“DEIXA O TEU CÂNTARO!”-2

2

Você compreendeu a mensagem do Cristo? Que inexistia mulher samaritana  ali, e que, pelo DOM DE DEUS, o próprio Cristo Se fazia presente sendo a identidade dela? Não é esta a Verdade Absoluta sempre aqui exposta? A Verdade da totalidade de Deus?

Alguns se matriculam em “cursos da Verdade”, onde passam a vida toda almejando “iluminação”, “à espera do Cristo”, “anulando o ego”, etc. NÃO DEIXARAM O SEU CÂNTARO”. Outros veem seu emprego, seu patrão, seus parentes, suas aplicações, etc., como “fonte de suprimento”. Estão no “poço de Jacó”; não largaram o  seu cântaro. Há também aqueles que, primeiramente,  se dedicam a fazer caridade ou a prestar auxilio humano ao próximo obstinadamente; deixam, assim, de perceber que RIOS DE ÁGUA VIVA fluem igualmente a partir de todos. Também não deixaram o seu cântaro!

Para que “todos os cântaros” sejam deixados, basta você se identificar agora com os dizeres de Jesus:

EU O SOU, EU QUE FALO CONTIGO! A ÁGUA VIVA! 

Este  “EU SOU” é a SUA VIDA, A VIDA ÚNICA QUE DEUS É!

Somente pela aceitação incondicional e imediata de que, pelo DOM DE DEUS, a Vida DIVINA é a totalidade de SUA VIDA, pode você abrir mão de todos os “cântaros” da aparência ilusória para experienciar Deus, vivenciar a Realidade, e ter o discernimento pleno de sua real identidade crística.

O “cântaro” é a ilusão! O “cântaro” é o NADA que tenta se fazer passar por “recipiente que contém água”. O “cântaro” é o “sábio intelecto” que julga conhecer tudo, ou dar justificativa para tudo. O “cântaro” é o “iluminado” que acumula “discípulos”, ou “instrutores” que os classificam  em diferentes graus de consciência. O “cântaro” é a “visão” que crê nas aparências. O “cântaro” é o ensinamento que leva em conta o tempo. O “cântaro” é a doutrina que promete uma “volta” do Cristo.

Leitor, assuma de uma vez  a Identidade divina, que JÁ É  SUA pela Graça! Abandone o “cântaro” da dualidade contida nos ensinamentos relativos! Beba da Água Viva diretamente da Fonte interna da Onisciência, diretamente e sem intermediários, sejam eles pessoas, livros ou cursos. Todos estes são “cântaros”, assim como este texto  é “cântaro”.

Volva-se AGORA à FONTE, de onde lhe jorra eternamente a ÁGUA VIVA: VOCÊ É A FONTE! Onde quer que esteja, VOCÊ É AUTOSSUPRIDO!

“Deixe o seu cântaro!” Faça-o em definitivo, como a samaritana!

“Deixou pois a mulher o seu cântaro,  foi à cidade, e disse àqueles homens: Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito; porventura não é este o Cristo? Saíram pois da cidade. E FORAM TER COM ELE” (João 4: 28-30).

O mesmo DOM DE DEUS é igualmente para todos. DEUS é a Fonte de ÁGUA VIVA ONIPRESENTE! Todos podem, portanto, “sair da cidade” (aparência) para beber da Fonte única (Consciência).  Não vacile: 

DEIXE O SEU CÂNTARO!

*

Deixe uma resposta