TRINTA MEDITAÇÕES DE UM MINUTO

 

TRINTA MEDITAÇÕES DE

UM MINUTO

Dárcio

Em seu livro, “A arte de curar pelo Espírito”, Joel S. Goldsmith escreve o seguinte: “O homem só encontra verdadeira harmonia, quando entra numa comunhão interna com algo maior do que ele mesmo. E isto é a sua cura verdadeira e permanente. É esta a cura que o mundo busca. E é por esta razão que sempre resta um desassossego e uma insatisfação, mesmo que, nesse momento, fossem resolvidas satisfatoriamente todas as tuas condições econômicas e relações sociais e fosses liberto de qualquer enfermidade física e psíquica. Por maior que seja a alegria que a tua família te dê–quando, à noite, te retiras, te sentirás solitário, porque há em ti algo que tem saudades de casa, algo que deseja integração num outro lar”.

“Encontrar “algo maior que o próprio homem” significa “descobrir a Mente de Cristo” já presente exatamente no lugar da “mente humana”. Estaremos “integrados num outro lar” quando, pelo reconhecimento da “Mente de Cristo” em nós, estivermos discernindo espiritualmente a natureza real do Universo e do próprio homem.

 

Nos dias atuais, a correria pode nos dificultar  meditar durante horas seguidas, como faziam os antigos profetas e mesmo Jesus. Mas, há solução para isto! Analisando o sentido das palavras acima, podemos entender o seguinte: há, em cada um de nós, “algo” muito maior do que a mente humana é capaz de imaginar. Portanto, se escolhermos trinta períodos de apenas “um minuto”, durante cada dia, para meditarmos, teremos meditado durante meia-hora! Além disso, as meditações curtas são muito eficazes por evitarem  os pensamentos intrusos!

Esta é a nossa sugestão:

30 meditações diárias de um minuto! De olhos fechados, medite o seguinte:

“Há, em mim,  Algo maior do que a mente consegue perceber. Abro-me à Sua ação interna, durante um minuto. Sei que este “Algo” é o Cristo, em mim,  batendo à porta de minha mente! Convido-O a entrar!”

Em seguida, permaneça receptivo.

por um minuto.

“MAIOR É AQUELE QUE ESTÁ EM VÓS DO QUE AQUELE QUE ESTÁ NO MUNDO”

I João 4, 4

 

"UM DIA EU CHEGO LÁ!"

“UM DIA EU CHEGO LÁ?”

DÁRCIO

 

A Verdade que estudamos não será verdadeira num suposto futuro em que “chegaremos lá!”. A Verdade é verdadeira exatamente AGORA! Isso nunca pode dar espaço à ilusão que diz o contrário! Rebele-se contra a ilusão! Faça-o mentalmente e espiritualmente! Expulse a crença em futuro! Expulse a crença que o leve a crer ser um ser humano padecendo de problemas e preocupações! Assuma agora o seu domínio em Deus! Afirme a Verdade e negue a ilusão! Não se preocupe em associar afirmações da Verdade e negações do erro com as contemplações da Verdade absoluta! Há autores que ficam discutindo sobre isso! Estas discussões não nos interessam! Interessa-nos VIVENCIAR A VERDADE EXATAMENTE AGORA!

 

Não se veja como um ser nascido neste mundo! Isso é uma ILUSÃO! Desde que a Vida existe, ela é VOCÊ! E a Vida é sem começo, sem mudança e sem fim! Rebele-se contra esta crença material fajuta! Mesmo que um bilhão de pessoas creia numa inexistência, ela jamais irá existir por causa disso! Saia do mesmerismo coletivo, honrando o poder ou a presença que DEUS É, SENDO VOCÊ AGORA! Confirme isto para você mesmo! Expulse as crenças em passado, em presente e em futuro! Expulse as crenças em problemas, doenças e limitações! Rebele-se realmente contra estes argumentos ilusórios do mundo! Em seguida, veja-se como Deus! Veja-se vivendo AGORA a Vida que é Deus! Mentalize e contemple esta Verdade!Contemple a suave ação divina fluindo como a sua Consciência iluminada! Associe os conhecimentos mentais às revelações contemplativas! Trabalhe para deixar em sua mente unicamente a crença em perfeição!

 

Confirme a você esta decisão:

 

SOMENTE A PERFEIÇÃO É REALIDADE! VEJO-A MENTALMENTE E ESPIRITUALMENTE!

AQUI E AGORA!

 

Não caia no trote de achar que “UM DIA CHEGARÁ LÁ”! Este “dia” é AGORA! VOCÊ JÁ “ESTÁ LÁ”; VOCÊ é um ser desperto! “SOIS DEUSES”, confirmou Jesus Cristo! Um desses “deuses” é VOCÊ! Assuma isso! Não acredite em mais nada, senão na totalidade de Deus e na SUA totalidade dentro desse Deus! Não fique apenas acumulando leituras e teorias! Parta para a ação! Estar “em ação” é a atitude de se ver em Oniação! Uma frase iluminada da Seicho-no-Ie diz: “O Universo se move quando eu me movo”! A propósito, falando em Seicho-no-Ie, não perca tempo em “cultuar antepassados”! Isso é o oposto da Verdade! Um “culto à ilusão”. Viva, de cada ensinamento, unicamente as Verdades contidas nele! Não perca tempo com as inverdades! O ser que somos é a expressão perfeita de Deus que vive AGORA em Deus! Não temos antepassados! O tempo não existe! E não vivemos na matéria! A matéria não existe! Uma decisão radical precisa ser tomada, se pretendemos ser a Verdade que estudamos!

