QUANDO A LUZ É PERCEBIDA COMO TUDO!

Quando realizamos nossa “SUBIDA AO PAI”, como diria Jesus, o que deve ser notado é que UNICAMENTE DEUS COM SUA LUZ ONIPRESENTE pôde ser PERCEBIDO, devido ao súbito e espontâneo “sumiço” da ILUSÃO COLETIVA!

 “DESCER DO PAI”, PORTANTO, É MERA DIDÁTICA A EXPOR A Verdade de que O MUNDO DA ILUSÃO’ JAMAIS TEVE REALIDADE OU PRESENÇA REAL! É mentiroso “DESDE O PRINCÍPIO”, disse Jesus.

Quando alguém relata algum de seus sonhos, aquele “eu”, supostamente “vivido no sonho”, é citado como se estivesse sendo ele próprio, pois cita a situações do sonho como se tivessem sido “realidades vividas por ele”. Quando acorda, SOME AQUELE CENÁRIO TODO, sem que haja qualquer noção de “PERDA DE SEU CORPO”, que tão real lhe parecia enquanto sonhava! Se no sonho ele tivesse levado dez tiros fatais na cabeça, TERIA HAVIDO ALGUMA MORTE? Sabemos a resposta!

Jesus fez o que pôde para ACORDAR A HUMANIDADE do chamado “sonho de Adão”, chamando “este irreal mundo” de “mundo de Satanás, o pai da MENTIRA”! Um suposto mundo sem ter NADA A VER COM DEUS! Somente a ilusória “mente carnal” acredita em “mundo de carnais”! Por isso, foi chamada por Paulo de “a inimizade contra Deus”!

Em que consiste o DESPERTAR ESPIRITUAL? Basicamente, está em FAZERMOS NOSSA IDENTIFICAÇÃO PLENA COM DEUS, O PODER ÚNICO, E DESCARTANDO O ILUSÓRIO HOMEM NASCIDO E SEUS FEITOS NO “SONHO DE ADÃO”! A isto é referido, nas Mensagens do Facho de Luz, como SUBIDA AO PAI “DE CIMA PARA BAIXO”, vendo-nos como UNIDADE ILUMINADA, ONIPOTENTE,  SEMPRE NO REINO DE DEUS E DO BEM PERMANENTE!

Não existe, realmente, nem

“DESCIDA DO PAI” nem “SUBIDA AO PAI”, a não ser para aqueles aparentemente ILUDIDOS pela suposta “mente carnal” e seu SONHO DE ADÃO!

Em João, 20: 17, Jesus diz: “EU SUBO PARA MEU PAI E VOSSO PAI, MEU DEUS E VOSSO DEUS”. Via a SI MESMO, e a NÓS TODOS, formando a UNIDADE ESSENCIAL PERFEITA, EXPRESSANDO O PAI ÚNICO OU O DEUS ÚNICO, A VERDADE ABSOLUTA DA EXISTÊNCIA, CONSUMADA E IMUTÁVEL!

Jesus “subiu ao Pai” percebendo SER UM COM ELE! Tenhamos esta mesma PERCEPÇÃO!

*

 

Deixe uma resposta