"SEM O VERBO NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ"

Dárcio

Há séculos que o mundo religioso vem declarando: “Teu é o Reino, o Poder e a Glória para sempre”, referindo-se a Deus. Mas, na prática, a vida parece contradizer a Verdade tão repetida. Tudo porque a idéia de que algo além do Verbo, chamado “matéria”, está realmente existindo. Alguns ensinamentos chegam a dizer que “a matéria existe”, mas é irreal no âmbito de Deus. Entretanto, esta meia-verdade acaba dando ênfase àquilo que é ilusório. Que é “ilusório”? Tudo que não for “Verbo”; tudo que aparentar ser algo “além de Deus”.


“Todas as coisas foram feitas por Ele (Verbo), e sem Ele nada do que foi feito se fez.”
(João 1;3).

Que maravilha, quando esta revelação é aceita sem reservas!

Alguns estudam a Verdade com a intenção de dominar males físicos. Outros pensan em construir um “paraíso terrestre”. A real necessidade é CONHECER A VERDADE! O conhecimento nada melhora e nada constrói! Mas revela o Reino verdadeiro do Espírito, perfeito, perene, imutável, que aparenta ser oculto simplesmente por fugir do alcance da mente humana.

Despertar para a Verdade, portanto, é perceber a existência única da Mente de Cristo emVOCÊ, como disse o apóstolo Paulo. Esta Mente divina, em expressão, é o Verbo, é Deus aparecendo como Sua própria “idèia”, numa perfeita UNIDADE de variedades infinitas de formas espirituais.

Bem e mal relativos são irrealidades, inexistências, jamais “criados”, sendo, portanto, sem VERBO! Isto porque “sem o Verbo nada do que foi feito se fez”. A errônea admissão da existência de algo além de Deus, bom ou mau, gera a ilusão de que a “mente humana” pode melhorar o mundo, acabar com os males, pecados, doenças,  mortes etc…

A PERCEPÇÃO DE QUE A MENTE É DEUS, DE QUE TUDO É DEUS, REVELA A VERDADE:
TUDO JÁ É PERFEIÇÃO ABSOLUTA!

Suponhamos que alguém queira curar uma doença. Se partir da crença de ser ela  real, e que Deus irá curá-la, este enfoque poderá se mostrar frustrante! Que diz a Revelação? DEUS, VERBO, É TUDO! Portanto, não somente a doença é irreal, mas todo o “quadro da humanidade” é irreal! Eis  porque a Bíblia diz que “todo que é nascido de Deus vence o mundo”.

“Nascido de Deus” é o ser reconhecidamente dotado da Mente de Cristo! Estas Verdades chocam o intelecto; desse modo, muitos autores procuram “amenizá-las” usando textos ou linguajar mais leves. Porém, ao afirmar,  “o meu reino não é deste mundo”, Jesus revelou a Verdade de que o universo único,  aqui presente, é uma Realidade divina!

Se nada foi feito “sem o Verbo”, não há males a serem combatidos, mas sim uma gloriosa Perfeição a ser contemplada e reconhecida como onipresente.   Esta é a visão do “Olho Simples”, citada por Cristo. E este é o objetivo das meditações contemplativas! Fazer com que as aceitações humanas cedam às Verdade divinas reveladas! Fazer com que VOCÊ perceba O VERBO sendo a “sua” TOTALIDADE!

O Universo é real: é Bem absoluto, uma Autoexpressão do Verbo. Você precisa, nesta percepção, incluir especificamente a sua identidade global: Espírito, Mente e Corpo, isto é,  admitir que a natureza  universal de Deus é a natureza integral do seu Eu individual.

A Mente divina é a sua Mente, a natureza do Verbo é a Substância do seu Corpo. Conhecer a Verdade significa perceber com clareza esta Onipresença de Deus, em que VOCÊ, agora, é  INCLUSO.

Deixe uma resposta