“Tu, Senhor, Manténs Acesa a Minha Lâmpada!”

“Tu, Senhor, manténs acesa a minha lâmpada; o meu Deus transforma em luz as minhas trevas”

Salmos 18: 28

Enquanto o suposto “homem carnal nascido” não for negado como “coisa nenhuma”, uma vez que DEUS É ESPÍRITO, É LUZ, E É TUDO, este “eu ilusório” aparentará ter realidade, gerando um falso linguajar dualista que sempre considera “alguém” esperando ou pedindo que “Deus faça algo por ele”.

“Adorar a Deus em Espírito e em Verdade”, como disse Jesus, é o que deve ser feito, O QUE SIGNIFICA VOCÊ TER DEUS, SUA TOTALIDADE, SUA UNICIDADE, E TER NELE A SUA IDENTIDADE ILUMINADA”, E MAIS NADA!

Se Deus “visse a ILUSÃO”, por certo estaria cansado de tanto suposto “carnal ilusório” que, em gerações e mais gerações, quis SE FAZER PASSAR COMO “SER EXISTENTE”, CUIDADO POR ELE!!

TENHA UM DEUS QUE SEJA TUDO, e suas orações serão de PURA GLORIFICAÇÃO AO PAI EM SEU PRÓPRIO SER, sem contar com “alguém além de Deus” para PEDIR-LHE ALGUMA COISA!

Quando Jesus disse que “É DO AGRADO DO PAI DAR-NOS O SEU REINO”, estava explicando que TUDO JÁ ESTÁ DADO POR DEUS A CADA FILHO! A CONSCIÊNCIA, A MENTE ONIATIVA, A VIDA, O CORPO, TUDO FEITO DO VERBO DIVINO, TUDO PERFEITO E PERMANENTE!

O Salmo 18 diz o seguinte: Tu, Senhor, manténs acesa a minha lâmpada; o meu Deus transforma em luz as minhas trevas” Que nos disse Jesus? O seguinte:“Não vim revogar as Escrituras, mas sim, completá-las”! De que modo isto é feito? Pondo em prática a Verdade de que ESTE MUNDO É ILUSÃO, pondo fim à CRENÇA de que “temos pai na terra”, pondo fim ao SUPOSTO “filho de pai na terra”, pondo fim ao medo de morte, pois TODO suposto MORTAL JÁ É O MORTO EM SI, uma vez que DEUS É A VIDA REAL QUE VIVEMOS, E

pondo fim a “parentescos terrenos”, por SOMENTE TERMOS “PARENTES” PERFEITOS,  ETERNAMENTE VIVOS E ILUMINADOS,   POVOANDO A “UNIDADE ESPIRITUAL PLENA E PERFEITA!

Sendo assim revelada a Verdade, o suposto TEMPO ENORME, antes desperdiçado COM O “IRREAL HUMANO”, poderá ser empregado     para que CADA FILHO DE DEUS “GLORIFIQUE A DEUS EM SEU PRÓPRIO CORPO E EM SEU PRÓPRIO ESPÍRITO”, como disse Paulo.

“Deus é a LUZ QUE SOMOS”, e, em vista disso, o DEUS que “transformaria em luz” as trevas de suposto mortal apenas FICARIA SENDO O DEUS VERDADEIRO, SEMPRE SENDO LUZ E SENDO A LUZ QUE TODOS SOMOS!

EM OUTRAS PALAVRAS, JESUS COMPLETOU O ANTIGO TESTAMENTO COM A REVELAÇÃO DA VERDADE ABSOLUTA DE QUE SOMENTE EXISTE DEUS!

*

Deixe uma resposta