 

Expulse as crenças falsas de uma só vez! Firme-se nos princípios absolutos! DEUS É TUDO! Atitude! Ação! Decisão! ONIAÇÃO! DEUS É VOCÊ AGORA! Deus não será você “um dia”! Deus não será VOCÊ quando supostamente “você chegar lá”! Lembre-se: VOCÊ “JÁ ESTÁ LÁ!”

 

NÃO SEJA POÇO…

NÃO SEJA POÇO ESPERANDO

ÁGUA DE CHUVA

Dárcio

A natureza do seu ser é Deus! Logo, a Fonte que faz jorrar a sua plenitude se constitui da Água Viva que VOCÊ É! Esperar algo do ilusório mundo exterior é ser “poço esperando água de chuva”! Reconheça a Fonte infinita jorrando como o seu próprio ser! Ocupe-se em contemplá-La! “Rios de Água-Viva fluirão de SEU VENTRE”, garantiu Jesus! Tire toda a atenção do mundo exterior! Ele é pura MIRAGEM! Observe Deus sendo Deus como VOCÊ; perceba-se EXPRESSANDO DEUS! Não seja jamais um “poço esperando água de chuva”.

"ONDE ESTÁ A VOSSA FÉ?"

“ONDE ESTÁ A VOSSA FÉ?”

Lucas, 8: 25.

Dárcio

Após acalmar o vendaval e a fúria das águas de uma tempestade, fez Jesus esta pergunta aos discípulos: “Onde está a vossa fé?” Em outras palavras, perguntava: “Estão acreditando na Realidade perfeita imutável? Ou continuam vendo a ilusão de aparências mutáveis?” “Onde está a vossa fé?”

Há um Universo único, perfeito e onipresente! Este Universo é inteiramente Deus sendo! Por isso Cristo disse: “O meu reino não é deste mundo”. Além disso, por saber que a Verdade é universal, completou: “Vós, deste mundo, não sois!” Não poderíamos ser habitantes de uma “miragem”. Ver-se “na matéria”, portanto, é pura ilusão!

“Onde está a vossa fé?” Onde ela se localiza? Na mente humana? Não! Mente humana não combina com a Verdade! Mente humana vê aparências! Aparências boas e más! Que é a Verdade? O Reino de Deus, Único, perfeito; nEle não há bem nem mal, nem passado, presente ou futuro, mas tão somente este AGORA!

O Universo é Mente Onipresente consciente! VOCÊ é esta Mente individualizada, assim como cada ponto de uma reta é a “reta individualizada”. É preciso que VOCÊ se descubra “formando este Universo de Luz!” Somente com a “nossa” inclusão na Luz que somos, Deus pode ser Deus, completo e onipresente!

Faça este reconhecimento: de olhos fechados, perceba que a Luz, que VOCÊ É, está resplandecente em grau máximo de Sua potência! Perceba que esta Luz é Deus em VOCÊ, e é VOCÊ em Deus! Não existe “matéria” sendo o seu ser! “Deus é Luz e nEle não trevas nenhumas”. Portanto, a suposta “matéria” não passa de “ausência do reconhecimento da Presença da Luz!” Se assim fizer, poderá responder à questão levantada por Cristo: “Onde está a vossa fé?” Ela está na Realidade perfeita e harmônica! Está na contemplação da Luz Oniativa e Onipresente! Está na percepção de que não há tempestade nem bonança, mas que TUDO É!

Este discernimento exclui as “aparências”; exclui a “mente dividida” que espera vê-las “melhoradas”. Somente Deus existe! E Deus é Perfeição absoluta onipresente!

.

"COM DEUS TODAS AS COISAS SÃO POSSÍVEIS"

“COM DEUS TODAS

AS COISAS SÃO POSSÍVEIS”

Mateus, 19: 26.

Dárcio

As revelações divinas são fatos espirituais eternos! Quando nelas nos firmamos, corporificando-as à nossa maneira de ser e de agir, as coisas passam a fluir também visivelmente em harmonia. Há uma Unidade ativa: Deus em ação, ou Oniação. Toda Atividade perfeita está acontecendo aqui e agora! Quando nos limitamos, acreditando em problemas ou situações difíceis ou irreversíveis, estamos, na verdade, negando estas revelações ou negando a onipresença eterna da Harmonia que É.

