“A INCLINAÇÃO DA CARNE É INIMIZADE CONTRA DEUS!”

“Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus”

Romanos 8:7

Seja quem for que diga algo a alguém, interessado em ajudá-lo de alguma maneira, já deve ter percebido que a palavra certa sairá livremente de sua boca, e favorecerá o seu ouvinte; e, depois, avaliando o que ele próprio disse, perceberá que uma sabedoria acima de seu intelecto atuou nele próprio, e fê-lo proferir a ajuda pretendida. O mesmo ocorre em palestras e em textos sobre a Verdade, quando palavras e ideias vão fluindo, sem que as planejemos, mas que cumprem o seu objetivo sem que “nos voltem vazias”!

Isaías assim disse: “Assim será a palavra que sair da minha boca; ela não voltará a mim vazia” (Isaías 55: 11).

O princípio por trás desta revelação é apoiado pela Verdade de que “temos a Mente de Cristo”, enquanto a suposta “mente carnal” não passa de um “embuste hipnótico”,

Este mecanismo divino precisa ser bem conhecido, para que nossas palavras fluam sem contar com a “sabedoria da serpente”, mas sim, como palavras vindas da Fonte, do Cristo que somos, para que não as achemos fora de contexto, mas sim que, para aqueles que as ouvem, claramente sejam identificadas como “algo que necessitassem ter ouvido”.

Além do exposto, devemos também entender as revelações das Escrituras como palavras que “não voltarão vazias”, pois todas ecoarão em nós, e com o fim com que foram enunciadas!

Aparentemente, estamos diante de uma humanidade que “não se fez cumprir em si mesma” a revelação de Paulo de que “TEMOS A MENTE DE CRISTO”! Em vista disso, segue a maioria sem desfrutar da libertação que a Verdade propicia. Paulo disse também que “a inclinação da carne é inimizade contra Deus” Esta citação é aqui lembrada para que, de imediato, SUAS PALAVRAS ECOEM E NÃO VOLTEM VAZIAS!

 

Toda “inclinação da carne” esconde a Verdade de que SOMOS ESPÍRITO DIVINO!

Cada um terá de reconhecer que UNICAMENTE A MANIFESTAÇÃO DO CRISTO É O SEU ALVO!

Paulo disse também: “Prossigo para o alvo pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus”

(Fil. 3: 14).

*

Deixe uma resposta