QUE TIPO DE DEUS É VOCÊ?- 8

– 8 –

Muito embora a doutrina perfeita e divina, trazida ao mundo por Jesus, fosse fundamentada na Verdade Absoluta de que “DEUS É UMA UNIDADE ESPIRITUAL PERFEITA, FORMADA POR TODOS OS FILHOS DE DEUS”, mundo continuou sendo aceito como “material” e habitado por “seres carnais”, “pecaminosos”, que no mundo estão existindo para evoluir, compensar erros, pecados, e carmas do passado, inclusive tendo que “reencarnar várias vezes” para poderem cumprir tais ilusórios objetivos!

Porém, o que disse Jesus, entre várias outras revelações, foi: “Eu vim para que TODOS tenham vida, e vida com abundância”;“vós sois a Luz do mundo”,“estivestes comigo desde o princípio”;“vós, deste mundo. não sois”.

O Evangelho todo, portanto, poderia ser resumido no conteúdo absoluto da própria oração feita por Jesus em prol da humanidade:

“Eu rogo por eles; não rogo pelo mundo, mas por aqueles que me deste, porque são teus.
E todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas; e neles sou glorificado.

E eu já não estou mais no mundo, mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda em teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como nós.
Estando eu com eles no mundo, guardava-os em teu nome. Tenho guardado aqueles que tu me deste, e nenhum deles se perdeu, senão o filho da perdição, para que a Escritura se cumprisse.
Mas agora vou para ti, e digo isto no mundo, para que tenham a minha alegria completa em si mesmos.
Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou, porque não são do mundo, assim como eu não sou do mundo.
Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal.
Não são do mundo, como eu do mundo não sou.
Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade.
Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.
E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.
E não rogo somente por estes, mas também por aqueles que pela tua palavra hão de crer em mim;
Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste.
E eu dei-lhes a glória que a mim me deste, para que sejam um, como nós somos um.
Eu neles, e tu em mim, para que eles sejam perfeitos em unidade, e para que o mundo conheça que tu me enviaste a mim, e que os tens amado a eles como me tens amado a mim.
Pai, aqueles que me deste quero que, onde eu estiver, também eles estejam comigo, para que vejam a minha glória que me deste; porque tu me amaste antes da fundação do mundo.
Pai justo, o mundo não te conheceu; mas eu te conheci, e estes conheceram que tu me enviaste a mim.
E eu lhes fiz conhecer o teu nome, e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja” (João cap. 17).

Toda oração, explicada segundo Jesus, deve ser feita sendo considerada como “já atendida”!

Mas nas traduções bíblicas, esse entendimento não ficou marcado, por não ser bem conhecido pelos tradutores. Contudo, na Metafísica Absoluta, este ponto é de vital importância e é cumprido à risca, com as declarações e revelações tomadas como JÁ CUMPRIDAS em todos nós! Se Jesus diz, por exemplo, “para que sejam um”, o entendimento será o de que JÁ SOMOS UM! Não existe “tempo” em Deus”, e Suas Obras já estão todas feitas e perfeitas!

AQUI E AGORA!

Continua..>

Deixe uma resposta