O ESPÍRITO SANTO É O SEU ETERNO E SANTO ESPÍRITO!

Quando as Escrituras são lidas e apresentadas à humanidade, o que deve ser entendido, primeiramente, é a Verdade de que O ESPÍRITO DE DEUS É TUDO, sendo, portanto, o NOSSO ESPÍRITO “desde o princípio”!

As revelações absolutas não devem ser entendidas literalmente, e sim, espiritualmente! A “letra mata”, mas o Espírito vivifica!

Jesus assim disse: “Se eu não for, o Consolador não virá a vós”! Era obrigado a falar levando em conta o entendimento humano! Vezes sem conta, falando com cristãos de igrejas terrenas, deles ouvi que “Jesus foi enviado pelo Pai”, que “voltou ao Pai”, e que “foi-se” para nos enviar o Consolador, o Espírito Santo da Verdade! Estariam entendendo ESPIRITUALMENTE as palavras de Jesus? NÃO! Estariam entendendo as suas palavras como se todos fôssemos “carnais”, acreditando literalmente que “cada um” deixará JESUS IR, para que, DEPOIS DE SUA IDA, “recebêssemos” o Consolador a ser enviado a nós por ele!

Este “entendimento” é A LETRA “matando a Verdade”! “Vir do Pai” ou “subir ao Pai” são meras colocações temporais que contêm implicitamente a Verdade de que TUDO QUE É REAL É DIVINO E PERMANENTE! Por isso, assim disse Paulo: “Glorificai a Deus no VOSSO CORPO e no VOSSO ESPÍRITO, os quais pertencem a Deus”! Aprendeu diretamente de Jesus, e não de supostos “mestres do mundo”!

Temos como NOSSO ESPÍRITO o ESPÍRITO SANTO DO PAI, e, portanto, NÃO IREMOS “RECEBÊ-LO” JAMAIS! JÁ “ESTÁ RECEBIDO”, mesmo enquanto a ilusória “mente carnal” aparente ser a “mente que temos”, esta, sim, à PRONTA espera de NOSSO RENASCIMENTO, que está em CONHECERMOS A LETRA DA VERDADE COM  CONCOMITANTE VIVIFICAÇÃO DADA PELO ESPÍRITO DIVINO EM NÓS”.

A Nicodemos, assim disse Jesus: “Nicodemos, em verdade, em verdade vos digo, se vós não nascerdes de novo, não podereis ver o reino de Deus; se não nascerdes da água e do Espírito, não podereis entrar no reino de Deus.

Jesus explicava que “o Batismo com água” é a LETRA da Verdade, e que “o Batismo com fogo” é ESPÍRITO DO PAI, operando em unidade, e revelando QUEM ETERNAMENTE SOMOS: O SANTO ESPÍRITO DE DEUS!

A Letra da Verdade é endossada pelo nosso emprego da Ciência Mental, em que afirmamos o dizer “SIM, SIM! NÃO, NÃO!”, endossando SEMPRE a Verdade com a suposta “mente carnal”, e negando  SEMPRE as suas crenças mentirosas e destoantes da VERDADE QUE SOMOS!

E ENTÃO, TEREMOS FACILIDADE EM ACEITAR, CONTEMPLAR E RECONHECER A PERMANENTE PRESENÇA DO “CONSOLADOR” EM NÓS PRÓPRIOS! COMO DISSE JESUS, ESTAREMOS “RENASCIDOS”!

*

Deixe uma resposta