QUE É METAFÍSICA ABSOLUTA – Cap. 8

Dárcio

Capítulo VIII
A LIBERTAÇÃO

Enquanto alguém se posicionar neste mundo de aparências, procurando nele se realizar, estará deixando de vivenciar a Realidade Infinita sempre aqui presente e já à sua disposição. A percepção consciente da Realidade Suprema é nosso único objetivo quando, informados pelos princípios revelados, de fato aceitamos que Deus é Tudo e que o mundo das aparências é uma ilusão. Este estado último de percepção, em treinamentos iogues, é chamado de samadhi. Em nosso estudo, entretanto, tal estado não é “atingido” através de esforços pessoais. Diante da Revelação de que “Deus é Tudo”, assumimos, com dedicação e seriedade, esta posição transcendental como a nossa real, atual, única e eterna posição, e desconsideramos as limitações do chamado mundo visível.

Comumente encontramos pessoas se dizendo cheias de compromissos e obrigações “neste mundo”, desejosas de saber de que modo poderiam conciliar o estudo com o dia-a-dia. Abordaremos este assunto com muita clareza e detalhamento, pois é de extrema importância conhecermos os princípios do Absoluto e, ao mesmo tempo, sabermos lidar com este suposto “mundo material”, até ser ele definitivamente abolido de nossa percepção ou experiência.

A História registra um sem-número de sábios que renunciaram à vida comum para se dedicar exclusivamente à vida mística. Não é esse o nosso enfoque! Enquanto alguém se imaginar entrando em contato com um “reino superior”, com um “eu superior”, a Verdade Absoluta não estará sendo vivenciada em Sua plenitude gloriosa! Em casos assim, um “alguém meditante” sempre se mostrará presente, quando, de fato, DEUS É TUDO, numa Realidade que exclui a matéria, a dualidade e a ilusão. Muitos acham que o ensinamento é o mesmo, que somente a terminologia é diferente para expressar o mesmo conteúdo. Talvez o objetivo possa ser o mesmo; porém, a grande diferença é que, em nosso enfoque absoluto, ELE É OBJETIVO JÁ ATINGIDO, EXATAMENTE AGORA! Por quem? POR VOCÊ, LEITOR! DEUS É TUDO! E, EM SENDO TUDO, ESTÁ SENDO INCLUSIVE VOCÊ!

Quando esta Verdade é aceita, a Vida divina Se expressa com naturalidade, e as chamadas “obrigações humanas” são atendidas a contento: há amor, há sabedoria, há atenção, há discernimento inspirado do que se deve ou não fazer, e o mundo das aparências é “ajustado” também com naturalidade. Por quê? Por existir SOMENTE UM UNIVERSO: O ABSOLUTO! Desligados de “mundo humano”, “mente humana”, “eu humano”, “relacionamento humano”, “realização humana”, de tudo de natureza humana, permitimo-nos discernir o óbvio: “O PAI EM MIM FAZ AS OBRAS”! E esta é a LIBERTAÇÃO!

Ninguém está sem condições de vivenciar o Absoluto. Qualquer idéia em contrário, por mais lógica que possa parecer, é crença falsa! As coisas são simples demais! DEUS REALMENTE ESTÁ SENDO TUDO!

Deixe uma resposta