eis que estou convosco desde o princípio”.

 

*

O CRISTO SUBSTANCIAL QUE CONSTITUI A SUA REAL EXISTÊNCIA!

Quando as Escrituras revelam que SOMOS FILHOS DE DEUS, seres da mesma natureza de Deus, espirituais e perfeitos, requerem que nos libertemos dos conceitos materiais e temporais que a suposta “mente em ilusão” apresenta como tendo algo a ver conosco.  Aqueles  que acreditarem nessas “aparências”, mesmo sendo FILHOS DE DEUS. se verão limitados e iludidos, por terem aceito as mentiras     sobre si mesmos impostas pelas falsas crenças do mundo. Há inclusive aqueles que entendem o irreal “corpo carnal” como sendo “Templo de Deus”!

O Cristo que somos é o Verbo de Deus manifesto como ser individual” É um Corpo de Luz divina, chamado na Bíblia de “Corpo Glorioso”. O que é preciso ser entendido, é que SOMOS AGORA ESTE CORPO GLORIOSO, pois a Substância que o constitui, é Deus com Seu Verbo divino.

Quando alguém reconhecer o Corpo como ELE REALMENTE É, estará contemplando-o SEM NASCIMENTO, MUDANÇA E MORTE, por ser eterno e imutável como Deus, por ser um “Templo de Deus”.

Habitue-se a DESCARTAR A CRENÇA EM “CORPO CARNAL NASCIDO”, ACEITANDO TER UM CORPO COMO O DE JESUS, “VISTO TRANSFIGURADO” por três de seus discípulos! Onde teria ido parar o “corpo físico” de Jesus, antes visto por eles? SUMIU EM SEU “NADA ORIGINÁRIO!”

ERA ILUSÃO, “APARÊNCIA”, E NADA MAIS!

Eis o porquê de assim indagar Paulo: “Não sabeis que SOIS O TEMPLO DE DEUS, E QUE O ESPÍRITO DE DEUS HABITA EM VÓS?”

Revelava, uma vez mais, que SOMOS DEUSES, CORPORIFICADOS COMO GLORIOSOS “CORPOS DE LUZ”, JAMAIS PRESENTES EM “APARÊNCIAS ILUSÓRIAS”!

*

EXISTE O CRISTO NÃO EM VOCÊ, MAS SENDO VOCÊ!

Não mintais uns aos outros, pois que já vos despistes do velho homem com os seus feitos,
E vos vestistes do novo, que se renova para o conhecimento, segundo a imagem daquele que o criou;
Onde não há grego, nem judeu, circuncisão, nem incircuncisão, bárbaro, cita, servo ou livre; mas Cristo é tudo, e em todos.

Colossenses 3: 9-11

Todo ensinamento relativo, aceitando que exista um Cristo em cada ser, sempre a orientá-lo, inspirá-lo ou protegê-lo, É DUALISTA, e deve abrir espaço para a Verdade de que DEUS, sendo TUDO, é o Cristo que, como disse Paulo, “é tudo em todos”. E ser TUDO quer dizer CONSTITUIR A TOTALIDADE DO UNIVERSO EM QUE VIVEMOS E CONSTITUIR A TOTALIDADE DO SER  ILUMINADO E CRÍSTICO QUE SOMOS, ou seja, NÃO EXISTE MUNDO MATERIAL NEM “CARNAIS” QUE, PORVENTURA, NELE TENHAM “NASCIDO”!

“Olhos não viram, ouvidos não ouviram, e não subiram ao coração dos homens o que Deus preparou àqueles que O amam” – disse Paulo.

“Olhos, ouvidos, nariz, língua, corpo e mente são o NADA” – disse Buda.

O conhecimento da Verdade é inteiro fundamentado nas contemplações absolutas do sentido pleno das palavras TUDO  e NADA. ISTO PORQUE TODA A REALIDADE Se exprime “transcendente” a TUDO  que aparenta ser perceptível aos ilusórios sentidos humanos. Desse modo, quando se diz que DEUS, A REALIDADE DIVINA, É ESPIRITUAL E “TRANSCENDENTE” ÀS APARÊNCIAS, O QUE DEVE SER ENTENDIDO, É QUE A REALIDADE “TRANSCENDE AO TUDO QUE É NADA”, O QUE EQUIVALE A SER, DE FATO, PERCEPTÍVEL, UNICAMENTE A VERDADE DE QUE DEUS É TUDO”!

NADA HÁ PARA A VERDADE “TRANSCENDER”, UMA VEZ QUE A VERDADE É TUDO!