 

“Com Deus todas as coisas são possíveis”. Isto não quer dizer que todas as nossas vontades humanas irão ser prontamente atendidas! Tal aceitação seria uma infantilidade! Haveria um Deus trabalhando para atender a caprichos da mente carnal? Não! Por outro lado, o sentido é infinitamente mais grandioso! TUDO QUE É PERFEIÇÃO, HARMONIA, AMOR, REALIZAÇÃO, PLENITUDE, JÁ EXISTE! E NOS INCLUI! Por que parecemos não estar vivenciando este fato? Por não ficarmos “com Deus”, como diz a revelação. É “com Deus” que todas estas são possíveis, por já serem fatos espirituais!

 

Que é estar “com Deus?” É perceber Sua Presença sendo a sua! “Eu e o Pai somos um”. Esta é a chave! Ao fechar os olhos para este mundo, abrindo a mente à infinidade de sua Consciência gloriosa, o Universo é discernido sendo uno com você! A partir disso, os quadros visíveis também passam a refletir esta harmonia.

 

De olhos fechados, contemple a revelação de que TODAS AS COISAS SÃO POSSÍVEIS, por serem Fatos espirituais já feitos, eternos e mantidos por Deus! Conserve-se nesta “percepção silenciosa”, até sentir-se internamente pleno, num estado de paz que lhe comprove este discernimento.

CARNAVAL

 

CARNAVAL

Dárcio

Que são as imagens de “Carnaval”, vistas na mente humana? São a manifestação hipnótica da crença de que há prazer e alegria na matéria, ou fora de Deus. Estas imagens não têm pessoas! São imagens falsas, como sonhos, e enquanto alguém se identificar com elas, também poderá se identificar com alguma figura presente nas imagens, um suposto “ser humano”, quando, então, a ILUSÃO será total!

Não existe mundo humano! Estas imagens são meras representações ilusórias de crenças falsas! DEUS É TUDO! E somos expressões individuais de Deus. Aquele que se desvincular mentalmente das imagens “deste mundo”, para se identificar com o êxtase de ser glorificado por Deus, se livrará dos “Carnavais” da ILUSÃO, e sentirá a alegria verdadeira, que é ininterrupta e sem ressaca!

"TODA BOA DÁDIVA VEM DO ALTO…"

“TODA BOA DÁDIVA VEM

DO ALTO”

(Deus é a Fonte Única de Suprimento)

Dárcio

Quando lemos em Tiago, 1:17, que “toda boa dádiva e todo dom perfeito vem do Alto, descendo do pai das Luzes, em Quem não pode haver variação ou sombra de mudança”, vemos uma confirmação de que tudo nos chega interiormente, e não externamente, como é aceito pela crença coletiva. A matéria não é realidade! Deus, Espírito, Consciência, é Suprimento!

O conhecimento desta Verdade fez com que Joel S. Goldsmith nos passasse o seguinte:

Tudo de que necessitarei, desde agora até o fim dos tempos, já está, agora mesmo, corporificado em minha consciência: a substância e a lei que a ampara. Esta consciência onipresente é a substância de todas as formas, e a lei para todas as formas. É infinita: infinita em essência, infinita em expressão, infinita em manifestação. Não é limitada por nenhuma crença humana; é a Consciência divina, que flui plena e livremente como minha consciência individual. E, para que assim seja, não é preciso que eu vá a parte alguma, nem que peça nada a ninguém, visto que o lugar onde já estou é “solo sagrado”.

Quando reconhecemos esta Verdade, em períodos de silêncio e quietude, “sentindo”  internamente o fluir da Substância divina em nós, externamente algo também começa a acontecer. As coisas visíveis necessárias vão aparecendo, através de inúmeros canais externos, e nós, conhecedores desta Verdade, reconheceremos serem todos eles meros “reflexos” da ação constante de nossa Fonte infinita interna: Deus, a Consciência espiritual, o “Pai em Mim”, como dizia Jesus Cristo.

"PRÁTICA DO SILÊNCIO"

“PRÁTICA DO SILÊNCIO”

Dárcio

NOSSO REFERENCIAL DE SER É DEUS, e nunca o mundo das aparências. Este mundo é mero desdobramento da Semente Divina que somos na tela hipnótica da mente humana. Nesta tela, o “tempo” parece existir! Por que? Por aparentar haver mudanças! Em Deus, tudo é perfeição permanente, mas, aos olhos do mundo, as imagens ora se mostram harmônicas, ora desarmônicas. Por isso, costumamos divulgar dois horários em que fazemos juntos a “Contemplação da Verdade”. Estes períodos, chamados de “A Prática do Silêncio”, visam a formar em cada um esta “disciplina” no que diz respeito a meditar e contemplar este REINO INFINITO em que vivemos, e que a mente humana busca nos ocultar.

Os horários são os seguintes:

3as: 20,30-21,00h

5as: 21,30-22,00h

Cada um, onde quer que esteja, poderá realizar estas “Contemplações Coletivas” da seguinte forma. De olhos cerrados, poderá ter em mente o seguinte pensamento:

“Pai, cria em mim silêncio para que eu possa discernir a Tua Presença sendo a minha!”.

Em seguida, aguardar uma resposta interior.

 

 

"EU VIM, NÃO PARA JULGAR…"

“EU VIM, NÃO PARA JULGAR O MUNDO,

MAS PARA SALVAR O MUNDO”.

