Contemple O Corpo De Luz Como Unidade!

Confundir o nosso  Corpo real, Templo de Deus, com sua “sombra fenomênica”,  é a ILUSÃO que leva a maioria a “dividir o corpo” em  supostas partes  boas e partes más! Que estaria ocorrendo?  O corpo ficaria sendo expressão da “crença em dois poderes”, quando deveria estar sendo GLORIFICADO COMO PERFEITO “TEMPLO DE DEUS”!

Quando “trocamos de referencial”, deixando as CRENÇAS NO BEM E NO MAL de lado, O CORPO PODE SER RECONHECIDO E CONTEMPLADO TAL COMO DE FATO É:  UM CORPO GLORIOSO, INTEIRAMENTE PERFEITO E  HARMONIOSO, exatamente como Jesus e Paulo nos revelaram!

INFELIZMENTE, PARA A MAIORIA, O “CORPO VISÍVEL” É TIDO COMO REALIDADE!

EM VISTA DISSO, O “TEMPLO DE DEUS”  QUE SOMOS,  SEQUER É LEVADO EM CONSIDERAÇÃO!

Enquanto a suposta “matéria’” não for descartada como ILUSÓRIA, chamará a atenção de todos para ela, deixando o  OLHAR CRÍSTICO DO “OLHO SIMPLES”  APARENTEMENTE “DESATIVADO”!

Paulo disse o seguinte: “GLORIFICAI A DEUS NO VOSSO CORPO E NO VOSSO ESPÍRITO, OS QUAIS PERTENCEM A DEUS”. 

Esta “glorificação” precisa ser feita com DEDICAÇÃO E CONSTÂNCIA,  pois objetiva conduzir-nos à VERDADE SOBRE O CORPO  e à RENÚNCIA ao CONCEITO FALSO E MATERIAL DO CORPO!

Metafísica Absoluta é ciência DIVINA,  e não “fé cega”! REVELA A PRESENÇA DE NOSSO CORPO NA ONIPRESENÇA DE DEUS,  SENDO UMA UNIDADE  ESPECÍFICA CHAMADA “CORPO” IMERSA NA “UNIDADE GLOBAL PERFEITA”,  QUE É A TOTALIDADE DE DEUS! Assim como nenhuma gota poderia ter “parte boa” e “parte má”,  NOSSO “CORPO DE LUZ” É A CORPORIFICAÇÃO DA PERFEIÇÃO DIVINA ABSOLUTA NA FORMA “CORPO”.  

Nas  “contemplações absolutas”,  constate sua presença no Oceano divino de Luz viva,  e reconheça, especificamente, seu “CORPO DE LUZ INTEGRALMENTE PERFEITO”,  IMERSO NA “UNIDADE PERFEITA”!

“Se teus olhos forem bons, todo o teu corpo  será pleno de luz”, disse Jesus.

Temos “olhos bons” quando  VEMOS NOSSO CORPO EM DEUS E NÃO NA MATÉRIA. GLORIFICANDO-O COMO  ‘TEMPLO PERFEITO DE DEUS, COMO UNIDADE ESPECÍFICA  DENTRO DA UNIDADE PERFEITA GLOBAL! 

*

Deixe uma resposta