Vendo Com Olhos de Cristo

.

DÁRCIO

Conta  a Biblia que o filho de um oficial do rei, em Cafarnaum, estava prestes a morrer, quando ele rogou a Jesus que o curasse. “Vai, disse-lhe Jesus, o teu filho está passando bem!” A Bíblia diz que o homem acreditou na palavra de Jesus e partiu. E enquanto ia descendo, seus criados lhe disseram: “Teu filho está passando bem!”   (João, 4:51)).

A ILUSÃO é impessoal, uma crença coletiva que afirma haver “alguém apartado de Deus”. Se esta crença for refutada com a Verdade, e o suposto “paciente” acreditar nesta Verdade, não haverá mais campo de manifestação da crença mentirosa!

A “Visão de Cristo” é a Onivisão que discerne “tudo passando bem”, e assim no Universo infinito! Dentro desta convicção, quando alguém acredita na Verdade, assim como aquele oficial do rei  acreditou, a ação da Verdade assim reconhecida desfaz a ILUSÃO! Não é que promova “cura”, e sim “desfaz a ILUSÃO! A Onipresença perfeita é TUDO! Não há um único Ser, em todo o Universo infinito, que esteja passando por algum problema ou por alguma dificuldade! Estudar a Verdade é “permanecer” nesta convicção absoluta! Os dois chamados “princípios de cura”, apresentados por Joel S. Goldsmith, são de grande ajuda neste sentido! O primeiro, “impersonalizar a ilusão”, seria, no caso acima, Jesus não associar o filho do oficial com a ILUSÃO COLETIVA que o via apartado de Deus; o segundo princípio, “nadificar a ilusão”, seria Jesus contemplar aquele filho do oficial como FILHO DE DEUS, UNO COM DEUS, JÁ  PASSANDO BEM,  fazendo da crença errônea, que aparentemente o mostrava doente, puríssimo NADA: mera crença sem fundamento,  sem poder, sem realidade, sem substância, sem existência, e sem lei de sustentação!

Estes dois “princípios”, de O Caminho Infinito, objetivam facilitar-nos a “VER COM OLHOS DE CRISTO”, razão pela qual devem ser estudados, treinados e postos em prática!

*

One Comment

Deixe uma resposta