“A NINGUÉM CONHEÇAMOS SEGUNDO A CARNE!”

 Se um escafandrista se chamar João e for acostumado a ser sempre visto por  algum grupo de pessoas, cada vez que alguma delas se deparasse com ele, vendo-o com o escafandro, diria para as demais: “Hoje eu vi o João!”. Entretanto, não o teria visto realmente, e sim, visto apenas o seu“escafandro”!

Há tempos, uma oração pelo mundo havia sido planejada para ser feita no alto de um monte, no Japão, por um grupo de adeptos da Seicho-no-ie. O Dr. Masaharu Taniguchi, seu fundador,  se preparara para ir junto. Sabendo disso, um dos presentes disse a ele: “O senhor não precisa ir conosco, pois poderá orar daqui mesmo de baixo, pois, estando idoso, evitaria de ter de encarar a escalada com dificuldade!” Ouvindo isto, o Dr. Taniguchi respondeu: “Você está me dizendo isso porque não está me vendo!”

O “fervoroso adepto” o estava vendo como se fosse um “escafandro de carne e osso”.

Quando Jesus disse: NEGUE-SE A SI MESMO, CASO QUEIRA ME SEGUIR, revelava que NÃO SOMOS UM BONECO DE CARNE E OSSO, MAS SIM, QUE SOMOS O CRISTO ETERNO! Em vista disso, não tem o menor cabimento alguém dizer que ACEITA A DEUS COMO TUDO, MAS ACHANDO NÃO SER DEUS! NÃO TERIA NEGADO A SI MESMO! APENAS SERIA UM “ADEPTO ILUDIDO PELA MENTE CARNAL”!

“O CRISTO É TUDO EM TODOS”, disse Paulo! Aquele que SE NEGA A SI MESMO como “habitante da irreal matéria”, poderá vislumbrar a REALIDADE de já estar em “solo sagrado” e em UNIDADE com todos os demais, MESMO QUE ELES SEQUER DESCONFIEM DE QUE A VERDADE É ESTA!

Assim disse também Paulo: “Daqui por diante, a ninguém conhecemos segundo a carne, e, ainda que também tenhamos conhecido Cristo segundo a carne, contudo, agora, já o não conhecemos deste modo”.

 Sabia que “o conhecedor de Jesus carnal” não entenderia o seu Evangelho SUBJACENTE À MATÉRIA, e não saberia “transcender a ILUSÃO” a ponto de “achar o CRISTO EM SI MESMO”!

A palavra “subjacente” significa o seguinte:

“O que excede os limites NORMAIS. O que transcende a natureza física das coisas”. Por isso, a Metafísica Absoluta explica que SUBJACENTE ÀS APARÊNCIAS ILUSÓRIAS, BRILHA A VERDADE, A TERRA ILUMINADA, E BRILHA A LUZ DIVINA QUE TODOS SOMOS!

*

 

 

Deixe uma resposta