Dedique-se a CONTEMPLAR O SENTIDO ESPIRITUAL das palavras TUDO e NADA, como aqui está sendo exposto, e estará contemplando a Verdade Absoluta sobre SI MESMO e sobre o SEU UNIVERSO!

DESSE MODO, VOCÊ ESTARÁ SENDO A CONSCIÊNCIA ILUMINADA ÚNICA, QUE DEUS É, EM SUA EXPRESSÃO INDIVIDUALIZADA, CHAMADA “O CRISTO”!

*

“ANTES QUE TUDO EXISTISSE, O CRISTO É VOCÊ!”

Para explicar à humanidade que DEUS É TUDO, profetas, mestres e mensageiros empregaram diversos meios e metodologias que levassem a Verdade ao conhecimento de todos.

Não há realidade em suposta “vida na matéria”, e não existe “matéria” em parte alguma do Universo, que é Deus, Espírito, sendo Perfeita e Onipresente Ordem Universal.

Aos judeus que o interpelavam com suas falsas crenças coletivas, Jesus disse-lhes: “Antes que Abraão existisse, EU SOU”. Acreditavam eles que Jesus nem cinquenta anos tinha, e em vista disso, por terem ouvido dele que “Abraão, vosso mestre, exultou ao ver o meu dia”, só se viam na condição de chamar Jesus de mentiroso!

Não há como “conciliar a Verdade” com as falsas crendices da humanidade! Mas Jesus não perdia oportunidade para deixar suas “sementes” da Verdade eterna!

Não existe “Verdade pessoal”; toda Verdade é impessoal e válida igualmente para todos! Ao dizer que “Abraão exultou ao “VER O MEU DIA”, estava Jesus se referindo ao DIA EM QUE ABRAÃO DESPERTOU PARA A VERDADE DE “SER O CRISTO” E NÃO UM SUPOSTO “ABRAÃO”!

Jesus conhecia a Cristicidade de NÓS TODOS, e sabia que O CRISTO ERA E É TUDO EM TODOS!

Ao conhecer “O MEU DIA”, Paulo disse: “Estou crucificado! Já não sou mais eu; o Cristo vive em mim”.

Nada impede que alguém se dedique a  CONHECER O PRÓPRIO CRISTO em SEU DIA! Basta-lhe RECONHECER que ESTE DIA  é sempre AGORA! Não há realidade ALGUMA em “seres humanos”! Ao meditar, contemple a Verdade de “estar vivendo EM DEUS, como o CRISTO DE DEUS, e exultante com a alegria divina! Sinta-se exultante como Abraão se sentiu! E sinta-se sendo o “EU SOU” – que é VOCÊ –  “desde antes que tudo existisse”!

É desse modo que as palavras de Jesus, dirigidas aos judeus, serão agora VERDADES ABSOLUTAS para VOCÊ! 

*

REINTERPRETE AS “APARÊNCIAS” DE OLHOS ABERTOS!

Acreditar em “aparências”, ou em “mundo de aparências”, significa deixar de lado o principal, que é reinterpretá-las sem ilusão. Muitos conhecem a ilustração do lápis dentro de um copo com água, e que visto pelo lado de fora, ao nível da água, exibe a “aparência” de estar quebrado. Quem acreditaria nessa “aparência”, se antes tivesse visto o lápis estando perfeito? Quem acreditaria que “o lápis” poderia ser “consertado”? Somente quem não soubesse “estar ele perfeito”, APESAR DA “APARÊNCIA se mostrar CONTRÁRIA”!

Quando Jesus declarou que SOMOS A LUZ DO MUNDO, OU QUE SOMOS DEUSES, DISSE TAMBÉM PARA “SERMOS PERFEITOS COMO PERFEITO É NOSSO PAI CELESTIAL”.

Em que se fundamentavam tais declarações? EM NÃO JULGAR A NINGUÉM SEGUNDO AS “APARÊNCIAS”! EM NÃO ACREDITAR HAVER “IMPERFEIÇÕES, DOENÇAS E CURAS” EM FILHOS DE DEUS PERFEITOS”!

EM NÃO LEVAR EM CONTA “APARÊNCIAS” DE NASCIMENTOS E MORTES DE FILHOS DE DEUS!

Os ensinamentos absolutos não creem em “dois universos”, em “dois Eus”, em “dois senhores”! Não creem em “dois lápis” existindo na ilustração.

CREEM NA VERDADE DE QUE DEUS É TUDO, QUE DEUS É PERFEITO, E QUE FORMAMOS COM ELE UMA PERPÉTUA “UNIDADE PERFEITA”!

