MARIA EM SEU SIGNIFICADO ESPIRITUAL

Dárcio

“E no sexto mês, foi o anjo Gabriel enviado por Deus a uma cidade da Galiléia, chamada Nazaré. A uma virgem desposada com um varão, cujo nome era José, da casa de Davi, e o nome da virgem era Maria. E, entrando o anjo onde ela estava, disse: Salve, agraciada; o Senhor é convosco; bendita és tu entre as mulheres. E, vendo-o ela, turbou-se muito com aquelas palavras e considerava que saudação seria esta. Disse-lhe então o anjo: Maria, não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus. Este será grande e será chamado filho do Altíssimo, e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. E reinará eternamente na casa de Jacó, e o seu reino não terá fim. E disse Maria ao anjo: Como se fará isto, visto que não conheço varão? E, respondendo o anjo, disse-lhe: Descerá sobre ti o Espírito Santo, e a virtude do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra; pelo que também o Santo, que de ti há de nascer, será chamado Filho de Deus.”
Lucas 1: 26,35.

Em cada coração que ocorra a percepção da Onipresença de Deus, é notado o fato espiritual eterno de que “o Senhor é conosco”. O estado mental de pureza e entrega a Deus é o estado pré-requisito em que “achamos graça diante de Deus”. É a fase em que, sem que tomemos consciência, deixamos o campo interno da consciência preparado para a “descida do Espírito Santo”.

Quem é o Filho de Deus, o Santo, que haverá de “nascer” em  nós? Este “Filho de Deus” é  a real identidade crística de todos nós! Até então oculto pelas camadas de crenças materialistas e pelo intelecto humano! O aflorar do Cristo em nós, de início, nos assusta! Não parecemos estar acostumados com algo perfeito e divino Se manifestando em nós! Mas, onde quer que estejamos, “entra o anjo”, a idéia inspirada por Deus,  que  nos acalma: “Não temas, porque achaste graça diante de Deus. E eis que em teu ventre conceberás e darás à luz um filho, e pôr-lhe-ás o nome de Jesus.”

Este momento sublime marca o início de nosso “despertar” em Cristo! Maria simboliza nosso “Ventre”,  o mais íntimo de nossa pura Consciência crística! Eis por que, em seu ensinamento, disse Jesus: “Quem crer em mim, RIOS DE ÁGUA VIVA fluirão do seu ventre!” Que significa “crer em mim”? Significa crer no Caminho, na Verdade e na Vida espirituais, na UNIDADE que somos e que formamos em Deus! ! Significa entender que o nome de Jesus é EU SOU! E que este EU SOU não é uma pessoa “nascida” neste mundo, mas sim Deus, sendo, portanto, o EU SOU que todos nós somos, na Unidade Celestial, gloriosa e eterna!

Este “renascimento” é o NATAL!

Deixe uma resposta