REINTERPRETE AS “APARÊNCIAS” DE OLHOS ABERTOS!

Acreditar em “aparências”, ou em “mundo de aparências”, significa deixar de lado o principal, que é reinterpretá-las sem ilusão. Muitos conhecem a ilustração do lápis dentro de um copo com água, e que visto pelo lado de fora, ao nível da água, exibe a “aparência” de estar quebrado. Quem acreditaria nessa “aparência”, se antes tivesse visto o lápis estando perfeito? Quem acreditaria que “o lápis” poderia ser “consertado”? Somente quem não soubesse “estar ele perfeito”, APESAR DA “APARÊNCIA se mostrar CONTRÁRIA”!

Quando Jesus declarou que SOMOS A LUZ DO MUNDO, OU QUE SOMOS DEUSES, DISSE TAMBÉM PARA “SERMOS PERFEITOS COMO PERFEITO É NOSSO PAI CELESTIAL”.

Em que se fundamentavam tais declarações? EM NÃO JULGAR A NINGUÉM SEGUNDO AS “APARÊNCIAS”! EM NÃO ACREDITAR HAVER “IMPERFEIÇÕES, DOENÇAS E CURAS” EM FILHOS DE DEUS PERFEITOS”!

EM NÃO LEVAR EM CONTA “APARÊNCIAS” DE NASCIMENTOS E MORTES DE FILHOS DE DEUS!

Os ensinamentos absolutos não creem em “dois universos”, em “dois Eus”, em “dois senhores”! Não creem em “dois lápis” existindo na ilustração.

CREEM NA VERDADE DE QUE DEUS É TUDO, QUE DEUS É PERFEITO, E QUE FORMAMOS COM ELE UMA PERPÉTUA “UNIDADE PERFEITA”!

Aquele que PERMANECER NO JUÍZO JUSTO, VENDO TUDO E TODOS PERFEITOS, exatamente COMO DEUS VÊ, repudiará todo enganoso “juízo segundo as aparências” por CONHECER A VERDADE! E saberá estar LIVRE da ILUSÃO,  graças ao seu conhecimento de que:

“TUDO QUE DEUS FAZ, DURA PERPETUAMENTE! NADA PODE SER-LHE TIRADO NEM ACRESCENTADO”.

*

Deixe uma resposta