João, 12: 47.

Dárcio

Diante da frase de Cristo: “O Pai a ninguém julga, mas deu ao Filho o julgamento”, muitas doutrinas religiosas passaram a propagar que seremos todos “julgados por Jesus”, no suposto “dia do juízo final”. Eis por que iniciamos o capítulo com a frase em que o próprio Cristo refuta tais colocações ortodoxas!

“Se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo, porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.”Repetidamente, em nosso estudo, temos enfatizado a premissa básica: DEUS É TUDO! A mente iluminada não vê o mundo como a mente carnal ou iludida o vê! Se Jesus dissesse ter vindo para “julgar alguém”, teria de estar usando a mente humana, e não a divina! A existência humana é um sonho! Uma imagem hipnótica que temporariamente engana a maioria, fazendo-a crer que existe, de fato, um mundo material. DEUS, ESPÍRITO, É TUDO! Sempre foi e sempre continuará sendo TUDO! Por que? Por ser DEUS! Onipresente, Onipotente, Onisciente!

Cristo, ciente de que “o reino não é deste mundo”, transmitiu-nos esta Verdade libertadora. Alguns a aceitam e outros não. Entretanto, se DEUS É TUDO, esta análise de aceitação não pode ser real! Para a mente humana é real! E para a mente divina, que é Onisciente? Este é o ponto: a mente que vê seres aceitando ou rejeitando a Verdade é ilusória! Quando cada um se identifica com a Verdade de que “temos a mente de Cristo”, percebe a névoa ilusória dissipar-se à sua frente! Estará “se julgando com a Palavra!” Estará dando fim à falsa crença de que há dois universos: o espiritual e o material.

“Quem me rejeitar a mim e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.” (João 12, 48). Como dissemos, a Revelação, DEUS É TUDO, é a Palavra que nos julga! Cada um, por se dedicar à compreensão da totalidade de Deus, à percepção de que somos “um com Deus”, terá seu “último dia”, ou seja, o sumiço do ego humano! Em Gálatas, 2: 20, encontramos Paulo neste “julgamento”, em seu “último dia”: “Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou e se entregou a si mesmo por mim.”

Os conceitos humanos de “juízo final” e “condenação eterna” são meras fantasias lamentáveis da ilusória mente humana! Desde o Antigo Testamento já tínhamos a revelação de que todos seriam salvos: “Porque todos me conhecerão, desde o menor até ao maior, diz o Senhor”. (Jeremias, 31, 34). Quanto antes percebermos a totalidade de Deus, e, conseqüentemente, nossa natureza divina, “mais cedo” estaremos “crucificados com Cristo”: menos natureza humana ilusória demonstraremos, e mais Luz divina irradiaremos! Somente um véu hipnótico, chamado “humanidade”, parece ofuscar o fulgor pleno de nossa “Cristicidade”.

INTERIORIZAÇÃO É SOLTURA DA MENTE HUMANA

INTERIORIZAÇÃO É SOLTURA DA MENTE HUMANA

Dárcio

Conversando com pessoas que não estudam a Verdade Absoluta, e dizendo a elas que “a Verdade, para ser conhecida, requer que a pessoa se livre da mente humana”, em geral ouvimos o seguinte: “Que absurdo! Sem a mente humana eu nem saberia que existo!” De tal forma esta ILUSÂO de mente humana atua hipnoticamente sobre alguém, que, de fato, este “hipnotismo” chega a este ponto de fazer a pessoa acreditar que sem a mente humana ela é nada! E a Verdade é justamente o contrário: a pessoa é “nada” enquanto achar que possui mente humana e viver dentro de seu ilusório e finito conceito de existência.

Com a mente humana, a pessoa somente capta o que é irreal! O “Reino de Deus” está dentro de vós”, “Vós, deste mundo, não sois”, disse Jesus! Porque o mundo necessita tanto destas informações? Por estar avaliando tudo em termos da visão da mente humana! Se o “Reino” está dentro de nós, e se “não somos deste mundo”, o que se requer é a “interiorização”. Cada um deve, primeiramente, concluir que está somente enxergando irrealidades, miragens, inexistências! E então, decidir-se por sair deste “estado hipnótico” de uma vez por todas! Filho de Deus não é sonâmbulo! O estudo da Verdade Absoluta é esta decisão posta realmente na prática! A cada momento de disponibilidade, a pessoa se volta para dentro de si mesma, e encontra, ali, o Reino da Verdade, a sua Consciência iluminada, o Cristo que constitui sua real e única identidade! Sem meditar, sem contemplar livremente estes princípios, o estudo ficará somente “ da boca para fora”, pois, esta “interiorização” é uma consciente soltura de crenças na matéria e concomitante identificação com a Verdade que já somos! E esta Verdade é que cada ser já é Deus! Jamais a mente humana revelará isto! Esta Verdade já é verdadeira e está “dentro de nós”. Portanto, é “dentro de nós” que deveremos “buscá-La”, já sabendo que “buscamos aquilo que já somos”. Não existem dois mundos! DEUS É TUDO! Por isso, ao nos interiorizarmos pela identificação com as revelações de que “matéria é nada” e o “Espírito é tudo”, estaremos nos livrando da mente humana e discernindo que “temos a mente do Cristo”. Este é o foco iluminado de nossa atenção.

