“QUEM AMA O MUNDO E AS COISAS DO MUNDO!”

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai näo está nele”.

1 João 2: 15

Costuma-se dizer que DEUS É TUDO, sendo esta a premissa básica do ensinamento absoluto. Como DEUS É AMOR, a Verdade é que O AMOR DIVINO É TUDO, UMA VEZ QUE “SEM O VERBO DIVINO, NADA DO QUE FOI FEITO SE FEZ”!

Se encontrarmos “alguém” alardeando sobre a suposta existência humana, a falsa CRENÇA DUALISTA de “amor e ódio” estará aparentemente presente, iludindo os “mortos do mundo” que não perceberam ainda que a própria VIDA encontra-se em SI MESMOS, não como “carne”, mas EM DEUS, como “O CRISTO”!

Nisto conhecereis se sois os meus discípulos”, disse Jesus: “SE VOS AMARDES UNS AOS OUTROS COMO EU VOS AMEI”.

Como Jesus nos amou? Vendo “carnais em aparências”? Ou dizendo que “sua mãe e seus irmão são os que fazem a Vontade do Pai”? O Amor divino é de tamanha pureza, que O PAI AMA SANTOS E PECADORES DE FORMA INCONDICIONAL, por ser, como diz a Bíblia, “PURO DEMAIS PARA VER O MAL” (Habacuque).

Com clareza Jesus declarou que “o príncipe do mundo material é Satanás, pai da mentira”. Satanás, ou diabo, são nomes dados às atividades ilusórias da suposta “mente humana”, chamada também de “a inimizade contra Deus”. Esta “mente ilusória” faz o que pode para PARECER TER REALIDADE; ENTRETANTO, UM SIMPLES LAMPEJO DA REALIDADE DIVINA, E  SE MOSTRA APAGADA EM SUA FALSA PRESENÇA, COM TUDO AQUILO QUE PARECIA SER-NOS POR ELA SUGERIDO SOB A FORMA DE “IMAGENS HIPNÓTICAS”!

Assim como um hipnólogo “inventa imagens irreais”, para incuti-las como reais àquele a quem hipnotiza, também esta “inimizade contra Deus” tenta se mostrar presente, trazendo as CRENÇAS TERRENAS à lembrança de incautos, assim como fez com Pedro, ao contestar as falas de Jesus, que lhe retrucou na hora: “Cala-te, Satanás, que unicamente conhece as coisas dos homens, e não as de Deus!”

Que são as “coisas dos homens”? TOLICES PARA DEUS! ATIVIDADES ILUSÓRIAS COM  A PRETENSÃO DE COMPETIR COM A ONIAÇÃO DIVINA! E DENTRE ELAS, APARECE O SUPOSTO “AMOR AO MUNDO E ÀS COISAS DO MUNDO”, FALSIDADE DEFENDIDA POR AQUELES QUE NÃO SE SENTEM APTOS A “PERMANECER EM MIM”, NO AMOR DE DEUS, NO AMOR QUE É TUDO!

“Quem ama o mundo e as coisas do mundo, não há nele o Amor de Deus”, declarou João. Desse modo, salientou a Verdade dita por Jesus, ao dizer que “somos seus discípulos se nos amarmos uns aos outros COMO ELE NOS AMOU”! Este Amor REAL E ONIPRESENTE está INCLUSO no CRISTO QUE SOMOS, e pode ser identificado pela nossa IDENTIFICAÇÃO COM A ONIAÇÃO, e nunca com “feitos que partem do suposto ego amoroso”!

Todo tipo de “desilusão amorosa” é decorrente da ILUSÃO CHAMADA “AMOR HUMANO”. Por isso, assim disse Jesus: “Se alguém deseja seguir-me e ama a seu pai, sua mãe, sua esposa, seus filhos, seus irmãos e irmãs, e até mesmo a sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo” (Lc. 14: 26). Está nos dizendo que NÃO PERCEBERÍAMOS O AMOR INCONDICIONAL, QUE É DIVINO E PRESENTE EM TODOS OS SERES QUE SE VEEM NA “UNIDADE PERFEITA”! E QUE NÃO PERCEBERÍAMOS A VIDA ETERNA VIVIDA POR DEUS COMO TODOS OS FILHOS DE DEUS, EXERCENDO A VONTADE DO PAI EM  SUA CONSTANTE ONIAÇÃO!

*

Deixe uma resposta