COM A FACA E O QUEIJO NAS MÃOS!

Quando alguém demonstra ter domínio sobre alguma situação, assim diz um jargão popular:“Fulano está com a faca e o queijo nas mãos”. Isto quer dizer que tudo o necessário para ser dono da situação está sob controle, nas mãos daquela pessoa.

Quando Jesus disse que “A VERDADE NOS LIBERTARIA”, explicou em que condição isto se concretizaria:

“SE PERMANECÊSSEMOS EM MIM”!

Permanece EM MIM aquele que conhece o significado desta “permanência”, que é CADA UM SE VER PERMANENTE COMO INTEGRANTE DE DEUS, NA UNIDADE ESSENCIAL PERFEITA, ALHEIO ÀS SUPOSTAS MUTAÇÕES DAS “APARÊNCIAS FENOMÊNICAS”.

A Bíblia revela que AS OBRAS DE DEUS SÃO PERMANENTES, e, também, que DEUS NÃO MUDA! Em vista disso, é evidente que, para SERMOS UM COM DEUS, devemos ser O QUE DEUS É,  O QUE SIGNIFICA RECONHECER  A NOSSA PERMANÊNCIA!

Por que a Metafísica Absoluta repudia as crenças ligadas a “nascimentos”, “encarnações” e “mortes”? Para silenciar a ILUSÃO DE MUDANÇAS! TUDO QUE “AGORA É”, É TUDO QUE SEMPRE É, OU SEJA, DEUS! E SOMOS “UM COM ELE”!

Quando “BUSCAMOS O REINO DE DEUS”, unicamente nos vemos PRESENTES NELE, FORMANDO DEUS EM SUA “UNIDADE PERFEITA PERMANENTE”, ISTO É, “EM MIM”, NA IMUTABILIDADE DE DEUS, QUE NOS ABRANGE A TODOS!

Entendida esta parte, entenderemos, a seguir, o que nos complementou Jesus:

COM O REINO ACHADO EM NÓS MESMOS, SENDO “O PAI EM MIM”, OU SENDO “CADA FILHO DE DEUS”,  ESTAREMOS “COM A FACA E O QUEIJO NAS MÃOS”, PORQUE TODAS AS COISAS NECESSÁRIAS ESPONTANEAMENTE NOS APARECERÃO, “ACRESCENTADAS VISIVELMENTE”!

Por quê? Por não haver DOIS MUNDOS, mas sim, unicamente UM, que é o REINO DE DEUS!

Enquanto isto for negado, a ILUSÃO DUALISTA de que há DOIS MUNDOS fará se projetar como “sombra finita e distorcida”, vista pela “mente carnal” como “mundo material”, em que aparenta existir “seres humanos” iludidos para acreditar “serem pessoas do mundo”, e não DEUSES! Desse modo, reconhecem PARTICIPAR  das “mudanças”, acreditando em “carências”, por não saberem ENXERGAR A PLENITUDE DA REALIDADE DIVINA EM QUE VIVEM! ASSIM, ACABAM ENDOSSANDO “IMAGENS FALSAS”, DEIXANDO DE “TESTEMUNHAR A VERDADE”:

O ACRÉSCIMO PERFEITO DECORRENTE DA PRÓPRIA “PERMANÊNCIA” NO REINO ABSOLUTO!

AQUELE QUE “PERMANECE NO REINO” ESTARÁ NA UNIDADE DIVINA PERFEITA, SENDO UM COM DEUS E COM TUDO QUE DEUS É! E, COMO “SOMBRA” PROJETADA A PARTIR DESTA REALIDADE, CONSTATARÁ A PRESENÇA DE TODO BEM NECESSÁRIO A  CADA INSTANTE, VINDO-LHE “ACRESCENTADO”!

Para que assim nos ocorra, assim disse Paulo: “EM DEUS VIVEMOS, NOS MOVEMOS E TEMOS O NOSSO SER!”

*

 

Deixe uma resposta