“QUE SE FAÇA A VOSSA VONTADE, ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU!”

Toda IDEIA PERFEITA é sua própria MANIFESTAÇÃO ou EVIDÊNCIA. Na oração do “Pai Nosso”, é dito o seguinte: “Que se faça a Vossa Vontade, ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU”. Infelizmente, a maioria recita maquinalmente a oração, sem entendimento algum do que está sendo falado!

Jesus deixou claro que, se orarmos por algo, devemos reconhecer que JÁ RECEBEMOS o objeto de nossa oração.

O Reino de Deus é OBRA CONSUMADA! CONTÉM TUDO QUE É REAL EM SÍ MESMO. Quando alguém necessita de algo que seja da Vontade de Deus, deve PRIMEIRO entender que VIVE NO CÉU E NÃO NA TERRA, e que a suposta “terra” é sombra da IDEIA DIVINA presente “no céu”.

AS IDEIAS SÃO TODAS SUBSTANCIAIS, “A PRÓPRIA COISA” EM SI, ou seja, caso venha a alguém a IDEIA de “ter um sócio”, ou de “ter uma casa”, “emprego”, etc.,irá orar CRENDO JÁ TER RECEBIDO! A IDEIA É SUA PRÓPRIA DEMONSTRAÇÃO!

A maioria divide em DOIS o que é sempre UM, isto é, acredita TER A IDEIA e ficando na ILUSÃO de que AINDA NÃO TEM A SUA MANIFESTAÇÃO! Desse modo, ora erradamente, ficando com a IDEIA e negando sua SOMBRA! Mas a ideia e sua demonstração são um; por isso JESUS ORIENTA PARA SER ACEITO “JÁ TER RECEBIDO”!

Em outras palavras, AS APARÊNCIAS NÃO SÃO LEVADAS EM CONTA NAS ORAÇÕES! MOSTRAM “AUSÊNCIAS” E NÃO AS PRESENÇAS DO QUE NOS FOR NECESSÁRIO!

Unicamente o “CÉU” é  REALIDADE! Quando consideramos a IDEIA como o próprio “algo ou alguém” de que aparentemente necessitamos, a UNIDADE IDEIA E BEM NECESSÁRIO FICA RECONHECIDA, A ILUSÓRIA DUALIDADE FICA ESQUECIDA, E “A VONTADE DO PAI” SE REVELA “NA TERRA” COMO É “NO CÉU”!  E REPETINDO, isto quando ACREDITARMOS já ter “RECEBIDO”.

*

Deixe uma resposta