O “PERMANENTE” E O “FUGAZ”

Todas as revelações absolutas se fundamentam no entendimento de que TUDO QUE DEUS FAZ É PERMANENTE!  Se algo ou alguém não se mostrar sendo eterno e permanente, não tem realidade alguma, por mais que tente se fazer passar por real.

Se encontramos nas Escrituras que “TUDO ESTÁ FEITO”, OU QUE “SEM O VERBO DIVINO NADA FOI FEITO”,  fica  NÍTIDO E CLARO que todas as

“aparências mutáveis”, sugeridas pela “MENTE CARNAL”,  são puramente “NADAS”!

DEUS E SEU REINO SÃO A REALIDADE PERMANENTE, DESCONHECEDORA DE “APARÊNCIAS FUGAZES”. Em vista disso, Paulo assim definiu esta “mente carnal”, geradora de ILUSÕES:  “A mente carnal é a inimizade contra Deus”.

Vezes e mais vezes esta Verdade já apareceu nas postagens do Facho de Luz. Entretanto, somente terá valor diante de alguém  determinado e desejoso de SE LIVRAR DESTA MENTE FALSA, pela adoção da MENTE DE CRISTO, que é a MENTE REAL DE TODOS NÓS!

Buda apresentou três classes de pessoas infelizes: 

1) as que não sabem e não perguntam;

2) as que sabem e não ensinam; e

3) as que ensinam e não fazem.

São, todas elas, identificadas com a “mente carnal”. RECHAÇAR ESTA MENTE FRAUDULENTA DEVE SE TORNAR  “QUESTÃO DE HONRA”, PARA AQUELES QUE SE DIZEM “INTERESSADOS NA VERDADE”!

Marie S. Watts  diz para nos fazermos a seguinte indagação, diante das “aparências” do mundo: “DEUS ESTARIA VENDO A EXISTÊNCIA DESTA FORMA, SEGUNDO ESTAS APARÊNCIAS?”

A RESPOSTA É ÓBVIA: “NÃO!”  E a indagação deve levar-nos a este entendimento!

Muitas vezes em que alguém me dizia ser o marido, ou a esposa, ou o filhos, ou o vizinho,  o motivo de sua infelicidade, quando eu lhe perguntava: “VOCÊ ACHA QUE DEUS TEM A MESMA OPINIÃO QUE A SUA?”,  comumente parava e me respondia: “EU PENSO QUE NÃO!”.

As “aparências fugazes” devem ser  TERMINANTEMENTE descartadas mediante a VISÃO CORRETA DOS FATOS:

“DEUS É A UNIDADE PERFEITA QUE TODOS SOMOS! DEUS É TUDO, ENQUANTO AS SUPOSTAS “APARÊNCIAS”. QUE  NÃO PERMANENTES,  NÃO PASSAM DE “MIRAGENS ENGANADORAS”, QUE REPRESENTAM O “BEM E O MAL” DAS CRENÇAS COLETIVAS!

A recusa de Jesus, em aceitar ser chamado de “BOM MESTRE”, sinaliza sua determinação de não se identificar com esta CRENÇA DO MUNDO, que a tudo divide em “bom e mau”!

Adote a Verdade de que  “AS OBRAS DE DEUS SÃO PERMANENTES E PERFEITAS”, SEM SE PERMITIR ILUDIR POR “APARÊNCIAS” FUGAZES E FRAUDULENTAS!

“TEMOS A MENTE DE CRISTO”, E NÃO “MENTE CARNAL”. 

AQUELE QUE, REALMENTE, SE DECIDIR POR “PERMANECER” NESTAS VERDADES, ESTARÁ “EM MIM”, NA “UNIDADE PERFEITA”, SEM SE ILUDIR PELAS ILUSÓRIAS ACEITAÇÕES DO  “MUNDO DO PAI DA MENTIRA!

*

Deixe uma resposta