“DEITE O VINHO NOVO EM ODRES NOVOS!”

“Não se coloca tampouco vinho novo em odres velhos; do contrário, os odres se rompem, o vinho se derrama e os odres se perdem. Coloca-se, porém, o vinho novo em odres novos, e assim tanto um como outro se conservam”.

Mateus 9: 17

O ENSINAMENTO ABSOLUTO revela, de modo radical e imediato, que DEUS É QUEM VIVE EVIDENCIADO COMO QUEM SOMOS, E QUE DEUS JAMAIS VIVE EM MUNDO MATERIAL, uma vez que Sua Natureza existencial é ESPIRITUAL e IMUTÁVEL.

Toda brecha criada contrária a esta ACEITAÇÃO RADICAL seria, como disse Jesus, colocarmos “VINHO NOVO EM ODRES VELHOS”, fazendo com que as revelações se percam! Se quisermos preservar VELHAS E MENTIROSAS CRENÇAS com a pureza da REVELAÇÃO ABSOLUTA, a mistura não trará bom resultado!

Ao ser absoluto, em suas declarações SOBRE SI MESMO, Jesus não se permitia IDENTIFICAR-SE COM SUPOSTOS “MORTAIS” vistos pela ilusória “mente carnal”. Perguntando quem era ele, a seus discípulos, apenas Pedro declarou a Verdade: “Tu és O CRISTO­ – O FILHO DE DEUS VIVO! E Jesus concordou, dizendo que NÃO LHE VEIO DA CARNE A REVELAÇÃO, MAS SIM DO PAI.

Antes disso, os demais também ousaram responder, mas todos erraram! O sentido dessa parte da passagem é o seguinte:

SOMENTE O PAI EM NÓS PODE NOS DIZER O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS, ou seja, precisamos DESCARTAR TODA OPINIÃO A NOSSO RESPEITO, VINDA DE “CARNAIS ILUDIDOS” OU DE ENSINAMENTOS DE “AUTORES ILUDIDOS”. Estaríamos ouvindo mais MENTIRAS DUALISTAS, E NÃO A VERDADE ABSOLUTA QUE SOMOS!

As associações com a Ciência Mental são bastante úteis, por tirarmos da suposta “mente humana” a possibilidade de nos influenciar com seus “odres velhos”! Com a Ciência Mental, ENDOSSAMOS OS ODRES NOVOS QUE TEMOS, A PARTIR DE NOSSA ADESÃO AOS ENSINAMENTOS ABSOLUTOS, que nos revelam a GRAÇA E A VERDADE, não “doutrinas várias e estranhas”!

Quando afirmamos que LEIS DO CARMA, PECADOS, NASCIMENTOS E MORTES NÃO EXISTEM, ESTAMOS AFIRMANDO QUE “SOMOS DEUSES”, E NENHUMA OUTRA COISA!

Aquele que adere ao enfoque absoluto não mais se associará com “doutrinas várias e estranhas”, dedicando-se a PERMANECER EM MIM, e não mais acreditando nas CRENÇAS FALSAS DO MUNDO! Enquanto isto não for feito, aparentemente viverá como “FILHO PRÓDIGO”, se desgastando numa ILUSÃO DE  VIDA MATERIAL, apenas aguardando chegar-lhe às mãos um “prato de lavagem”, a ser-lhe oferecido como alimento único!

DEUS É TUDO, E NÃO HÁ REALIDADE EM NENHUM “FILHO PRÓDIGO”, A UNIDADE PERFEITA É O REINO PLENO E DIVINO EM QUE TODOS VIVEMOS, DE MODO PERMANENTE E GLORIOSO! PORÉM, PARA QUEM NÃO “PERMANECE EM MIM”, como ALGUÉM EM PESADELO, achará “viver em aparências” e, a ele, o PESADELO chamado “vida terrena” iludirá, e o fará acreditar “ter outra vida particular”, alheio à VERDADE de que UNICAMENTE DEUS É A VIDA DE TODOS!

“Em Deus vivemos, nos movemos e temos o nosso ser”, disse Paulo! A VERDADE É ESTA, E ASSIM SERÁ PERCEBIDA, QUANDO “COLOCARMOS O “VINHO NOVO DAS REVELAÇÕES EM ODRES NOVOS”, OU SEJA, QUANDO A MENTE DE CRISTO FOR RECONHECIDA COMO NOSSA MENTE, E O CRISTO FOR ADMITIDO COMO “O SER QUE SOMOS”!

*

Deixe uma resposta