A EXPERIÊNCIA DE DEUS

Dárcio

Muitos pensam que a chamada EXPERIÊNCIA DE DEUS é algum tipo de experiência espiritual vivenciada apenas ocasionalmente por alguém. Eis o porquê de jamais devermos encarar o mundo sem ser a partir do Absoluto. A Experiência de Deus é um acontecimento ininterrupto; é um fato que está se dando sempre, a todo instante, inclusive AGORA.

Deus É! Logo, a “Experiência de Deus” também É!  DEUS É TUDO COMO TUDO, o que torna claro que este EU, que EU SOU, é obrigatoriamente aquilo que Deus É, tudo que Deus É, e somente o que Deus É. Conclusão: EU SOU A EXPERIÊNCIA DE DEUS. A minha Existência é a Experiência de Deus; a sua Existência é a Experiência de Deus, e a Existência Universal é a Experiência de Deus. Este simples reconhecimento constitui a chamada meditação, ou contemplação da Verdade.

A Experiência de Deus não ocorre somente durante as meditações: Ela está ocorrendo sempre! Meditamos apenas para PERCEBER este Fato. Mais correto seria dizer que a Experiência de Deus ocorre INCLUSIVE na hora em que meditamos. Este mecanismo é análogo ao fato de estarmos vivos. Cada um de nós está vivendo agora. Ao fazermos uma pausa para perceber este fato, será que o estaríamos tornando verdadeiro a partir de então? Não; nós já estávamos vivos!

Dissemos, há pouco, que a constatação de que estamos vivos é análoga à percepção da Experiência de Deus. Mas, as duas coisas não são realmente análogas, mas sim idênticas. Na verdade, as duas são uma COISA ÚNICA. Deus é Tudo como Tudo. Deus é Vida, e a ÚNICA Vida que há. A Experiência de Deus, portanto, é a Experiência da Vida. Passamos todos, neste AGORA, pela experiência de viver, e esta constitui a própria Experiência de Deus. Além disso, sendo Deus Tudo como Tudo, não existe mais ninguém que pudesse ter a Experiência de Deus. Estamos expondo o seguinte fato: A EXPERIÊNCIA DE DEUS É EXPERIENCIADA PELO PRÓPRIO DEUS, E NUNCA POR ALGUMA PESSOA. Não existe pessoa alguma neste Universo. DEUS É TUDO! E Deus aparece COMO cada Expressão individual. Não há “Experiências de Deus” pessoais ou isoladas! HÁ SOMENTE UMA EXPERIÊNCIA DE DEUS, CONSTANTE E ININTERRUPTA, SENDO A EXPERIÊNCIA DE CADA UM DE NÓS, NESTE EXATO INSTANTE.

Cada um de nós deve chegar a uma única conclusão: “Eu sou a Experiência de Deus. Deus experiencia a Si mesmo como o Ser que Eu Sou”.

O Universo não é como a suposta mente humana o vê e aceita. A contemplação desta Verdade precisa ser feita. Muitos já ouviram que a mente humana apenas forma um conceito de Universo; porém, a maioria não se deteve nesse ponto para bem conscientizá-lo. Precisamos nos acostumar com a idéia de que a Experiência de Deus é algo ininterrupto, pois a falsa crença de que tal Experiência “nos chega” pela meditação ou contemplação vem predominando na vida de muitos. Exemplificando, é inaceitável, após sermos informados de que o mundo não é como aparenta ser, que continuemos a aceitá-lo da mesma forma, muitas vezes até mesmo justificando tal aceitação com frases do tipo: “Eu somente compreendi isto intelectualmente”. Não; a suposta sabedoria humana não pode “entender” intelectualmente uma Verdade. Deus é Tudo como Tudo; e Deus é a Verdade. Logo, cada um de nós está incluso nesta totalidade, ou seja, cada um já é esta Verdade.

Aqueles que lêem agora estas palavras, e se esforçam para entendê-las, apenas demonstram não havê-las compreendido até aqui, muito embora já tivessem tido anteriormente contato com estas revelações. Que conclusão podemos tirar? Que a mente que tenta conscientizar a Verdade, a cada leitura, não é a nossa mente. Nossa Mente real é a própria Verdade, e possui plena consciência deste fato. Em outras palavras, uma suposta mente humana, dotada de uma suposta sabedoria, tenta nos fazer crer que estamos num Universo imperfeito, tal como ela aparentemente nos apresenta.