ENTREGUE-SE À VERDADE – 2 (Final)

ENTREGUE-SE À

VERDADE

Dárcio

II

Há uma Verdade infinita Se expressando. Ela já inclui VOCÊ e a todos de modo impessoal e completo. Não existe mundo material! Mas a inexistência do mundo material somente poderá ser constatada através do discernimento de que a mente humana não existe, e que unicamente a Mente divina é Mente real e onipresente.

Façamos como Jesus: “Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”. Esta “entrega” é um reconhecimento da farsa do dualismo! É um “despertar” para a Verdade de que Deus é realmente Tudo; é um discernimento de nossa UNIDADE ESSENCIAL ETERNA! Esta Unidade existe; está consumada!

A “entrega” não é atitude pessoal, no sentido de que uma pessoa a faça, isolando em sua visão todas as demais. Não! A “entrega” é feita de modo que TUDO E TODOS estejam sendo entregues ao Pai como UNIDADE. A Visão espiritual contempla o Infinito e cada indivíduo que O forma. O “Pai”, citado por Jesus, é a divina Consciência infinita que agora nos faz discernir que “somos”, que “vivemos”, que somos “conscientes”. Sem a mente humana, esta Consciência única é discernida como TUDO E TODOS. E esta Consciência é a PERFEIÇÃO que abrange o Infinito! Este vislumbre da Realidade nos revela que DEUS, LUZ, É TUDO, e de que jamais houve imperfeição neste Universo de Deus.

“Entregar o espírito nas Mãos do Único” é deixar de ilusoriamente “dividir a Existência” em espírito e matéria, é evitar que a “ilusão de separatividade” atue hipnoticamente em nossas vidas. “Uma casa dividida não subsiste”, disse Jesus! E disse ainda: “Não podeis servir a dois senhores”,

O ensinamento é cristalino: DEUS É TUDO, TUDO É DEUS! Difícil segui-lo? Para a suposta mente humana, esta tarefa não apenas pode ser encarada como difícil, e sim como impossível! Mas a receita nos é dada: “PAI, NAS TUAS MÃOS ENTREGO O MEU ESPÍRITO!” Não há, aqui, NENHUMA incumbência dada à mente humana! Ela não existe! E Deus – Se revelando livremente na Consciência individual que se desfez da crença em imperfeições, em pecados ou pecadores – faz com que VOCÊ perceba que esta “Consciência individual” é o CRISTO, a Consciência infinita,que Se mostra presente como a SUA Consciência Iluminada e única. Contemple, agora, este Fato espiritual! Identifique-se com ele! ENTREGUE AO PAI O SEU ESPÍRITO!

F I M

COMO DEUS É TUDO…

COMO DEUS É TUDO…

Dárcio

* o que a mente humana diz que é ar, é Deus que estou respirando.

*o que a mente humana diz que é chão, é Deus que me está suportando.

*o que a mente humana diz ser pessoa boa ou pessoa má, é Deus compartilhando Seu Reino comigo.

*o que a mente humana diz ser mundo material, é Deus aparecendo como Seu Universo de Glória.

*o que a mente humana diz ser meu eu, é Deus sendo o ser que Eu Sou.

***

ENTREGUE-SE À VERDADE – 1

ENTREGUE-SE À

VERDADE

Dárcio

1

“Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.”

LUCAS 23: 46

Quantos estão dispostos a se entregar à Verdade? Quantos se dizem estudantes da Verdade, sempre conservando a ideia de que um “outro” é seu mestre, sem notar que esta crença lhes vêm da mente humana justamente para acobertar esta falta de entrega?

O mundo vive a sua mentira: uma suposta criação material. Contudo, temos a Verdade revelada: DEUS É ESPÍRITO! DEUS É TUDO! Desse modo, adiar a entrega da vida a essa totalidade, é o mesmo que renunciar à glória.

As pessoas desejam uma vida perfeita, sem problemas, mas veem a si mesmas, e às demais, como seres imperfeitos, dotados de um suposto “livre-arbítrio” que os capacita a serem bons e maus, conforme as circunstâncias. Livre-arbítrio não passa de outra fantasia do dualismo ilusório! Como haver “livre-arbítrio”, se a Mente, Deus, é TUDO? Mas o mundo continua vivendo suas crenças em pecados e pecadores, em bem e mal. A passagem bíblica da adúltera, em que a multidão procurava apedrejá-la por julgá-la pecadora, e que deixou de fazê-lo diante da colocação feita por Cristo: “Quem de vós estiver sem pecado, atire a primeira pedra”, continua se aplicando à vida atual do mundo das aparências. Quase ninguém analisa a si mesmo para se descobrir sendo o ser criado “à imagem e semelhança de Deus”. Quase ninguém se identifica por inteiro com o Deus que constitui sua própria Vida! Desse modo, como é mais fácil julgar pelas “aparências, e buscar defeitos“nos outros”, do que refletir sobre si mesma, a raça humana prossegue em seu “curso de ilusão”, como se nenhuma Verdade Absoluta lhe tivesse sido revelada!

“Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito”. Eis o modelo a ser seguido. Alguém disposto a fazê-lo? Que sentido tem esta frase? Um sofredor na cruz entregando a sua alma a um Deus superior, fora dele mesmo? Não. Esta frase retrata o fim da mente humana. O fim da “crença” em vida pessoal. Sem mente humana, inexiste instrumento capaz de registrar uma falsidade, um “quadro hipnótico”, em que um filho de Deus esteja existindo como um sofredor colocado numa cruz! Sem mente humana, surge a Verdade revelada de que a Mente infinita É ÚNICA e É TUDO! O mundo, em sequência à sua ILUSÃO, pode ter retirado da cruz ilusória um também inconsistente“corpo físico” de sua invenção. Contudo, o Cristo sempre esteve, e está, completamente alheio a todo esse “teatro” da mente humana.

“Eu e o Pai somos um”, disse Jesus, antes mesmo que a mente humana criasse a falsa imagem de crucificação. Esta é a lição para todos nós! Não há sentido em estudarmos que DEUS, ESPÍRITO, É TUDO, e continuarmos acreditando em “existência humana”, onde “enviados de Deus” são torturados, crucificados, etc. Deus, sendo TUDO, enviaria enviados para onde? Existe “local” fora da Onipresença? Não! Existe“vida pessoal”? Não! Daí a gloriosa Revelação: “Eu e o Pai somos um”. DEUS É VIDA ÚNICA! DEUS É ONIPRESENÇA! Muitos aguardam a glória divina em “época futura”; há inclusive aqueles que chegam a duvidar que chegarão a vivenciá-la! Quem pensa desse modo? A suposta “mente humana”. E, enquanto perdurar a aceitação desta mente falsa, aparentará existir o “cenário” por ela visto, com sua seqüência de quadros de imperfeições e sua visão finita, limitada e ilusória do homem e do Universo, ou seja, de Deus.

Continua…>

CONTEMPLAÇÃO EM TRÊS PASSOS

CONTEMPLAÇÃO EM

TRÊS PASSOS

Dárcio

“Contemplar a Verdade” é considerar a existência única de DEUS como o Universo e tudo o que Ele contém. Como esta Verdade está “feita”, apenas é preciso “contemplá-la”, o que equivale a “darmos testemunho” desta Verdade. Não foi o que disse Jesus? “Eu vim ao mundo para dar testemunho da Verdade”, que, traduzido para a linguagem absoluta, significa:

“Eu vim ao mundo para testemunhar que “este mundo”, corretamente discernido, é a Verdade”.


Feche os olhos e faça a “contemplação” em

três passos:

EU SOU A PAZ!

(Permaneça por alguns instantes discernindo

DEUS sendo DEUS como a Paz que VOCÊ É.)

EU SOU A QUIETUDE!

(Permaneça por alguns instantes discernindo

DEUS sendo DEUS como a Quietude que VOCÊ É.)

EU SOU AQUELE QUE SOU!

(Permaneça por alguns instantes discernindo

DEUS sendo DEUS como o EU que VOCÊ É.)

SENTIDO MATERIAL x SENTIDO ESPIRITUAL


SENTIDO MATERIAL

versus

SENTIDO ESPIRITUAL

Dárcio

Se acatarmos radicalmente as Revelações absolutas de Cristo, somente o Paraíso eterno e perfeito será aqui admitido como real e onipresente. O objetivo único desta mensagem é levá-lo a esta percepção!

Mary Baker Eddy, fundadora da Ciência Cristã, disse o seguinte: “As hipóteses humanas primeiramente presumem que a doença, o pecado e a morte sejam reais, e depois presumem que estes males sejam necessários, por terem sido admitidos como reais. Esses veredictos humanos são os causadores de toda discórdia (Ciência&Saúde – p.481).

Que causa “toda discórdia”? Veredictos humanos! Crenças! Crenças falsas! Noções erradas, aceitas coletivamente sobre nós e sobre o Universo! A Sra. Eddy continua: “O sentido material nunca ajuda os mortais a compreenderem o Espírito, Deus. É unicamente pelo sentido espiritual que o homem ama e compreende a Divindade”.

Cristo disse que aqueles que nele cressem não provariam a morte! “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Precisamos nos dar conta de que vínhamos sendo ILUDIDOS pelo sentido material! Com o sentido espiritual “conhecemos a Verdade”, e sabemos que as hipóteses e veredictos humanos são meramente crenças infundadas! E sabemos que “crer em Cristo”, significa cada um contemplar, em si mesmo, a natureza divina: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”; assumir e discernir esta revelação pelo sentido espiritual!

Enquanto o suposto sentido material vê veredictos humanos, e falsos, o sentido espiritual vê, e na mesma hora e local, nossa identidade gloriosa e perfeita, ou seja, vê Deus sendo quem “somos”! Que lhe cabe fazer? Identificar-se unicamente com o sentido espiritual!

