DIA DE FINADOS: UMA BLASFÊMIA CONTRA A VERDADE!

“Deus é Deus dos vivos e não de mortos”.

Jesus

Passados mais de dois mil anos de cristianismo, e, aparentemente falando, insiste a humanidade em avaliar a vida como sendo “corpo carnal”! De nada adiantou ter Jesus ensinado que “o amor ao próximo” não é “deste mundo”, mas sim transcendental, um amor que não discrimina amigos e inimigos, mas que enaltece a Unidade Perfeita, que é a VIDA DIVINA ÚNICA, IMPESSOAL, PERFEITA,  DEUS INDIVISIVELMENTE SENDO O CRISTO, O FILHO ETERNO QUE TODOS SOMOS, E QUE  JAMAIS PASSA POR NASCIMENTOS E MORTES!

“Quem são minha mãe e meus irmãos”, indagou Jesus. Eram “corpos carnais” em “parentesco” do “mundo do pai da mentira”? Não! Ele próprio respondeu: “Minha mãe e meus irmãos são os que fazem a Vontade de meu Pai”! Por isso mandou que todos amassem amigos e inimigos, jamais sendo “julgados pelas aparências”, mas sim, entendidos como DEUSES FORMADORES DO PAI E FORMADOS PELO PAI, VIVOS COMO UMA ETERNA “UNIDADE PERFEITA”!

Por isso Jesus assim disse: DEUS É DEUS DOS VIVOS E NÃO DOS MORTOS!

“Dia de Finados” é verdadeira blasfêmia pela qual a ILUSÃO DE MORTALIDADE encobre a VERDADE DA IMORTALIDADE! Nesta CRENÇA DUALISTA encontramos inclusa a ILUSÃO DE SUPOSTOS “ENTES QUERIDOS”!

Viver a VERDADE significa RECONHECER que SOMENTE DEUS É NOSSO PAI QUERIDO, NOSSOS IRMÃOS QUERIDOS,  TODOS ALVOS DE NOSSO AMOR REAL, INCONDICIONAL E CRÍSTICO! E QUALQUER  DESVIO PARA NOÇÕES CONTRÁRIAS É PURAMENTE APEGO DO ILUSÓRIO  EGO, SEM NADA A VER COM DEUS, SEM NADA A VER COM A VERDADE!

A Bíblia diz: “ESTE É O DIA QUE O SENHOR FEZ”, QUE É O “DIA DO AGORA”, DA PERMANENTE PERFEIÇÃO DA ONIPRESENTE VIDA DIVINA SE EXPRESSANDO EM DEUS E SENDO DEUS! Alguém chamá-lo de “Dia de Finados” é puramente “culto à matéria”, uma blasfêmia do tamanho do infinito! Uma negação total da Verdade revelada! EM OUTRAS PALAVRAS, É ILUSÃO!

*

Deixe uma resposta