No Gênesis, encontramos que o homem, tendo sido enganado pela “sabedoria da serpente”, acabou sendo expulso de paraíso. Que homem seria este? Que mente poderia ser enganada? NENHUM E NENHUMA! Eis as respostas! DEUS É TUDO! Exatamente onde o suposto homem parecia estar, verdadeiramente encontrava-Se Deus, em manifestação individual; exatamente onde a mente passível de ser enganada parecia existir, encontrava-Se a Mente Divina, aparecendo como a Mente individualizada. Conclusão: JAMAIS EXISTIU A EXPULSÃO DO PARAÍSO! Qualquer “expulsão” implicaria dualidade, ou seja, a existência de um lugar, e a existência de alguém que pudesse ser expulso dele para algum outro. DEUS É TUDO! Deus é o Paraíso, e Deus é o Ser que eternamente o habita! Em outras palavras, Deus aparece como o Paraíso e como a totalidade de tudo que nEle está contido. E, ESTA TOTALIDADE, ESTA ONIPRESENÇA, CONSTITUI A EXPERIÊNCIA DE DEUS!

Muitos dizem que não conseguem “sentir” esta Experiência de Deus, quando meditam. Assim, ficam com a falsa impressão de que teriam que se elevar ainda mais em consciência, o que, segundo eles, seria conseguido por meio de muita dedicação, horas de interiorização, etc. Contudo, não existe uma escala de graduação de consciência. DEUS É CONSCIÊNCIA, E DEUS É A ÚNICA CONSCIÊNCIA QUE HÁ! Deus está sendo, aqui e agora, a Consciência que cada um de nós já É! A Consciência de Deus, aparecendo como nossa Consciência individual, constitui a EXPERIÊNCIA DE DEUS. Assim, Deus está, agora e sempre, experienciando a Si mesmo COMO cada um de nós.

Este fato não se deve a nenhum tipo de meditação, dedicação ou qualquer outra suposta atividade humana. NÃO EXISTEM ATIVIDADES HUMANAS! Deus é a ÚNICA Atividade real. Tampouco existe qualquer pessoa para “experienciar Deus”. DEUS É O ÚNICO SER, E DEUS DÁ EXPRESSÃO A SI MESMO COMO CADA UM DE NÓS. Queremos salientar o seguinte: não fazemos meditações ou contemplações da Verdade para “sentir” a Experiência de Deus. Nosso objetivo é outro: CIENTES DE QUE DEUS É A EXPERIÊNCIA DE SI MESMO, ALÉM DE SER O PRÓPRIO EXPERIENCIADOR, PERCEBEREMOS A INEXISTÊNCIA DE QUALQUER PESSOA SUPOSTAMENTE PROCURANDO SE ELEVAR EM CONSCIÊNCIA, TENTANDO SE UNIR A DEUS, OU FICANDO NA EXPECTATIVA DE EXPERIENCIAR DEUS. Isto seria algo impossível de ocorrer, além de contrariar a Verdade Absoluta aqui apresentada.  Nunca tente, como pessoa, “sentir” a Presença de Deus. Uma ilusão jamais poderia experienciar a Realidade. Em vez disso, independente de qualquer coisa, SAIBA QUE DEUS ESTÁ SENDO VOCÊ!

“Muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes, e não o viram; e ouvir o que vós ouvis, e não o ouviram.” (Mt. 13; 17). Não são pessoas, boas ou iluminadas, que têm e Experiência de Deus. SOMENTE EXISTE DEUS! E, Deus é a Sua própria Experiência COMO a Experiência de cada um de nós.

Este conhecimento da Verdade nos dá condições de EXPERIENCIÁ-LA no AQUI e no AGORA, pois já não existem “seres humanos” e suas limitações. Há somente Deus, e Deus está sendo agora o Ser que cada um de nós JÁ É!

ESTA É A CHAMADA EXPERIÊNCIA DE DEUS.

Deixe uma resposta