PAI, GLORIFICA O TEU FILHO!

Sempre, nas Mensagens do Facho de Luz, é explicado que as falas e modo de orar, atribuídos a Jesus na Escrituras, não são meras informações sobre como ele agia; antes, são COMO NÓS DEVEMOS PROCEDER, pois somos FILHOS DE DEUS idênticos a ele, Verdade por ele declarada e testemunhada!

“E vós também testemunhareis, pois estivestes comigo desde o princípio”, disse Jesus. Explicava que as supostas “idas e vindas de Cristo”, apenas retratam a ignorância popular e das igrejas do mundo, que somente levam em conta o suposto “mundo do pai da mentira” sem priorizar e sem sequer tocar no assunto de SER CHEGADO O REINO DE DEUS, E QUE “É NELE QUE VIVEMOS, NOS MOVEMOS E EXISTIMOS”!

Os fatos reais são permanentes, e, segundo o Gênesis, o Deus Absoluto, sem começo e sem fim, de SI MESMO emanou cada Filho, o Cristo, para SER quem somos! DEUS “NOS COLOCOU NO PARAÍSO”, que é onde TODOS agora estamos, apesar das mentiras em contrário emitidas pela “mente carnal”.

A Bíblia, em João 17: 1-5, diz: “Jesus olhou para o céu e orou: “Pai, chegou a hora. Glorifica o teu Filho, para que o teu Filho te glorifique.
Pois lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, para que conceda a vida eterna a todos os que lhe deste.
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste.
Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer.
E agora, Pai, glorifica-me junto a ti, com a glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse”.

 

Cada um deverá adaptar esta CONVERSA DE JESUS COM DEUS a si mesmo, acompanhando os passos seguidos porde Jesus! Primeiramente OLHOU PARA O CÉU, DIZENDO: “PAI, CHEGOU A HORA. GLORIFICA O TEU FILHO, PARA QUE O TEU FILHO TE GLORIFIQUE”

 

Olhar para o Céu” é se ver no Absoluto! É quando O AGORA é reconhecido como “momento único”! E o AGORA em que o Pai É PERCEBIDO sendo o Espírito do Filho e vice-versa, ocorrendo a glorificação mútua.

“Pois lhe deste autoridade sobre toda a humanidade, para que conceda a vida eterna a todos os que lhe deste.
Esta é a vida eterna: que te conheçam, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste”.

 Testemunhamos a presença do Cristo em toda a humanidade, o que significa “reconhecermos a “TOTALIDADE DO ESPÍRITO DIVINO” Se evidenciando como VIDA ETERNA, tanto FORMANDO  Unidade Perfeita como estando INDIVIDUALIZADO como o Cristo que todos somos.

 

“Eu te glorifiquei na terra, completando a obra que me deste para fazer.
E agora, Pai, glorifica-me junto a ti, com a glória que eu tinha contigo antes que o mundo existisse”.

Cumprimos a glorificação temporária na “CRENÇA MATERIAL, pedindo a Deus a GLÓRIA DA COMUNHÃO COM ELE, GLÓRIA QUE JÁ TÍNHAMOS COM DEUS “ANTES QUE O MUNDO DA ILUSÃO APARENTASSE EXISTIR”!

Grave bem esta sequência da oração de Jesus, adapte-a A SI MESMO, não de modo decorado, mas sim, entendido, para que TENHA A MESMA GLORIFICAÇÃO

VIVENCIADA POR ELE!

 

*

 

Deixe uma resposta