A ILUSÃO DE DOENÇA É DESMANTELADA PELA VERDADE!

A humanidade, sempre se mostrando incrédula e desconfiada, diante das Verdades a ela reveladas, agindo dessa maneira, apenas obstrui a “LIBERTAÇÃO” que a Verdade lhe oferece! Uma das revelações da Seicho-no-ie assim diz: “É chegada a hora em que a doença já não existe para ti”, e assim essa revelação é encerrada: “Aceita minha Palavra sem duvidares; sou Eu quem acende a Luz nos Sete Candeeiros”.

No ensinamento absolutista, a premissa básica diz que DEUS É TUDO, TUDO É DEUS! “CRER SEM DUVIDAR”, É SIMPLESMENTE ACATAR ESTA VERDADE: NÃO EXISTE DOENÇA EM DEUS, E DEUS É TUDO COMO TUDO! Porém, apenas “ter fé” ou “cegamente acreditar”, sem conhecer como se processa o  suposto “sumiço da doença”,

 não é o que a Metafísica Absoluta prega!

A Ciência divina é sempre fundamentada na TOTALIDADE DE DEUS e, em vista disso, na NULIDADE DA MATÉRIA. Portanto, toda oração científica SE INICIA COM DEUS, e jamais com “matéria” ou com “corpo carnal”. Isto porque a suposta “doença” não existe em DEUS, e quem dela diz sofrer, está simplesmente se vendo FORA DE DEUS E SEPARADO DE DEUS! Desse modo, corrigir esta tremenda mentira é o primeiro passo:

“SOMENTE EXISTE DEUS; DEUS É UM COMIGO E EU SOU UM COM ELE! LOGO, TODO APARENTE SINTOMA OU SENSACIONISMO É CRENÇA FALSA DA SUPOSTA “MENTE HUMANA”, SEM PRESENÇA REAL NA MENTE DE CRISTO, QUE É A MINHA MENTE REAL E ÚNICA”!

Aceitar que DEUS É TUDO requer aceitar que A ONIAÇÃO É A ATIVIDADE UNIVERSAL ÚNICA, SEMPRE ATIVA COMO “DIVINA ORDEM” OU COMO PERMANENTE ATIVIDADE PERFEITA, INCLUSIVE COMO SAÚDE CONSTANTE DE NOSSO CORPO!

Estes princípios, solidamente conhecidos, levarão alguém a MEDITAR SEM DUVIDAR! Isto por já estar ele ciente de que SUA SAÚDE JÁ É PERMANENTE E PERFEITA, ASSIM MANTIDA POR DEUS.

É QUANDO A REVELAÇÃO diz: “SOU EU QUEM ACENDE A LUZ NOS SETE CANDEEIROS”.

Isto remove dos “ombros do suposto doente” toda “responsabilidade” ou “pretensão” quanto a “ser curado”! Não será curado, mas sim, separado da CRENÇA EM DOENÇAS retida na mente humana, para se perceber sendo UM com a Oniação divina!

O ponto ideal, na meditação, é aquele em que alguém se mostra confiante de que a DEUS JÁ CUMPRE SEU PAPEL DE MANTÊ-LO CURADO OU PERFEITO, ENQUANTO A ILUSÓRIA “MENTE CARNAL”, QUE APARENTA OCULTAR-LHE A VERDADE com HIPNÓTICOS “SINTOMAS” OU “SENSACIONISMOS”, é vista como “treva” sendo banida pela Luz divina reconhecida!

Estude e grave bem estes princípios metafísicos, e, ao meditar, SEM DUVIDAR, TOME CONHECIMENTO DE QUE DEUS JÁ O MANTÉM ININTERRUPTAMENTE PERFEITO, E EM INVIOLÁVEL SAÚDE PLENA! 

*

Deixe uma resposta