“O QUE ESTÁ ESCRITO DE MIM TERÁ CUMPRIMENTO!”

“Importa que em mim se cumpra aquilo que está escrito: E com os malfeitores foi contado. Porque o que está escrito de mim terá cumprimento”.

Lucas 22: 37

l

A suposta “existência humana”, em que aparenta haver nascimentos e mortes, é o “mundo a ser vencido”, citado por Jesus. Disse ele: “Se o mundo vos aborrece, aborreceu também a mim; mas, tende bom ânimo: eu venci o mundo”!

A humanidade se atém e se preocupa em demasia com o ilusório “mundo material”, e isto por desconhecer as Escrituras e, em vista disso, acreditar piamente se tratar de um mundo real! Buda o chamou de ILUSÃO, Jesus o chamou de “mundo do pai da mentira”, e João declarou que “todo aquele, nascido de Deus, vence o mundo”.

Tendo “vencido o mundo”, Jesus antecipou o fato de que “o que está escrito de MIM, terá cumprimento”. Quis dizer o seguinte: SOMENTE DEUS É REALIDADE, O “MIM” OU “EU SOU” ABSOLUTO, A “UNIDADE ESSENCIAL PERFEITA”.

Ciente disso, Jesus explicava o RENASCIMENTO ESPIRITUAL, a “troca de referencial” pela qual TODOS terão de passar, renunciando ao mundo e a seus supostos habitantes, para que “se percebam” sendo “nascidos de Deus” como ele, e  ficando com “o mundo vencido”.

Enquanto alguém se mostrar apegado ao mundo, a pessoas do mundo, a “mestres do mundo”, a bens do mundo, “o que está escrito de MIM” aparentará não estar se cumprindo para ele”, ou seja, o suposto “mundo material” estará sendo visto como realidade, enquanto, de fato, é simples “miragem” ou “efeito hipnótico”!

Na Metafísica Absoluta, partimos de DEUS E SEU REINO sendo o NOSSO REINO, reconhecemos que “ESTE MUNDO” É PURO “NADA”, POR NOS IDENTIFICARMOS COMO “NASCIDOS DE DEUS”. COMO “FILHOS DE DEUS”, E COM “O MUNDO VENCIDO”!

Possuímos o REINO DE DEUS e, aparentemente, “possuímos  os bens necessários”, que continuamente se projetam como “bens vindos acrescentados”, e isto sem que nos sintamos “possuídos por eles”.

*

Deixe uma resposta