BEM-AVENTURADOS OS QUE NÃO VIRAM…"

“BEM-AVENTURADOS OS

QUE NÃO VIRAM…”

Dárcio

“Porque me viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram” (João 20: 29).

Quando a Verdade Absoluta é apresentada em seus princípios, algumas pessoas, de imediato, se identificam com estas revelações e, de uma forma até surpreendente, depositam no que lêem, ou ouvem, uma confiança total. Estão abertas a Deus, e se mostram com o “coração de criança”. DEUS É TUDO! Este princípio básico as atrai, e isto acaba por demonstrar serem elas realmente iluminadas, dotadas da Consciência iluminada!

DEUS É TUDO! Eis a Verdade Absoluta revelada! Uma vez aceita esta premissa básica, sua consequência inevitável está na percepção de que “Eu Sou a Consciência iluminada! Sim, pois inexiste qualquer outra consciência, ao lado de Deus, para se dizer consciente de ser a Existência inteira! Sempre foi falado, e com propriedade, que Verdade e intelecto não se dão bem! A suposta mente humana vê um mundo de “aparências”, enquanto a Consciência iluminada vê a Realidade Onipresente! E quando a pessoa se sente aberta aos princípios espirituais, a ponto de trocar todas as evidências materiais por eles, num desafio total à lógica comum, podemos saber que ela é um ser DESPERTO!

Os conceitos humanos de Iluminação espiritual são mais uma farsa da mente humana. E quem está aberto à Verdade deve saber disso e não mais se deixar enredar por suas teias ilusórias. AQUELE QUE ACEITOU A VERDADE, DEUS É TUDO, JÁ ESTÁ DESPERTO! JÁ É ILUMINADO! O que é a Verdade é a Verdade! Não é preciso alguém “esperar” desta ilusória mente humana qualquer endosso a este respeito. Muitos ensinamentos pregam que “o homem somente poderá dizer que é iluminado “após” passar pela “Experiência de Deus”. As frases poderão variar, mas, o conteúdo geralmente é o mesmo! Encontramos esse tipo de colocação até em textos de renomados místicos! E não ensinam eles que “somente existe o agora”? Eis aí a contradição!

Este texto está sendo escrito exatamente para deixar este alerta: VOCÊ É DESPERTO PORQUE DEUS, O TODO, É VOCÊ! Portanto, a partir do instante em que “algo o tenha tocado”, e que sua meta tenha passado a ser a “percepção desta Verdade”, VOCÊ É CONSCIENTEMENTE ILUMINADO! Não creia que antes deverá “andar sobre as águas”, “ressuscitar seres mortais”, “expulsar demônios” ou “curar enfermos” para somente então admitir a Verdade de que DEUS É TUDO! Por que? Porque nenhum “sinal” da aparência irá alterar este FATO PERMANENTE! Quem estuda a Verdade Absoluta está plenamente focado na Verdade e não em efeitos na aparência! Isto parece óbvio; entretanto, só o fato de alguém “esperar” pelo Despertar, ou ansiar pela “Experiência de Deus”, denota estar com a mente focada na aparência e não no princípio! São sutilezas desse tipo que iludem as pessoas! Tomé, relata a Bíblia, aguardava provas na “aparência”; foi elogiado por isso? Não! Mas serviu para que Jesus deixasse esta importantíssima e iluminadora frase: “Porque viste, Tomé, creste; bem-aventurados os que não viram e creram”.

Em sentido absoluto, esta frase quer dizer exatamente o que estamos aqui expondo! Tomé somente acreditou depois que sua “mente humana” foi atendida na prova que exigiu! Esteja VOCÊ atento! DEUS É TUDO! Deus é a SUA Consciência iluminada! VOCÊ É CONSCIÊNCIA ILUMINADA! Não se prenda a “pedido de provas” oriundo desta ilusória mente carnal! Para a suposta “mente humana”, este mundo é material e o seu corpo é carnal! Há verdade nisso? Nenhuma! PARA A SUA CONSCIÊNCIA ILUMINADA. AQUI E AGORA É O REINO ESPIRITUAL DO ABSOLUTO, E O “SEU CORPO” É O TEMPLO DE DEUS! SEJA, PORTANTO, UM BEM-AVENTURADO! SEM QUE ESTA MENTE FALSA VEJA NADA, CREIA, E VIVA, NO PRINCÍPIO REVELADO! NÃO ESPERE SINAIS! ADMITA SER A LUZ QUE VOCÊ JÁ É! DEUS É LUZ! DEUS É TUDO! E ESTE TUDO INCLUI VOCÊ, AQUI E AGORA!

VIDA SEM ESPERA

VIDA

SEM ESPERA

Dárcio

A vida é dinâmica, ativa, e não algo em compasso de espera. Toda espera se torna angustiante, pois, deixa a pessoa com o pensamento em algo desejável, mas não acontecido e sem  garantia de que irá acontecer.

