O Amor ao Próximo

Tentarmos obrigar alguém, humanamente, a amar ao próximo incondicionalmente  não resultará em amor verdadeiro. Jesus disse: Eis que vos dou um novo mandamento: que vos ameis, uns aos outros, como eu vos tenho amado”. É preciso observar que este amor é divino, fruto de comunhão essencial com Deus e da visão proveniente desta visão, que revela a Presença do Pai tanto  em nós como no próximo. Só dentro desta visão absoluta teremos o Amor verdadeiro reconhecido e irradiado incondicionalmente, de forma que amemos ao próximo como a nós mesmos, ou seja, pelo fato de  em Deus sermos todos um,  e por estarmos  conscientes de que Deus, sendo Tudo, é Amor onipresente!

Ao lavar os pés de seus discípulos, Jesus reverenciava a Presença do Pai em todos eles, e isto justifica a sua explicação de que, se um dos discípulos se recusasse a ter seus pés ali lavados, aquele “não teria parte com ele”.

A Vida é única: Deus Se expressando ! Por isso, em vez de  se ver forçado a amar até seus inimigos, por ter entendido isso como “tarefa obrigatória” da mente humana, compreenda a Verdade Absoluta que traz este amor à luz, e de modo totalmente natural e sem obrigatoriedades! Medite e contemple a Vida onipresente, que é Luz em VOCÊ e igualmente em TODOS. Contemple, em seguida,  que nesta Luz infinita, todos somos UM!  Sua dedicação neste reconhecimento o fará deixar de ver “amigos ou inimigos”, pessoas que lhe despertem “simpatia” ou “antipatia”, porque não mais estará em pauta um superficial julgamento pelas “aparências”, mas sim o “juízo justo”, aquele em que você se honra como honra o Pai, e igualmente honra a todos os demais da mesma forma. DEUS É TUDO! Amar incondicionalmente é simplesmente estarmos conscientes deste Fato!

*

2 Comments

  1. Valeria

    Dárcio, sou amiga da Gláucia. Faço parte de um grupo que estuda junto a mais de 15 anos.
    Durmo e acordo tentando encontrar em mim, o Cristo, a consciência Iluminada que está dentro de mim.
    Lendo seu artigo sobre amor incondicional entendí que na verdade essa consciência já é parte nossa.
    Mas, como conseguir enxergar integralmente essa Consciência em mim?
    Sinto que você é um Iluminado e sei que posso conseguir, mas como?
    Estou lendo o seu livro A Cura espiritual em seus princípios básicos, simplesmente maravilhoso, sinto que teoricamente entendo, mas, muitas vezes no dia a dia me pego na mente carnal.

    Que Ele sempre o ilumine.

    Abrs

    Valéria

  2. Vera Maria

    Olá, Dárcio.

    Tambem faço parte do grupo de estudos e meditação ao qual Gláucia e Valéria se referiram. A diferença é que, apesar de principiante, ao procurar o grupo, respondi a um chamado urgentíssimo que me acompanha dioturnamente: “Você é mais do que parece ser!”

    Agora, somado a tudo que Glau e Valéria incansavelmente estudam e nos transmitem, sua colaboração iluminará meu coração.
    Obrigada.

Deixe uma resposta