Aquele que PERMANECER NO JUÍZO JUSTO, VENDO TUDO E TODOS PERFEITOS, exatamente COMO DEUS VÊ, repudiará todo enganoso “juízo segundo as aparências” por CONHECER A VERDADE! E saberá estar LIVRE da ILUSÃO,  graças ao seu conhecimento de que:

“TUDO QUE DEUS FAZ, DURA PERPETUAMENTE! NADA PODE SER-LHE TIRADO NEM ACRESCENTADO”.

*

.“EU QUERO; SÊ LIMPO!”

E, descendo ele do monte, seguiu-o uma grande multidão.  Foi então abordado por um leproso, que se ajoelhou dizendo: – Senhor, se quiseres, podes tornar-me limpo.  E Jesus, estendendo a mão, tocou-o, dizendo: -Quero; sê limpo. E logo ficou purificado da lepra.

Mateus 8: 1-4

 

“EU QUERO; SÊ LIMPO!!!” – assim respondeu Jesus ao suposto “leproso” que lhe havia dito: “Se quiseres, eu serei limpo!”.

A humanidade, identificada com a ilusória “mente carnal”, aceita normalmente todo “sensacionismo negativo” sugerido por ela, em vez de interromper  e expulsar POR COMPLETO o curso da ILUSÃO.

Não há qualquer sentido em alguém ficar avaliando se a suposta “cura ocorrida” foi “mental” ou foi “espiritual”! IMPORTA SER RECONHECIDO O BEM PERMANENTE, ONIPRESENTE, E VER DEMONSTRADO QUE “O TESTEMUNHO DE DEUS É MAIOR DO QUE O DOS HOMENS”!

Respondendo ao “leproso”, disse Jesus: “EU QUERO; SÊ LIMPO!” E assim se sucedeu no suposto “mundo de aparências”.

Para Jesus, NADA ACONTECEU! Sabia que “as obras de Deus são PERMANENTES, e sabia que TODOS SEMPRE VIVEM NA UNIDADE PERFEITA, E NUNCA EM “APARÊNCIAS”! Em vista disso, este “EU QUERO; SÊ LIMPO!”, para Jesus, significava:

SEJA  AQUELE QUE VOCÊ JÁ É! AQUELE QUE SEMPRE VOCÊ É! AQUELE QUE PERPETUAMENTE VOCÊ É,  E QUE JAMAIS PODERÁ DEIXAR DE SER!

Assim devemos nos ver, seja qual for a “aparência” que intente nos iludir no sentido de que “concordemos com ela”. Jamais vivemos em “mundo de aparências”, mas sim, na imutável UNIDADE PERFEITA.

Mesmo que as “mudanças de aparências” se mostrem como “curas”, a Verdade é que “SOMOS OBRAS PERMANENTES DE DEUS”, E É ESTA A VERDADE EM QUE DEVEMOS PERMANECER, POR CONSTITUIR O FOCO DA VERDADE ABSOLUTA.

Esta passagem bíblica existe para assim procedermos diante das “aparências” do mal. Assumiremos que SOMOS O CRISTO, contemplando esta Verdade, e fazendo a suposta “mente humana” ter a mesma certeza do “leproso”, de que “com o Cristo querendo, seremos livres”, usando a Ciência Mental que endosse esta certeza! E O CRISTO, QUE VOCÊ É, SIMPLESMENTE DIRÁ:

“EU QUERO; SÊ LIVRE!”

*

e

SOMENTE DEUSES SÃO REAIS PARENTES NOSSOS!

Sempre que a Bíblia relata Jesus explicando sua forma de agir, seu objetivo era ser exemplo para todos agirem da mesma maneira, “vencendo o mundo” e se identificando com o Cristo, o FILHO DE DEUS que todos somos.

“Quem são minha mãe e meus irmãos?”, perguntou aos discípulos que anunciavam a ele a chegada de Maria e seus supostos irmãos. Sua resposta foi a nosso favor:“Minha mãe e meus irmãos são aqueles que fazem a Vontade de Meu Pai”!

Por que foi dada a nosso favor? Por saber que habitamos na Oniação da Unidade Perfeita, onde TODOS SOMOS UM E SOMOS “MEMBROS UNS DOS OUTROS”, e onde TODOS SOMOS DEUSES, ATIVOS SEGUNDO A VONTADE DE DEUS!

Com sua resposta, mostrava Jesus que a prática da Verdade exclui qualquer tipo de VÍNCULO COM SERES HUMANOS, pois são a ILUSÃO se mostrando como “pessoas”, com cada uma se exibindo com seus “feitos no sonho material”!