Enquanto um lavrador espera que os frutos de sua semeadura apareçam, a vida, por sua vez, ativa na semente plantada, não espera por coisa alguma! Está ativa, satisfeita em assim ser, e seu tempo presente se concentra exclusivamente no agora.

Quanta vida é deixada de ser bem vivida unicamente por causa de esperas infundadas!

Espera por emprego melhor! Por uma aposentadoria! Por  companhia!

Por uma cura ou solução de  problema!

Mas quem vive sem espera, vive à moda da semente! Em atividade!

Plenamente concentrado no que já tem no agora

e no que já pode fazer no agora!

Desse modo, não desperdiça o tempo com ansiedades autogeradas, enquanto bem o utiliza para simplesmente viver, para simplesmente ser!

E é como  seus “frutos”  lhe aparecem!

AÇÃO REAL E SUA SOMBRA

AÇÃO REAL E SUA SOMBRA

Dárcio

Diante das revelações de que DEUS É TUDO, e que, portanto, TODA ATIVIDADE é Deus em ação (ONIAÇÃO), é frequente a pergunta: “Mas de que modo podemos conciliar esta Ação divina com as atividades deste mundo?” Este dualismo não existe! Acreditar nisso seria o mesmo que perguntar: “Como conciliar o movimento de uma sombra com o movimento do objeto que a produz?” Quando meditamos e contemplamos a ONIAÇÃO que nos INCLUI, as atividades do dia-a-dia serão “sombras” visíveis da Atividade global única! Forçar para conciliar “o um com ele mesmo” é ILUSÃO!

O dia transcorre naturalmente, e nesse ritmo harmonioso em que o “tempo” aparenta agir, somos movidos ou inspirados para atuar a cada instante de forma espontânea e plena. Cada um, na aparência, tem sua atividade que é “sombra” da Essência. Uma vez reconhecido que a ONIAÇÃO é Deus sendo TODA Ação, logo a pessoa notará “ter algo para fazer”, saberá “como fazer” e entenderá “ser a hora de fazer”. Ela não estará”conciliando nada com nada! Estará simplesmente sendo a Ação Individual na ONIAÇÃO ABSOLUTA! E assim se dará nas 24 horas da “aparência”, que correspondem ao “seu” AGORA da Essência!

CRISE NA ONIPRESENÇA DIVINA?

 

CRISE NA ONIPRESENÇA

DIVINA?

Dárcio

 

A mídia propaga uma suposta crise econômica mundial que alardeia uma humanidade toda judiada pela falta de conhecimento da Verdade. “Trabalhai pela comida que não perece”, alertava Jesus há mais de vinte séculos! Pouca gente lhe deu ouvidos! A maioria permaneceu acreditando em mundo material, em suprimento material, em poderes materiais. Este “vazio da Verdade” é a “crise”. Um “vazio” que é ilusório, mas que a maioria, infelizmente, deixa penetrar na mente só por desconhecer que “vazio” é sinônimo de nada, uma espécie de sombra, sugestão sem nexo, hipnotismo!

Se alguém acobertar em sua mente este “vazio”, estará negando a presença da Substância real, que é universal, onipresente e realmente existente, INCLUSIVE onde o “vazio” é admitido como presença! “Trabalhe pela comida que não perece”, ou seja, não permita que a mídia, com sua “sabedoria da serpente”, o induza a se deixar penetrar pelos seus “vazios”. Reconheça, em sua mente, a presença plena do Amor, da Luz e da Plenitude da Substância divina! Você é FILHO DE DEUS e não vítima desta mídia materialista ignorante! Verifique, em sua mente, se esta crença em crise pode ser achada! Se for, contemple a presença de Deus já presente no lugar dela! Não deixe “vazios” em seu interior, e não os verá no mundo exterior! “As obras de Deus são permanentes”, e VOCÊ, sendo a principal delas, é AUTOSSUPRIDO pela Substância onipresente que Se constitui do próprio DEUS! A Verdade é esta! DEUS É TUDO!

Não existem crises

na Onipresença de Deus!

"VINDE…

“VINDE…”

Dárcio

“Vinde, benditos de meu Pai,

possui por herança o Reino que vos está preparado desde a fundação do mundo.”

MATEUS 25: 34

Na “Parábola do filho pródigo”, Jesus explica a volta do filho à “Casa do Pai”, o Reino verdadeiro, presente dentro de sua própria Consciência, ou melhor, sendo a sua própria Consciência.

O convite está feito! Endereçado a VOCÊ! O momento é AGORA!

É VOCÊ o habitante deste Universo Infinito!

Contemple este Fato eterno! “Por herança” este Reino lhe pertence! Anule o intelecto cheio de crenças! Não o use para avaliar se o Reino é seu por merecimento, ou se ele lhe será dado noutro momento que não ESTE AGORA!

Contemple este Fato eterno! Deixe Deus Se revelar como o Deus-Identidade que VOCÊ É!

Aceite que esta revelação está se dando já!

Não postergue sua herança divina em nome de quaisquer crenças limitantes e falsas do mundo!

“Vença o mundo”, porque…

… o “REINO JÁ É SEU”.