QUANTO MAIS, QUANTO MENOS…

Dárcio

A vivência nos princípios da Verdade é a própria vivência na Verdade, e isto somente se nos torna possível se meditarmos assiduamente. As ondas magnéticas do mesmerismo atuam à nossa volta como um “mar de crenças “desejando nos tragar! Se a pessoa não o reduzir a NADA, através de meditações definidas de reconhecimento radical da TOTALIDADE DE DEUS,  menos vontade de meditar irá sentir.

Quanto mais meditamos, mais desejamos meditar! Isto porque esta permanência em Deus nos deixa menos susceptíveis às ondas mesméricas! E quanto menos meditamos, menos teremos desejo de meditar, pois, a pressão mésmerica do hipnotismo de massa estará quase livre atuando sobre nós.

É necessária uma determinação inicial no sentido de manter a dedicação e disciplina na prática das meditações contemplativas! O mesmerismo, esta sugestão de massa, é NADA! Mas, assim ela precisa ser detectada e reconhecida! Até mesmo aquela mania de ler sem parar os textos ou livros espirituais é parte da crença hipnótica, que quer segurar a mente da pessoa  neste mundo de leituras, para que ela não o transcenda e vença! As leituras são úteis até o ponto em que são úteis, ou seja, para elevar a mente ao ponto de a pessoa entrar em meditação e discernir este Universo ILUMINADO do Espírito em que vivemos! Passou disso, ela deve entender esta prisão à leitura como mesmerismo, cerrar os olhos e realmente discernir a REALIDADE em que já vivemos!

Deixe uma resposta