O ponto crucial do Evangelho é a NEGAÇÃO DE SI PRÓPRIO como “alguém do mundo”, para demolir a CRENÇA de “vida terrena”, com seus irreais nascimentos, encarnações e mortes! Para Jesus, “este mundo” é um “mundo do pai da mentira”, puro embuste hipnótico fazendo de tudo para nos associar de algum modo com algum de seus supostos “habitantes”!

Nossa REAL EXISTÊNCIA não poderia ser, obviamente, num “mundo do pai da mentira”! Não foi à toa que Paulo, taxativamente, assim declarou: “Em Deus VIVEMOS, nos MOVEMOS e temos o NOSSO SER”. E quando a ILUSÃO foi anunciada como sendo “mãe e irmãos” de Jesus, DE IMEDIATO ele dela se safou! E USOU O EPISÓDIO PARA PREGAR A TODOS O RENASCIMENTO ESPIRITUAL, O CONHECIMENTO DA VERDADE DE QUE DEUS É TUDO,  QUE “PESSOAS” SÃO “NADAS”, E QUE “O CRISTO É DEUS SENDO TUDO EM TODOS”!

Esta é a Verdade Absoluta reveladora da DIVINA ORDEM UNIVERSAL, da NATUREZA ESPIRITUAL de DEUS, do UNIVERSO, e do CRISTO ILUMINADO que TODOS SOMOS!

*

 

CONTEMPLE O CRISTO MANIFESTADO COMO VOCÊ!

“Quando Cristo se manifestar”, disse Paulo, “vós também vos manifestareis com ele em glória”. Que está, de fato, aqui sendo dito? Que há um Cristo “latente” e SEM ESTAR MANIFESTADO? Para as religiões do mundo, é claro que Paulo está dizendo isto! E o povo, acatando sem nada avaliar, se permite NEGAR SER O CRISTO, QUE É A VERDADE JÁ MANIFESTADA COMO TODO FILHO DE DEUS!

No Gênesis encontramos a revelação divina: “HOMEM E MULHER OS CRIEI, À MINHA IMAGEM E SEMELHANÇA”.

E Jesus assim declarou: “VÓS TAMBÉM TESTIFICAREIS, POIS ESTIVESTES COMIGO DESDE O PRINCÍPIO”!

Nas Mensagens do Facho de Luz, SOMENTE são divulgadas as Verdades que EXCLUEM COMO IRREALIDADES OU FALSIDADES tudo que tente nos associar com o suposto “mundo terreno”. Por quê? PELO SIMPLES FATO DE SER VERDADEIRA A DECLARAÇÃO DE JESUS: “VÓS, DESTE MUNDO, NÃO SOIS”!

“Não ser do mundo” significa SER DE DEUS, DO REINO DE DEUS, E TER UM CORPO “TEMPLO DE DEUS”, GLORIOSO, ESPIRITUAL, ETERNO, QUE NUNCA NASCE NEM MORRE!

“Antes que Abraão existisse, EU SOU”, disse Jesus! O Evangelho foi revelado ao mundo única e exclusivamente com o propósito de levar a humanidade, iludida pela “matéria”, à CRISTICIDADE ESPIRITUAL ABSOLUTA, MANIFESTADA “DESDE O PRINCÍPIO”!

Ao dizer “QUANDO O CRISTO SE MANIFESTAR”, PAULO ESTÁ NOS DIZENDO: “QUANDO ALGUÉM EXPULSAR A ILUSÃO DE VIDA MATERIAL, APARECERÁ A ELE A SUA PRÓPRIA IDENTIDADE ETERNA, QUE É O CRISTO!

Seja VOCÊ quem quer que acredite estar sendo neste instante, CASO NÃO SEJA O CRISTO, UM FILHO DE DEUS, não estará conhecendo AQUELE QUE ETERNAMENTE

DEUS TESTIFICA ESTAR SENDO VOCÊ!

Ao aceitar esta Verdade em sua LETRA, deverá meditar e fitar esta Realidade radicalmente, com os SENTIDOS REAIS DA “MENTE DE CRISTO”!

Este é O CAMINHO revelador da VERDADE E DA VIDA que VOCÊ SEMPRE ESTEVE, ESTÁ, E ESTARÁ SENDO!

É DESSE MODO QUE DEUS SE MOSTRA SENDO TUDO, E TESTIFICANDO, EM SEU PRÓPRIO ESPÍRITO, QUE VOCÊ É FILHO DE DEUS!

 *