TODOS OS “MUITOS” SÃO UM, O “UM” QUE É DEUS!

Não oro somente por estes discípulos, mas igualmente por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da mensagem deles, para que todos sejam um, Pai, como Tu estás em mim e Eu em Ti. Que eles também estejam em nós, para que o mundo creia que Tu me enviaste. Eu lhes tenho transferido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos:…”

João, 17: 20-22

 

Se um avião, sobrevoando um arquipélago, logo depois pousasse “numa das ilhas”, seus ocupantes poderiam nela descer e assim constatar: “Pelo que estamos vendo, aqui não há tantas palmeiras  como há  “lá nas demais ilhas”!   Por que pareceria ter fundamento tal “constatação”?  POR CAUSA DA “ÁGUA QUE CIRCUNDA AS ILHAS”, gerando a ILUSÃO de separatividade, de haver  “aqui” e “lá’”!

Cada suposto “eu nascido” é uma ILHA, sempre a constatar “qualidades em si mesmo” e sempre a “constatar defeitos nos demais”!  Cada um acredita ter “pai na terra”,  acredita “ser capaz de ter filhos unicamente seus na terra”, e, a partir destas crenças, a ILUSÃO parece não ter fim!  PORÉM, A ILUSÃO NEM COMEÇO TEM! E quando Jesus orou para que “sejamos todos UM, perfeitos em UNIDADE”, desmantelava  todo aparente  “arquipélago humano”, para que as “supostas ilhas” fossem entendidas como “território único”, sem “crenças de separação”.

A Bíblia explica que DEUS NÃO FAZ ACEPÇÃO DE PESSOAS; porém, esta revelação precisa ser captada em seu SENTIDO ABSOLUTO, ou seja, PESSOAS NÃO EXISTEM! DEUS É TUDO, E, PORTANTO,  TODOS “SOMOS DEUSES”!  DEUSES INSEPARÁVEIS DE DEUS E DE TODOS OS DEMAIS!

Estas Verdades, SE NÃO FOREM CONTEMPLADAS, serão apenas TEORIAS!  Por outro lado, SENDO CONTEMPLADAS, se mostrarão reais,  vívidas e práticas, por  “desfazerem” as FALSAS CRENÇAS COLETIVAS, que veem “pessoas e não deuses”, e que veem “separatividade e não “unidade”!  É esta ILUSÃO que faz com que sejam vistas “pessoas boas e más”, “ricas e pobres”, “saudáveis e doentes”, “nascendo e morrendo”, enquanto SOMOS TODOS GANHADORES DO REINO DE DEUS, DE TUDO QUANTO DEUS POSSUI!

ESTA É A JUSTIÇA DIVINA DE IGUALDADE ABSOLUTA!

DEUS SABE QUE SUA ONIPRESENÇA É “UNIDADE PERFEITA”, E QUE “TODAS AS  SUAS OBRAS SÃO PERMANENTES”, POR TODAS SEREM “ELE PRÓPRIO” EM AUTOMANIFESTAÇÃO!

Enquanto a “mente carnal” for aceita e acreditada, aparentemente “teremos pessoas e não deuses”,ILUSÃO DE MASSA QUE FOMENTA A CRENÇA NO TEMPO, NOS PARES DE OPOSTOS, EM “SALVADORES, E SALVOS OU NÃO SALVOS”, EM SANTOS E PECADORES, E  NAS DEMAIS CRENDICES ERRÔNEAS!

UNICAMENTE A “UNIDADE DIVINA”, ONIPRESENTE, ESPIRITUAL  E PERFEITA, É REALIDADE! POR ISSO, JESUS ASSIM DISSE: “AQUELE QUE PERMANECER ‘EM MIM’, CONHECERÁ A VERDADE, E A VERDADE O LIBERTARÁ!”. 

DE QUE MODO? SENDO  A VERDADE CONTEMPLADA,  E VIVIDA NA PRÁTICA!”!

*

Deixe uma resposta