SEU CORPO NÃO É “DESTE MUNDO”!

Todas as Obras de Deus são espirituais, eternas e permanentes, inclusive o Corpo Glorioso que temos. Para eliminar a ILUSÃO da existência de “corpo material”, nascido em suposto “mundo físico”, disse Jesus: “Não chameis de pai a ninguém sobre a face da terra, pois UM É O VOSSO PAI, o qual está nos céus”.

A Metafísica Absoluta revela que “vivemos em Deus”, com um imutável Corpo que é “Templo de Deus”. Jamais esta Verdade pode ser alterada, o que significa que o Corpo que temos jamais pode sofrer quaisquer transformações.

O suposto “corpo carnal nascido” jamais esteve sendo realidade, sendo apenas uma “sombra fenomênica em mutação”, sombra esta que nada tem a ver com Deus ou com o Corpo “Templo de Deus” que somos.

A humanidade toda acredita que o Corpo é matéria em mutação, havendo muitos que acreditam ser a “sombra fenomênica” um “Templo de Deus”. Por saber que não é, Jesus disse a Maria: “Mulher, que tenho eu a ver contigo?”

Seja Jesus, seja você, ou seja quem for, NINGUÉM tem NADA a ver com “este mundo”!  E ninguém passou por “nascimento” neste mundo!

Há tempos, um praticista da Ciência Cristã ouviu de um paciente a seguinte pergunta: “Se meu pai não tivesse conhecido minha mãe, onde é que eu estaria vivendo agora?” Disse ele ter respondido o seguinte: “Só sei que você não estaria me fazendo uma pergunta tão desconcertante como esta!”.

Desse modo, deixou claro não saber a resposta. Mas a Bíblia esclarece que “desde o princípio” vivemos na Unidade Perfeita, como disse Jesus: “Estivestes como desde o princípio”. O praticista poderia ter respondido o que diz Mary Baker Eddy: “Você pensa estar na matéria; porém, jamais houve ‘vida na matéria’! Assim, tivesse seu pai conhecido ou não sua mãe, em nada alteraria a sua real e eterna posição em Deus!” E  bem poderia ele ter dito ainda que Jesus não reconhecia nem pai nem mãe “neste  ilusório mundo”.

Despertar para a IRREALIDADE de “nascimentos terrenos” é a “pedra angular” da Verdade Absoluta! E devemos repetir o que disse Jesus aos judeus, que achavam não ter ele nem cinquenta anos. para ter conhecido Abraão: “Antes que vosso mestre Abraão existisse, EU SOU”.

*

Deixe uma resposta