O CRISTO DIAMANTINO QUE VOCÊ AGORA É!

A ilusão de suposta “existência material”, enquanto DEUS É ESPÍRITO, é a ILUSÃO DE MASSA misturando, ao HOMEM DIVINO QUE SOMOS, a ilusória CRENÇA COLETIVA de ser ele “nascido da carne”!

Todos os reveladores da Verdade são uníssonos em explicar a LUZ DIVINA que somos, e a ILUSÃO das “trevas materiais” que NÃO SOMOS, e que nem poderíamos “chegar a ser”!

Por isso diz a Bíblia que O QUE DEUS FAZ DURA PERPETUAMENTE, DE MODO QUE NADA PODE SER-LHE TIRADO OU ACRESCENTADO!

DEUS É TUDO! Como ALGO poderia ser tirado DELE ou ser acrescentado a ELE? IMPOSSÍVEL!” DEUS NÃO MUDA!

Nesta visão correta se fundamenta todo o “conhecimento da Verdade que SOMOS AGORA, e que jamais MUDA! Em vista disso, O CRISTO QUE SOMOS  é também chamado de SER DIAMANTINO, uma alusão ao fato fenomênico que vê, sendo o diamante, unicamente AQUILO QUE ELE VERDADEIRAMENTE É, ficando descartadas, como jamais fazendo parte dele, TODAS  E QUAISQUER IMPUREZAS NELE GRUDADAS!

Ao dizer: “São-te perdoados os teus pecados”, Jesus apenas isolava CRENÇAS FALSAS do diamantino FILHO DE DEUS frente a ele!

“O que é diamante é diamante, e o que é impureza é impureza”! Com este idêntico sentido, a Bíblia diz: “O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é Espírito”!

Como DEUS É TUDO, E É ESPÍRITO, o que SOMOS é única e integralmente ESPÍRITO, AQUILO QUE DEUS É! E ao nos alertar para A NINGUÉM CHAMARMOS DE PAI  SOBRE A TERRA, JESUS SIMPLESMENTE AFIRMAVA QUE “NASCIDOS DA CARNE” JAMAIS EXISTIRAM!

Quando as Mensagens do Facho de Luz empregam “títulos absolutos”, como o desta postagem, declaram O QUE AGORA SOMOS, E QUE SEMPRE SOMOS: ESPÍRITO DE DEUS! Não se prendem às CRENÇAS ou às “APARÊNCIAS” que se mostrem contrárias, por compará-las às “impurezas” grudadas ao diamante. E jamais a eliminação das CRENÇAS significa “mudança”, “melhoria” , “evolução” ou “estágios de consciência”!

O QUE SOMOS É A CONSCIÊNCIA ILUMINADA E ÚNICA, QUE É DEUS! JAMAIS O SER QUE SOMOS SOFRE MUDANÇAS! POR ISSO É CHAMADO DE “SER DIAMANTINO”!

Aquele que se identifica com “estágios de consciência” apenas comprova se admitir identificado COM AS CRENÇAS FALSAS, A ELE GRUDADAS OU DELE SENDO DESGRUDADAS E SOLTAS! DESSE MODO, NO CASO, ESTARIA SOMENTE ENDOSSANDO A MENTIRA, E “CONHECENDO A SI MESMO COMO INVERDADE”!

Quando Paulo afirma que NADA NOS SEPARA DO AMOR DE DEUS, PROVA SABER QUE “DEUS É AMOR”, E QUE, “NO AMOR DE DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER”!

*

Deixe uma resposta